História High School DxD - Conto Ômega - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias High School DxD
Personagens Azazel, Ddraig, Fafinir, Genshirou Saji, Issei Hyoudou, Rias Gremory
Tags Dxd, Dxd Alternativo, Dxd Fic, Dxd Ômega, Fafnir, High School, Ômega, Sekiryuutei
Visualizações 40
Palavras 2.265
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom, hoje sem grandes enrolações, bora pro capítulo

Capítulo 4 - Princípio do Caos


Fanfic / Fanfiction High School DxD - Conto Ômega - Capítulo 4 - Princípio do Caos

Dois dias se passaram, a matriz Boost Extender já foi implantada na Boosted Gear, até agora não senti nenhuma mudança. O próprio Azazel-sensei tinha dito que eu não sentiria diferença nenhuma na Sacred Gear, apenas durante os combates, então vai demorar bastante até que eu teste a funcionalidade dessa matriz. Bom, é melhor não pensar muito nisso, tenho que me preocupar com o evento que rola amanhã na escola, meus pais estarão lá, e pelo que disseram será um evento musical... me pergunto que tipo de música veremos amanhã...

- Ise? - Rias me chama quebrando minha de pensamento - O jantar está pronto.

- Ah, sim. Obrigado Rias, já tô descendo... - continuei - Sobre a sua gravidez... eu te falei que tinha dito pro Azazel-sensei?

- Hã? Ah, sim, você me disse no mesmo dia, logo depois de falar sobre a sua nova matriz... Por que?

- Não, nada, eu só queria falar com você sobre contar pro seu irmão... ele sempre fez de tudo pra me ajudar, eu não queria manter escondido dele sabe? Principalmente porque eu sei o quanto ele vai ficar feliz com a notícia...

- Sobre isso... eu não me importaria se você contasse pra ele, só garanta que ele vai ficar quieto, se for pra que meus pais saibam, eu quero contar pra eles.

- Sério? Pode deixar que vou me garantir que ele não fale. - manifestei minha manopla de forma a "garantir" que ele ficaria quieto.

Rias gargalhou, ela piscou pra mim e desceu as escadas. Me levantei, desci as escadas e fui jantar.

_______________________________________________________________________________________________________

Naquela noite eu não conseguia parar de pensar no que tanto Azazel-sensei e a Rias me disseram...

...Eu preciso... ser mais confiante?...

[Parceiro... eu tenho que concordar com eles... você precisa ser mais confiante, você põe muita fé em todos, mas quase não tem fé nenhuma em si mesmo...]

... Eu tenho fé nos outros mas não tenho fé em mim mesmo?... Como eu consigo ser medroso a esse ponto?...

[Isso não é ser medroso... sendo bem sincero, você ainda pensa que é só um humano, enquanto agora é um Dragão Celestial. Você ainda não entendeu o quanto você é poderoso. Vendo por certo lado, você é humilde, e isso é algo que admiro em você, mesmo já tendo vencido um Deus, você continua se curvando em respeito a eles, mesmo já sendo mais forte que alguns deles. Você já derrotou, mesmo que estrategicamente, quase todos os seus rivais, e ainda assim, respeita muito todos eles. Eu admiro muito isso.]

...Humilde?... Eu agradeço por você sempre dar um jeito de levantar meus ânimos, você é um grande amigo Ddraig...

[Grande... amigo...? Obrigado parceiro... pra ser bem sincero, acho que você é o primeiro grande amigo que eu tive... Obrigado por ser quem é parceiro.]

... Eu que agradeço por ter você como amigo Ddraig... 

_______________________________________________________________________________________________________

O tal evento de música é hoje, meus pais e todo o pessoal da casa está aqui, os pais da Rias estão vindo junto com o Sirzechs-sama e vão passar o final de semana na nossa casa. Me pergunto se devo contar ao Sirzechs-sama agora... eu penso sobre isso mais tarde, vou tirar o dia pra passar com meus amigos...

- Ise! - me virei e vi Matsuda me chamado - bora?

- Pai, mãe, Rias, pessoal, eu vou indo então. Bora Kiba?

- Sim, até mais, Buchou, pessoal.

- Certo, divirtam-se os dois. - Rias se despediu, eu e Kiba acenamos de volta e partimos pra buscar o Saji.

_______________________________________________________________________________________________________

Nós cinco estamos andando no pátio, e só merda sai das conversar desse grupo de moleques... Seguimos até um karaokê aberto, onde algumas músicas de anime estão tocando.

- Ise, cê tá ligado que a gente têm que cantar "Faça elevar" né? - o Saji disse na mesma hora que a gente chegou.

- É óbvio carai, somos OBRIGADOS a cantar "Faça elevar"! - eu disse e todos eles concordaram na hora.

