1. Spirit Fanfics >
  2. Hibrid Coffee -Taekook Vkook >
  3. Capítulo 16

História Hibrid Coffee -Taekook Vkook - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Ai, ai... esse é o último capítulo pessoal. Espero que gostem, boa leitura!

*Por favor, leia as notas finais.

Capítulo 16 - Capítulo 16


Fanfic / Fanfiction Hibrid Coffee -Taekook Vkook - Capítulo 16 - Capítulo 16

Taehyung P.O.V.°

-Jungkook, morango ou melancia? -Liguei para o mais novo apenas para perguntar qual suco ele gostaria.

-Onde você tá? Era pra você estar aqui! Eu quase tive um infarto e você só me atende pra falar de morango e melancia?!

-Eu já estou indo, só parei pra pegar um suco. E eu acabei de ligar o celular, não ouvi suas ligações. -Justifiquei, podendo ouvir seu suspiro.

-Traz de morango, e vem logo! -Desligou.

Tá né. Pedi três sucos para atendente, não demorando muito para recebe-los, podendo assim ir direto para a faculdade. Ao andar mais um pouco eu acabo me encontrando com um Jungkook enfurecido.

-Vem logo fazer a maquiagem Tae! -Me chamou.

-Calma! Eu trouxe suco! -Estendi um dos copos a Jimin que apenas sabia rir.

-Jungkook começou a entrar em desespero sabia? -O baixinho riu ainda mais.

-Eu só me atrasei um pouco. -Fiz um bico emburrado.

-Senta logo essa bunda na cadeira Taehyung! -Jungkook brigou e eu não ousaria desobedece-lo.

 E em poucos segundos cá estou eu, sentado em uma cadeira fofinha com meus olhos fechados enquanto Jimin me maquiava. A maquiagem era pesada e um tanto artística, por isso Jeon sempre estava ajudando, já que sabia fazer ótimos desenhos.

Meu figurino era uma capa de veludo pesada, que fazia uma parte teatral da coreografia, eu estava bonito. Mas nem sequer chegava aos pés de Jungkook, ele estava perfeito.

Ambos usavam roupas brancas e delicadas, agora o mais novo havia pintado seus cabelos de preto assim como eu. Já o Park estava com seus cabelos cor-de-rosa, deixando com que ele tivesse um ar ainda mais fofo e delicado.

O momento de tensão entre mim e Jungkook havia passado, e agora nós três estávamos muito ansiosos, não demoraria muito para nos apresentarmos. Seriamos os próximos depois de Yoongi, o menino pianista no qual descobrimos o nome por Jimin, que estava começando a sair com ele.

Ouvi Jungkook suspirar, estava nervoso e com medo que tudo ocorresse como um enorme desastre.

-Não fique nervoso amor, nós vamos nos apresentar e vai ser lindo! -O encorajei enquanto eu ajeitava a enorme touca do figurino em mim, era para fazer uma surpresa para a plateia ao verem minhas orelhinhas.

Vimos um ser baixo e sério vestido com um terno passar por nós, era o Min. Jimin quase babou ao ver o outro passar.

Nós três ficamos atrás das cortinas pesadas e ficamos observando o mais velho tocar sua música bela, ele era um ótimo pianista, isso ninguém podia negar. A melodia era tão bonita que eu podia ficar ouvindo-a o dia inteiro, até enjoar.

Jimin e Jungkook apertaram minha mão, ansiosos. A apresentação de Yoongi já estava no fim, agora era a nossa vez. Ambos respiramos fundo e assim que nosso nome foi chamado os dois foram se posicionar no palco, esperando a música começar a tocar.

Os dois começaram a dançar a coreografia com uma sincronia imensa, prestei muita atenção para saber o momento da minha entrada.

1...2...3... Chegou minha hora! Caminhei até o palco, fazendo aquele suspense para a plateia. Me posicionei no lugar certo e assim que ouvi a batida de suspense abaixei a enorme touca, ouvindo murmúrios surpresos.

