História Hey! Lemon boy. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gay, High School, Romance Adolescente
Visualizações 3
Palavras 662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não se acostumem a Cap sendo postado nesta frequência não :,), eu posto quando da na telha :v

Bom, fiquem com esse Cap (^▽^)”

Capítulo 3 - "Fornecedora de lanchinhos"


Fanfic / Fanfiction Hey! Lemon boy. - Capítulo 3 - "Fornecedora de lanchinhos"

*dia seguinte, sexta-feira*

Após o término das aulas, Yuri se dirigia em direção ao ponto em que marcou de se encontrar com sua melhor amiga (cantina), para poderem conversar "Pessoalmente" como ela mesma tinha enfatizado no dia anterior; mas durante o trajeto, que era um tanto demorado, Yuri não conseguia parar de pensar em algo estranho que ocorreu naquela véspera de final de semana:
O dia parecia ter demorado uma eternidade!
Mas você pode até pensar que é normal, mas não para ele. Não, era algo estranho. Sua rotina foi a mesma de sempre, acordou no mesmo horário (em cima da hora, vulgo atrasado), comprimentou o tiozinho simpático que cuida da limpeza,  teve as mesmas aulas, os mesmos incômodos, a única coisa de diferente era que anunciaram que um aluno iria ser transferido para sua sala, mas nem deu importância, seria apenas mais um excluído ou mais um para zuar com a cara dele. Mas mesmo assim tudo passou tão lento, como se o tempo não corresse, sentia como se algo ruim (ou bom, ele não sabia) fosse acontecer.... só não sabia o que.

Após muito refletir,  nem percebeu que já estava chegando na "fornecedora de lanchinhos" como gostava de chamar a cantina; e lá estava sua melhor amiga, Alyssa, ou apenas Aly, era baixinha, com sua linda pele morena, e cabelos pretos com uma mecha marrom, Aly era a típica rockera "revoltada" e "valentona", por sempre usar roupas pretas e gostar de rock, tanto que foi apelidada de: a garota café (café amargo para os mais "íntimos"), mas  ela não era assim, e Yuri sabia disso, desde que se conhecem lembra de Aly ter sempre sido gentil e legal com ele, ela tinha uma  enorme paixão por animais e até diz querer ser veterinária ao se formar, mas também zoa bastante, o que sempre levanta o ânimo do amigo.

(Aly)_Terra chamando Yuri, Yuri como está aí na Lua?

(Yuri)_ha há há, muito "engraçado" Aly.

(Aly)_O mesmo Yuri de sempre, avoado e emo gótico fofo.

(Yuri)_ Eu já disse que não sou.... ah deixa pra lá.

(Aly)_E Alyssa ganha novamente!

(Aly)_Mas e aí? Com que roupa tá pensando em ir para a "festa do ano"?

(Yuri)_ Ah, nem pensei nisso para falar a verdade, acho que básico, uma camisa preta...

(Aly)_Parou aí rapazinho! O básico?! É a festa da GURIA mas popular da tua sala! E tu vai vestido de ninja? Para quê? Vai se esconder do Sol?

(Yuri)_ Talvez eu queira me esconder "deles"...

(Aly)_...

(Yuri)_ AhHhh, b-bem eu deixei um clima meio deprê,  descul..

(Aly)_ououou cara, não precisa se desculpar,  eu sei que esses caras são uns babacas, embustes, desgraçados que já teria dado um soco caso eu não fosse um ser civilizado. Mas... vai por mim, vai ser bom pra você, saca? Conhecer alguém novo, não ficar o dia todo enfiado no quarto vendo anime..

(Yuri)_ Ei! Não vem falar mal dos meus animes!

(Aly)_ kkkkkkkkk

(Yuri)_ Mas acho que você está certa... bom, não vou morrer se tentar, né?

(Aly)_É essa atitude que eu quero ver! Agora vamos para tua casa para que eu possa arrumar uma roupa com a paleta de cores diferente!

(Yuri)_ kkkkk vai ser difícil viu?

(Aly)_ Desafio aceito!

E assim foram para casa de Yuri, onde o dia se seguiu junto a piadas sem graça e assuntos banais, Yuri finalmente pode sentir um alívio em seus ombros,  por isso sempre agradecia internamente por ter uma amiga tão maravilhosa com Aly, nem mesmo ele sabia o que seria dele sem ela, bom, já tinha imaginado, e tudo podia se resumir a solidão, muito rap de anime triste, sorvete e coelhos (porque coelhos? Nem ele sabia).

Após um longo dia, Aly vai embora (quase uma hora da manhã) e Yuri resolve dormir, mas fica pensando todo o tempo  na festa de amanhã e naquele sentimento estranho que voltou a atormenta-lo, "porque estou tão ansioso assim?" pensou ele, "é apenas uma festa afinal", e adormeceu assim.




Notas Finais


Eai? Gostaram? (´•ω•`)

Uma pequena curiosidade, a idéia dessa fic surgiu enquanto ouvia a música "Lemon Boy" de Cavetown.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...