História Helpe me Mônica - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Turma da Mônica Jovem
Personagens Carmem, Cascão, Cascuda, Cebola, Denise, Do Contra, Eduardo "Dudu", Irene, Magali, Maria Cebolinha, Mônica, Personagens Originais, Xaveco
Tags Amor, Drama, Gravidez, Pais Solteiro, Paixão, Romance, Tmj, Traição
Visualizações 88
Palavras 529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


KAORI↓↓↓↓↓↓↓↓
KAORI ATACA NOVAMENTE! ↓↓↓↓↓↓↓

Capítulo 15 - Capítulo 14: fogo


Fanfic / Fanfiction Helpe me Mônica - Capítulo 15 - Capítulo 14: fogo

Mais que viciante e prazeroso seja os seus beijos, por mais, profundos e quentes, é melhor nos seprar-mos,pois pode gerar poblemas maiores doque um simples ódio ou uma "simples" inveja. 

Sábado, Oito da manhã:

A campainha da casa de Mônica toca E Mônica vai atender.

- Ce...Cebola? - Pergunta Mônica.

- Olá Mônica - Ele diz e sorri.

- Entre - convida Mônica 

Cebola entra na casa e nem repara na simplicidade, ele até aparentara ser uma pessoa simples. 

- Bom, oque o traz aqui?- Pergunta Mônica. 

- Somente vir ver você e a Natasha - Diz Ele colocando a mão sobre a barriga de Mônica. 

Mônica sorri.

Cebola se aproxima de Mônica e dá um selinho apaixonado e em seguida afaga seus cabelos. Tanta paciência....ele realmente a entendera, ele realmente entendera que ela precisara de um tempo.

Natasha mechia de forma inquieta na barriga de Mônica, era como se ela quisera sair naquele momento, era como se Cebola fosse seu próprio pai.Mais Mônica ouvira muito, a dizer que quando o pai se aproxima do bebê, eles geralmente param de se agitar. Isso quer dizer que por Cebola se aproximar dela, Natasha mechia muito.

- Você....quer assistir um filme comigo - pergunta Mônica. 

- Sim,eu gostaria - Ele sorri.

Eles escolheram assistir: " Esposa de mentirinha"; um filme de comédia, que qualquer um gargalha ao assistir.

Existiu vários momentos entre Mônica e Cebola,Mônica a maior parte do tempo, deitara sobro no ombro de Cebola e deu uns três selinhos durante o filme, Eles pareciam estar mesmo apixonados...

                 [ ...]

Cebola já avia ido embora e Mônica estara sozinha em casa até receber uma messagem.

Watszapp:

?????- Você realmente me desafia garota. 

Mônica- Quem é você? 

?????- Sou eu sua Ingênua, Kaori . Fique sabendo que você irá ver  a morte cedo. 

                        55169817654 te bloqueou.

Watszapp off.

Porcaria,ela que ameaçara Mônica e ela que bloqueara Mônica?, Kaori realmente é uma mulher misteriosa, Estranha e esquisita, mais Mônica sabia, que mecher com Kaori não é uma boa opção. 

            ~*~

Mônica acorda com um cheiro horrível de fogo . Mônica avia tirado um cochilo e acordara naquele estado m

Mônica vê a sua frente, fogo, estara pegando fogo na sala, quase tudo à sua volta pegara fogo e ela se desespera. 

Mônica começa a tocir e olha para um lado e vê a porta,que por sorte não estara sendo atingido pelo o fogo e a sua volta naquela parte não avia fogo.

Mônica começa a correr até a porta tocindo e a percebe que ela estara trancada . Uma armadilha, uma cilada de Kaori. Mônica estara presa,aprisionada.

- droga!, droga! - Mônica percebe o fogo se  aproximar e vê seu celular em cima da mesinha.  Era arriscado, mais resolve pega-lo , aliás como ligaria para os bombeiros.

Já estara denso, uma fumaça sobe e Mônica não conseguira ver direito os cantos do cômodo, mais consegue pegar o celular mesmo com os olhos lacrimejando. Agora o jeito era sair da casa.

Mônica da um...dois...três chutes e a porta e aberta.Mesmo com aquela barriga enorme, Mônica não perdia de foma alguma os três anos de Karatê.

Tocindo, Tocindo e com os olhos vermelhos . Mônica sai da casa e vai até o portão e digita o número doa bombeiros.

Fogo, muitas vezes, você não escapa dele.




Notas Finais


Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...