História High School: Love On - VHope - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Vhope Kim Taehyung Jhope
Visualizações 182
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu nem tenho mais desculpas pra dar gente kkkk
Tá aqui o capítulo novo, espero que gostem 💚

Capítulo 9 - Entre estudos e amassos


Fanfic / Fanfiction High School: Love On - VHope - Capítulo 9 - Entre estudos e amassos


Meus lábios já estavam vermelhos quando me desgrudei de Hoseok. 

- Nós deveríamos estar estudando. 

- Sim, deveríamos, mas eu prefiro beijar você. - Disse Hobi, já tomando novamente meus lábios. 

E lá vamos nós de novo.  Dois dias se passaram e desde então, Hoseok e eu temos ficado em qualquer oportunidade que temos. Eu não posso dizer que não estou gostando, afinal, depois de meses sofrendo por um amor, até então, unilateral, era emocionante sentir todo esse calor. O problema é que Jung Hoseok não está estudando e se ele não estudar, ele vai perder nas provas e se ele perder, pode dar adeus ao seu lugar na equipe de dança.

Nos separo novamente e o olho sério. 

- Jung Hoseok, você vai sentar aí e vai estudar o capítulo inteiro. 

- Você é muito mandão. - Disse emburrado. 

- Você ama dançar,  não ama?

- Sim, com a minha vida. 

- Então pronto, vá estudar. Primeiro a obrigação e depois a diversão. 

- Você falou igual a minha mãe agora.

- Ela está certíssima, agora vá estudar. 


.... 


Após finalmente conseguir colocar algum juízo na cabecinha do Hobi, nos despedimos e eu fui me encontrar com o Jimin e o JK. Eu estou me sentindo confiante sobre eles. Sua proximidade, suas piadas internas e o jeito como falam um com o outro está denunciando algo, chega até ser engraçado. 

Chego até o corredor do quarto de Jimin e bato na porta. Jungkook abre com um sorriso no rosto e dá espaço pra eu entrar. 

- O que estão fazendo? - Perguntei. 

- Estávamos vendo um filme de comédia. 

- Vendo filme, é? - sorri malicioso e Jimin corou.

- Sim, vendo filme. - Disse JK- Olha, eu vou rapidinho no meu quarto pegar umas coisas e eu já volto. 

- OK, vai lá. 

Quando ele fechou a porta, me virei pra Jimin. 

- Pode desenbuchar 

- Ahh Tae... - Jiminnie deitou na cama e abraçou o travesseiro, não parando um minuto de sorrir - Ele é tão maravilhoso. Eu não sei onde estava com a cabeça quando jurei odiá-lo. 

Eu gargalhei. 

- Já ouviu falar na síndrome de Estocolmo?.

- Não. O que é?. 

- É quando uma pessoa se apaixona por seu agressor - Começo a rir e desvio do travesseiro que foi jogado na minha cara. 

- Não é assim... 

- Eu sei, só estou brincando. Sabe, o Jungkook é uma boa pessoa. Ele não era antes, mas é agora. Mudou por causa dos sentimentos dele por você. 

- Eu não sei o que esperar, não quero me decepcionar. - Jimin parecia triste. 

-Você não vai. Se ele fizer algo pra te machucar, eu mato ele. 

Jimin se aproxima de mim e me abraça forte. 

-Vai me ajudar a Catar os caquinhos do meu coração? 

- Todos eles... - Sorrio. 

 - E quanto a você e o Hobi...? - Jimin quando sorri com malícia é pior do que qualquer coisa que ele possa dizer. 

- Digamos que... Estamos bem, eu acho. 

- Você beijou ele hoje? Porque até onde eu sei, vocês não param de se agarrar. 

- Sim, ficamos hoje.

- Hummmmmm. 

- E você e o JK? 

- Não, não ficamos. 

- Ela é idiota? Quem é que chama alguém pra ver filme e realmente vê o filme? 

