História Heróis de Dissidia (Inspirado em Ladybug e Vingadores) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alquimia, Heróis, Original
Visualizações 3
Palavras 1.951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Um "oi" para a liberdade


Fanfic / Fanfiction Heróis de Dissidia (Inspirado em Ladybug e Vingadores) - Capítulo 11 - Um "oi" para a liberdade

E lá estava eu denovo, fodido numa situação que podia espor minha identidade. Eu tinha que prosseguir com a missão, afinal que tipo de lider, ou melhor, que tipo de herói troca dever por lazer? Por outro lado eu já tinha mancado com a Camila, e ela não iria me perdoar se eu cometesse o mesmo erro denovo, então eu decidi fazer as duas coisas. 

Dai vocês devem estar pensando: "Puxa Luke seu gostoso, por que você não revela sua identidade?". Bom, por três motivos: Segurança pessoal; Segurança da minha mãe e dos meu amigos; e também porque é muito foda ter uma identidade secreta, quer dizer, mais ou menos. Bem que eu queria falar pra geral que eu sou o Lobo Solitário, a galera ia me respeitar  demais heheheh mas fazer o que né? Com grandes poderes vem grandes responsabilidades.

Com uma roupa muito chique de top e com a mascara do lobo na minha mochila, fui para o parque uma meia hora antes do combinado com a Camila. A galerinha dos heróis já estavam a postos, achando que eu estava no Covil quando na verdade eu passava informações básicas com a minha escuta. 

------ Conversa na escuta ------

Tigresa: Estou no parque, ta bem brilhante por aqui kkkkk. Mas infelizmente nada de Quinteto da Justiça.

Luke: Só eu que acho que tinha que ser "Quinteto da Injustiça"? Você ta usando seu traje?

Tigresa: Sim e sim kkkkkkkk, e vocês garotos?

Luke: Puots a ideia da paisana foi pessima

Garra de Ferro: Eu ja to com meu traje

Luke: Scar?

Scar: Quer que eu fale o que? Ninguém me deu uma mascara

Luke: Hueheuheueheueheur

Tigresa: Kkkkkkkkk

Garra de Ferro: Kkkkkkkkkk

Tigresa: Perai. Se você ta vendo a gente pelas câmeras, por que ta perguntando isso?

E vamos para a roleta de desculpas. Roda, roda! ... E a desculpa de hoje é: "Deculpa esfarrapada!" Kskskskskkskskskskksk

Luke: Eu só tava testando vocês hehehehe - risada falsa

Tigresa: Sei...

Garra de Ferro: Aham.

Tigresa: Espera, eu acabei de analisar a estrutura da roda gigante e identifiquei que a maior parte dela é feita de Estanho.

Scar: Agora eu entendi porque o Kaiser disse que esse local era um possível alvo.

Garra de Ferro: Aiai, saudades de fazer aquele tio choramingar kkkkkk

A Tigresa estava lá, bem na minha frente. Será que ela vai descobrir quem eu sou? Skkskskskskksk vai nada. De longe dela eu passava as informações, sentado em um banco enquanto esperava pela Camila. Vai saber, se ela é uma Leoa deve ter no mínimo uma audição aguçada, então com todo cuidado do mundo eu enrolava eles até que alguém desse um sinal.

Camila: Oi Luke ; D, tudo bem?

Luke: Até que enfim atrasada, eu to de boa 

Os dois se cumprimentam com um aperto de mão seguido de um beijo no rosto

Camila: Um mago nunca se atrasa, e nem se adianta, Frodo Bolseiro. Ele chega exatamente quando pretende chegar - fala engroçando a voz

Luke: Caraca °o° posso te pedir em casamento?? 

Camila: Kkkkkkkkkk vamos dar uma volta

Luke: Kkkkkkkk beleza

Luke e Camila passeiam pelo parque de diversões, indo em diversos brinquedos. Conforme o tempo vai passando os dois começam a perder a vergonha e trocam experiências um com o outro, para se conhecerem melhor. Os dois resolvem dar uma pausa na adrenalina e decidem relaxar um pouco. Após comprar um sorvete para a garota, Luke volta a conversar com o squad pela escuta.

Garra de Ferro: Eu vou embora, vai se fuder. Ja faz uma hora que eu to nessa merda de ferro velho. Os ratos até ja tão achando que eu sou pai deles.

Scar: Nem reclama viado. Pelo menos você não ta fedendo a bosta. Vou embora também.

Tigresa: Os dois podem ir embora. Eu vou continuar na minha posição.

Garra de Ferro: Aleluia.

Scar: Ok, câmbio desligo.

Luke: Quem ainda ta na escuta?

Tigresa: Só eu, eu acho.

Luke: Quer saber, deixa quieto. Ninguém vai roubar uma roda gigante.

