1. Spirit Fanfics >
  2. Herdeira do Ódio >
  3. 6 capítulo

História Herdeira do Ódio - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - 6 capítulo


• Saori

O quarto estava escuro, minha garganta estava seca, olhei ao meu redor e parei quando os olhos vermelhos refletiram em um espelho ao meu lado, na penumbra daquele quarto já conhecido pode ver o que herdará, desviei o olhar daquela imagem, meus olhos já queimando e um bolo se formando em minha garganta. Respirei e acalmei meu coração, não me permitia chorar e hoje não seria uma exceção. Minhas mãos cobriram meu rosto e puder sentir como estavam geladas, a dor tinha parado a poucas horas, mas ainda podia sentir resquícios pelo meu corpo. Eu me concentrava tentando encontrar o selo em minha mente quando a porta do quarto foi aberta em um estrondo e luz adentrou o lugar escuro, pude ver uma ruiva furiosa vindo em minha direção e agarrar meus ombros chacoalhando violentamente e gritando em plenos pulmões.

-- EU FALEI PARA VOCÊ NÃO CHAMAR A ATENÇÃO, E DE MANEIRA NENHUMA IR A KONOHA. SIMPLES, MAS VOCÊ FEZ O QUE, INVADIU A PORRA DA VILA DA AREIA ARRUMANDO BRIGA COM O IRMÃO DO KAZEKAGE, E DEPOIS FOI PRA MERDA DAQUELA VILA E FOI PERSEGUIDA PELO HOKAGE !!!!! 

Bom pensando por esse lado eu fiz uma grande bagunça, mas eu estava com poucas opções.

-- Pare Karin, vai trocar meus órgãos de lugar. 

Ela parou me observando, seus olhos estavam cerrados e a carranca já se desmanchava. 

-- Então vou chacoalha mais, pois seu cérebro não deve estar no lugar certo. 

Eu a encarei e soltei uma gargalhada, gente como era barulhenta, mas a sua energia era muito boa.

-- Levante logo. Que saco eu queria seu tio e acabei com você

-- A aa, pelo menos não tentei te matar.

Ela riu e caminhou para cozinha, assim que atravessei a porta senti o cheiro de ramen, era a comida favorita de Karin, meu estômago roncou alto e quase fui correndo para a tigela na mesa. Ela me observava encher a boca com aquela delícia de comida, nem me importando por estar soltando fumaça. Seu olhar sério totalmente divergente da mulher risonha e escandalosa de dois minutos atrás.

-- Sasuke vai vim atrás de nós.

Enfiei mais comida na boca, havia apenas seis meses que eles me tiraram da hibernação. Minha memória estava confusa, e por algum motivo o selo da minha mente estava se abrindo e por isso me colocaram pra dormir.

-- Saori - levantei o olhar para Karin -- Você vai treinar com Orochimaru. - Fiz um positivo com a cabeça, já esperava por isso desde que vi aquele cara na minha frente.

Levei o olhar a porta onde vi aquele homem parado, ele sorria para mim e em sua mão tinha algo embrulhado.

-- Vamos Saori. 

Me levantei da mesa parando a sua frente, ele desembrulhou o pacote revelando uma bela Katana, seu punho totalmente negro terminava com um rubi brilhante. Ele a jogou pra mim que a peguei no ar o encarando. Eu gostava de armas, mas nenhuma durava muito por conta do meu chakra.

-- Sei o que está pensando, mas essa foi feita para você, e poderá a usá-la a vontade. Vamos libere todo o chakra que pode agora.

Isso era sério, mesmo com o selo que mantinha boa parte preso eu ainda possuía uma reserva absurda. Mas como estava falando com ele. Quis testar. Desembainhei ela, que revelou uma lâmina negra perfeita que reluzia com a luz, um lobo branco correndo podia ser persebido pela lâmina. Fechei os olhos e liberei meu chakra, fui banhada pelo tom azul do meu poder e o chão se afundou sobre meus pés. Contudo senti a lâmina em minha mão como se pulsasse pela batalha.

-- Vamos.- quardei tudo e olhei pra ele, que se dirigia para fora. Podia sentir garras raspando naquela " porta" em minha mente. Ela estava sumida e desde que acordará tentava sem sucesso chamar sua atenção. Mesmo nunca tendo falado com ela o arranha na porta meio que virou um código só nosso. E esse agora sinalizava " tome cuidado".

Paramos em um campo verde, a aldeia do som não era grande mas bem reservada. As pessoas que moravam lá já tinham se acostumado conosco. 

-- Vamos Saori. Me mostre o que a Akatsuki te ensinou. 

Me coloquei em posição de batalha. Já tinha treinado com várias pessoas diferente. Mas agora era diferente. Eu precisava me torna mais forte, e esse processo começa agora. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...