Começamos a dançar juntos, e eu me empenhava ao máximo. Era um pouco difícil dançar com aquela capa pesada, mas mesmo assim consegui manter minha sincronia. Os passos ficavam cada vez mais rápidos, nós estávamos chegando no clímax.

A última batida da música foi tocada e todos nós podíamos ser ouvidos com a respiração ofegante. Assim que terminamos nos viramos para a plateia, ouvindo os assobios e palmas. Nos curvamos em agradecimento e nos retiramos do palco.

-Conseguimos! -Jimin disse animado.

Nós três nos abraçamos felizes, finalmente tínhamos nos apresentado e Jungkook com certeza ganharia uma ótima nota para a escola.

-Muito obrigado, de verdade! -Jungkook me deu um selinho e no Park um abraço apertado -Eu amo muito vocês! -Disse sincero, fazendo meu coração se esquentar, ele é o amor da minha vida.

[...]

Já eram oito da noite e cá estamos eu Jimin e Jungkook comemorando o fim da apresentação, nós três resolvemos ir a um bar que havia perto da minha casa, estava tudo bem tranquilo. Exceto por um Park bêbado, e não pararia de beber muito cedo.

Jeon também já estava um tanto quanto embriagado, ele estava até tonto e digamos que me surpreendi com seu lado bêbado, afinal ele havia perdido completamente sua vergonha e acabou ficando todo pervertido e atirado.

Decidi que já estava na hora de irmos embora antes que acabasse acontecendo mais desastre. Paguei a conta e levei o Park de cavalinho, pois ele havia simplesmente apagado, já Jungkook estava agarrado ao meu braço com medo de tropeçar pela tontura.

Fui até o carro de Jimin e coloquei os dois bêbados dentro dele, como eu só havia tomado uma cerveja estava apto a dirigir, não sou muito forte com álcool. Sem contar que alguém teria que estar sóbrio para levar todo mundo para casa.

Sentei-me no banco do motorista e dei partida, levando o Park até sua casa. Ah, e antes que me perguntem, sim eu tenho habilitação, só não tenho um carro. Tirei minha carta na época que dirigia com o carro da minha mãe, por isso sei dirigir.

Deixei o baixinho em sua casa, mas especificamente em cima do sofá. Mandei uma mensagem para seu celular dizendo que pegaria o carro emprestado e devolveria de manhã, apenas para o garoto não achar que foi roubado.

Voltei ao veículo e dirigi a caminho da minha casa, tendo um Jungkook falando coisas nem um pouco inocentes atrás de mim. Realmente não entendo como a bebida pode mudar tanto alguém, de tímido para pervertido.

Assim que cheguei em minha casinha deixei o carro do Park na garagem e logo fui abrir a porta traseira para ajudar JK a descer do carro, me deparando com o mais novo completamente vermelhinho, acalorado e com uma ereção nem um pouco discreta.

-Me fode Tae! -Agarrou os fios da minha nuca enquanto eu o tirava do carro.

-Quem sou eu pra negar?! -Brinquei vendo seu sorriso pervertido.

Acho que descobri uma coisa... não importa quanto tempo passe, eu sempre amarei esse coelhinho manhoso!

 

FIM


Notas Finais


Esse é o fim dessa fic. Foram muitos dias a escrevendo, e alguns meses que se passaram para que vocês pudessem ter o enredo concluído. Fico muito agradecida por todos que acompanharam Hibrid Coffee até seu fim, muito obrigado por todos que curtiram e comentaram. Espero que continuem aqui para ler minhas novas fanfics.

Tenho um avisinho para vocês! Estou revisando uma nova história no qual se passa em ômegaverse, se foca bastante na gestação de Jungkook e como cada mês foi. É uma fanfic de Taekook que mesmo sendo mais focada no lado fofo da relação também terá alguns capítulos de hot.
Caso estejam interessados podem seguir meu perfil, para que consigam ler logo que ela sair do forno! Receio que terminarei de revisá-la em duas semanas e já começarei a postar, todas as sextas terão capítulos, OK?

Obrigado novamente a todos vocês! Até breve!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...