História High School- imagine BTS - Capítulo 45


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, High School, Imagine Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rapmonster, Suga
Visualizações 994
Palavras 1.826
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiehhh gentinha

VOTA NO BTS

Como vai sua vida? A minha vai um cu. Mas ta indo. ALGUEM ME DA UM INGRESSO PRO SHOW DO DREAMCATCHER POR FAVOR NUNCA PEDI NADA
MEU GRUPO UTT FEMININO POR FAVOR
Zoas, se alguém me dar um ingresso, não vou ter dinheiro pra passagem de avião e nem hospedagem em Sp então kaquei 😳😭 ALGUEM DIZ QUE EU AMO A YOOHYEON PRA ELA OBG

Se alguém for, grava e entra em contato comigo depois obg dnv ksjss acho que ninguém aq vai mas só pra ter certeza Né ksjsjsksjsj

PAREI LSKSKS BOA LEITURA MEUS PANDINHAS

Capítulo 45 - "Eu te amo"


Fanfic / Fanfiction High School- imagine BTS - Capítulo 45 - "Eu te amo"

Acordo super tarde. Yoongi já não estava mais no quarto. Pego meu celular ainda deitada e vejo a hora. Já era quase 16:00 horas, o Yoongi poderia ter me acordado.

Me levanto e vou direto para o banheiro. Escovo os dentes e lavo o rosto. Saio do quarto e vou para a sala encontro meu pai e minha madrasta Alice. Não dou muita atenção a eles e vou para a cozinha. Lá estava Min Yoongi, sentado a mesa e mexendo no celular. Lembro do que aconteceu ontem e fico vermelha, mas acho que Yoongi não percebeu. Vou até a geladeira sem olhar muita para meu irmão postiço. Abro a mesma e pego uma jarra de suco que havia lá. Coloco um pouco de suco em um copo e guardo a Jarra novamente. Dou um gole no suco.

— Acordou tarde hoje.— diz Yoongi. Me assusto e acabo me afogando um pouco.

— Ah sim! — falo e depois tusso um pouco me recuperando do afogamento com o suco.

— Eu até ia te acordar, mas achei melhor não. Queria que você descansasse um pouco.

— Sem problemas... — falo um pouco tímida. Ele parecia nem ligar muito para o que havia acontecido.

— Aliás, o Jimin ligou. — Yoongi diz e olha para mim em seguida.

— O que ele queria? — me sento junto a Yoongi.

— Ele perguntou se você estava bem, que horas foi dormir, porque dormiu tão tarde, se você ficou irritada por ele estar um pouco bêbado, ele estava preocupado com você. — diz Yoongi sorrindo.

— Você não disse o que aconteceu né?

— Óbvio que não. Ele ficaria irritado comigo, de mais mesmo. E ficaria irritado com você também, eu não quero que vocês briguem. Eu sei como ele gosta de você.

— Nossa...que consciente. Bom, se você contasse, não seria só o Jimin que ficaria irritado, eu também iria ficar.

— É eu sei, seriam dois contra um. Mas eu não sou tão idiota.

— Você não é idiota. — falo tomando mais do meu suco.

— Você sempre disse que eu sou idiota, o que te deu agora?

— Aish Min Yoongi, as coisas mudaram um pouco. Eu vou tentar parar de implicar com você...e é bom que você faça isso também.

— Eu nunca impliquei com você.

— Isso é o que você pensa.

— Okay Okay...— diz Yoongi. Meu appa entra na cozinha.

— Do que vocês estão falando?— ele pergunta. Respiro fundo.

— Ah, só que é ótimo ter um irmão...né Yoongi?— dou um chute na perna dele por baixo da mesa.

— Ahhh simm, é muito bom mesmo. — ele diz. Consigo sentir o sarcasmo.

— Que bom que estão se entendendo bem. Fico feliz por isso. — diz meu appa. Ele pega um salgadinho que havia no armário.

— É...a gente ta se entendendo mesmo...— diz Yoongi me olhando. Eu sei por que ele disse isso.

— Ridículo! — sussurro para Yoongi.

— Vocês dois são um lindo casal de irmãos. — fala meu appa.

— Como assim casal? — pergunta Yoongi confuso.

— Tipo, quando se tem dois filhos, uma menina e um menino, pode ser chamado de casal...tipo casal de gêmeos ou algo do tipo. — diz meu pai.

— Ahhh sim...— diz Yoongi.

