1. Spirit Fanfics >
  2. High School Sweethearts. - FILLIE >
  3. Twelve - Nights.

História High School Sweethearts. - FILLIE - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura. 💕🌹

Capítulo 13 - Twelve - Nights.


Lá estávamos nós

Tentando esquecer tudo

Tentando fingir que nada aconteceu

Talvez pq seria estranho


- AAAAAA, NÃO VALE! - Ele gritou. - Não é justo!

- Blá, blá, blá. - Eu fui até ele.

- Mills, você não pode me deixar aqui morrendo de curiosidade, né? - Ele franziu o cenho. 

- Posso sim! - Eu ri.

- Aaaaaaa. - Eu a olhei. - Se você quiser tomar banho, o banheiro vip se encontra ali. 


Ele apontou para uma porta e riu.


- Okay, okay. - Eu disse.

- Senhora Wolfhard, acho que vou te chamar assim! - Disse em um tom de deboche.

- Olha que eu levo a sério, hein. - Eu ri.

- Pode levar!  - Ele riu também.

- Hahaha. - Debochei. 


Eu tomei banho, vesti meu pijama e fomos lá para baixo.


Eu e Finn vestimos uma calça de moletom cinza e um moletom qualquer. 


Fomos lá para baixo escolher o jantar.


- Pizza? - Ele perguntou.

- Não sei ... - Eu disse.

- Pode ser o que vocês quiserem! - O pai dele nos olhou.

- Okay, então vai ser pizza! - Finn disse. 


Eu me sentei no sofá e fiquei admirando o Finn de longe enquanto falava ao celular. 


- Não dá para negar! - O pai dele cantarolou e eu ri.

- Não dá! - Eu gargalhei.


Ele acabou de pedir a pizza e todos nós ficamos sentados no sofá.


- O amor jovem é tão lindo! - O pai dele falou.

- Atá! - Eu ri.

- Meu deus, meu deus! 


A pizza chegou, comemos, subimos, escovamos os dentes e fomos para o quarto.


Eu me joguei na cama e comecei a rir.


- Enlouqueceu? - Ele riu.

- Seu pai é engraçado! - Eu parei de rir.

- É mesmo, pena que ... - Ele hesitou.

- Que ... ? - Eu franzi o cenho.

- Nada, deixa pra lá! - Ele riu e se deitou.

- Wolfhard, como é ser menino? - Eu perguntei.

- Sei lá, em que sentido? - Ele me olhou.

- Não sei, as sensações. - Eu riu. - Eu queria ter nascido menino, vida injusta! 

- É legal, sei lá. - Ele riu.

- Sobre o que você queria conversar? - Por um momento eu lembrei do real motivo de estar ali. 

- Sobre nada, foi só uma desculpa para te trazer aqui. - Ele riu.

- Planeja me matar, Wolfhard? - Eu o olhei.

- Talvez! - Ele riu.

- Aposto que não tem onde me esconder! 

- Não mesmo, vou pensar nisso depois que te matar! - Nós dois rimos e fomos sentar no chão.


Eu peguei a guitarra do Finn e observei.


- Está em bom estado! - Eu ri.

- Que tal você tocar? - Ele me olhou.

- Acho que posso tocar um pouco! - Eu ri.


Eu comecei a tocar uma coisa inventada na hora que me fez rir.


Eu parei de tocar e nós rimos juntos.


- Tá tarde, né? - Ele olhou para a janela.

- Isso! Vamos olhar as estrelas! - Eu puxei ele.

- Oi? - Ele riu.

- Sua propriedade é gigantesca, podemos ficar em qualquer canto da grama vendo as estrelas! - Eu ri.

- Okay! - Eu fui com ela.


( ( ... ) ) 


Fomos para o lado de fora e deitamos na grama.


- Isso não soa cafona? - Ele riu.

- Não mesmo. - Eu o olhei. 

- Então ... É romântico! - Ele olhou para o céu.

- Quase isso ... 


Ficamos olhando as estrelas por um bom tempo, depois nós fomos novamente para o quarto e ajeitamos as coisas para dormir.


Estar com o Finn era legal, não só pelo seu pai engraçado ou pela pizza, que com certeza, foram duas coisas que eu amei.


Mas eu gostei de passar aquela noite com ele.


Finn era um dos poucos que me trazia confiança e alegria, duas coisas que meu pai me trazia também.


Ele era um ótimo amigo, apesar do pai dele ter a plena certeza de quê nós nos amamos.


Esse pessoal ... 


Notas Finais


Tô adorando esse relacionamento entre o pai do Wolfhard com a Millie.


Relação super saudável entre o pai do namorado e a namorada KKKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...