História Help me to help you - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 43
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E... oi?

Capítulo 1 - Pilar desmoronando


Ycaro on


Abri meus olhos lentamente ao sentir uma brisa gelada vindo da janela. Meus olhos vão de encontro com os da minha mãe que me da um sorriso doce oq me fez sorrir tbm. 


-Posso saber pq a senhora está aqui me acordando plena 6:30 da manhã - disse olhando o relógio que ficava na minha cabeceira - sendo que eu só vo pra aula as 7:20? 


Seu sorriso apenas aumentou mais e ela sentou aos pés da minha cama. 


- Sabe oq é filho... é que eu passei a noite toda acordada pensando em algo e queria sua opinião sobre - seu sorriso diminuiu um pouco e ela passou a olhar pros próprios pés - Oq você acha da gente finalmente dar um fim em tudo que está acontecendo nesses últimos tempos? 


- Do que tu ta falando mãe? Se for de suicídio coletivo eu topo - falei e ri um pouco recebendo um olhar feio dela. 


Minha mãe sabe da minha depressão mas por causa do meu pai e o relacionamento abusivo que ela tem com ele eu nunca tive a oportunidade de me tratar. 


- To falando da gente finalmente botar teu pai pra fora dessa casa!!- Ela falou animada mas com um sorriso triste no rosto. 


- Orra finalmente!!- Disse animado e a abracei recebendo em troca um afago no cabelo - Mas... oq te fez mudar de " Ele pode mudar " para " vamos botar ele pra fora de casa "? 


- Eu ouvi a discussão que vc teve com ele ontem e minha ficha finalmente caiu de quem ele realmente é... Me perdoa - Seu sorriso sumiu dando lugar a lágrimas teimosas que rolavam por seu rosto 


- ei, ei ta tudo bem - a abracei forte sentindo meu pijama ser molhado por suas lágrimas. 


*Flashback on*


- VOCÊ NÃO VAI FICAR SE AGARRANDO COM AQUELE MERDA NA PORTA DA MINHA CASA SEU LIXO - Ele gritava enquanto andava até o corredor tropeçando em tudo, claramente bêbado - CADE A MERDA DA SUA MÃE?!NÃO VAI ME DIZER QUE AQUELA PUTA TA DORMINDO?! PQP DA NEM PRA ESVAZIAR NESSA POHA. 


Antes dele entra no quarto dela eu bloqueei a passagem.


- Escuta aqui seu merda. O Rodrigo tem me ajudado bem mais como amigo do que você como pai então você não tem O DIREITO de falar assim dele e você não vai entrar aqui nesse quarto pra perturbar a minha mãe que trabalhou o dia inteiro, diferente de você que é um bêbado fundido e ficou a poha do dia inteiro naquele bar - Eu tentava falar baixo pra não acorda a minha mãe- Ah e mais uma coisa eu só não te joguei pra fora dessa casa pq eu sei o quanto minha mãe te ama muito oq prova mais ainda como ela é maravilhosa por conseguir ver beleza até em COISAS como vc - Terminei de falar e vi seu olhar furioso sobre mim que logo após me deu um soco no rosto me fazendo cambalear para o lado. 


- E eu ainda não te coloquei pra fora de casa pra não ter que ver aquele outro pedaço de merda la dentro chorando pelos cantos, mas eu juro que vou dar um jeito nisso - Ele disse e direcionou sua atenção para porta da sala andando até ela - se eu chegar amanhã e vc ainda estiver nessa casa eu juro que vc vai sair dela com ou sem vida seu merda - e saiu. 


Assim que ele saiu e pude desfazer minha pose de " forte " senti o local que ele tinha acertado arder como nunca. Fui até a cozinha peguei gelo e coloquei no local.


 - acho que esse não vai dar pra esconder - disse e llevantei a manga do meu moletom expondo mais roxos e cicatrizes nos pulsos - Mais que merda...


Subi para o meu quarto e senti meu celular vibrar. Era Rodrigo. 


Ycaro. - Saiko

Yo, to aqui - Ycaro

Tem certeza que se ta bem? É que tu ta meio estranho esses dias - Saiko

To bem rlx - Ycaro

Serião? - Saiko

Serião. - Ycaro

Blz então a gente se ve amanhã - Saiko

Mas se sabe que qualquer coisa to aqui - Saiko

Ss eu sei - Ycaro

Vou dormir agora amanhã a gente conversa boa noite ♡ ♡ - Ycaro

Krlh a gente é muito gay ycaro - Saiko

Só faltava tu me chamar de amor e a gente mandar beijinhos um pro outro - Saiko

Kkkkkk ue se nera gay? - Ycaro

Kkkkk se fuder Ycaro - Saiko

Vai dormir logo - Saiko

Desliguei o celular com um sorriso no rosto que logo se desfez dando lugar a um olhar triste ao pensar em todas as vezes que menti pra Rodrigo, dizendo que eu estava bem só para não o preocupar. E assim cai no sono com aquilo em mente.


*Flashback off*


- Quando tua irmã foi embora de casa dizendo não aguentar mais aquilo eu achei que ela só estava arrumando Desculpas pra sair daqui mas após escutar aquilo...  - Ela rápidamente limpou algumas lágrimas que novamente teimavam em sair.


A abracei novamente e olhei para o relógio em cima da minha cabeceira vendo que já eram 7:40 então levantei rápido

Krlh como a hora passou tão rápido? 


- Desculpa mãe a gente se fala quando eu voltar se não vou me atrasar. - Disse e ela apenas me respondeu com um sorriso. 


Corri para o banheiro e fiz minha higiene, tomei um banho, me troquei e sai correndo pois o sinal batia 8:00


Assim que cheguei avistei Rodrigo, André, Tawan, Vito e Rafael encostado no muro então fui de encontro com eles.


- Fala ae gente - Disse e percebi que todo mundo estava me olhando espantado. 

Rodrigo veio até mim ainda com cara de espanto, segurou meu queixo com uma das mãos e virou meu rosto vendo o lugar onde meu " pai " tinha me socado.


- Mas que poha é essa Ycaro? 



Continua? 


Notas Finais


Sei que ta bem bosta mas eu sou nova nisso ainda

Espero que tenham gostado e é isso ae
Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...