História Dissidia Teenage Heroes - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Alquimia, Amor, Comedia, Romance
Visualizações 26
Palavras 2.321
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Um "oi" para a liberdade


Fanfic / Fanfiction Dissidia Teenage Heroes - Capítulo 11 - Um "oi" para a liberdade

Luke POV On ---

E lá estava eu de novo, fodido numa situação que podia expor minha identidade. Eu tinha que prosseguir com a missão, afinal que tipo de líder, ou melhor, que tipo de herói troca dever por lazer? Por outro lado, eu já tinha mancado com a Camila, e ela não iria me perdoar se eu cometesse o mesmo erro mais uma vez. Então eu decidi fazer as duas coisas...

Daí vocês devem estar pensando: "Puxa Luke seu gostoso, por que você não revela sua identidade?". Bom, por três motivos: Segurança pessoal; Segurança da minha mãe e dos meu amigos; e também porque é muito foda ter uma identidade secreta, quer dizer, mais ou menos. Bem que eu queria falar pra geral que eu sou o Lobo Solitário, a galera ia me respeitar demais hehehe mas fazer o que né? Com grandes poderes vem grandes responsabilidades.

Com uma roupa muito chique de top e com a máscara do lobo na minha mochila, fui para o parque uma meia hora antes do combinado com minha acompanhante. A galerinha dos heróis já estava a postos, achando que eu estava no Covil quando na verdade eu passava informações básicas com a minha escuta. 

Luke POV Off ---

Conversa na escuta On ---

Tigresa: Estou no parque. Está bem animadinho por aqui, mas infelizmente não o suficiente para o Quinteto da Justiça acabar com a festa.

Luke: Só eu que acho que tinha que ser "Quinteto da Injustiça"? (risos) Você não tá com seu traje né?

Tigresa: Estou (risos), e vocês garotos?

Luke: Puts, pelo visto a ideia da paisana foi péssima...(ironia)

Garra de Ferro: Eu já tô com meu traje

Luke: Scar?

Scar: Quer que eu fale o que? Ninguém me deu uma máscara seu viado.

Luke: Hueheuheueheue

Tigresa: (risadas)

Garra de Ferro: (gargalhada)

Tigresa: Pera aí. Se você está vendo a gente pelas câmeras, por que tá perguntando isso?

---------------------------------

Voz do Silvio Santos: E vamos para a roleta de desculpas. Roda! roda! ... E a desculpa de hoje é: "Desculpa esfarrapada!" Kskskskskkskskskskksk

---------------------------------

Luke: Eu só estava testando vocês hehehehe (risada falsa)

Tigresa: Sei...

Garra de Ferro: Aham.

Tigresa: Espera, eu acabei de analisar a estrutura da roda gigante e identifiquei que a maior parte dela é feita de Estanho.

Scar: Agora eu entendi porque o Kaiser disse que esse local era um possível alvo.

Garra de Ferro: Aiai, saudades de fazer aquele tio choramingar (risadas)

Conversa na escuta Off ---

E lá estava a Tigresa, bem na minha frente. Será que ela vai descobrir quem eu sou? kkskskskskksk vai nada. A uns dez metros de distância dela eu passava as informações, sentado em um banco enquanto esperava a Camila. Vai saber, se ela é uma Leoa deve ter no mínimo uma audição aguçada, então com todo cuidado do mundo eu os enrolava até que algum sinal aparecesse.

Pouco tempo depois...

Camila: Oi Luke, tudo bem? – cumprimenta o garoto com animação ao aborda-lo

Luke: Até que enfim atrasada, eu tô de boa. – sorri para a garota

*Os dois se cumprimentam com um aperto de mão seguido de um beijo no rosto

Camila: Um mago nunca se atrasa, e nem se adianta, Frodo Bolseiro. Ele chega exatamente quando pretende chegar - fala engrossando a voz

Luke: Caraca! - fala espantado após entender a referência - Posso te pedir em casamento?? 

