História Herdeiros da Terra - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Fim Do Mundo, Originais, Romances, Zumbi
Visualizações 2
Palavras 2.864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Voltei!! Me desculpem pela demora é que eu travei bem no meio do capitulo! Então se o capitulo estiver ruim desculpa!

Boa leitura a todos!


~No capitulo anterior~

Calvin - Solte ela e vire-se... AGORA! - ele grita e o jovem lentamente se vira e encara Victoria assustado

- você esta viva? Meu Deus você esta viva! - ele coloca Kate no chão e corre em direção a Victoria, que estava tão assustada quanto o jovem, eles se abração e ele com lagrimas de alegria a olha e a beija, foi um beijo um tanto demorado mas não muito, depois de se separarem ele abre um sorriso um tanto galante e diz - eu jurei a mim mesmo que se eu a vesse de novo te daria um beijo!

Victoria meio desnorteada apenas disse um nome...



Victoria - Miguel!

Capítulo 4 - Capitulo 4


~AGORA~

Calvin - você conhece ele?! - ele pergunta

Victoria - conheço! ele era do acampamento que foi atacado...- ela diz olhando para Calvin que aparentava não gostar do garoto, mas ela logo voltou o olhar para Miguel que ainda sorria a olhando com preocupação como se ela fosse desaparecer em um piscar de olhos

Kate - o-onde e-estou?!...- Kate dizia no chão onde Miguel a colocara

Calvin correu em direção a ela e a ajudou a se levantar, Kate tinha um corte não muito fundo, mas precisaria de pontos, Calvin que já estava com raiva por Miguel ter beijado Victoria, foi pra cima do rapaz e deu diversos socos que Miguel com as mãos no rosto conseguia diminuir o impacto, Victoria entrou em desespero e tentou tirar Calvin de cima de Miguel, mas foi empurrada e caiu no chão, Miguel vendo Victoria caída no chão decidiu revidar, com um soco certeiro no maxilar de Calvin que fez o garoto sair de cima de si e assim igualar a briga, Miguel se levantou e se preparou para dar mais um soco, mas Calvin conseguiu desviar e assim dar uma joelhada na barrida de Miguel. Calvin ia dar mais um soco, mas dessa vez Miguel que foi mais rápido e deu uma rasteira nele que caiu, deixando assim ser surpreendido por Miguel que imobilizou seus braços e falou:

Miguel - Nunca bata numa mulher! principalmente na vic! OUVIU?! - Calvin se acalmou e olhou na direção das garotas que olhavam aquela cena

Calvin - M-Me d-desculpa! - ele dizia com falta de ar e olhando nos olhos da Victoria - E-Eu nao queria ter feito isso! é que vi um corte na testa da Kate e achei que tinha sido você!- Miguel finalmente sai de cima dele e diz

Miguel - Eu nunca bateria em uma mulher! eu estava em um acampamento improvisado aqui perto quando ouvi ela pedindo ajuda, cheguei perto ela estava pendurada de ponta cabeça, mas a corda se rompeu e ela caiu no chão antes que eu conseguisse chegar perto. quando vocês chegaram eu estava levando ela pro meu acampamento, pra cuidar do corte!

Victoria - acampamento?! tem mais alguém com você?!

Miguel - Sim! meu irmão e o Carlos o resto do pessoal morreu no ataque! e vocês onde estão acampados? se quiserem podem ficar conosco! - ele disse alegre

Victoria - Eu achei a fazenda dos meus irmãos! estou morando lá agora! - ela diz envergonhada sem entender o por que

Miguel - Ah! que legal! você finalmente encontrou a fazenda! - ele diz feliz

Calvin - se você quiser... pode vir conosco! sei lá só por um tempo!- ele diz e Victoria o encara com os olhos brilhando, e volta seu olhar para Miguel

Victoria - Sim! você poderia ficar lá na fazenda! o Mathias iria adorar! vamos? por favor?! - ela dizia empolgada

Miguel - Ok! mas temos que ver se o Carlos vai querer ir também! - ele diz e Victoria pula nele o abraçando, o que causa um sentimento estranho em Calvin, ele sente seu estomago queimar, e uma súbita raiva de Miguel;

Kate que ate o momento nao tinha falado quase nada, resolve se pronunciar, ela nao sabia direito o que estava acontecendo, sua cabeça doía e ela estava se sentindo zonza.

