História Histórias de Vida - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom dia
Boa tarde
Boa noite
Boa madrugada

Este segundo capítulo talvez seja um pouco mais complicado ...mas a seu tempo irá fazer sentido.

Capítulo 2 - Como se estivem comigo


Prometi a mim mesma sempre que quizer desabafar escrever aqui para postar .

Então não sei se já fiz entender isto mas eu sempre fui aquela pessoa bem Ted Mosby ,aquela apaixonada pela paixão ,que vive a pensar como será encontrar o amor da sua vida porém....isso descambou e eu rendime á putaria .

Já é outro dia ..as dores de cabeça não me ajudaram ontem .

Como estava a dizer neste momento eu quero cometer um monte de erros ...a Clara (nome inventado agora para a rapariga ) diz que irei me arrepender mas sei lá eu tô a perder a credebilidade no amor ,isso dói e imprecionantemente não tem a ver com eu ter acabado um relacionamento e sim pelo que vejo acontecer fora das histórias de leio e dos filmes que vejo.

Devo esperar?

Talvez.. "tenho apenas 15 anos "

a frase que digo constantemente para mim .

As pessoa tratam os adulescentes como incapazes , incapazes de amar direito ,de escolher direito ,de fazer direito ...tratam-nos como sacos de hormônios , porém ironicamente , também nos perguntam "e os namoradinhos" e o que vamos seguir o que queremos para o futuro resumindo ,ainda somos crianças,mas temos que fazer escolhas e ainda assim ser julgados como incapazes,como se todo o ser humano seja o quão mais velhos que seja ...desde que seja mais velho irá saber mais que nós e saberá se as nossas escolhas serão boas ou não.Podem ser pessoas que não nos conhecem...pessoas da família irão sempre dizer "tens de ter cuidado","desde que tenha juízo " ,"um dia irás entender " e qualquer caso amoroso que tenhamos irá ser apenas um namorico adulescentes ..o que eles se esquecem é que tem amor ...o amor que conhecemos.

Da mesma forma que se e quando acabar iremos pensar que será o fim do mundo ... nós iremos ficar tristes mudar alguns  pensamentos como todo ser humano ... não é porque estamos numa fase da vida mais instável ou seja lá o adjetivo que queiram dar que seremos todos iguais que todo relacionamento seja superficial ou pela pressão dos amigos ...que não sabemos como é a vida ou até se quereremos ter um relacionamento .Não é porque não vivemos que não aprendemos .  As vezes ser o telecpetador ajudamos a aprender muito.

Eu ponho demasiado sentimento em tudo .

Talvez se eu diminuir isso diminua as cagadas da vida.

Estou a escrever este capítulo a uns dias já , mas continuo sem palavras suficientes.

Se eu pode-se parar o tempo e ver o estás a fazer exatamente agora...o que estás a pensar ... talvez isso me ajuda-se a entender te da forma que tu supostamente fazias sabes ...eu já fiz umas merdas na vida...e sei que tudo aquilo que estou a passar é reflexão disso ... também que ainda não fiz merdas suficientes ,nunca fazemos ...se eu tivesse mantido as notas não estaria com tantos problemas em ter uma nota estável a matemática,se eu não tenta-se viver aquilo que brota e brotava em mim não teria tantos problemas né?Eu não sei ...as vezes culpo-me outras vezes culpo os outros mas ninguém tem culpa porque no final somos todos humanos a tentar fazer o certo ...nenhum de nós tem manual então ninguém tem culpa .

(tento me convencer disso)

Se por acaso fosse mais parecida contigo ..seria melhor?

Um dia disseste que sabias coisas que nem eu sabia sobre mim ,isso as vezes da me vontade de rir.

Tu sabes do quão mal me sinto muitas vezes?Dos desgostos amorosos que já tive?

Do quão adulta já tive que ser?Sabes das coisas que já toquei e provei ?Das mentiras que inventei?Sabes das coisas que descobri sobre mim?Das sombras que me perseguem quando eu entro na realidade que me é imposta ?Da minha dificuldade de estar dentro dela?

Sabes?Tu sabes disso tudo e finges que não ou nem fazes ideia?Sabes das coisas que já me chamaram?

Dos olhares que me deram?

Das noites sem dormir ?O significado daquilo que está á vista porém escondido?

Eu espero que não ...seria muito mau saberes uma única coisa desta lista e nunca ter ido até mim.

Isto realmente está a parecer um desabafo ...se um dia sentirem se mal sobre qualquer coisa ou alguém ...escreve como se tivesses a pessoa ou o problema a tua frente ,acho que é uma boa terapia .

Hoje fiz um desenho de um rosto tem alguns traços familiares...pode ser um cantor mas também me lembra outro desenho no qual a tal Clara disse ser muito parecido com o meu melhor amigo ...mas também não importa muito.

Eu realmente não sei se isto foi uma boa escolha ....escrever estas coisas e postar ...quem se interessaria pela descrição de uma adolescente da sua vida e das suas ideias ?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...