Camila: (risos) vamos dar uma volta... – estende a mão para Luke

Luke: beleza, bora – responde dando a mão para a menina

Um pouco tímidos porém felizes por estarem juntos, Luke e Camila passeiam pelo parque de diversões, indo em diversos brinquedos. Conforme o tempo vai passando os dois começam a perder a vergonha e trocam experiências um com o outro, para se conhecerem melhor. Os dois resolvem dar uma pausa na adrenalina e decidem relaxar um pouco. Após comprar um sorvete para a garota, Luke volta a conversar com o squad pela escuta.

Conversa na escuta On ---

Garra de Ferro: Eu vou embora, vai se fuder. Já faz uma hora que eu tô nessa merda de ferro velho. Os ratos até já tão achando que eu sou pai deles.

Scar: Nem reclama viado. Pelo menos você não tá fedendo a bosta. Vou embora também.

Tigresa: Os dois podem ir embora. Eu vou continuar na minha posição.

Garra de Ferro: Aleluia.

Scar: Ok, câmbio desligo.

Luke: Quem ainda tá na escuta?

Tigresa: Só eu, eu acho...

Luke: Quer saber, deixa quieto. Ninguém vai roubar uma roda gigante.

Tigresa: Ok, valeu Lobinho vou pra minha casa. Se cuida aí.

Luke: Boa noite gata. Pera, pera! Só mais uma coisa. Sobre o beijo de hoje à tarde...

Tigresa: Relaxa, só foi um selinho. Mas se me roubar outro beijo fique sabendo que não vai voltar pra casa com todos os dentes.

Luke: (risos) Nossa você levou na esportiva...

Tigresa: Faz parte. Eu meio que sabia que você ia fazer aquilo, mas foi só pela experiência mesmo.

Luke: Você o quê??! - pergunta espantado- Espertinha (risos)...

Tigresa: Gostou? (risos) - pergunta retoricamente

Luke: Mas namoral, eu meio que acho que a gente podia...

Tigresa: Hahahahaha

Luke: (risos de vergonha) Tô falando sério pô...

Tigresa: Ok... (risos debochados) cambio desligo.

Luke (pensando): Mulher não tem alma não?? A filha de Johnson me usou só pra... bom, daora foi hehehehe.

Conversa na escuta Off ---

Camila: Com quem você tava falando? A cada dois minutos você fica cochichando aí. Que que tá pegando?

Luke: Nada não (risada falsa) eu só tava falando com minha mãe, ela estava preocupada, sacoméné?

Camila: Sei como é (risos) minha mãe também é assim...

Luke: (risos) ae, o que você acha de ir pra roda gigante?

Camila: Hmmmmm...- olha para Luke com um olhar malicioso

Luke: (risos) sem malícia.

Camila: (risos) brincadeira, vamos sim. – diz sorrindo para o garoto

O casal se dirige a roda gigante e lá ficam admirando a belíssima vista nas alturas, na qual é pintado um clima entre os dois pombinhos.

Camila: Que bonito...- fala admirando a vista de brilhar os olhos - E pensar que um deserto de pedra como Dissidia pode ser tão bonito olhando assim daqui...

Luke: Verdade, de vez em quando eu penso nisso também. Você... também.

Camila: Eu também o que?

Luke: Fica tão bonita quando se impressiona com alguma coisa (ri com vergonha)

Camila: cala a boca...- responde o elogio rindo no mesmo tom do garoto

Os dois jovens se encaram e pouco a pouco vão aproximando-se um do outro, até que numa distância mínima entre suas bocas na qual era possível sentir a quentura de seus corpos, a roda gigante recebe um forte impacto.

Camila: O que aconteceu? - pergunta para Luke com preocupação

Luke: Não faço ideia, mas nós temos que dar um fora daqui. Sorte que estamos perto do chão.

