História Hey Daddy 1.1 - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Sehun, Suga, Taehyung
Visualizações 168
Palavras 2.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello my babes❤ Tudo bem com vocês? Então, a Unnie/Noona de vocês quer pedir desculpas pela demora do capítulo - Me desculpem ❤

Vou deixar um comunicado nas notas finais e por favor, LEIAM!

Boa leitura!

Capítulo 18 - Sabor da vingança é frio mas as vezes pode ser quente


Fanfic / Fanfiction Hey Daddy 1.1 - Capítulo 18 - Sabor da vingança é frio mas as vezes pode ser quente

Eu só quero deixar ressaltado uma coisinha,sabe,acho que me deram cedativo para Leão.Porquê? Oras,acordei quase 13horas e perdir o horário de visita porra 

Jin estava lendo quando acordei e tive um pequeno surto mas que logo foi resolvido depois que matei minha fome de dez mendigos.Sehun me deu alta além de trocentas recomendações as quais nem prestei atenção,queria mesmo era visitar os meus heróis 

Minha mãe e a MinHee estavam conversando com as senhoras Jeon e Min,até que se deram muito bem.Minha mãe não tinha muitas amigas e depois que papai morreu,ela se isolou apenas para trabalho.

-Boa Tarde,princesa!- Joonie beijou minha bochecha.Sentando-se no pequeno sofá de couro ao meu lado 

-Bom dia e Boa tarde,Joonie!- Ditei manhosinha,Ajeitando uma mecha do meu cabelo 

-Como está a perna? - Joonie fez uma careta engraçada,soltei um risinho baixo

-Hm,dolorida? - Sorrimos. -conseguiu visitar os meninos?- Foquei em seus olhos verdes.Joonie balançou a cabeça sorrindo de lado

-Sim,e eles estão bem! Não se preocupe,hm?- Afagou meu cabelo.Suspirei aliviada, queria sentir segurança em alguém  e acho que  o Joonie é a pessoa certa. Ele sempre exala essa áurea acolhedora e simpática 

-Querida, vamos?- Minha mãe apareceu na minha frente.Beijou as bochechas gordinhas com covinhas do Joonie que ficou tímido 

-Precisamos de uma... - Ah sim,ainda tem isso.Usar cadeira de rodas até o carro,pra quê?  MinHee estava ao lado do doutor Boo Song,médico dos meninos quando ouvimos uma gritaria vindo do fim do corredor

Taehyungie e Hope-ah estavam em cima de uma cadeira de rodas, correndo pelo corredor feito furacão.

-Cadeira!- Completou Joonie boquiaberto,assim como minha mãe e o médico Boo Song.Mesmo sendo em um local proibido, ate que tava engraçado.Tentei segurar a risada mas não conseguir,MinHee me repreendeu com olhar nunca nem vi - Kim Taehyung e Jung Hoseok!- Joonie pronunciou em bom som, atraindo os olhares dos dois idiotas que ficaram brancas na hora.- Agora!!- Exclamou. céus que isso? Nunca vir Joonie assim, até me deu medo. Os meninos começaram a caminhar,um  empurrando o outro e resmungando algo que não conseguir decifrar.

-Hyung.. - Tae tentou se explicar mas se calou com o olhar sério do Joonie.Queri está filmando isso,seria muito bom zoar com eles.

-Peçam desculpas agora!- Apontou para o médico que bufava. Tae e Hope-ah começaram a pedir desculpas com direito a reverência, até reclamarem de dores na costa.

(...)

O caminho todo pra casa foi tranquilo e divertido. Fora as risadas histéricas do Hope-ah e as caretas hilárias  do Taehyung,jogamos esses trastes no meio do caminho e seguimos para a nossa casa, minha casa

Sehun irá me acompanhar com a fisioterapia, ainda tenho que  agradecê-lo por tudo que fez.Minha mãe e a MinHee foram fazer o almoço e de vez ou outra discutiam sobre qual o melhor tempero.

Fiquei na sala,procurando algo que prestasse na tv.Mas nada de interessante passava 

-Filha? - murmurei um hm ainda procurando algo na tv. -Você gosta do filho da Sr.Jeon? - Que? Deixei o controle cair, alternando meu olhar entre minha mãe e o controle.

-Ein? e-eu não sei do que está falando!- Rebatir. Juntei o controle, afim de encerrar o assunto. 