Esperando na fila eu acabei falando pro Saji sobre a tal "premonição", e sobre a nova matriz da Boosted Gear, resolvi não contar pra ele sobre a gravidez, esperar a hora certa. Nossa vez na fila chegou, e nós fomos cantar, foi hilário, 4 otakus e o Kiba, que foi convencido a assistir por livre e espontânea pressão, mas viciou tanto no anime que assistiu tudo em uma semana, ele até ganhou o apelido de "otaku enrustido" por um tempo. Mas mesmo sendo hilário os 5 cantando desafinados e dessincronizados, foi divertido demais, e fazia tempo que eu não me divertia daquele jeito, me deu um sentimento esquisito, aquilo tudo parecia muito com uma despedida. Definitivamente foi estranho, mas foi bem divertido, seguindo nossa programação, fomos pra barraca de comida, todo mundo ali tava varado de fome.

______________________________________________________________________________________________________

- Ou, fazia tempo que a gente não zoava assim hein... - Motohama falou.

- Realmente, ainda mais agora que o grupo aumentou, hoje foi muito foda, vocês todos são muito fodas. - respondi.

- Ah, nem é. O dia que ta sendo foda hoje pô. - Saji complementou.

- Você fala como se você não fosse, você é foda também Ise. - Kiba falou e eu me surpreendi na mesma hora.

- V-VOCÊ DISSE "FODA"?!?!?!? - todos ali gritaram assustados.

- O que? Algo de errado? 

- V-você é o "bonitão", você é o cara que as garotas são gamadas, e você acabou de xingar! Isso não é errado, mas também não é normal. - respondi enquanto os 4 riam da minha cara...

Foi assim que tudo continuou rolando até que...

ZIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIN..........................................

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOON!

No pavilhão do karaokê onde estávamos zuniu e logo explodiu.

- Hã?! Aquilo acabou de explodir? Mas que merda aconteceu ali? - Motohama disse assustado.

- Saji,Kiba, vocês ouviram aquele zunido antes, certo? Eu acho que vocês também sentiram esse pulsar, e sabem que essa explosão não foi um acidente ou alguma coisa que rolou à toa né? - eu disse já me preparando pra começar a tirar o pessoal dali.

- Sim, isso foi claramente uma explosão gerada por magia. - disse Kiba

- De onde isso foi lançado? - perguntou Saji.

Nós não sabíamos responder, tudo o que dava pra afirmar era que a explosão tinha sido provocada por magia. Tínhamos muitas perguntas, mas praticamente todas elas foram respondidas quando ouvimos uma voz familiar de cima de uma das barracas.

- Yo, Hyodo Issei, Vritra e o Espadachim Sacro-Demoníaco.

- Cao Cao!!! - quando nos viramos, foi o que foi dito por Saji.

Aquela era a pior situação possível, Azazel-sensei estava fora resolvendo algumas questões no submundo, os meus pais e os pais de Rias estão aqui, mas Sirzechs-sama e Leviathan-sama ainda não tinham chegado. Teríamos que segurar uma invasão da facção heroica sem apoio ou reforços... 

...Eu sou o Sekiryuutei, eu preciso fazer algo pra ajudar, eu e Saji somos os dois mais poderosos aqui, se nós dois não pudermos segurarar Cao Cao, estamos em pura desvantagem... Pensa... Pensa... O que os outros Sekiryuutei fariam?... Eu não tenho tempo pra pensar sobre isso, tenho trabalho a fazer...

Manifestei a Boosted Gear, e o que me resta agora é lutar.

- Saji, preciso que você entre no modo Rei Dragão e atrase ele, enquanto eu evacuo os civis para uma área segura da Dimension Lost e já me junto a você. Kiba, preciso que você dê apoio ao Saji, segurem ele aqui o máximo possível.

- Certo! - eles disseram em uníssono.

BOOST!

Dobrei meu poder, e levei Matsuda e Motohama pra quadra central.

______________________________________________________________________________________________________

- Matsuda, Motohama, preciso que vocês enviem mensagens avisando a todos que puderem para que se escondam até que eu chegue!

- Certo Ise mas... o que tá acontecendo aqui, o que é isso no teu braço? - perguntou Matsuda.

- Eu explico tudo com mais detalhes depois, o que vocês precisam saber agora é que, eu Saji, Kiba e todos que moram comigo, exceto meus pais, são anjos ou demônios, e eu e Saji, somos dragões, aquele cara com a lança,  Cao Cao, ele é um dos vilões e eu preciso me apressar pra parar ele. Eu juro que explico tudo depois, ou peço pra uma das garotas explicar pra vocês, mas agora eu preciso que façam o que eu pedi.

- Certo!!!

______________________________________________________________________________________________________

Corri para onde a Rias e os outros estavam, e tinham vários estudantes com eles e com o conselho estudantil, parando pra ver direito, todos os estudantes, professores e convidados estavam ali.

- Rias, pessoal, venham por aqui, na quadra tem um abrigo grande o suficiente pra abrigar todos, e lá vocês explicam pra eles a situação. - antes que eu terminasse de falar, vários usuários de Sacred Gear vieram em minha direção, Xenovia jogou a Durandall pra mim e eu a utilizei pra despacha-los. - É por aqui!

- Ise, temos que parar esses heróis primeiro, a invasão já avançou demais, Azazel já está a caminho, mas ele ainda vai demorar chegar. Conseguimos despistar Héracles e Jeanne antes de vir pra cá, mas logo eles nos acharão. - disse Rias.