Camila: Ok, vamos. – Concorda ainda preocupada

Luke segura a mão de Camila e com cuidado juntos descem da Roda Gigante. A situação era extremamente preocupante, o Quinteto havia chegado e estavam usando armas especiais para coletar o Estanho na base da Roda Gigante, instabilizando o brinquedo que ameaçava cair juntamente com as pessoas que estavam a bordo. Ao perceber uma brecha no olhar da garota, o herói sai correndo e entra num banheiro químico, colocando sua máscara e transformando-se no Lobo Solitário.

Lobo Solitário: Hora do show!

Lobo Solitário sai do banheiro químico e correndo rapidamente chega até a roda gigante. Quando Camila vê o herói...

Camila: Meu amigo sumiu! 

Lobo Solitário: Relaxa, eu o levei pra um lugar seguro. (desculpinha bosta) Agora corra e vá também!

Camila: Ok Lobo Solitário- responde ao herói com confiança

Lobo Solitário: Uiuiui tô famoso ein. - fala consigo mesmo

Após a saída de Camila, a portadora da máscara de Leão aparece e ,enquanto salva os civis presos na roda gigante, mesma manda uma escuta para o squad.

Conversa na escuta On ---

Tigresa: Venham para o parque imediatamente!! O Quinteto está aqui.

Scar: O que?! Ok, estou indo.

Garra de Ferro: Eu também, já tô chegando.

Tigresa: Lobo Solitário – fala o nome do herói em um tom de bronca - você não estava no Covil?? – pergunta com ironia

Lobo Solitário: Você me viu né?? (risos) fui tapeado - responde Tigresa enquanto salva a outra parte dos civis fazendo acrobacias para saltar através da estrutura da Roda Gigante 

Tigresa: Já que você está aqui, me ajuda a acabar com a brincadeira desses caras. Só não deixa esse seu nariz grande atrapalhar seus golpes.

Lobo Solitário: Pode deixar - abre um sorriso lateral esboçando confiança- a propósito, eu peguei a referência (risos)

Conversa na escuta Off ---

O parque estava um caos. Marik, o líder do Quinteto mascarado com a face deturpada da estátua da Liberdade, fazia os civis correrem desesperados e aos berros com o barulho de sua minigun, ao mesmo tempo rindo de toda a situação. Quando a roda gigante finalmente cai, ameaçando matar muitos civis, Garra de Ferro chega na hora "H", e usando muita força segura o brinquedo com as mãos até a evacuação completa dos civis. Derrubando aos tiros de sua M16 um dos integrantes do Quinteto que vestia a máscara de George Bush, Scar surge no parque dando uma baixa no time dos vilões.

Marik: Hahahahaha Meus amigos! nós viemos por obrigação, mas pelo visto vamos nos divertir com os Vingadores!- Proclama o louco para com seus aliados, que gargalham junto de seu líder

Lobo Solitário: Levem o que quiserem, apenas deixem os civis em paz! – diz se aproximando de Marik, numa tentativa de barganha

Marik: hahahahaha olhe ao seu redor criança. Um show não é bom sem os fogos de artifício.

Lobo Solitário observa a situação e percebe um grande número de feridos no chão, alguns até mesmo baleados.

Tigresa: Os civis...como eu pude deixar? - fala consigo mesma num tom de angustia

Lobo Solitário: Scar!

Scar: Eu tomo conta dos civis, acabem com eles!

Garra de Ferro: Pode apostar

Marik: Um Herói não deveria proteger as pessoas? é uma pena... ESSES SÃO SEUS HERÓIS, DISSIDIA??!- cai na gargalhada novamente

Lobo Solitário: CHEGA!! 

Partindo para cima de Marik, Lobo Solitário e Tigresa o atacam usando combate corpo a corpo enquanto são revidados com tiros de alto calibre.  Simultaneamente, Garra de Ferro ocupa-se de lutar contra os três remanescentes membros do Quinteto, mas embora fosse extremamente forte, seus oponentes também se mostravam exímios combatentes. Após muitos tiros e golpes trocados, o squad se vê em problemas, afinal os marginais experientes estavam a um nível superior. Caídos e sem forças, os bravos heróis que entraram cheios de vigor para o embate agora se viam a mercê de seus inimigos.