-Hm,sei!- Saiu cantorolando. Minha mãe está estranha, está mais feliz? Ainda bem que ela não insistiu mas sei que logo  descobrirá algo, mães são sempre assim

Desisto

Minha perna estava coçando e como fui proibida de coçar.Terei que aguentar isso, melhor  ir pro quarto e descansar. Fiquei olhando pra escada,pensando em como iria subir? 

Depois de mil anos, decidir me arrastar na escada, e finalmente cheguei em meu quarto. O mesmo estava limpo e organizado com a minha colcha roxa da galáxias no colchão.As janelas estavam abertas, para ventilar o ambiente que tinha cheirinho de Tuti-fruti

Me aproximei da cômoda que fica perto sa janela, um porta-retrato meu e do meu pai.Eu tinha cinco anos nessa época e foi o melhor dia da minha vida

Pai

Balancei a cabeça, desde que acordei,tenho tido pequenos fragmentos vindo e voltando mas nunca consigo enxegar o quê são.

Queria tanto que você estivesse aqui pai, me dando carinho,me protegendo de tudo  e de todos. Eu sou tão egoísta, pai! Sempre coloquei meus sentimentos na frente dos outros enquanto Minha mãe e MinHee também sofriam.

-Querida?- MinHee bateu na porta antes de entrar. Coloquei o porta-retrato no lugar e suspirei fundo.Esta na hora de agir como  adulta, e parar de ser egoísta - O almoço está pronto!- Me olhou preocupada, sorrindo fraco. MinHee me conhece melhor que ate eu mesma e sabe o quanto eu sou/era ao meu pai

-Ah,então vamos logo!- Sorrir, entrelacei meu braço ao seu, saindo do quarto.O cheiro está divino e minha boca saliva so de imaginar a textura gostosa em minha boca

-Fizemos macarrão com almôndegas e queijo derretido!- Minha mãe ditou assim que entramos na sala.A mesa maravilhosa com um pequeno banquete.Meus olhos brilhavam com uma visão dos céus 

-Estou morta de fome!- Comentei me sentando na cadeira.Peguei um prato,me servindo o mais  rápido possível 

-Coma devagar, pequena! - MinHee aconselhou enquanto se servia.Céus isso aqui é comida dos deuses

-Terei que sair agora mas volto rapidinho, sim?- Olhei desconfiada. Minha mãe saindo? E toda arrumada?  -Ah isso é pra você? - Colocou uma caixinha retangular sobre a mesa.

-O quê é isso?- Exclamei com a boca cheia.

-Abra moçinha!- Ordenou animada. Dei de ombros e tirei a fitinha rosa e o saquinho de presente com estampas de unicórnio. Um iphone 7?  Jesus...isso custa o meus rins no mercado negro

-Puta que pariu!- Gritei - Ganhando um tapa na cabeça de MinHee. Rir sapeca admirando o meu celular novinho em folha, cheirando a bala zero - Mãe!! obrigada,obrigada!- Levantei a beijando em seu rosto 

-Chega, chiclete!- Fez careta. - Agora tenho que ir,beijos!- Saiu correndo. Olhei para MinHee que deu de ombros. Ai tem coisa 

Terminei de comer e ajudei MinHee à lavar as louças, voltei pro sofá,apoiando minha perna sobre a almofada.Quanta mensagens - jesus -não acaba não? 

Do nada começa a tocar meu celular, um número  desconhecido 

Alô? 

-Ooi bebê, sou eu, Jimin!- Como não reconhecer essa voz de anjo

-Ooi Jiminie! Tá tudo bem?- Perguntei  receosa,poderia ser uma notícia ruim sobre os meninos

-Relaxa gata! Os meninos acordaram e querem te ver!- Podia imaginar Jimin revirando os olhos - Na verdade, Jeon praticamente me obrigou né - Bufou. Gargalhei do mesmo

-Oh sério? - estava surpresa com a atitude do Jeon. Mas não tão surpresa pelo que ele  fez.Ele e o Yoongie

-Sim,princesa!- Resmungou 

-Jiminie,minha mãe saiu e bom...MinHee não sabe dirigir - falei baixinho - Se alguém me amasse muito, poderia me ajudar  - falei manhosa. Se tem uma coisa mais melosa que voz de bebê seria Park Jimin.Ele não resistir a voz de bebê,ainda mais quando sou Yo

-Não faz isso comigo,princesa!- respondeu manhoso.