- Mas até o sensei chegar, eu preciso ajudar Saji e Kiba, Cao Cao também veio nessa invasão.

- Cao Cao?!?!? - todos exclamaram assustados.

- Sim, Cao Cao, preciso que o time Gremory e o conselho fiquem junto com os civis e expliquem pra eles a situação e o que somos.

- Mas seus pais estão aqui também Ise, eles podem não aceitar o que você é! - Rias disse.

- Eu sei, mas já passou da hora de eles saberem, eu vou escoltar vocês até lá e parar a invasão junto com o Saji, não posso deixar que vocês tenham contato com aquela lança.

Rias ainda tentou argumentar mais uma vez, mas ela percebeu que eu não vou mudar de ideia, agora só preciso levá-los até a quadra e voltar pra ajudar o Saji e o Kiba.

______________________________________________________________________________________________________

Depois de alguns minutos correndo, chegamos à quadra coberta, eu me virei e me preparei pra entrar em combate, antes disso, algumas garotas (...As mesmas que disseram que meu namoro com a Rias não era certo...) perguntaram o que eu ia fazer lá fora, nessa tempestade de explosões.

- Eu preciso ir, pra proteger meus pais, minha namorada, meus amigos e... pra proteger aqueles que não podem tentar resistir, vocês.

- Por que você iria tão longe assim por alguém que sempre te julgou?

- Porque eu não guardo rancor de nenhum de vocês, e porque eu tenho meus motivos pra parar aquele desgraçado!

Com essas palavras, deixei a sala e fui em direção de onde Saji e Kiba estavam.

...Estou quase chegando... estejam bem os dois!...

______________________________________________________________________________________________________

- Kiba! Saji! Vocês estão bem? - Saji havia saído de sua forma Rei-Dragão e Kiba estava sem forças para se manter de pé. - Vocês dois, já podem descansar, reponham as forças enquanto eu luto com ele.

- Certo... - disse Saji - ele nos levou ao limite, mal conseguimos nos manter de pé...

- Vou aceitar sua proposta - completou Kiba - é como se nada que usássemos o afetasse.

- Podem deixar comigo agora. - me virei e encarei Cao Cao - Cao Cao! Não sei o porquê de você estar aqui hoje, mas preciso te impedir independente do que seja!

- Certo, me dê uma luta interessante, e agradeça a seus amigos, eles me fizeram gastar minha energia no Balance Breaker, e agora você não precisa se preocupar em enfrentar meus 7 tesouros.

- Você os subestimou, e pagou o preço por isso, Cao Cao! - ativei minha Cardinal Crimson Queen.

WELSH ROYAL BOOST!!!

- Me dê uma boa luta, Sekiryuutei!

______________________________________________________________________________________________________

Após meia hora de troca de socos, eu já havia despachado 90% dos usuários de Sacred Gear que tinham invadido o colégio, mas tanto eu quanto Cao Cao, levamos apenas 3 golpes.

- Essa luta não avança pra nenhum de nós, Hyodo Issei, nenhum dos lados se fere e nenhum dos lados se machuca... mas eu tenho plena vantagem sobre você...

- Como assim Cao Cao?

- Basta olhar pra sua armadura, Sekiryuutei...

Ele estava certo... minha armadura estava começando a se desmaterializar e, diferente dele, eu não conseguia mais me manter de pé, e então, lembrei do que o sensei disse, eu suportaria a Cardinal Crimson Queen por mais que 10 minutos, mas a fadiga seria tripla depois... E tenho que aceitar os fatos, eu fui confiante demais e perdi. Eu deveria ter guardado a Cardinal Crimson Queen pros minutos finais do combate...

- Dessa vez, você ficou forte demais, e se tornou um problema aos planos de Ophis... devo eliminar você agora... Héracles!

- Diga Cao Cao. - Héracles disse após atender ao chamado de Cao Cao.

- Use seu Balance Breaker e acabe com ele, eu não tenho mais condições de continuar lutando hoje...

- Certo, - ele ativou seu Balance Breaker - não é nada pessoal, Sekiryuutei...

Eu me preparei pra morte ali, não tinha mais jeito, aquela premonição não tinha sido à toa... Ele disparou e...

GOOOOOOOOOOOOOOOON!!!!!!!!!!!!!!!

_______________________________________________________________________________________________________

- Rias! - eu a peguei em meus braços e a olhei nos olhos - Por que fez isso?!?

- E-eu.... não...... podia...... ficar parada e........... e deixar........... morrer..........

- Mas agora você.... você está!....

- M-me perdoa...... Ise........

______________________________________________________________________________________________________

.....Eu, que estou prestes a despertar.....

.....O dragão o qual roubou os princípios da dominação de Deus.....

.....Eu zombo do "infinito", e desprezo o "sonho".....

.....Tornar-me-ei o Dragão Imperador Vermelho da Dominação.....

.....E afundar-te-ei nas chamas do purgatório carmesim.....

.....JUGGERNAUT DRIVE!!!!!


Notas Finais


Bom, ta aí o capítulo, espero que tenha gostado e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...