Marik: Os heróis estão caídos??? - zomba de forma irônica- Não passam de crianças brincando se super-heróis. 

Scar: Se eu tomar mais um tiro ... já era ...

Tigresa: Eu não consigo...urgh...meu traje não me protege mais...

*Garra de ferro capota no chão desmaiado

Tigresa: Só faltam três...Vamos conseguir. – fala com convicção apesar da dor

Marik: Miserável - chuta o rosto de Tigresa que cai no chão - Levante-se putinha! De joelhos! De joelhos!! - põe Tigresa sobre joelhos a força - Enfim, vamos ver quem é a garota por trás da máscara...

Marik tenta tirar a máscara do rosto de Tigresa, porém apesar de esforços não consegue de forma alguma.

Marik: MALDIÇÃO!! Sai logo do rosto dessa vadia!!!- tenta arrancar a máscara uma última vez, mas novamente fracassa.

Tigresa: Minha máscara obedece somente a mim, e não a um filho da puta como você!- rebela-se contra Marik apesar das condições desfavoráveis

*Marik esmurra o estomago de Tigresa que cospe sangue

Lobo Solitário: COVARDE!!! TIRE AS MÃOS DELA!!- grita o garoto que estava sendo segurado pelos dois únicos integrantes remanescentes do Quinteto

Marik: Hahahahahahah está com medo?? Eu me sinto assim todos os dias. Não é péssimo?? – pergunta com ironia

Lobo Solitário: Deixe ela em paz Marik, por favor. - exclama ao homem trajado de Liberdade

Marik: Silêncio plateia! vamos começar o espetáculo, começando por você...Tigresa- Mira a minigun para o rosto de Tigresa que estava vulnerável de joelhos

Scar: TIGRESAAAA!

Marik pressiona o gatilho, fazendo a minigun começar a operar. Ao escutar o som que mataria sua companheira a milissegundos, Lobo Solitário é dominado pela ira e eleva suas forças ao máximo, desbloqueando um potencial até então oculto. Seu traje de prata é iluminado pela luz da Lua, o envolvendo numa mística e radiante chama azul que imediatamente queima os inimigos que o prendiam. Surpreendendo-se ao reparar na cena, Marik "a Liberdade" mira a minigun e atira sem parar no Lobo, porém as balas nem sequer chegam a tocar o alvo, sendo pulverizadas ao entrar em contato com o fogo azul que o envolvia. Com um uivo de ira, e usando todas suas energias restantes, Lobo Solitário salta numa velocidade absurda na direção de Marik, o atacando com socos e chutes de maneira selvagem e destrutiva. Marik não consegue nem ao mesmo acompanhar os golpes do Berseker que agora só tinha um único objetivo: eliminar seu alvo.

Após uma surra árdua e desproporcional, Marik cai no chão sangrando e a beira da morte. As nuvens agora ofuscavam a luz da lua, fazendo com que o poder oculto de Lobo Solitário cessasse e seu usuário ficasse esgotado. Uma gota após outra caem do céu, anunciando a chuva que logo se inicia. Eis que então, nesse cenário depressivo, surge uma figura sombria e amedrontadora trajada de preto. Em sua face repousava o semblante metálico de um bode e em sua mão esbanjava-se um escuro Caduceu prateado com uma joia vermelha incrustada em sua extremidade. Aproximando-se dos destroços da Roda Gigante, o sujeito estende o cajado que reage ao Estanho, absorvendo o metal agora convertido em energia que revitaliza o brilho da pedra avermelhada.

Tigresa: Quem é você? - pergunta esgotada ao sinistro mascarado

Scar: Esse cara... Ele é o... - diz com medo de sua própria conclusão

Lobo Solitário: Necromante?...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...