Tigresa: Ok, valeu lobinho vou pra minha casa. Se cuida.

Luke: Boa noite gata. Pera pera! Só mais uma coisa. Sobre o beijo de hoje a tarde...

Tigresa: Relaxa, só foi um selinho. Mas se me roubar outro beijo fique sabendo que não vai voltar pra casa com todos os dentes.

Luke: Kkkkkkkkkkkkk beleza

Tigresa: Kkkkkkkk cambio desligo

Ao tornar os olhos para Camila...

Camila: Com quem você tava falando? A cada dois minutos você fica cochichando ai. Que que ta pegando?

Luke: Nada não kkkkkkkkkk eu só tava falando com minha mãe, ela tava preocupada.

Camila: Sei como é kkkkkkkkkk minha mãe também é assim

Luke: Kkkkkkkkkkkk ae, o que você acha de ir pra roda gigante?

Camila: Hmmmmm

Luke: kskskskksksks sem malícia

Camila: kkkkkkkk brincadeira, vamos sim

O casal se dirige a roda gigante e lá ficam admirando a belíssima vista nas alturas, na qual é pintado um clima entre os dois pombinhos.

Camila: Que bonito *_* E pensar que um deserto de pedra como Dissidia pode ser tão bonito olhando assim daqui

Luke: Verdade, de vez em quando eu penso nisso também. Você... também.

Camila: Eu também o que?

Luke: Fica tão bonita quando se impressiona com alguma coisa kkkk

Camila: Kkkk cala a boca

Os dois jovens se encaram e pouco a pouco vão aproximando-se um do outro, até que numa distância minima entre suas bocas a Roda gigante recebe um forte impacto.

Camila: O que aconteceu?- pergunta a Luke com preocupação

Luke: Não faço ideia, mas nós temoa que dar um fora daqui. Sorte que estamos perto do chão.

Camila: Ok

Luke segura a mão de Camila e com cuidado juntos descem da Roda Gigante. A situação era extremamente preocupante, o Quinteto havia chegado e estavam usando armas especiais para coletar o Estanho na base da Roda Gigante, instabilizando o brinquedo que ameaçava cair juntamente com as pessoas que estavam a bordo. Ao perceber uma brecha no olhar da garota, o herói sai correndo e entra num banheiro químico, colocando sua máscara e transformando-se no Lobo Solitário.

Lobo Solitário: Hora do show!

Lobo Solitário sai do banheiro químico e correndo rapidamente chega até a roda gigante. Quando Camila ve o herói...

Camila: Meu amigo sumiu! 

Lobo Solitário: Relaxa, eu levei ele pra um lugar seguro. Agora corra e va também!

Camila: Ok Lobo Solitário- responde ao herói com confiança

Após a saída de Camila, a portadora da mascara de Leão aparece e enquanto salva os civis presos na roda gigante, a mesma manda uma escuta para o squad.

------ Na escuta ------

Tigresa: Venham para o parque imediatamente!! O Quinteto está aqui.

Scar: O que?! Ok, to indo

Garra de Ferro: To chegando

Tigresa: Lobo Solitário, você não estava no Covil??

Lobo Solitário: Você me viu né?? Kkkkkkk fui tapeado - responde Tigresa enquanto salva a outra parte dos civis fazendo acrobacias para saltar através da estrutura da Roda Gigante 

Tigresa: Já que você ta aqui, me ajuda a acabar com a brincadeira desses caras. Só não deixa esse seu nariz grande atrapalhar seus golpes.

Lobo Solitário: Pode deixar - abre um sorriso lateral esboçando confiança- a propósito, eu peguei a referência Kkkkkkk

O parque estava um caos. Marik, o líder do Quinteto mascarado com a face deturpada da estatua da Liberdade, fazia o povo correr desesperado aos berros com o barulho de uma minigun, e ao mesmo tempo rindo de toda a situação. Quando a roda gigante finalmente cai,  ameaçando matar muitos civis, Garra de Ferro chega na hora "H", e usando muita força segura o brinquedo com as mãos até a evacuação completa dos civis. Derrubando aos tiros de sua M16 um dos integrantes do Quinteto que vestia a mascara de George Bush, Scar surge no parque dando uma baixa no time dos vilões.

Marik: Hahahahaha Meus amigos! nós viemos por obrigação, mas pelo visto vamos nos divertir com os Vingadores!- Proclama o louco para  com seus aliados, que gargalham junto de seu líder

Lobo Solitário: Levem o que quiserem, apenas deixem os civis em paz

Marik: Kkkkkkkkkkkkk olhe ao seu redor criança. Um show não é bom sem os fogos de artifício.

Lobo Solitário observa a situação e percebe um grande número de feridos no chão, alguns até mesmo baleados.

