História Helô Stênio Para Sempre 8 - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Salve Jorge
Personagens Heloísa "Helô" Sampaio Alencar
Tags Helo, Novela, Para Sempre, Salve Jorge, Stênio
Visualizações 230
Palavras 387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction Helô Stênio Para Sempre 8 - Capítulo 8 - Capítulo 8


No meio da tarde de sábado ao encontrar a esposa na sala, Stênio a puxa para um canto e rouba um beijo. A delegada tenta resistir, mas o advogado não desiste fácil e os dois se perdem em carinhos. Ele aproveita que ninguém estava olhando e aprofunda o beijo de forma lenta e sensual. Estavam protegidos pela coluna próximo a escrivaninha.
– Para! – ela geme sentindo o tesão formigar por todo corpo.
– Me exercitei hoje cedo, tomei banho gelado também, mas nada apaga essa vontade que estou de você, Helô.
– Xxxxxxtênio, mantenha a distância.
Gemendo e erguendo o rosto, a chefe de polícia ganha beijos por todo pescoço. Stênio arrasta a língua por sua pele, subindo até a orelha onde cochicha coisas que ela gosta de ouvir.
– Quero te beijar inteira, quero fazer amor gostoso Helô. Fico pensando em como é gostoso entrar em você lentamente, te sentindo toda meladinha enquanto entro e saio, fodendo gostoso até você gozar dizendo meu nome.
– Para Xxxxtênio, isso é covardia comigo.
– Amor, você não está com saudades?
– Aham, aham. – ela resmunga, fechando os olhos quando o marido beija novamente seu pescoço.
– Me deixa ver seus seios, prometo não tocar. Se você deixar, beijo eles de levinho, sem machucar. Depois desço até sua barriga, passando no umbigo até alcançar onde você gosta de ser chupada. – devagar, o advogado volta cochichando ao pé do ouvido – Se você deixar e quiser, posso te chupar até você gozar quietinha, sem muitos movimentos para não machucar eles. Só gozar, eu sei que você quer, Helô.
– Quero? – ela estava perdida, quase explodindo de tesão.
A delegada aperta uma perna na outra, quase desfalecendo quando ele arrasta a mão por baixo de sua camisola e começa a masturba-la de forma certeira. De repente, esquecem onde estavam, ela morde o próprio lábio e continua de olhos fechados gemendo enquanto ele toca com maestria em seu clitóris.
– Ahhhhhhhh Xxxtênio, Xxxxtênio.
– Shiu! – ele pede silêncio e continua masturbando-a.
– Eu vou gozar se você continuar... ahhhhh... – a delegada se segura, arfando.
– Goza Helô.
– Pode chegar alguém.
– Estão todos assistindo filminho no quarto do Miguel, goza pra mim, amor. Goza!
– Ahhhhh Xxxxtênio, eu... ahhhhhhh...
– Helô! – fala o nome dela, intensificando o movimento dos dedos.
Um barulho vindo do corredor os assusta e os dois se separam, arfando e tentabdo segurar a respiração acelerada. 


Notas Finais


Gozar ela não gozou, mas melou a calcinha kkk acho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...