História High School - imagine do JHope- Sobrenatural BTS - Capítulo 1


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Fanfic, Ficção Adolescente, Hoseok, Imagine, Imagine Do Hoseok, Imagine Do Jhope, Insinuação De Sexo, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Linguagem Imprópria, Namjoon, Novela, Romance, Sexo, Shoujo Romântico, Sobrenatural, Sobrenatural Bts, Taeyhung, Você, Yoongi
Visualizações 53
Palavras 1.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo I: Primeiro dia de aula e Sarah.


Fanfic / Fanfiction High School - imagine do JHope- Sobrenatural BTS - Capítulo 1 - Capítulo I: Primeiro dia de aula e Sarah.

[ Dia 1: Primeiro dia de aula - 12:00 (Meio o dia)]

[Cozinha]

Todo dia é dia de comer. Na minha casa, estava tendo um almoço. Costumamos, normalmente, comer ás três da tarde porém como vai ser meu primeiro dia de escola, minha mãe tratou-se de preparar o almoço antes.

- Animada para o seu primeiro dia na escola, s/n? - Perguntou meu pai, curioso pela minha expectativa com a escola nova.

Minha família não é de um classe nobre ou muito menos pobre, contudo sobra uns trocados para curtir o final de semana.

- Estou muito animada, pai!- digo, colocando arrumando à mesa.

Meus pais tiveram que cortar muitas coisas para que eu fosse estudar nessa escola particular. Eles querem me dar a oportunidade no qual eles não tiveram na sua adolescência, uma oportunidade boa.

- Menina!- Chamou minha atenção - você não deveria está se arrumando para escola? - disse minha mãe, colocando a panela sobre à mesa.

- Estava apenas lhe ajudando - respondi - eu vou me arrumar logo...- Aviso, terminando de por os pratos na mesa.

- Ande logo, não quero escutar depois que você chegou atrasada na escola por minha culpa!- disse minha mãe, nervosa.

Terminei de por à mesa, e segui em direção ao meu quarto. Tomei um banho, me arrumei, usei maquiagem - Tudo isso em apenas trinta minuntos[ 12:30].

Minha mãe me deu um berro. Isso era sinal que a comida estava pronta. Desci as escada, e seguir em direção à cozinha; aonde comeriar uma ótima refeição.

(Meu nome é S/n, tenho [Sua idade] e moro com os meus pais. Possuo [ Suas caracteristicas física] porém, não me importo com os " Elogios" pois, sei que não há necessidade de elogiar uma pessoa pela sua aparência, e sim, pelo sem caratér.

Minha família se mudou para Coreia do Sul há muito tempo atrás, porém como meus pais não param em uma cidade, por conta do trabalho, eu sempre estou mudando de escola, isto é, atrapalhando minha vida pessoal por conta das mudanças. )

(...)

[13:10 da tarde - Colégio]

Entro na sala de aula, e o professor me pede para sentar em algum canto da sala. Eu olhei em volta, e todo mundo estava sentado em grupos. Talvez, eles sejam de turmas anteriores - Isso me fez ficar um pouco desmotivada.

Fui para o fundo da sala. Lá, havia uma cadeira aonde continha uma mochila, e do lado, tinha uma menina de cabelos loiros dormindo na cadeira. Eu a cutuquei e a loira acordou assustada.

???: O que houve?- Perguntou assustada, e olhando para os lados. Talvez, pensasse que eu fosse o professor.

- Essa mochila é sua?- perguntei, é a mesma assintiu.

Ela se levantou e pegou sua mochila, liberando a cadeira para mim, com isso, agradeci a gentileza.

Passou-se duas horas.

???: Você é nova aqui ou é trasferida de um outro turno?- perguntou curiosa, pois a aula parecia está chata ao seu ver.

- Sou nova...- Estique minha mão em sua direção - Me chamo S/n - Ela aperta minha mão.

???: Meu nome é Sarah, Sarah Parker - Disse sussurando pois o professor já estava de olho em nós.

Rir baixinho.

- Prazer em conhecê-la...- me aproximei dela - Sarah.

