1. Spirit Fanfics >
  2. História de amor >
  3. Tristeza misteriosa

História História de amor - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Espero q gostem

Capítulo 25 - Tristeza misteriosa


Fanfic / Fanfiction História de amor - Capítulo 25 - Tristeza misteriosa

Dia 10/02/2027

Lincoln chega na faculdade muito feliz pois depois de um mês ele finalmente voltaria a ver Ronnie Anne.

Ele vai para a mesa onde seus amigos estão, cumprimenta todos e fica conversando com eles, pouco tempo depois Ronnie Anne chega em na faculdade, mas com uma expressão triste, como se alguém de sua família tivesse morrido.

Ela se aproxima de seus amigos e dá um oi bem fraco e triste, seus amigos então perguntam o por que dele estar assim e ela só responde que não é nada.

Os amigos continuam precionando Ronnie para contar o que houve mas a latina insiste em dizer que não é nada, o sinal toca e todos vão para suas salas, porém aquilo ainda não tinha saído da cabeça de Lincoln.

Ele já tinha decidido, iria saber de uma vez o que tinha feito sua namorada se entristecer e ajudá-la a superar isso.

Na hora do intervalo o albino vê sua namorada sentada aos pés de uma árvore, ele se aproxima e fala:

-E aí Ronnie tudo bem? - Lincoln preocupado

-Ah Lincoln é você -Ronnie Anne olhando para Lincoln- Sim tá tudo bem comigo

-Mas não parece, do jeito que você tá parece que alguém morreu -Lincoln

-Ah isso, não é nada pode ficar tranquilo -Ronnie Anne dando um sorriso falso pra tentar disfarçar sua tristeza

-Eu sei que aconteceu alguma coisa, vai pode falar, eu tô aqui pra te ouvir -Lincoln 

-Não é nada pode ficar de boa, é sério -Ronnie Anne

-Ronnie, eu sou seu namorado, pode me contar eu vou te ajudar - Lincoln com um sorriso carinhoso

-Tá eu falo, é que eu comprei um Hamsterbe ele não durou muito tempo e morreu de uma dornça, aí eu fiquei muito triste e não queria falar com medo de que vocês iriam rir de mim -Ronnie Anne

-Ah é isso, eu lamento muito -Lincoln

-De boa, vou superar -Ronnie Anne

-Mas agora eu queria te pedir, não fica assim, o sei sorriso é tão bonito e eu não quero ver você sem ele -Lincoln

A latina dá um sorriso, o albino então começa a fazer cosquinha nela e depois eles se beijam e vão ir conversar com seus amigos.

Mas Lincoln ainda não estava convencido daquela desculpa que Ronnie Anne deu, ele sabia que a morena não era muito fã de Hamster e ele sabia por experiência própria que um Hamster de loja que pega uma doença conseguiria se curar se fosse levado no veterinario.

Com isso em mente, ele decide falar com a única pessoa que Ronnie falava tudo, sua melhora amiga Sid. 

No dia seguinte na hora do almoço ele liga para Sid, ela demora um pouco mais atende, o albino então diz:

-Koé Sid, de boa? -Lincoln

-Koé Lincoln tá tudo de boa, mas fala aí, por que se ligou pra mim? -Sid curiosa

-Mana, a Ronnie tá mó triste e ela não quer falar, como eu sei que ela te conta tudo certeza que se sabe -Lincoln 

-Ah isso aí ela não falou, infelizmente eu não vou poder te ajudar -Sid

-Mas vocês não contam tudo uma pra outra? -Lincoln confuso

-É mas, sei lá, vai que é coisa muito pessoal e ela não quer falar -Sid 

-Tá, valeu Sid e desculpa por algum incômodo aí -Lincoln

-Nenhum incômodo, falou Lincoln -Sid 

O Loud encerra a ligação e fica ainda mais curioso, afinal Sid e Ronnie Anne contavam tudo uma pra outra, ele fica pensa por alguns minutos e decide só observar por enquanto.

Nos próximos nove dias Lincoln fica observando e a tristeza de sua namorada continua, mesmo que na maioria do tempo ela não deixasse evidente mas a Casagrande continuava triste e tentando esconder sua tristeza.

