1. Spirit Fanfics >
  2. História sobre Noah e Elisabeth- A Light in the Dark >
  3. Agora Juntos

História História sobre Noah e Elisabeth- A Light in the Dark - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


ATENÇÃO:

ESTE CAPÍTULO POSSUÍ CENAS FORTES DE MUITA FOFURA E AMOR POR TANTO TOME CUIDADO POIS SEU CORAÇÃO PODE NÃO AGUENTAR.

Capítulo 19 - Agora Juntos



  Elisabeth On. 

Deitada com os pés para cima eu olhava o relógio dourado, ele ainda funcionava, eu ouvia o seu tic tac, enquanto os ponteiros iam se mechendo, passo os dedos pelo nome da minha mãe, não há um dia em que eu não pense nela, sinto sua falta mamãe...mas eu sei que Jonas e Noah irão concertar tudo, iremos alcançar o paraíso.... Fecho o relógio e o coloco no peito fechando os olhos, talvez eu dormisse um pouco, não havia muito o que fazer hoje. Quando me acordei Noah já tinha saído, ou seja só nos veríamos á noite, nisto ouço o barulho de algo caindo no chão, abro os olhos assustada e me viro, Noah havia caído de joelhos no chão, estava com o rosto machucado parecia que havia levado uma surra, o que aconteceu? Rapidamente me levanto e passo um de seus braços em mim e ajudo á lhe sentar em sua cama.  Em sinais lhe pergunto: 

" O que aconteceu com você? Achei que estivesse com Jonas! " 

" Eu...briguei com ele."

" Porque brigaram?!"

" Não importa..." 

" E a Cláudia?" 

" Ela não apareceu." 

Faço uma cara de desaprovação para Noah o reprimindo, como ele pôde ter brigado com o Jonas? Achei que eles estavam se dando bem que finalmente haviam virado amigos! Me ajoelho e pego o kit de primeiros socorros embaixo da minha cama, coloco ao lado de Noah e começo á limpar os ferimentos de seu rosto, eram apenas arranhões, mas mesmo assim deviam ser cuidados. 

" Achei que você e Jonas eram amigos!" 

" Ainda somos..." 

" Você não vai me contar o que aconteceu pra terem brigado?" 

Noah nega com a cabeça e eu suspiro fundo, seja lá o que aconteceu com eles, Noah levou uma boa surra, mas ainda continuava bonito, sorrio com esse pensamento, e termino de limpar seu rosto, pego um algodão molhado e vou limpando seus lábios, eles eram definidos e tão macios, diferentes da primeira vez que nos beijamos.... Noah estava olhando para o chão então vou limpando seus lábios sem preocupação, mas fico tão hipnotizada que de repente derrubo o algodão no chão, e ao invés dele vou passando meus dedos, eles percorriam cada centímetro de seus lábios, Noah então me olha, nossos olhos se encontram como da primeira vez, sinto meu coração Saltar, eu sei que aquilo era errado, mas porque era ao mesmo tempo tão desejado? Porque não consigo controlar esse sentimento? Agora que estamos tão perto um do outro era quase impossível controlá-lo.... Me perdoe Noah, mas eu vou errar com você de novo... Fecho meus olhos e aproximo meus lábios dos dele, iniciamos um beijo diferente do que eu me lembrava, este era com mais desejo como uma necessidade, uma pressa... Coloco minhas duas mãos em seu rosto o puxando para mais perto de mim, nossos lábios se tocavam formamdo uma dança sincronizada, eu não queria parar aquilo, eu queria ir além, mas então as palavras de três anos ecoaram na minha cabeça.

" Você entendeu tudo errado. Elisabeth eu gosto de você como um irmão, você é minha irmãzinha, minha família. Você está crescendo é normal ter esses sentimentos, mas você confundiu as coisas, somos como irmãos nada mais que isso. " 

Abro os olhos e me afasto rapidamente, dando ás costas, coloco a mão em meus lábios tentando repreender á mim mesma, isto era errado, eu não podia ter feito isso! Eu não podia ter beijado Noah, eu devo por mais duro e impossível que seja, esquecer esses sentimentos. Sinto lágrimas frias escorrem de meu rosto, porque isso dói tanto? Porque eu tinha que me apaixonar justo pela pessoa errada a pessoa que me considera apenas sua irmã, sua irmãzinha! Aperto os olhos e sem querer soluço, enxugo minhas lágrimas, eu não quero que Noah saiba que eu estou chorando. Nisto sinto uma mão em meu ombro. Me viro lentamente, Noah estava parado á minha frente, com uma expressão de melancolia no olhar. 

- Você se lembra do que eu disse há três anos atrás? No seu aniversário? 

Confirmo com a cabeça baixando os olhos, sei que ele me daria um sermão. 

- É....eu menti.... 

Levanto os olhos, não acreditando no que eu acabei de ouvir, Noah estaria falando sério? 

- Naquela época você tinha quinze, eu vinte e dois. Você sabe que seria errado entre nós dois. Mas agora você já tem dezoito, cresceu.... Se tornou mais linda do que era, e eu....eu me arrependo. Me arrependo todo dia! Quando te vejo, por ter dito aquelas coisas, eu menti. Elisabeth quando você chegou na caverna, eu te considerava sim uma irmãzinha pequena, que eu devia proteger. Mas depois, quando você estava para completar quinze, eu...eu percebi que o que eu estava sentimento já não era mais um amor de irmão por uma irmã, estava virando outra coisa....

Noah se aproxima de mim e eu dou um passo para trás, sentindo minhas costas na parede fria da caverna, eu não conseguia acreditar no que ele dizia, eu estava sonhando.... bati com a cabeça em algum lugar, desmaiei e estou imaginando isso. Noah não poderia estar me falando tudo isso, ele não gostava de mim. 

- Mas agora, ficou quase impossível controlar esse sentimento. Eu tô cansado de mentir! De fingir que eu não sinto nada! Quando tudo o que eu mais desejo.... É por mais momentos como esses... Espero que me perdoa pelo que eu vou fazer... 

Noah então me aperta com seu corpo contra á parede, e cola seus lábios nos meus, desta vez iniciando um beijo mais ousado e com tanto desejo. Fecho os meus olhos e retribuo aquele sentimento, eu não acreditava no que ouvi, era como um sonho, uma alucinação tão desejada. Mas era real, este momento era real, os sentimentos de Noah eram reais. Passo minhas mãos em volta do seu pescoço enquanto o mesmo passava as mãos em minha cintura. Tivemos que nos separar para tomar fôlego, tanto eu quanto Noah respirava ofegante. 

- Eu não quero que isso acabe...

Sorrio, e acaricio seu rosto, ele sorri pra mim, o sorriso mais lindo que eu já vi. Ficamos nos olhando enquanto Noah volta á colar nossos lábios, voltamos á nos beijar. Eu também não quero que isso acabe. Espero que nunca acabe...


Notas Finais


Eu também espero que isso nunca acabe 😭😭😭.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...