História Hinata uma adolecente complicada - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Casamento Arranjado, Deiino, Gaaino, Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Sasuhina
Visualizações 58
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii, olha eu aqui postando um novo capítulo, já vou avisando, esse capítulo tem um hotzinho leve, não critiquem esse é meu primeiro hot.

Capítulo 10 - Festa a fantasia III - A bebida gera loucuras


Fanfic / Fanfiction Hinata uma adolecente complicada - Capítulo 10 - Festa a fantasia III - A bebida gera loucuras

Acompanhei Deidara até perto do DJ. 

-Ino, se lembra do que eu te pedi? Acha que poderia fazer o que te pedi? - Perguntou Deidara, fazendo com que Ino lembrasse do que Deidara havia pedido para a mesma. 

-Lembro sim, mais Dei-kun, não acha que deveria ser você mesmo a fazer isso? Já que você que quer que ela faça isso? Sei que talvez seja meio difícil para você, mas não custa tentar. - Disse Ino. 

-Sim Ino, é muito difícil para mim, já que foi minha culpa que os pais dela começou a focar só na irmã dela. Tenho certeza que ela ainda sente rancor de mim por isso. - Disse Deidara abaixando o rosto. 

-A culpa não foi só sua Dei-kun, a culpa também é do Kiba. - Disse Ino.

-Talvez seja, mas parte da culpa é minha. Não queria que aquilo acontecesse. - Disse Deidara. - Ino, tenho algo para te contar, é sobre mim. Vem comigo? - Perguntou Deidara se virando já andando. Depois de andarem um pouco chegaram a um cômodo lindo, com uma mesa de bilhar, um Xbox, e um sofá em formato de L, assim que entraram na sala sentaram no mesmo. - Bom, Ino. Quando eu era criança, eu vi minha mãe traindo meu pais com o meu tio, transando com ele, eu senti muito nojo. Quando cresci, eu comecei a namorar, e quanto mais eu pegava alguma garota eu não me sentia completo, até que quis tentar com o mesmo sexo. Sempre que eu fico com algum cara eu meio que me sinto estranho, como se eu estivesse mudando aos poucos sabe? É estranho, ainda mais agora. Eu olho para você, sinto uma vontade imensa de ficar contigo, só que aí eu lembro do que fiz e começo a pensar em um amigo distante meu, que eu era apaixonado, e acabo lembrando que sou BI e que você não merece ter um cara assim como algo mais que amigo, eu gosto de você Ino, só que eu também gosto do meu amigo. Eu gostaria que você não me esperasse que seguisse a vida com alguém que você se atrai, sei que não somos namorados nem nada do tipo mais quero te ver feliz, porque já te considero uma enorme amiga. - Disse Deidara com um enorme sorriso. 

-Nossa Dei-kun, quero conhecer esse boy magia hein. Também te considero um grande amigo, você é muito legal, merece ser feliz sendo BI ou não. - Disse Ino com o mesmo sorriso. 

-É assim que se fala Lindinha, agora se me der licença, irei ir divertir meus queridos convidados. - Disse Deidara dando um beijo rápido nos lábios de Ino, logo saindo da sala, não antes de olhar para Ino e piscar para a mesma. 

-Bem, acho que tenho que riscar o Loirinho da minha lista, que pena. - Disse Ino pra si mesma se levantando e saindo da sala, indo em direção ao bar, pedindo um coquetel, bebendo o copo inteiro rapidamente, estava se sentindo irritada e uma trouxa. 

-Posso te acompanhar Ino? - Perguntou um certo garoto com os olhos profundos e verde como uma esmeralda, tão lindos quanto uma linda pedra preciosa. 

-Lógico. - Disse Ino sem olhar nos rosto do lindo mascarado, balançando a taça, vendo o líquido balançar. 

 -O que houve Ino? - Perguntou Gaara. 

-Por que acha que aconteceu alguma coisa? - Perguntou Ino ainda balançando a taça. 

-Porque está basicamente escrito na sua testa que você está estressada, eu consigo notar isso. - Disse Gaara bebendo o sake que ele havia pedido. 

-Parabéns, você acertou. - Disse Ino virando o conteúdo da taça. Pedindo outra, e outra, e outra, e outra. - Noza, nunca tinha bibido axim. - Disse Ino bêbada. 

-Verdade, também nuca tinha bibido assim. - Disse Gaara. 

-Noxa Gaara, num xabia qui tu era tão rindo. - Disse Ino chegando perto do Gaara. 

-Vuxe é mais rinda qui eu, Ino. - Disse Gaara. 

-Vamuh fazer o seguinte, vamos ali se pegar. - Disse Ino pegando na mão de Gaara o arrastando para o banheiro, assim que chegaram no banheiro, Ino trancou a porta, Logo depois, sentou na pia, e Gaara se encaixou no meio de suas pernas, a beijando loucamente, com Ino o beijando na mesma intensidade. Gaara sobe um pouco a barra do vestido colocando a não por dentro dele, subindo até a base dos seios, Ino solta um leve gemido com a boca grudada na de Gaara, fazendo o membro de Gaara se animar. Ino tira a blusa de Gaara, e Gaara tira o vestido de Ino, Gaara tira sua própria calça, ficando apenas de cueca, enquanto Ino ficava apenas de lingerie. Ino desce a mão até o membro de Gaara colocando a mão por dentro da cueca do mesmo, enquanto isso Gaara tira o sutiã de Ino tacando em um lado qualquer, descendo os beijo do pescoço aos seios já sensíveis ao toque de Ino. Gaara abocanha o seio de Ino, brincando com o bico com a língua, fazendo a mesma soltar um gemido, Gaara tira sua cueca, e tira a calcinha de Ino, já se encaixando no meio das pernas da mesma novamente, a penetrando. Ino dá um leve grito, e Gaara sente um líquido descendo pelo membro dele, ele olha e ver sangue. 

-Ino, você era virgem? - Perguntou Gaara ainda dentro de Ino. 

-Sim, Gaara-kun, eu era, agora não sou mais não é?! - Disse Ino, abraçando Gaara. - Pode continuar Gaara-kun, já me acostumei com a dor. - Disse Ino. 

-Okay. - Disse Gaara, erguendo uma perna de Ino, iniciando um movimento de vai e vem lento, para a mesma conseguir se acostumar completamente, logo depois indo um pouco mais rápido, fazendo Ino soltar uns gemidos enquanto arranha as costas do Ruivo. Ino sente o membro de Gaara pulsar dentro dela, o ruivo a levanta a colocando de quatro com a barriga encostada na pia, a penetrando novamente, só que dessa vez indo mais rápido, sentindo o corpo de Ino tremer, sabendo que ela assim como ele já ia chegar ao orgasmo. Foram só mais umas estocadas para ambos chegarem ao orgasmo juntos, com Gaara gozando dentro de Ino. Ambos caíram sentados no chão do banheiro, dormindo ali mesmo, ambos bêbados, e cansados com o banheiro cheirando a lavanda e sexo.   


Notas Finais


Bom, é só isso, espero que tenham gostado, e que se vocês gostaram desse hot, me avisem assim eu posso colocar mais na história, e se quiserem, me avisem que casais vocês querem, o único já confirmado é o casal GaaIno, agora falta das outras. Me avisem no comentário qual casal vocês vão querer, que eu estou meia perdida nesse ponto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...