Kate - alguém pode me ajudar aqui?! cadê minha mochila?! - ela pergunta sabendo que na sua mochila tinha um kit de primeiro socorro, e preocupada em entregar o presente do melhor amigo

Miguel - oh! sim, eu tinha retirado sua mochila pra ficar mais fácil te levar pro meu acampamento! ela esta aqui - ele vai ate a arvore onde ela estava pendurada e pega a mochila - toma aqui! - ele diz entregando a ela - bom já que esta tudo certo, vamos pro meu acampamento avisa os rapazes? o Mathias vai ficar doido quando te ver! - ele dizia com uma empolgação que fazia Victoria se sentir ainda mais contente de ter encontrado com ele, apesar da historia meio complicada dos dois, Victoria nao podia negar que sentiu a falta do parceiro de caça, ela ainda se lembrava da ultima conversa que tivera com ele, foi na noite do ataque...

~flashback no~

Miguel estava determinado a confessar o que estava sentindo pela caçadora de olhos verdes, ele nao sabia se ela sentia o mesmo, mas nao aguentava mais guardar aquilo pra si, precisava falar para ela, e iria naquela noite, ele havia ensaiado umas 30 vezes o que iria falar, mas se sentia nervoso por nao saber se era reciproco o que sentia. Seu irmão o encorajou a semana inteira, e ele finalmente arranjou coragem para expor seus sentimentos.

quando a noite chegou, Miguel estava mais nervoso do que "pai em maternidade" ele sabia o que iria falar, mas o medo de nao ser correspondido o fazia suar, Victoria já havia perguntado se ele estava bem umas "dez" vezes, mas ele sem conseguir abrir a boca, apenas concordava com a cabeça, a garota havia notado a semanas que ele estava estranho, ela já havia pego ele falando sozinho um monte de vezes naquela semana, sem falar que toda vez que ela chegava perto, ele começava a suar e logo se afastava, ela estava começando a ficar irritada com aquilo, porem esperava que o amigo contasse o que estava acontecendo sem que ela perguntasse, mas ela já nao aguentava mais de ansiedade, então decidiu confrontar o amigo.

Victoria - Miguel! - ela chamou a atenção dele que estava com o olhar perdido olhando para a fogueira que os aquecia naquela noite, ele voltou seu olhar para ela, mas acovou se perdendo naquele olhar que tanto atormentava seus pensamentos e fazia seu coração acelerar! - MIGUEL! - ela chamava pela segunda vez, só que gritando.

Miguel - AH! oi, o que foi?! falou comigo?! - ele respondeu um pouco desnorteado por ter sido tirado de seus pensamento tão brutamente

Victoria - O que ha com você?! esta mais distraído do que o normal! eu devo me preocupar! fale comigo por favo?! - ela dizia preocupada com o amigo, afinal ela o considerava como um irmão, e nao gostaria que ele se machucasse, mas se ele continuasse distraído daquele jeito, iria acabar morrendo nas caças, que faziam juntos. Miguel respirou fundo e como se tomasse coragem olhou para ela e disse

Miguel - Eu preciso te contar uma coisa, mas nao sei por onde começar! Eu estou gostando de uma garota! - ele disse e fez uma pausa tomando folego para continuar, mas antes que pudesse Victoria foi mais rápida e falou eufórica.

Victoria - Serio! Meu Deus! quem é?! só pode ser a Lisa! é ela nao é?! me diz é ela?! - ela dia empolgada e feliz, mas Miguel estava ficando bravo, ela nao deixava ele falar, e como assim e afim da Lisa, a ideia era tão absurda, ele e Lisa eram amigos desde sempre, ele via Lisa como uma irmã, nao conseguia nem se quer imaginar essa possibilidade.

Miguel - VICTORIA! da pra deixar eu terminar, antes que eu desista outra vez?! - ele disse de olhos fechados e o rosto vermelho pelo nervoso que sentia. Victoria com os olhos arregalados pelo susto, apenas assentiu com a cabeça, dando a oportunidade do rapaz continuar - eu nao consigo parar de pensar nessa garota, ela me faz rir, e as vezes me deixa irritado, e toda vez que ela se aproxima meu caraça o acelera de tau forma que parece que ele vai sair do meu peito, ela me hipnotiza com o olhar, um olhar que só ela possui, eu me apaixonei nao só pela beleza dela, mas pelo coração grande e cheio de esperança, que só ela tem, eu nao sei mais o que fazer! eu nao consigo mais caçar por que me perco pensando nela, nao durmo direito por que ela teima em nao sair dos meus pensamentos, e quando enfim durmo, ela assombra meus sonhos, eu certamente estou enlouquecendo, toda vez que a vejo eu tenho vontade de a abraçar e nunca mais soltar, eu me preocupo com ela o tempo inteiro, e tenho medo se algo ruim acontecer com ela, Victoria eu ensaiei a semana inteirai só para te falar que estou apaixonado por você! e gostaria de saber se o sentimento é reciproco ou nao! mas antes de saber sua resposta peço perdão pelo que eu vou fazer agora! - ele terminou de falar e a beijou, foi um beijo demorado, ele colocou tudo o que estava sentindo naquele beijo.