Sarah: Obrigada. Prazer em conhecer você!- respondeu.

(...)

[Refeitório - 15:00 da tarde]

- Por que está todo mundo olhando para direção da porta? - Perguntei para sarah, que estava pegando seu lanche na bancada.

Sarah: Deve ser os meninos ... populares da escola, não esquenta a cabeça. Apenas não olhe para eles ou entre no caminho dos tais meninos...- Explicou, e eu acabei ficando com um semblante de confusa.

- Tudo bem...- digo pegando meu lanche.

Na hora que a sarah iria pegar a última caixa de suco, uma mão passou por nos e pegou a caixa primeiro. Eu me virei e segurei a mão do garoto.

- A caixa é dela!- digo e o garoto ruivo começou a rir.

Sarah: S/n! - Soltou a minha mão do braço dele - Esquece, vamos sair daqui! - Pediu com um olhar desesperado.

Olhei para o garoto e o próprio ficou me encarando, até que meu nome é pronuciado pela sua boca.

???: S..n...- Soletrou cada palavra do meu nome e depois riu, se afastando de nós.

A clara pediu desculpas para ele e depois olhou para mim com um olhar furioso.

Sarah: Eu disse para você não se meter com eles - reviro os olhos - Desse jeito, você não vai durar nem uma semana!

- Desculpa!- digo deixando a minha caixa de suco em sua bandeja - Depois eu peço desculpas para ele também! - rir e fomos para mesa.

(...)

[Saída da escola - 19: 00 noite]

Após ficarmos uma hora a mais, os professores nos liberaram. A Sarah ficou um pouco esquisita comigo após aquela "Confusão" que ocorreu no refeitório. 

Quando chegamos na saída, ela me pediu para que esperasse por ela pois iria no  banheiro. Passou-se alguns minuntos, e ela estava demorando muito. A escola estava ficando cada vez mais deserto e ela não aparecia, com isso, comecei a ficar preocupada.

Entrei na escola novamente. Tudo estava escuro. Andei pelos corredores com um medo de um infeliz me dar um susto. O barulho que o meu sapato fazia quando me pisava no chão era a parte mais aguniante pois me lembrava muito filmes de terror.

Quando parei na porta do banheiro, escutei gemidos vindo de outra sala.

- Isso não é bom...- digo sussurrando.

Vou até a porta e a empurro devagar para ver o que estava acontecendo, porém, irei me arrempeder profundamente pois, quando se abriu, acabei avistando algo que não queria.

A Sarah estava contra a parede com um garoto de cabelos loiros. Eles estavam em um amasso feroz, isto é, estava tendo uma sexo muito louco dentro da sala de aula.

O Garoto loiro tocava na sarah de uma forma tão bruta e a própria aceitava. Era caricias pelo seu corpo, beijo por toda a região de seu pescoço - Eu não sei o porquê mas, sentir como se estivesse assistindo pornografia ao vivo.

Porém, uma coisa inusitada aconteceu. Ele virou ela de costa para si e prendeu suas mão contra a parede, rindo, a Sarah pediu coisas pervetidas para ele. Contudo, ele em um só golpe, mordeu o pescoço dela como se fosse um vampiro.

- Sarah !- berrei chamando atenção de ambos para si.

Se cobrindo, sarah me olhou com um olhar estranho. Um olhar vermelho. Eu me afastei um pouco deles.

- O que são você? - Perguntei com os olhos cheios de lágrimas.

Sarah tentou se aproximar de mim porém me afastava cada vez mais dela.

Sarah: Olha- Pediu com as mão para o alto - Eu posso explicar, porém, você tem que se acalmar. Ficar nervosa não irá ajudar em nada.

- Fica longe de mim...- digo tacando sua mochila em sua direção aonde ela acabou desviando - O que é você?

Sarah: Hoseok agora!- disse e eu me virei rapidamente, contudo, foi rápido demais.

O Garoto me beijou a força. Quando eu lutava contra aquilo, sentia que minha força ia, aos poucos, indo em bora até chegar um ponto aonde acabei desmaiando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...