História Histórias de uma garota em crise - Capítulo 21


Escrita por: e NicariNyclel220

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 11
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Baby's is coming


Fanfic / Fanfiction Histórias de uma garota em crise - Capítulo 21 - Baby's is coming

*POV.SOPHIE*
Após sair da casa da vó de Jorge, fico andando pelas ruas escuras enquanto penso sobre a pergunta que Jorge me fez, eu.... Eu ainda gosto dele, e me odeio por isso, mas eu vou superar e vou jogar na cara dele que eu sou maior que tudo isso.
Eu tenho que parar de pensar em Cauê, e o quanto antes melhor, ele me fez muito mal, e já está na hora de superar isso. Parando com o assunto Cauê, Vênus vem aqui em casa hoje.
~quebra de tempo~
Sophie: oi Ven - falo abrindo a porta
Vênus entra com uma cara de quem não dormiu bem, e passa ficando atrás de mim.
Vênus: oi sop... - Vênus vomita qualquer coisa que ela tenha comido antes de terminar a sua frase.
Sophie: amiga? Você tá bem? - pergunto um pouco preocupada com o estado da Vênus enquanto ela se senta em uma cadeira próxima e eu limpo o chão.
Eu não sei o que está acontecendo com a Vênus mas eu tenho minhas suspeitas. Quando eu acabo de limpar o chão encaro Vênus.
Vênus: eu não sei que enjoos São esses, será que eu tô doente?
Sophie: Vênus... - falo pensando no que eu ia dizer em seguida - sua menstruação desceu esse mês?
Vênus me olha confusa e com uma cara de "nem pense nisso" e diz.
Vênus: você não tá pensando nisso né? Tipo, não é possivel, eu só transei com a Laís, e nós duas sabemos que é impossivel eu ter engravidado dela.
Eu acho que NÃO vou contar quem eu acho que seja o responsável por isso agora, já que ela está bem abatida com a minha suposição. Eu pego um teste de gravidez na gaveta da minha cozinha, e entrego pra uma Vênus que me olha incrédula.
Vênus: de onde você tirou isso?
Sophie: do hospital... Agora vai tirar sua dúvida - falo apontando para o meu banheiro.
Vênus bufa e se dá por vencida caminhando em direção ao banheiro, eu a sigo e fico esperando o resultado sair.
Quando o teste fica pronto, eu olho nem um tanto surpresa enquanto Vênus me olha esperando uma resposta.
Vênus: e ai? - ela me olha ansiosa e eu penso muito bem em como eu vou contar isso pra ela, eu então viro lentamente o teste escrito "pregnant" e falo.
Sophie: bom.. Você está gravida - eu digo e olho pra Vênus esperando alguma reação da parte dela.
*POV.VÊNUS*
Caralho... no momento que a Sophie perguntou sobre a minha menstruação eu gelei, faz mais de ano que ela não atrasa, mas como eu tinha bebido bastante nesses dias eu achava que era normal.
Quando eu ví o nomezinho escrito "pregnant" eu fiquei completamente pasma, não sei se choro ou se rio.
Respondendo o dilema de antes, eu choro, cara... se eu não tenho estrutura pra cuidar de mim... como diabos eu vou cuidar de uma criança?
Sophie: Amiga... vem pro quarto - a Sophie me puxa até o quarto dela e me ajuda a sentar na cama.
Vênus: Sophie... como? - Pergunto olhando nos olhos dela, mesmo que eu já saiba a resposta.
Sophie: Você sabe que pode contar comigo né?
Vênus: Mas Sophi, eu quase não tenho estrutura para me cuidar, como eu vou cuidar dessa criança, eu não tenho coragem de abortar, é uma vida. - Falo chorando mais que antes.
Sophie: Vênus, calma. Você tem muitos amigos que vão te ajudar, além disso não foi culpa sua. - Ela fala colocando a mão no meu ombro e me puxando para me abraçar.
Vênus: Sophie... - Não consigo continuar falando e volto a chorar.
Sophie: eu tô aqui pra você, eu sei que é dificil, mas nem eu nem o resto do pessoal vai te abandonar, inclusive a Laís, mas você precisa contar pra ela, eu posso chamar ela agora?
Vênus: Não... sim... não sei... Eu queria que ela estivesse aqui, mas ao mesmo tempo eu não queria que ela me visse.
Sophie: deixe de orgulho, ela vai te ajudar, vou ligar sim - ela pega o celular ligando para Laís.

~ ligação ON ~

Sophie: Laís?

Laís: que é?

Sophie: Vem pra cá agora... é serio.

Laís: O que aconteceu?

Sophie: É com a Vênus.

Laís: Estou indo.

~ ligação OFF ~

Sophie: Ela tá vindo, e não adianta reclamar que vocês vão conversar sim. - Ela me olha colocando o celular na mesinha de cabeceira.
~ quebra de tempo ~
Sophie: Ela chegou, vou abrir a porta, e não adianta tentar fugir pela janela. - Ela fala e eu me recomponho o máximo que dá, mesmo não sendo muito.
*POV.LAÍS*
A Sophie vem me puxando pela casa até o quarto com um olhar bem "miga, cuidado que o assunto é delicado" ela para em frente a porta do quarto e sai da frente da porta.
Sophie: Acho melhor vocês ficarem a sós... - Ela fala isso e vai pra sala me deixando na porta do quarto, o que será de tão sério?
Entro no quarto e vejo a minha namorada sentada na cama com um olhar preocupado, encosto a porta e entro, sento ao lado dela na cama.
Laís: Amor, tá tudo bem? - Pergunto olhando pra ela, que ainda não tinha olhado nos meus olhos.
Vênus: Depende do que você considera como tudo bem... - Ela olha diretamente pra mim, vejo em seus olhos que ela havia chorado.
Laís: O que aconteceu? - Eu chego mais perto e seguro a bochecha dela delicadamente enquanto uma lágrima escorre no rosto dela.
Vênus: Laís... eu... eu... - Ela não consegue falar e mais uma lágrima escorre, eu seco suas lágrimas, e olho pra ela.
Laís: Vênus, você sabe que pode me contar tudo né? - Me aproximo mais ainda.
Vênus: Laís, eu tô grávida.
Eu devo ter feito uma cara meio surpresa porque a Vênus começou a chorar, eu abraço ela e começo a passar a minha mão pelas costas dela afim de acalmá-la.
Vênus: M-me desculpa... - Ela fala se acabando de chorar, eu afasto um pouco ela fazendo-a olhar pra mim.
Laís: Você não tem culpa nehuma, não há porque se desculpar amor. - Falo ainda olhando pra ela com um sorriso carinhoso em meu rosto.
Vênus: Por que está sorrindo? - Ela para de chorar e me pergunta.
Laís: Nós vamos ser mamães! - Eu falo animada com a notícia.
Vênus: Mas você esta feliz com isso? - Ela ainda parece meio surpresa com a minha reação.
Laís: Eu sempre quis ser mãe mesmo sendo um momento inoportuno, é uma nova vida!
Vênus: Que bom que está feliz.
Laís: Só tem uma coisa... - Ela me olha estranho.
Laís: Você vai ter que conhecer minha mãe...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...