História Her Eyes. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA
Personagens Chanmi, Hyejeong
Tags Aoa, Chanjeong, Chanmi, Hyejeong, One-shot
Visualizações 68
Palavras 1.003
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Ficção Adolescente, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente queria oferecer a fic para a Triz o amorzinho da minha vida, dona do shipp Chanjeong, espero que eu consiga deixar você feliz com essa fic do seu shipp; também queria oferece-la para a Loh meu unicórnio que foi a primeira a ler a primeira parte da fic e que me incentivou bastante a escreve-la, enfim... Amo vocês duas VSBSBABBSBSHSH
E sim, na capa a Chanmi não estava com o cabelo escuro, mas peço que enquanto lêem a visualizem assim qq
Acho que é isso, nos vemos nas notas finais.
Boa leitura sz

Capítulo 1 - Único.


Seus passos eram calmos e precisos, sabia o que tinha que fazer — mesmo que não fosse muito do seu agrado — e sabendo que tinha que fazer aquilo, diariamente não era uma possível surpresa para a garota.

Chanmi trazia em uma das mãos uma simples vassoura e sua "caminhada" em relação à calçada era um tanto devagar já que a garota somente estava a enrolar para a hora de varrer aquele chão não chegasse. Mesmo que fosse uma tarefa tão simples, Chanmi odiava com todo o coração fazer aquilo e naquele momento isso não iria mudar, só havia uma coisa que ela odiava mais que aquilo...

Seu próprio corpo.

A menina simplesmente não gostava de como suas curvas eram grandes comparadas a de qualquer uma de suas poucas amigas, em como suas coxas também eram bem maiores do que a de qualquer pessoa que ela mantinha relação, em como ela nunca havia visto antes um corpo como o dela na televisão.

Claro, aqueles pensamentos que rodeavam a cabeça da garota não faziam bem algum ao seu psicológico, afinal, não podemos falar que provocar seu próprio vômito logo após uma refeição era algo que alguém psicologicamente bem fazeria, nem que em quantas maneiras diferentes a garota ja pensou para finalmente ter uma cintura fina e poder olhar para o seu corpo e ver o quão bonito e "normal" aos das outras garotas.

Chanmi só queria poder colocar uma blusa mais curta quando suas amigas combinarem e poder sair normalmente sem ter vários olhares em direção a ela mesma e ouvir cochichos soarem como Ela realmente está usando esse tipo de roupa?; Ela nem tem corpo para isso. ou até mesmo Tem um rosto tão bonito, se emagrecesse ela ficaria tão linda. Aquilo acabava machucando-a mesmo que ela tentasse parecer que não a atingia, a morena tentava colocar um sorriso no rosto olhar paras suas amigas e fazer piada com aquilo... É, ela sabia esconder seus sentimentos de uma forma boa, tão boa que poderia até mesmo esconder de si própria.

Chanmi escondia seus sentimentos de si mesma — ou apenas fingia que os mesmos não existiam e que aquilo não era real — até ao tratar sobre sua sexualidade — que não era nada comum naquela região na qual moravam — mas ela sempre escondia... Negava gostar de garotas para suas amigas e negava pra si mesma que ao olhar para uma garota na rua não era por interesse e sim somente por reparar como qualquer outra, mas aquilo estava totalmente errado.

Paixonites de escola? Kim Chanmi, como qualquer outra garota, também já tivera. E como a maioria delas, seu "amor" havia apenas sido unilateralmente e o que mais interferia para isso era que, mesmo ela tentando esconder, a pessoa na qual Chanmi não conseguia não sorrir toda vez que ela passavaera uma garota. A dona dos cabelos das pontas rosas simplesmente mexia com o coração da morena de uma forma que era impossível narrar, quando seus olhos se encontravam logo após uma longa procura pelo os dela, era como se uma batalha entre seu coração e sua lógica começasse e ela pudesse enlouquecer a qualquer momento, Kim sabia que sentimentos como aqueles poderiam machuca-la futuramente contudo, ela simplesmente queria poder provar mais daquele olhar da Shin — quem sabe até mais intimamente — e até mesmo, dos lábios que viviam rosados, e sinceramente? Ela sonhava com o dia em que pudesse fazer aquilo, em que pudesse experimentar o toque daqueles lábios rosados aos seus.

Kim Chanmi, perdida em seus pensamentos enquanto passava as cerdas daquela vassoura no chão lentamente e sem precisão alguma, nem sentia o olhar de outra queimando em si.

A de cabelos curtos agora escuros observava a garota ali com cuidado, tendo um sorriso um tanto pequeno formado em seus lábios, a das curvas grandes fazia aquilo e ao menos percebia, fazia Shin sentir curiosidade sobre si, fazia ela querer chegar perto e perguntar se elas poderiam ser amigas, fazia a garota querer trocar o olhar mais vezes com a "estranha". 

Mesmo uma vez ou outra perguntando a uma das amigas da garota, Shin não tinha coragem de se aproximar. Tinha medo daquele ciclo social em que ela vivia não aceitar a outra somente por não ser padronizada, o que irritava profundamente Shin já que, seu sonho de "princesa" realmente era poder apertar aquelas curvas enquanto sentia seu corpo colado ao dela, — não que aquilo significava que ela sempre tivera aquele tipo de pensamento quando seu foco era Kim Chanmi, mas a medida em que na madrugada entrava, durante muitas noites, aquele foi um dos pensamentos que lhe surgiu, e ela não se arrependia de imaginar tal coisa — mas aquilo estava longe de se tornar realidade, já que elas somente trocaram, durante esses anos no ensino médio, olhares.

E foi assim, totalmente desligada ao mundo a sua volta somente com a sua atenção voltada a garota que varria a calçada sem vontade alguma, que aquilo que havia marcado alguns dias se repetia, os olhares estavam novamente cruzados.

Chanmi, que havia percebido o olhar de alguém sobre si, havia voltado a atenção para a tal pessoa, dando de cara com a agora — para sua surpresa — dona de um cabelo simples, curto e escuro. Hyejeong que tinha uma curvatura nos lábios tomba a cabeça levemente abrindo ainda mais aquele projeto de sorriso, seus olhos não desviavam de momento algum da mais nova, ela poderia parecer que estava até a tentar decorar todo o rosto da outra, mas ela reparava em especial nos seus olhos que ainda tinham aquele brilho, aquele brilho que talvez tenha ganhado seu coração.

Talvez, o corpo de Kim Chanmi não era o seu verdadeiro problema, já que Shin Hyejeong gostava de cada pequena curva existente nele.

Talvez, Kim Chanmi apenas estava a se preocupar demais com manter-se dentro dos padrões, e simplesmente não entendia como Shin Hyejeong não ligava para aquilo, Hyejeong apenas pedia para que o brilho do seu olhar continuasse o mesmo se por acaso eles viessem a se encontrar futuramente.


Notas Finais


Olá qq
Sim, o começo tá aleatório aaa me perdoem qq
Enfim, espero que tenham gostado e realmente me perdoem se tiver algo muito errado ou se minha história estiver estranha, foi a primeira one-shot que eu fiz e postei e sinceramente, confesso que estou com um pouquinho de medo VAHSHAHSHS
Estou pensando em continuar nisso de escrever fanfic (quem sabe) então é realmente pra não desistirem de minha pessoa viu qqq
Juro que ainda vou orgulhar vocês com uma daquelas fic's que dá vontade de colar na testa e mostrar pro mundo.
Então... até

sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...