— Você pensou que fosse o que Yoongi? É burro é? — pergunto.

— Não, não sou burro, eu entendi caralho.— diz ele.

— Opa, olha a boca! — meu appa fala.

— Nossa...que coisa de velho pai. — falo.

— Oque? Eu pareço velho? — ele pergunta.

— Parece, quase um velho gagá. — diz Alice entrando na cozinha.

— Ah eu não sou tão velho. — diz meu pai.

— Não, só tem quase cinquenta anos. — falo rindo.

— É o meu velhinho!! — diz Alice. Vejo Yoongi fazer uma careta.

— Ah você não é tão nova também!— diz meu pai para Alice.

— Ela também já está com quase quarenta e dois anos. — diz Yoongi.

— O QUE? Mas como você parece tão jovem?? — pergunto.

— Eu uso muitos produtos de beleza. Posso te emprestar eles depois. — Ela diz. Dou um sorriso.

— Produtos Ivone.— Yoongi sussurra para ninguém ouvir, mas eu escuto e começo a rir muito. Não sei porque, mas eu ri muito.

— Porque está rindo (s/n)? — meu pai pergunta.

— Eu não sei!! — falo quase chorando de tanto rir.

— Ela é louca. — diz Yoongi.

Continuamos lá conversando como uma família normal. Esses momentos em família eram os momentos em que eu mais sentia falta da minha omma. Mesmo sabendo que Seungjoo mudou um pouco, ainda fico preocupada com ela.

De qualquer jeito, meu sonho é um dia juntar minha "família" toda em uma mesa de jantar. Todos comendo, rindo, conversando e se divertindo juntos. Seria tão bom ver minha mãe, a Alice, meu pai, até mesmo o Seungjoo, todos juntos, em um dia bonito e alegre, sem brigas nem discussões. Sem lembrar do passado, apenas planejar nossos futuros encontros em família.

Seria tão bom...mas as vezes sinto que isso nunca poderá acontecer.

Em alguns momentos reservados para mim pensar na minha família, penso se vale mesmo a pena querer todos juntos uma única vez. Às vezes parece que isso seria horrível, mas mais alguns minutos pensando, troco de ideia rapidamente.

~DIA SEGUINTE~

Acordo cedo, aliás, acho que ontem dormi o equivalente para sobreviver uma semana inteira sem dormir. Não estava cansada, pelo contrário, eu estava animada e muito ativa.

Vou até o banheiro e tomo um banho rápido, saio de toalha do banheiro indo rapidamente até meu armário e me vestindo com o uniforme da escola. Estava torcendo para Yoongi não acordar e me ver nua novamente, aquilo foi tão errado.

Roupa colocada, vou para a cozinha e preparo meu café da manhã. Mexo um pouco no celular enquanto me alimento. Logo Yoongi brota na cozinha.

— Bom diaa!! — falo animada.

— O que te deu? Doente. — diz Yoongi. Ele não parecia muito animado.

— Aish, acordou mal humorado hoje?

— Acordei com dor de cabeça. Parece que toda a ressaca da festa foi aparecer só hoje. — ele se senta na minha frente.

— Bom, eu estou super bem humorada.

— Bom para você.

— Isso mesmo. Espero que você fique com dor de cabeça o dia todo.

— Até bem humorada você consegue me desejar coisas ruins...

— Isso me deixa confiante.

— Ridícula...— ele diz. Logo deita a cabeça na mesa.— Você tem algum remédio forte para dor de cabeça?

— Tenho sim! Vou buscar para você.— falo me levantando e indo para o quarto correndo. Pego o remédio que estava em uma gaveta e volto para a cozinha.— Aqui está!

— Obrigado. — ele diz pegando o remédio. Logo o toma.

— Temos que ir para a aula. Então anda logo.

— Mas ta cedo ainda. Nem sei se vou. To mal para ir. — ele diz.

— Você não Ta nada bem né? Não gosto de te ver assim...melhore antes de irmos para a aula. Não quero o deixar aqui sozinho.

— Vou tentar. — ele diz.

O tempo passa um pouco. Yoongi já está a um tanto melhor então saímos de casa juntos e vamos para a escola. Chegando lá Yoongi vai até Jungkook e Namjoon, me deixando sozinha.

