História Hey, Guys! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Bianca di Angelo, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Cronos, Dionísio, Frank Zhang, Frederick Chase, Gleeson Hedge, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Jason Grace, Katie Gardner, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Miranda Gardiner, Nico di Angelo, Octavian, Paul Blofis, Percy Jackson, Perséfone, Piper Mclean, Poseidon, Prometeu, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Sally Jackson, Silena Beauregard, Thalia Grace, Travis Stoll, Tyson, Will Solace, Zeus, Zoë Nightshade
Tags Franzel, Jasiper, Percabeth, Thalico, Tratie
Visualizações 73
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Annabeth


Lia

 

                                                     Eu: Hey Lia. Você sabe o que aconteceu com a Katie?

Lia: Nn. Pq?

                                                           Eu: To preocupada. Ela disse no grp q ia arrumar as malas

Lia: Hum. Vo tentar descobrir alguma coisa

Eu: Ok

Lia

Visto por último hoje às 17:08

Fechei o app e fui para o banheiro. Tomei banho e lembrei que eu tinha que convencer minha mãe a me trocar de escola. Eu simplesmente não aguentava  mais aquela escola. Pense numa escola bosta. Agora multiplique por 7. É a Half-Bloog High School. Fiquei pensando em como eu podia convencer minha mãe quando meu celular vibrou. Era uma mensagem da Thalia.

Lia

Lia: Fl com ela

Eu: E então?

Lia: Como castigo a mãe dela mandou ela pra olympus

                                       Eu: Oq?! E agr? Vo tentar convencer minha mãe a me colocar lá... já queria tentar fazer isso msm

Lia: Eh 1 boa ideia. Vo tenta fazer isso. A vaca nn vai reclamar

Eu: Vlw Lia. A gente se fl depois. Flw

Lia: Dnd. Flw Annie 

 Comemorei internamente e fui tentar falar com minha mãe.

—------

— Eu já disse, Annabeth. Não e ponto final! - Minha mãe disse, enquanto passava a mão pelos fios castanhos de seu cabelo.

— Por favor, mãe! Não é só porque a Katie vai para lá - eu disse.

— Ah, não? Então porque seria, senhorita Annabeth? - Atena pergunta desconfiada. Me arrepio quando ela me olha com os olhos cinzas transbordando frieza. Aquela não era a minha mãe.

— Hã... porque lá é um dos melhores colégios do país, mãe. Eu estou pensando no meu futuro. Eu não tenho tantas chances na minha escola atual como eu tenho na Olympus - eu disse, aliviada por conseguir inventar uma desculpa.

— Annabeth, esses são bons argumentos. Mas não se esqueça que eu sou sua mãe e te conheço muito bem. Pode me dizer o que está escondendo de mim - ela disse e eu bufei em desagrado. Desde quando Atena me conhecia bem?

— É que eu não aguento mais aquela escola, mãe. São muitos problemas. O ensino uma merda, lá é cheio de gente drogada e eu sofro bullying. Do que mais eu posso reclamar? - Eu disse.

— O.k., Annabeth. Você venceu. Mas só dessa vez. E você devia ter me dito antes que sofria bullying; eu pediria para o diretor mandar uma suspensão para eles - minha mãe disse e saiu do quarto.

 Fiquei dividida. Parte de mim comemorava por conseguir ir para a Olympus junto com a Katie, mas outra parte de mim estava com um pouco de raiva. Não por abandonar a minha escola. Mas sim por ver como minha mãe não se importava de verdade comigo. Que tipo de mãe diz "Você devia ter me dito antes que sofria bullying que aí o diretor ia ser forçado a mandar uma suspensão"? Uma mãe normal, que realmente cuida e ama, diria que era para eu ter falado antes que ela prestaria queixa na polícia e ia prender o bullys. Mas não. Atena Chase, a famosa e talentosa arquiteta, é uma megera. Mas eu não a culpava, porque eu entendia uma parte de seu comportamento. Não todo, mas uma parte. Ela sofreu muito com a partida do meu pai. Eu tinha 10 anos na época. Meus pais tinham um relacionamento conturbado desde que eu tinha uns 5 anos. Eles viviam brigando e discutindo, mas eu nunca entendia o porque. Até que um dia, quando eu já tinha uns 8 ou 9 anos, escutei uma de suas brigas. Eles estavam discutindo sobre que minha mãe estava muito distante, focada só no trabalho e esquecia da família. Eu infelizmente tinha que concordar. Há muito tempo que minha mãe vivia no trabalho e para o trabalho. E foi isso que causou a separação deles. E ela sofreu muito com isso. Porque por mais que ela vivesse no trabalho, ela amava meu pai. E isso só a fez piorar. Ela ficou mais fria e detalhista. Muito mais exigente, perfeccionista e calculista. Mais distante. E foi na época da separção dos meus pais que eu me aproximei de Percy. Ele se tornou meu melhor amigo. Ele me ajudava sempre que eu precisava. Era meu ombro amigo, meu conselheiro. Eu o amava. Ele era o irmão que eu nunca havia tido. Mas só naquela época. Porque, com o passar dos anos, eu desenvolvi outro sentimento por ele. Paixão, atração, afeto, amor incondicional. Eu conseguia lidar com ele, mesmo quando via ele saindo com toda a população feminina da escola diante dos meus olhos. Mas não aguentei mais quando ele simplesmente me jogou umas "verdades" na cara. Para ele eram verdades, para mim não. Eu não reconhecia mais o meu amigo. O garoto que sempre me ajudava, que sempre estava ali por mim. Eu não conhecia mais o Percy. O meu Percy. Ele havia me magoado muito com tudo o que disse, mas eu não entendia o que acontecia com ele. O que o havia mudado tanto. Até que descobri que era a irmã da Katie. A Miranda. A partir daquele momento passei a odiar Miranda com todas as forças que me sobraram.

Depois disso eu e as meninas nos unimos ainda mais. Mudamos tudo. De escola, de personalidade e de corpo. Nunca mais eu fui a mesma. Antes eu era doce, meiga, sensível, delicada e chorona. Já hoje? Hoje eu sou rebelde, insensível, indelicada, mal educada e chata. Muito chata. Mas nada disso afastou minhas amigas de mim. Nos adaptamos juntas. O que era rosa foi virando preto, cinza, vermelho e roxo. A alegria de antes foi indo embora das nossas vidas. Foi substituída por bebidas, brigas e lutas. Muitas lutas. Mas isso é assunto para outro dia. Agora a questão era: vou para a Olympus e eu vou detonar aquele colégio. Eles que se preparem, porque Annabeth, Katerine e Thalita não é qualquer um que segura.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...