1. Spirit Fanfics >
  2. Helô e Stênio Para Sempre 8 >
  3. Capítulo 149

História Helô e Stênio Para Sempre 8 - Capítulo 149


Escrita por:


Capítulo 149 - Capítulo 149


Fanfic / Fanfiction Helô e Stênio Para Sempre 8 - Capítulo 149 - Capítulo 149

– Stenio, o que é isso? – Helô tira o óculo de grau, fecha o notebook e encara o marido.
– Vinho!
– Pra quem?
– Como pra quem, Helô?
–Pode voltar e guardar essa garrafa, meu querido. Tu passou o dia inteiro fingindo estar com dor para me manter em casa cuidando de você, então, se supostamente tu exxxta doente... isso significa que não pode beber.
– Não seja injusta comigo, eu não fingi.
– Não?
– Helô pow.
– Não pense que me engana, meu filho. Se fiquei em casa o dia inteiro foi porque quis.
– Então, você não se preocupa comigo, é isso?
– Ain, Xxxxxxtênio, vamos deitar? – ela pergunta, levantando da escrivaninha e soltando os cabelos como costumava fazer para provocar o amado.
– Vamos! –animado, ele solta a garrafa de vinho sobre a mesa e corre para junto dela – Helô, já que você não quer vinho, podemos aproveitar nossa sexta-feira para...
– Para dormir. É exatamente o que faremos, Stenio.
– Dormir não. – ele protesta.
– Impressionante como suas dores passaram, né meu querido?
– Tomei remédio, tinha que passar.
– Cínico!
– Poxa amor.
– Tu se segurou o dia todo para manter a mentirinha da doença na coluna. Agora não aguenta mais a farsa e ta querendo tomar vinho, namorar.
– É pecado querer namorar o amor da minha vida?
– Agora eu sou o amor da tua vida? Quando recusei viajar, deixei de ser. Aliás, não recusei, adiei a viagem.
– Olha pra mim... – o advogado pede, colocando uma das mãos na cintura dela, enquanto a outra faz carinho no rosto da delegada. – Desculpa, eu deveria ter entendido você quando me explicou o porque não conseguiria viajar agora. Errei e peço perdão, Helô.
– Stenio, essa viagem seria meu sonho. Tu sabe que daria tudo para estar com vocês na Disney ou em qualquer lugar do mundo, mas não posso viajar agora. Esse caso ainda têm muitas coisas para serem resolvidas, cada detalhe é importante, sabe? Tenho muita folga? Tenho! Mas não posso usufruir agora. Porém, esse mês ainda... fico quatro dias sem trabalhar.
– Quatro dias por quê?
– O chato e carente que gosto faz aniversário dia treze desse mês e quero comemorar em grande estilo, sabe?
– Eu sou o chato?
– Desconheço outro que não seja você, meu filho.
– Ah, quer dizer que não iremos para a Disney, mas serei recompensado com migalhas de atenção no meu aniversário? – ele fala em tom de brincadeira e ela gosta da provocação.
– Você acha que eu te fazer goz... – cochicha no ouvido dele todo o resto, deixando o marido animado.
– Helô, isso é uma promessa?
– Aham, aham!
– Você me deixa maluco, sabia? Você quer me deixar maluco, só pode.
– É minha intenção. – ela confessa.
– Ah Helô, eu te amo – apertando a delegada em seus braços, ele a beija na boca de forma íntima e molhada. Ficando na ponta dos pés, ela corresponde com ardor e vontade aquele beijo tão quente e intenso. As bocas não se desgrudam, estavam ansiosas e ávidas por mais e mais. Estavam com vontade e tesão um no outro.


Notas Finais


Batizado esse finde ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...