- Eu acho que ele não quer me assustar. 

- Jimin, você quer beijá-lo, não quer? 

- Sim... 

- Então beije aquele garoto. Não espere que ele faça isso. Se quer beijá-lo, apenas beije. 

- Você tem razão. 

- Eu sempre tenho. 

Gargalhamos e ouvimos a porta abrir e um Jungkook com seu costumeiro sorriso de coelhinho entrar. 

- O papo tá maravilhoso, mas eu tenho que ir. - Digo. 

- Mas já? 

- Sim, tenho que resolver uns assuntos importantes na minha cama. 

- Quais? - Jungkook sorriu ladino. 

- Dormir o nome. 

- Sei... 

Fecho a porta e só aguardo as mensagens eufóricas de Jimin sobre sua tomada de atitude. 


                                ***



Acordo e sinto o meu corpo todo doer, com as memórias de ontem voltando na minha cabeça. 

" Eu estava na porta do meu quarto, quando braços agarraram a minha cintura." Suspirei e só esperei Hoseok beijar minha nuca. Uma das coisas que mais me agrada nele é sua atitude. Quando ele quer alguma coisa, ele pega. Ele não espera as coisas caírem como mágica em suas mãos, ele corre atrás. 

Eu pensei que jamais poderia sentir o gosto de seu beijo, sentir seus braços agarrando a minha cintura com tanta vontade e nem sentir seus suspiros quando nos beijamos. Mas agora eu sinto isso e é maravilhoso, sou sortudo por alguém assim" estar "comigo. 

Entramos no quarto e ele não desgrudou de mim nem por um segundo. Só deu tempo de fechar a porta, antes de ser puxado pra cama. Hoseok havia me colocado em seu colo. 

- Eu não sou seu boneco, sabe disso não é é? 

- Eu sei. - Sorriu - Não quero que você seja meu boneco. 

Toda vez que eu olho em seus olhos eu vejo algo novo. Dessa vez eu vejo um brilho. Um dia vou olhar pra ele e ver algo maior do que desejo. Quero ver amor. 

-  O que vamos fazer? - Pergunto. 

-Eu sei que você está cansado, mas eu não estou. Porém, eu respeito sua vontade. 

- Eu já entendi. - Gargalho. - Quer dormir aqui? 

- Sim, quero. - Ele suspira. 

- O que foi?

- Você está me enfeitiçado Kim Taehyung. 

-Estou? 

- Sim... Um feitiço muito forte. 

-Não me arrependo de tê-lo lançando então. 

- E nem eu me arrependo de ter sido enfeitiçado. 

Nos beijamos até nossos lábios ficarem vermelhos e inchados. E em seguida, deitamos para dormirmos abraçados. Se esse for um sonho, mato quem tentar me acordar. "

Durante toda a noite, Hoseok me agarrou e confesso que eu me senti meio safado ao sentir que um nós dois acordou com um problema entre as pernas. Me mexi um pouco até estar com a bunda colada em Hoseok, mas meu movimento não passou despercebido. Hoseok agarrou minha cintura e a apertou me tirando um gemido. 

-Você está muito safado pra quem acabou de acordar 

- Eu não... 

Hobi levanta um pouco a cabeça e sussurra em meus ouvidos. 

- Você gosta de provocar, né? Eu também sei...

- Falou igual a um lobo mal agora. 

- Você vai ver só quando o lobo mal pegar sua presa. 

Ele me soltou e se levantou indo em direção a porta. 

- Vou me arrumar pra aula, não me espere. 

-Por que?

-Você  me deixou com um problema sério e eu tenho que resolvê-lo.

Sorriu malicioso e saiu do quarto. 

É Kim Taehyung você é oficialmente um safado. 


Notas Finais


O capítulo foi de transição, então me perdoem se foi chato.
Deixe seu comentário se gostou.
Até a próxima 💚💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...