quando o beijo terminou eles se afastaram, Victoria ainda mantinha seus olhos fechados, tentando encontrar palavras para dizer a ele que ela nao sentia o mesmo, e que sentia muito, ela resolveu ser sincera com ele, então respirou fundo e abriu os olhos e disse

Victoria - E-Eu sinto M-Muito, M-Mas eu... - ela respirou fundo mais uma vez tentando nao gaguejar, e olhou para Miguel que parecia ter entendido onde ela queria chegar - E-Eu sinto muito mesmo, mas eu nao sinto o mesmo, mas por favor, nao se afaste de mim por isso, vamos ser amigos?! eu nao sinto o mesmo que você, mas você é muito importante pra mim! eu sinto muito por magoar você!

Miguel - E-Eu só preciso de um tempo! Eu... Eu... Eu preciso... Preciso pensar! - ele disse e se levantou e foi em direção a sua barraca, no caminho Victoria notou que ele disfarçadamente limpou uma lagrima, ela resolveu ir atrás dele para conversarem, mas um bando de mortos-vivos invadiram o acampamento e Victoria teve que fugir dali...

~flashback off~

Victoria - Miguel posso falar com você a sós por favor?! - ela dizia com preocupação na voz, ela iria tocar em um assunto complicado, e nao queria magoar o amigo novamente

Miguel - Claro! - ele diz seguindo Victoria para um pouco afastado dos outros, e disse rapidamente - se for pela conversa que tivemos naquela noite, eu ainda gosto de você mas se você nao sente o mesmo eu entendo, e prefiro ser seu amigo do que nao ser nada! e me desculpa pelo beijo, prometo nao fazer mais! - ele disse a ultima parte sorrindo e coçando atrás da cabeça sem graça.

Victoria - eu sinto muito, eu queria sentir o mesmo, mais você é como um irmão pra mim, eu nao consigo pensar em você de outra forma. E sobre o beijo nao é que eu nao tenha gostado, mas nao faça mais! - ela dizia a ultima parte com um sorriso de lado e com os braços cruzados sob o peito.

Miguel - ok! E então vamos buscar o Mathias e o Carlos?!

Victoria - vamos! - ela diz voltando para perto do Calvin e sua amiga que ela nao lembrava o nome - Calvin você e a... desculpa nao sei seu nome! - ele disse e rapidamente Kate respondeu.

Kate - me chamo Kate! - ela disse sorrindo e estendendo a mão, e em seguida perguntou - e você como se chama?!

Victoria - Victoria... prazer Kate! - ela disse pegando na mão da garota, e sorrindo - então vocês vem com a gente ou vão voltar pra fazenda?! - ela disse olhando os dois que estavam de pé a sua frente, Calvin preocupado com a amiga olhou seu ferimento e disse

Calvin - eu acho melhor a gente volta pra fazenda, e dar um jeito nesse corte! - ele dizia pensando no que fazer - mas se eu voltar pra fazenda sem você, seu irmão me mata! hum... Miguel seu acampamento é muito longe?! - ele pergunta, e Miguel logo responde

Miguel - Nao! é aqui perto!

Calvin - Kate você tem kit de primeiro socorro né?! - ele pergunta e Kate concorda com a cabeça, então ele volta a falar - nós vamos com vocês!

com Miguel indo na frente junto com Victoria e Calvin logo atrás com Kate no colo, a garota disse que nao precisava, mas o rapaz era teimoso e nao deixou que ela fosse andando. quando chegaram ao acampamento Calvin colocou Kate em um banco improvisado que tinha ali perto e começou a cuidar dos ferimentos de sua amiga, enquanto Victoria e Miguel falavam com um garoto um pouco mais novo que eles e um que parecia ter o dobro da sua idade, o mais velho era engraçado, ele usava uma saia xadrez. Calvin nunca tinha visto no Brasil um homem usar saia, então presumiu que ele nao era dali. ele voltou sua atenção para Kate que já estava com um curativo no machucado, e parecia bem melhor.

