História Hi,Minseok-XiuChen - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Bulimia, Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sulay, Taoris, Xiuchen
Visualizações 185
Palavras 188
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Demande;;


—Não tem graça, amor.

Minseok disse cruzando os braços, enquanto Jongdae ria alto, mas logo parou ao ouvir a frase do amado.

—Me chamou de que?

Jongdae perguntou pegando o mais velho no colo.

—Você ouviu coisas.

Minseok disse deitando a cabeça no ombro esquerdo de Jongdae. O maior caminhou até a sala e sentou no sofá ainda com o menino no colo.

—Eu queria te perguntar uma coisa..

Jongdae disse pegando alguma coisa em seu bolso.

—Então pergunte, DaeDae.

Jongdae pegou uma das mãos delicadas de Minseok e colocou o objeto na mão do mesmo.

Minseok abriu cuidadosamente a caixinha de veludo, mesmo já sabendo o que era, ficou muito surpreso. Minseok pegou os anéis e leu atentamente as palavras esculpidas no metal interno.

Na argola maior a expressão DaeDae havia sido marcado, enquanto na argola menor possuia a expressão Baby.

—Quer namorar comigo, bebê?

Minseok sorriu, o sorriso lindo que Jongdae amava. Sempre fazendo graça ou elogiando o menor para poder ver o seu sorriso.

—Quero.

Minseok juntou seus lábios com os do mais novo, um beijo calmo, sem malicia.

—Eu te amo, bebê.

Jongdae disse quando os lábios foram separados. Minseok se aproximou do ouvido do mais novo.

—Eu também te amo, amor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...