1. Spirit Fanfics >
  2. Heroína ou vilã? >
  3. Plano em ação só que não

História Heroína ou vilã? - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Plano em ação só que não


"Era uma vez, um louco palhacinho, que pro seu truque final, rir o mundo fez , com seu gaz do riso, de uma piada mortal.

É que a minha mente é uma loucura como um belo passeio no inferno, eu tenho uma pergunta...

Porque está tão sério?"


Me preparando para a missão, eu coloco minhas coisas na minha roupa e procuro meus microfones. Achei! Estavam no armário. Bem escondidos. Eu coloco eles no meu ouvido e pego minha pistola calibre 22. Uma arma de bala pequena! Serve para fácil porte e é ótima para missões pequenas, mas eu não estou levando só isso. Eu estou levando meu dispositivo de camuflagem e o veneno que o coringa me deu. Essa missão vai ser moleza.

-Senhorita Inzel, estamos prontos pra ir. Vamos repassar o plano mais uma vez?

-sim. Eu já estou indo.

Ele sai e eu pego uma coisa embaixo da cama.

-como eu sinto falta dessa época titia...

Eu encaro o meu carrinho de brinquedo com um tutu em volta dele. Era a única coisa que eu tinha pra me lembrar da minha tia que morreu quando eu tinha 9 anos... eu sinto a falta dela. Admito que sim, a minha tia era a única pessoa com quem eu já me importei e eu sinto a falta da companhia dela... o sorriso dela... a cara dela.

-Senhorita Inzel!

-Se me chamar denovo eu corto sua garganta.

Ele sai aterrorizado e eu sigo para  a sala onde haviam todos os meus 4 capangas. Nathan,Grey,Adrian e Booker.

-muito bem rapazes. Vamos repassar o plano, Booker e Adrian, vocês causam uma distração na entrada da sede da liga da justiça enquanto Nathan me leva escondida pela tubulação e eu vou entrar e colocar o veneno na água e então quando eu terminar eu vou voltar e Grey me tira de lá com o carro o mais rápido possível, se pegarem agente, nós atiramos e matamos eles sem piedade. Entenderam tudo?

-sim senhora.

Todos responderam em uníssono e pegaram suas coisas saindo e indo em direção ao carro. era uma van pretacom o simbolo da minha empresa. Eram dois olhos  assustadores com um sorriso grande e assustador coberto de sangue. Eu pensei nessa marca como um símbolo da minha sofencia quando criança, eu sempre tive dificuldade pra sorrir e sempre me via infeliz. Mas hoje eu não sou mais assim, eu não ligo pra isso! Eu tenho que me manter focada nos meus objetivos principais. Como envenar a liga da justiça.

-Senhorita, estamos nos aproximando. Devemos estacionar o carro em uma parte mais escura?

- Sim. Garanta que eles não saibam que estamos aqui!

Booker e Adrian saíram do carro e foram pra frente da entrada da liga da justiça e jogaram sinalizadores perto da entrada e começaram a fazer sinais pra chamar a atenção. Os super heróis vieram correndo para ver oque era e então era a nossa chance de agir. Nathan me levou pra perto das entradas pra as tubulações e abriu a placa pra eu poder entrar e me rastejar por dentro das tubulações. Eu olhei pela ventilação que não havia ninguém perto da caixa d'água E essa era minha oportunidade perfeita para agir! Eu vou tirando os parafusos da tampa da ventilação e então eu caí no chão e comecei a rolar até a caixa central de água. Agora é só colocar o veneno.

-O que está fazendo aqui?!

Quando eu me virei eu vi um velhinho segurando uma vassoura e me olhando assustado. Deve ser o zelador. Eu aponto a arma pra ele e então ele ficou apavorado comigo, suas mãos estão tremendo e seus olhos estão arregalados.

- Você não viu nada. Entendeu?

Eu mal pude ver a próxima reação dele porque eu fui golpeada na cabeça e então a última coisa que vi e senti foi uma mão segurando meus cabelos e me arrastando pra fora dali.

Algum tempo depois


Eu acordei usando um macacão branco e estava amarrada a uma maca com alguns membros da liga da justiça ao meu redor. Batman, Flash, mulher Maravilha e lanterna Verde. Eu comecei a me debater e então Batman se pronunciou.


-não adianta tentar fugir criança.


- Você foi pega com a boca na butija!


Flash se pronunciou rindo de mim e nesse momento eu queria estrangular esse maldito babaca.


-M-meus capangas vão vir aqui me resgatar.


-eles estão indo pra Arkam neste momento.


Mulher Maravilha disse pra mim com um semblante sério e rígido.


- Cade seus pais hein garotinha?


Lanterna Verde disse pra mim em tom de zombaria.


-quer mesmo que eu responda? Babaca.


-ja chega. Lucy guen Inzel. Voce pra...


-Arkham?


-não. Voce vai ficar aqui. Sendo estudada, o seu cérebro tem uma capacidade incrível de armazenar informação e você tem uma peculiaridade muito impressionante. Sua força.


Ele tem razão, eu tenho uma força
E uma inteligência incrível que nenhuma criança na minha idade tem. Mas eu não vou ficar aqui!


-quem te mandou aqui?


Batman me perguntou mas parecia que só ele sabia a resposta.


-É óbvio que eu não vou dizer. Meus clientes são sempre mantidos em sigilo. Agora você vai me soltar e me deixar ir embora.


-e porque nós faríamos isso?


Flash perguntou arqueado a sobrancelha e cruzando os braços.


-porque meus empregados virão atrás de mim para me resgatar e irão destruir vocês se não me soltarem. Então acho melhor vocês me tirarem daqui ou então...


- Seus empregados não virão te buscar


Batman me respondeu sério e decidido.


-como tem tanta certeza?


- porque nós deixamos bem claro que se eles viessem atrás de você, todos iriam pra Arkam. E eles concordaram em não vir pra cá.


Oque? Como aqueles malditos covardes tiveram coragem?! Depois de tudo oque eu fiz por eles... esses malditos ainda me pagam.


-aproveite sua "estadia" aqui.


Eles saíram me deixando sozinha e então a maca começou a se mover me deixando reta e então as câmeras começaram a se mover. Acho que agora eu virei o boneco de teste deles.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...