-Por favor...Jiminie-ah - sussurrei bem manhosinha.Ouvir um suspiro pesado do mesmo e tive que me controlar pra não rir

-Aigoo, tá! Esteja pronta em cinco minutos,sim?- Sorrir vitoriosa.Jimin desligou, meu sorriso parece que vai rasgar meu rosto - Mãe!!! - Gritei. MinHee apareceu na sala como furacão 

-O que houve menina?- Comecei a rir de seu desespero - Ta rindo do quê? - Cruzou os braços 

-Desculpa,mãe!- Respirei fundo -Sabe, Jimin vem me buscar para visitar os meninos,posso? Sim?-Juntei as mãos fazendo carinha de cachorro sem dono

-Você saiu hoje de lá, querida! E ja quer pisar de novo,naquele hospital?  - Assenti - Entendo que são seus amigos mas... - desfiz meu sorriso. Claro que ela não iria deixar eu sair - Aish, vamos! Te ajudo a se arrumar. - Beijei a testa da mesma e subindo as escadas

Enquanto eu tomava banho ou melhor  tentava, MinHee escolhia uma roupa que não fosse complicado vestir.Terminei de tomar banho, MinHee escolheu um vestido amarelo bebê, sua estampa no busto delicado com pedrinhas douradas e a saia balão solta

Peguei um casaco de algodão da cor creme, soltei os cabelos e passei pergume e um pouco de creme nas mãos.Optei por uma sapatilha também da cor creme abertinha

Me olhei no espelho,me sentindo bem e feliz pelo que via. Será que o Jeon...Céus, eu sou uma pervertida. Levei a mão na boca,como  fui pensar nessas coisas ? Sentir meu rosto esquentando assim como no meio das minhas pernas

-Está tudo bem,querida?- Minhee perguntou desconfiada. Apenas virei o rosto e assenti apressadamente,não queria que ela me visse assim.Ouvimos um barulho de buzina salva pelo Park

Peguei um bolsinha, colocando meu celular e documentos.Descemos à escada, Minhee correu para abrir a porta,encontrando um Park de cabelos...preto?

-JIMINIE!- Exclamei surpresa. Park Sorrio com seu costumeiro Eyes Smile tão lindo.

-Você está linda,princesa!- Beijou minha bochecha.Sorrir tímida, ouvindo a risadinha da MinHee

-Você também está lindo! Um gato!- Brinquei fazendo meow.Jiminie gargalhou colocando a mão sobre a boca

-Eu sei! Agora  vamos,huh? - Convencido?Nenhum pouco ne.Assenti,nos despedimos de MinHee.Jimin me ajudou a entrar no seu carro ou se é do meu pai,então é meu também Frases do Park Jimin,acreditem

Jiminie me contou que mudou a cor de seu cabelo,porquê  sua crush ou como eu gosto de chamar PDE- Puta de esquina, disse que prefere preto seu cabelo.Tinha que ter mulher no meio, dei uns cascudos no Jiminie pra ver se ele aprende a deixar de ser trouxa

Chegamos no hospital, Park estacionou e saímos do estacionamento.Na recepção tive que fazer uma inscrição para ganhar um crachar de visita. O que eu acho uma bosta e bem desnecessário 

Encontramos com o doutor Boo song no caminho, ele nos recomendou umas coisas, e so prestei atenção em "nada de esforços". Chegamos no quarto dos meninos, Jimin foi logo entrando como se "ja sou de casa"

Uma enfermeira estava dando comida na boca dos meninos.Surgiu uma dúvida aqui, qual a distância de um corpo daqui do sétimo andar até o chão?  Jeon assim que me viu se engasgou,Yoonie começou a rir de seu desespero enquanto a enfermeira batia em sua costa

-Bebê!- Yoongie sorrio gengival.Retribuir o sorriso,abraçando o mesmo.Meu corpo tremia de ansiedade,felicidade, raiva, tudo ao mesmo tempo  - Está tudo bem, princesa!- Yoongie sussurrou.Nem precisei dizer nada,o mesmo sentiu isso.

-Yoongie - choraminguei. Inalando seu perfume  natural - Nunca mais me deixe,ouviu?- Escutei sua risadinha

-Nunca,bebê!- Beijou minha testa,Sorrir  boba com seu ato.Yoongi é carinhoso sim, só não precisa ficar 24 horas demonstrando isso

-Ei, eu ainda existo viu!- Jeon exclamou irritado.Seu maxilar estava travdo e um bico fofo nos lábios vermelhinhos.Yoongie deu língua para o mesmo

-Você parece está gostando daqui!- Comentei sarcástica.Jeon levantou a sobrancelha, entendendo a minha indireta. Um brilho surgiu em suas pérolas negras, a qual não conseguir distinguir se era bom ou ruim.