Tigresa: Os civis...como eu pude deixar?- fala consigo mesma num tom de angustia

Lobo Solitário: Scar!

Scar: Eu tomo conta dos civis, acabem com eles!

Garra de Ferro: Pode apostar

Marik: Um Herói não deveria proteger as pessoas? é uma pena... ESSES SÃO SEUS HERÓIS, DISSIDIA??!- cai na gargalhada novamente

Lobo Solitário: CHEGA!! 

Partindo para cima de Marik, Lobo Solitário e Tigresa o atacam usando combate corpo a corpo enquanto são revidados com tiros de alto calibre.  Simultaneamente, Garra de Ferro ocupa-se de lutar contra os três remanescentes membros do Quinteto, mas embora fosse extremamente forte, seus oponentes também se mostravam exímios combatentes. Após muitos tiros e golpes trocados, o squad se vê em problemas, afinal os marginais  experientes estavam a um nível superior. Caídos e sem forças, os  bravos heróis que entraram cheios de vigor para o combate, agora se viam a merce de seus inimigos

Marik: Os heróis estam caídos??? Kkkkkkkkk- zomba de forma irônica- não passam de crianças brincando se super heróis. 

Scar: Se eu tomar mais um tiro já era...

Tigresa: Eu não consigo...argh...meu traje não me protege mais

*Garra de ferro capota no chão desmaiado

Tigresa: Só faltam três...Vamos conseguir...

Marik: Miserável - chuta o rosto de Tigresa que cai no chão - Levante-se putinha! De joelhos! De joelhos!!- põe Tigresa sobre joelhos a força - Enfim, vamos ver quem é a garota por trás da máscara...

Marik tenta tirar a máscara do rosto de Tigresa, porém apesar de esforços não consegue de forma alguma.

Marik: MALDIÇÃO!! Sai logo do rosto dessa vadia!!!- tenta arrancar a mascara uma última vez, mas novamente fracassa.

Tigresa: Minha máscara obedece  somente a mim, e não a um maníaco de merda!- rebela-se contra Marik apesar das condições desfavoráveis

*Marik esmurra o estomago de Tigresa que cospe sangue

Lobo Solitário: COVARDE!!! TIRE AS MÃOS DELA!!- grita o garoto que estava sendo segurado pelos dois  únicos integrantes remanescentes do Quinteto

Marik: Hahahahahahahhahaha está com medo?? Eu me sinto assim todos os dias. Não é péssimo??

Lobo Solitário: Deixe ela em paz Marik, por favor.- exclama ao homem trajado de Liberdade

Marik: Silêncio platéia! vamos começar o espetáculo, começando por você...Tigresa- Mira a minigun para o rosto de Tigresa que estava vulnerável de joelhos

Scar: TIGRESAAAA!

Marik pressiona o gatilho, fazendo a minigun começar a operar. Ao escutar o som que mataria sua companheira a milisegundos, Lobo Solitário é dominado pela ira e eleva suas forças ao máximo, desbloqueando um potencial oculto. Seu traje de prata é iluminado pela luz da Lua, o envolvendo numa mistica e radiante chama azul que imediatamente queima os inimigos que o prendiam. Surpreendendo-se ao reparar na cena, Marik "a Liberdade" mira a minigun e atira sem parar no Lobo,  porém as balas nem sequer chegam a tocar o alvo, sendo pulverizadas ao entrar em contato com o fogo azul que o envolvia. Com um uivo de ira, e usando todas suas energias restantes, Lobo Solitário salta numa velocidade absurda na direção de Marik, o atacando com socos e chutes de maneira selvagem e destrutiva. Marik não consegue nem ao mesmo acompanhar os golpes do Berseker que agora só tinha um único objetivo: eliminar seu alvo.

Após uma surra árdua e desproporcional, Marik cai no chão sangrando e a beira da morte. As nuvens agora ofuscavam a luz da lua, fazendo com que o poder oculto de Lobo Solitário cessasse e seu usuário ficasse esgotado. Uma gota após outra  caem do céu, anunciando a chuva que logo inicia. Eis que então, nesse cenário depressivo, surge uma figura sombria e amedrontadora trajada de preto. Em sua face repousava a mascara que remetia a um bode, e em sua mão carregava um Caduceu com uma joia vermelha encrustada em sua extremidade. Aproximando-se dos destroços da Roda Gigante, o sujeito estende o cajado que reage ao Estanho, absorvendo o metal que é convertido em energia, assim revitalizando o brilho da pedra avermelhada.

Tigresa: Quem é você?- pergunta esgotada ao sinistro mascarado

Scar: Esse cara... Ele é o...- diz com medo de sua própria conclusão

Lobo Solitário: Necromante.





















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...