Vejo Jimin deitado no gramado do campo da escola. Ele estava totalmente sozinho, não tinha ninguém ao redor de Jimin. O sol estava bom, aquilo parecia relaxante. Vou até Jimin. O campo ficava na frente da entrada da escola, um pouco após o pátio que havia lá.

Me aproximo dele, Jimin estava com os olhos fechados e com os braços bem esticados. Sua mochila estava jogada ao lado. Aproveitando sua posição, coloco um de meus pés de um lado de seu corpo e o outro pé do outro lado, assim ficando de pé acima dele. Me inclino um pouco, tampando o sou que batia no rosto de Jimin, ele logo abre os olhos.

— Bom dia! — falo. Jimin da um sorriso lindo.

— Bom dia princesa. — ele diz me olhando.

— Como vai você? — pergunto sorrindo também. Não sei porque, mas hoje eu estava feliz.

— Muito melhor agora. — ele fala.

— Que coisa clichê. — falo. Ele ri um pouco.

— Eu liguei para você ontem...porque o Yoongi atendeu?— ele pergunta.

— Porque eu estava dormindo, e porque ele é um enxerido. — falo. Jimin pega na minha mão.

— Que horas você foi dormir depois que a gente saiu da festa?

— Eu não vi a hora exata, mas eram quase 5:00 horas acho...

— Porque foi dormir tão tarde (s/n)? Quero que você descanse bastante.

— Não sei preocupe. Eu descansei bastante. E você? Dormir assim que te deixamos lá certo?

— Sim..eu estava bem cansado. Um pouco bêbado também...me desculpe por isso.

— Era uma festa. Tudo bem.

— Mas é que talvez eu tenha sido um idiota com você na festa por causa disso.

— Eu já estou acostumada com a sua mudança de espírito do nada. Uma hora você é o cara mais incrível do mundo. E daí do nada você vira um vacilão. Você é bem bipolar Park Jimin.

— Eu sei *risos*. Não leva aquelas coisas que eu te disse a sério.

— Nem mesmo o "Eu te amo" ?

— Não, isso você pode levar a sério...na verdade agora que eu lembrei do "eu te amo".

— Não acredito que você esqueceu dessa declaração de amor *risos*.

— Eu sou um idiota...— ele diz sorrindo.

— É...você é mesmo. — falo.

— Você acredita que eu te amo...de verdade?

— Eu pensei que quando você falou isso na festa, estava apenas bêbado. — falo sem graça.

— Eu estava falando sério. Sabe, eu sou uma pessoa que fala muitas verdades quando está bêbado.

— Tipo aquela quando você falou que não estava bêbado?

— Bom...isso é uma das únicas mentiras que eu contei na festa.

— Mas você mente tão mal, eu sabia que isso era mentira total. Até pensava que seu nariz ia crescer igual um Pinóquio.

— Uma mentirinha não mata ninguém! — ele fala rindo. Rio também. — Mas...quando você vai retribuir o "Eu te amo" ?

— Retribuir?...

— É...eu quero ouvir isso de você. Só uma vez.

— Não gosto de mentir para as pessoas! — falo brincando com ele.

Eu não sei se gosto do Jimin da mesma forma que ele gosta de mim...mas eu quero tentar gostar dele. Enquanto Taehyung está de cu doce comigo, eu vou tentar fazer o que o Jimin quer.

— Nossa...isso magoou. — ele diz sem graça. Parecia ter acreditado que eu não iria falar. Jimin vir a para o lado.

— Eu to brincando...Eu...— penso de novo. — Eu te amo... — falo. Jimin olha para mim surpreso.

— AH EU SABIA! — ele diz me puxando com força. Jimin me puxa, fazendo com que eu deite do seu lado, logo ele sobe em cima de mim.

— Jimin...o que você ta fazendo?— pergunto confusa.

— Eu to feliz...só isso. — ele diz. Me arrepio. — Isso quer dizer que nos dois nos amamos certo?

— É isso que parece, não é?

— É...é sim...se eu te pedir uma coisa...você aceitaria?

 — Depende...

— Posso tentar?

— Claro que pode..— eu já tava quase morrendo.

— (s/n)...você aceita...


Notas Finais


BUMMM SUSPENSE SLSJSKSJ
BJSS NOS KOKORO DE TUDO VCS
VOTA NO BTS MONAMUR
USE PRODUTOS IVONE
VÃO DORMIR

BYE UNICÓRNIOS PANDASTICOS EXTRATERRESTRES ❤ melhor nome ksjsks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...