1. Spirit Fanfics >
  2. Helô e Stênio Para Sempre 8 >
  3. Capítulo 217

História Helô e Stênio Para Sempre 8 - Capítulo 217


Escrita por:


Capítulo 217 - Capítulo 217


Fanfic / Fanfiction Helô e Stênio Para Sempre 8 - Capítulo 217 - Capítulo 217

Depois que todos da casa adormecem. Stênio vai para a cozinha, prepara uma bandeja com frutas, creme de chocolate e outros petiscos. O advogado ainda escolhe uma garrafa de vinho, coloca duas taças também e vai para o quarto. De camisola, sentada na cama, Helô abre um largo sorriso quando ele entra, coloca a bandeja na cama e volta para trancar a porta.
— Não precisava dessa produção toda.
— Como não, Helô? Vamos esperar seu aniversário chegar. Já está pertinho.
— Maluquice comemorar por ficar mais velha.
— Hoje mesmo você disse que não estava ficando velha e sim experiente, lembra?
— Com tanta coisa acontecendo no mundo, esse vírus, Drica separada do Pepeu. Estamos trancados em casa. Será que temos motivos para comemorar, Stênio? Essa notícia do pai do Otávio que pegou essa doença. De repente me bateu uma tristeza. — Ela diz com lágrimas nos olhos.
— Helô, não fala assim... apesar de tudo isso, temos muito o que comemorar. É seu dia, meu amor.
— Pela primeira vez não sinto aquela felicidade, Stênio.
— Assim você me deixa de coração partido, amor. — ele vai para o lado dela, sentando pertinho e abraçando-a com todo carinho.
— Desculpa, tô sentimental.
— Não tem que pedir desculpas, Helô.
— Estava agora a pouco pensando. Se tivesse como voltar no tempo, se tivesse como realizar um pedido... Hoje eu queria um abraço dos meus pais.
— Helôooo! — o advogado sente o nó travar sua garganta.
— Queria sentir o cheiro da minha mãe. O aconchego do colo dela... mas quando lembro que não é possível... fico me perguntando se realmente existe motivo para comemorar.
— Eu só quero que você fique bem, que fique feliz. Passamos por tanta coisa nesse último ano. É seu aniversário chegando. Daqui a pouco o relógio vira... seus pais estão orgulhosos de vocês, independente de onde estejam agora.
— Obrigada por estar aqui comigo, Stênio. — Ela diz com a visão embaçada pelas lágrimas.
— Eu te amo, doutora. É um privilégio, mais que isso, é... Muito, muito especial ter a chance de ser seu amigo, esposo, seu amor, seu companheiro... ninguém, ninguém é mais feliz do que eu por poder comemorar mais um dia dezoito ao seu lado.
— Ahhhh! — emocionada, a delegada desaba em lágrimas, afundando o rosto no ombro dele e sentindo todo amor daquele abraço.


Notas Finais


😭😭😭😭😭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...