Victoria falava alegremente com Mathias sobre como a fazenda era linda, e que o garoto iria gostar. e quando notou já havia escurecido, ela decidiu que seria melhor passar a noite ali, então foi falar com Calvin e Kate que riam de alguma coisa aleatória

Victoria - Oi, posso me sentar com vocês?! - ela disse um tanto tímida

Calvin - Claro! senta ai... - ele disse simpático

Kate - a gente estava comentando sobre o cara de saia, ele nao é Brasileiro nao é?! - ela pergunta

Victoria - nao, ele é da Escócia! ele veio morar aqui já tem um tempo, e no dia que ele resolveu volta pra Escócia aconteceu tudo isso e ele acabou nao conseguindo! - ela explicava a historia do homem

Kate - Eu desconfiei que ele nao era daqui! mas como você sabe de tudo isso?! - ela pergunta curiosa

Victoria - Eu perguntei pra ele! - ela disse dando risada

Calvin - entendi! mas mudando de assunto como você conheceu eles?! - ele disse olhando para Miguel e Mathias que falavam empolgados com alguma coisa.

Victoria - Ah! eu tinha me separado do meu pai nas cidades e acabei cercada de zumbis, então eu entrei em uma loja e eles estavam lá! e... bom eu fui com eles ate onde eles estavam acampados e o líder do acampamento me deixou ficar, e ate o dia do ataque no acampamento eu nao tinha me separado deles! - ela dizia com um sorriso olhando os rapazes que brigavam por causa de alguma coisa que eles nao entendiam - eles se tornaram meus irmãos postiço! -ela olhava para eles que começaram a vir em sua direção bem rápido.

Miguel/Mathias - vic! Qual de mois dois é mais bonito? - eles disseram junto e Victoria olhou para os dois como se pedisse uma explicação então eles continuaram - Miguel/Mathias acha que por ser mais velho/novo ele é mais bonito! - eles se olharam e mais uma vez voltaram a falar junto - para com isso Miguel/Mathias! será que da pra parar de falar junto comigo?! - então Miguel pensando rápido deu um soco nao muito forte, mas mesmo assim empurrando o irmão, no ombro, Mathias indignando olha pro irmão e num movimento rápido pega o irmão pela cintura o levantando do chão, e logo depois o jogando no mesmo e caindo por cima, ele conseguiu imobilizar o mais velho nao o deixando se defender, então ele da um sorriso brincalhão e diz

Mathias - posso nao ser o mais bonito, mas sou o mais rápido! - ele disse sorrindo, mas ao ver o irmão sorrir como se tivesse vencido, logo desmancha o sorriso e olha pro irmão que com um sorriso sacana diz

Miguel - você admitiu que eu sou o mais bonito! eu venci! - ele disse com o sorriso sacana se tornando convencido.

Victoria - nao acredito que vocês estavam brigando por causa disso! - ela disse fazendo a atenção dos irmãos voltar para ela. eles levantaram do chão, limpando a terra das roupas, e então perguntaram outra vez

Miguel/Mathias - qual de nos é mais bonito?! - os olhos brilhando de expectativa, esperavam a resposta.

Victoria os encarou incrédula, mas deu de ombro e fez o Que eles queriam, ela os olhou dos pês a cabeça, Miguel tinha estatura media, nao era muito baixo, mas também nao muito auto; tinha os olhos azuis, mas perto de suas pupilas podia se notar um tom de verde claro; seus cabelos eram loiros, eles tinham um tom que Victoria só conseguia comparar com ouro reluzente, em um corte curto, mas nao muito, deixando alguns caios do cabelo sob os olhos; ele tinha o maxilar um tanto quadrado, assim deixando o mais bonito; ele tinha 19 anos, um ano mais velho que Victoria... Mathias por outro lado tinha os olhos verdes claro, assim como Victoria; e os cabelos eram pretos e lisos, indo ate os ombros; e assim como o irmão o maxilar um pouco quadrado, o deixava quase que angelical... Victoria nao conseguia decidir qual era o mais bonito, então olhou para a Kate pedindo ajuda com os olhos, e voltou a encarar os irmãos que ainda esperavam uma resposta, quando Carlos apagou a fogueira e pediu que todos se escondessem.

eles de imediato fizeram o que o mais velho disse e ficaram observando, um grupo armado com metralhadoras, SKS, AWM, entre outras. quando escutou a voz de um dos integrantes, Victoria paralisou e disse em um sussurro.

Victoria - pai?!



continua....


Notas Finais


Então o que acharam?! Comente e favoritem! E até o próximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...