Passando esses dez dias o albino decide falar com Ronnie, mas como ele tinha muito trabalho pra fazer ele só poderia falar com ela na faculdade.

O homem espera até a hora do intervalo porque como seus amigos ficavam em salas muito distantes do pátio demoraria para eles chegarem ali.

Batendo o sinal do intervalo, o albino vai para o pátio e fica esperando sua namorada, a latina aparece, cumprimenta seu namorado e se senta ao lado dele, o homem então pergunta:

-Ronnie, por que você ainda continua triste? -Lincoln

-Eu... Triste... claro que não, deve ser só impressão sua -Ronnie tentando disfarçar

-Eu fiquei reparando em você nesses dias e posso te falar que você está triste sim  -Lincoln surpreendendo a latina- Vai fala aí, o que é e não adianta mentir que eu sei que não é por causa de um Hamster

-Eu... eu não quero falar  -Ronnie Anne se levantando e começando a andar

-Ronnie se você não falar eu não vou poder te ajudar  -Lincoln indo atrás dela

O Loud continua tentando convencer a Casagrande a falar enquanto eles continuavam a andar, eles vão até o banheiro feminino.

A mulher entra achando que se salvaria mas o homem entra também é ela diz:

-Por que você continua insistindo nisso? -Ronnie Anne curiosa e desesperada

-Por que eu te amo e quero te ajudar -Lincoln 

-Se você quer realmente me ajudar então para de insistir nisso -Ronnie Anne desesperada

-Eu me preocupo com você, eu só quero o seu bem -Lincoln 

-Então não insisti mais nisso, eu não quero mais lembrar disso e você fica insistindo -Ronnie Anne começando a chorar

O albino vê que a morena está abalada e seja o que for a deixa muito perturbada, ele então decide parar com tudo aquilo e diz:

-Tá desculpa, se você realmente não quer que eu saiba eu paro -Lincoln arrependidos

-E como eu vou saber que você não está mentindo -Ronnie Anne chorando

Lincoln dá um beijo na boca de Ronnie Anne, os dois então entram em um box, tirar as calças e Ronnie vai sentando no pênis de Lincoln, eles ficam assim por algum tempo até que ouvem passos de alguém.

Eles param de transar, fecham a porta do box e se vestem, logo a pessoa começa a chamar por Ronnie, os jovens percebem que é a diretora e ficam com muito medo, o albino tem uma ideia e fala no ouvido da morena bem baixinho:

-Eu tenho uma ideia pra escapar disso, você sai primeiro, conversa com a diretora e vocês duas saem, aí depois eu saio, jaé? -Lincoln

-Jaé, deixa comigo -Ronnie Anne falando bem baixinho

A mulher sai e pergunta porque diretora está ali, a diretora responde que alguns alunos viram a latina é seu namorado entrando no banheiro e choros da mulher, então eles a chamaram.

A diretora pergunta o que aconteceu ali, a latina conta que ela é Lincoln só tiveram uma discução de casal, a diretora pergunta se ela está bem, a Casagrande responde que sim.

A diretora pergunta onde está o Loud de cabelos brancos, a Casagrande responde que acabaram se entendendo e ele foi embora enquanto ela ficou pra passar água no rosto.

Convencida das respostas da aluna a diretora avisa pra eles não discutirem essas coisas de casal na escolha e depois as duas saem, após 3min delas saírem o albino também saí e volta para sua sala.

Ao final a aula quando Lincoln ia entrar na Vanzilla Ronnie Anne aparece e diz:

-Aí Lincoln, por que você dez aquilo? -Ronnie Anne curiosa 

-Eu só queria dar um beijo pra mostrar que eu não ia mais me meter, mas parece que o nosso amor falou maior -Lincoln

-Olha, eu espero que agente continue de boa mesmo com esse meu segredo -Ronnie Anne

-De boa, eu também tenho mó uns segredos que você não sabe - Lincoln com sorriso amigável- Mas e aí, me perdoa por ser tão enxerido? -Lincoln 

-Claro que sim seu bobo -Ronnie abraçando seu namorado

Os dois se despedem e vão para suas casas, mas Lincoln ainda continua com a sensação de que aquele um dia aquele segredo iria dar problema.


Notas Finais


Espero q tenham gostado e comentem o q acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...