História Histórias macabras - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - O violinista


Fanfic / Fanfiction Histórias macabras - Capítulo 22 - O violinista

Há alguns anos, em um vilarejo da Pensilvânia, várias pessoas começaram a morrer de causa desconhecida. Nem mesmo os médicos, usando todos os seus métodos conhecidos da Medicina, conseguiam parar esse surto de mortes.


Em meio a tantas perdas e sofrimentos, surgiu um violinista para acalmar e iluminar os corações das pessoas aflitas do vilarejo. Ele sempre aparecia quando alguém estava próximo de morrer e tocava uma bela melodia.


Para todos, ele era um anjo que surgiu em meio àquele cenário de terror com o intuito de trazer paz para o povo do vilarejo. Sua aparência era a de um jovem bem vestido e belo com roupas da nobreza. Ninguém se vestia assim no vilarejo, a não ser que fizesse parte de alguma família importante da região.


Não importava a hora e o dia, o jovem violinista sempre aparecia para tocar sua bela melodia para quem estava à beira da morte. Às vezes, até em chuva, ele chegava com seu violino.


Todos o amavam; porém, chega um dia em que um padre aparece na região. Ele discriminava o jovem e alegava que a presença do violinista não era boa para o povo no vilarejo. O padre pegava no pé do rapaz, até que chega um dia que ele não aparece e sua presença vai sumindo da  região.

O violinista some, mas antes de desaparecer por completo, pede para que todos do vilarejo se reúnam em uma praça para tocar uma última vez para os enfermos ou até para as pessoas sadias que quisessem deslumbrar de sua bela canção.

Então, chegou o dia tão esperado por todos do vilarejo. Havia muitas pessoas no local, aguardando o violinista. Consequentemente, ele chega e começa a tocar sua bela canção. Era tão linda que todos se sentiam no paraíso com o som que o rapaz transmitia a todos.

Nesse momento, uma neblina começa a surgir de todas as partes, deixando todo o local quase que oculto. A única visão nítida era a do rapaz tocando seu violino.

Acontece algo sinistro: o rapaz começa a se transformar em algo diabólico enquanto tocava o seu violino. Chifres cresciam em sua cabeça e o seu corpo ia ficando igual ao de um animal cheio de pelos.

O povo que ali estava fica horrorizado com a cena que via. A música começou a deixar de ser bela e ia ficando triste e melancólica. Todos começaram a chorar escutando aquilo.

E não dura muito tempo até que o violinista desaparece junto à neblina. Muitos que escutaram a sua canção ficaram loucos ou com problemas psicológicos.


Desde esse dia, ninguém mais avistou o jovem violinista na região.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...