-Um pouco! Aqui me dão comida até na boca!- Sorrio de lado -Bem que você podia terminar o serviço da enfermeira,huh? - Ele quer me irritar mas não vai conseguir

-Claro,porquê não? - Sentei na beira de sua cama.Jeon arregalou os olhos quando viu o prato em minha mão - Agora abra a boquinha,sim?- Sorrir diabólica.Jeon me olhou receoso e aos poucos foi abrindo a boca, a comida estava um pouco quente então  seria uma vingança?  Talvez.Enfiei a colher com tudo em sua boca

-Ah...ah...ah - Jeon abanava sua boca com a outra mão, cair na gargalhando enquanto Jiminie pegava água  para o mesmo - Você...é louca?- Esbravejou. Dei d ombros 

-Talvez! - Rir maléfica me sentando na cama do Yoongie que ria sem parar

-Princesa, cuidado com Jeongguk!- Jimin como sempre defendendo o amigo.Revirei os olhos

-Nunca nem vi!- Respondi desinteressada 

-Yah, vai ter volta!- Jeon ameaçou.Arqueei a sobrancelha o desafiando



Ficamos assim até  a porta se abrir e o melhor  médico de todos  entrar.Oh Sehun

-Vejo que estão todos bem! Ajeitou os óculos de grau na face.Sehun caminhou até está perto suficiente -Bom,vim avisar que dentro de dois dias,vocês  receberam  alta. - Yoongi gritou Yes e Jeon como um verdadeiro dramático que é  Aleluia Deus

-Sehun, obrigada por tudo! Vocês nós ajudou muito, você fez tudo pelo bem dos meus amigos.Não tenho palavras para agradecer à você! -Beijei sua bochecha.SeHun corou na hora

-Climão ein - Yoonie afinetou. Jimin começou a rir.Olhei para o Jeon que estava observando algo na janela ao seu lado.

-Não precisa me agradecer __________, Fiz o que faria por qualquer pessoa.Mas de qualquer jeito,Obrigado. - Sehun coçou a nuca desconfortável -Tenho que ir agora, melhoras pessoal. - Sorrir doce para o mesmo que piscou antes de fechar a porta

-Concorrência tá grande ein Jeon!- Jimin debochou. Olhei feio para o meso que jogou um beijo no ar.Típico jeito debochado de SeokJin

-Tá, agora calem a boca por quê quero dormir!- Yoongie em seu habitat natural é esse. 

-Princesa, temos que ir. Tenho assuntos para resolver!- Sorrio malicioso. Esse Jimin não presta mesmo.Assenti um pouco tristonha porquê queria ficar  mais tempo com eles ...com ele

-Tchau Yoongie!Melhoras! - Beijei sua bochecha ganhando um risinho do mesmo

Respirei fundo e fiquei  ao lado do Jeon que ainda olhava para janela.

-Tchau, Jeon! Melhoras!- Beijei sua bochecha.Meu coração acelerou quando o mesmo me puxou e dei cara com seu peito duro.Olhei pra cima, com o rosto queimando, Jeon ainda olhava pra janela.Me apertou em seu abraço, seu coração batia forte assim como o meu

-Boa noite! Amor. - Sussurrou


(...)


Notas Finais


COMUNICADO

Irei fazer um Oneshot do Taehyung hoje ou amanhã.A idéia ja está pronta so falta passar pro papel e depois pra cá

Estou à procura de pareceria, se alguém quiser me chama ok?

Vou deixar o link das minhas outras fics e mais uma divulgação de uma amiga pra vocês

Fic- Stripe Tise (Jeongguk)

https://www.spiritfanfiction.com/historia/stripe-tise-12093569

Fic- Amor à primeira vista (Jeongguk)

https://www.spiritfanfiction.com/historia/amor-a-primeira-vistaimagine-jungkook-9363241

Fic- Twins

https://www.spiritfanfiction.com/historia/t-w-i-n-s-imagine-jungkook-10745111

Divulgação @IzzyIzzy

https://www.spiritfanfiction.com/historia/photography-11974654

Fic do Jeongguk gente❤ dêem amor essa fic hehe

Divulgação @ Essa fic é Jikook ❤

https://www.spiritfanfiction.com/historia/suicidal-12305445


comentem o que acharam do ep de hoje. beijos amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...