História Hillary Smiith, Campeonato entre escolas. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Revelaçoes, Romance
Visualizações 4
Palavras 306
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom, decidi escrever outra finc.
Na verdade ñ é apenas uma finc, a história da Hillary é a minha primeira história. A história q levei sete meses pra escrever e acabei exatamente no dia do meu aniversário. E agora está aqui, sendo publicada no Spirit Fanfics e Histórias.
Mas pode ser q os capítulos sejam diferentes(Que é a pura verdade).
Ah, isso mesmo.

Capítulo 1 - Prólogo



Débora corria com sua filha no colo, pela floresta, mas logo vê que seu perseguidor ainda estava atrás dela.

Ela corria o máximo que podia, enquanto sua filha de apenas 7 anos, chorava silenciosamente. 

__ Calma, filha.

Um raio passa por ela e quase a acerta, mas passa direto e acerta uma árvore. 


__ Papai..._ A pequena diz entre soluços.

__ Eu sei, meu anjo.


Débora dispista seu perseguidor e entra em uma clareira. Onde um grande cachorro negro estava parado.

Débora corre para ele, coloca a menina no dorso dele e diz:

__ Leve ele para longe...leve logo.


O cachorro se vira e corre na direção contrária, de onde Débora havia saido com a menina. 

A menina olha para trás, no mesmo momento em que o perseguidor sai da floresta e explode Débora com um raio que saiu de uma varinha nas mãos dele.


__ Mamãe..._ A menina agarra o pelo do cachorro e começa a chorar mais.



Cinco meses depois....



Hillary chegava a arrancar os cabelos de raiva.

Amy e Bethy roubaram seu livro preferido e insistem em dizerem  que não fizeram  nada, enquanto os pais das gêmeas brigavam com ela.

__ ... Hillary Smiith, não fique acusando suas primas sem provas. Não é porque seus pais morreram e não se lembra de nada, que pode mentir dessa forma._ A mãe delas diz.

__ Mas tia... ele sumiu._ Hillary diz.

__ Não estou nem aí. 

__ Eu...

__ Não diga nada.


Hillary encara a tia séria e pensa:

Vou sumir desse lugar.


Ela sobe para seu quarto, arruma suas coisas em uma mochila, fecha os olhos e pula a janela. 

Mas quando toca o chão, ela estava em uma biblioteca e não no gramado.

Ela coloca sua mochila no chão e apoia a cabeça nela, pegando no sono logo em seguida. 



Continua...



Notas Finais


Desculpem o capítulo pequeno, é apenas o prólogo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...