História Separated - Capítulo 1


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Bottom!yoongi, Lemon, Lgbt, One-shot, Pwp, Quetoptaetop, Sexo Gay, Sugav, Taegi, Taehyung!top, Top!tae, Yoongi!bottom, Yoontae
Visualizações 699
Palavras 1.191
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente eu trouxe uma fic pro @QueTopTaeTop (que é o project que eu participo).

Essa fanfic é em dedicação as TaeGinas.

Boa Leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Separated - Capítulo 1 - Capítulo Único

Sou empurrado na direção da parede branca do quarto,perto da cama e de um porta que dava acesso ao banheiro.Sinto lábios carnudos tomando os meus num sentimento desesperado,necessitado - o pior era que eu também estava deste jeito,desesperado por seus toques em todo o meu corpo,e muitas vezes deixando um leve aperto.Estava desesperado para o tê-lo completamente em todo o interior como ele sempre fazia,pois isso nunca irá acontecer novamente.Era apenas aquela noite,aquela noite onde poderíamos ter um ao corpo do outro,com um espaço inexistente nos separando e com as respirações ofegantes de tantos beijos.

Sinto um beijo molhado no lóbulo da minha orelha,e mais outros foram distribuídos pelo meu pescoço chegando até a minha clavícula e num movimento rápido um beijo quente tomou meus lábios com o do mais novo.

Sinto mãos irem de encontro à minha cintura cobertura pelo pano de algodão da minha camiseta,apertando-a e logo seus dígitos foram de encontro a barra da minha camiseta,fazendo um singelo carinho antes de levantar a camisa e a retirar desesperadamente em busca de ver meu tronco desnudo de qualquer peça.

Beija minha boca uma última vez,e eu já sentia falta daquele contato,e desce uma trilha de beijos e mordidas em direção aos meus mamilos erigidos,dando uma leve mordida no direito e um leve beijinho no esquerdo - que de um jeito quase impossível,fica mais eriçado com o toque quente de seus lábios.Uma sensação completamente prazerosa e gostosa de se sentir.

Ele continua a trilha dos beijos que ele havia começados poucos minutos atrás,descendo até ficar de joelhos e seu rosto ficando à frente do volume em minha calça.Suas mãos vão de encontro ao zíper da minha calça,mais antes dele fazer oque queria eu o puxo para cima,e jogo-o na cama subindo em seu colo e começando a lhe dar beijos quentes.Minha mão vai em direção a parte da calça onde ficava seu membro massageando o mesmo que ainda estava coberto pelo tecido da calça de moletom que ele usava, proporcionando o belo som de seus gemidos arrastados e cheios de prazer e aprovação pelos meus atos ecoando pelo meu quarto,que antes era silencioso e sereno,mais agora era quente e abafado.

Desço meu rosto por todo seu tronco - deixando alguns chupões por algumas áreas que certamente ficariam vermelhos ou até mesmo roxos - sentado um pouco abaixo das suas coxase, minha mão chega rapidamente na sua calça foi que retirada por mim com a sua ajuda.Sua boxer estava molhada pelo pré-gozo,e a mesma foi retirada na mesma velocidade que tudo aquilo estava acontecendo - rápido,rápido até demais.

Olho seu pênis grande e ereto, umedeço e mordo os lábios vendo aquela bela imagem em minha frente,que em minha opinião poderia virar um lindo quadro artístico,feito apenas para mim - o mais novo deitado;com o pênis duro;e o suor na sua testa,fez com que os fios do seu cabelo grudassem em sua testa,o deixando ainda mais sexy.Seu pau encontrou uma das minhas mãos,que começou a fazer movimentos lentos de cima para baixo,o provocando - e parece que realmente estava funcionando,pois ele lançou um gemido de reprovação por estar tão lento oque ele particularmente nunca gostou.

Aumentei a velocidade da minha mão derrepente,tendo um gemido alto em reposta.

Sinto seu membro pulsar na minha mão,e subo no seu colo novamente o beijando ferozmente e retirando qualquer resíduo das roupas que ele usava de seu corpo,o deixando completamente desnudo à minha frente.Começo a tocar cada pedacinho do seu corpo acobreado,recebendo um gemido manhoso após tocar e apertar suas coxas;e consequentemente tocar seu pênis logo depois.

- Daddy,você continua tão gostoso! - Digo rouco,por estar a tanto tempo sem falar uma sequer palavra.Ele sorri de lado,me olhando sexy,com aqueles olhos tão intensos que eu poderia ficar apenas o olhando tentando ao máximo,demonstrar o mesmo que ele transmitir à mim.

- Que bom que você,meu baby,ainda me ache gostoso.Malhei apenas para você. - Diz me olhando seduzente. Suas mãos vão de encontro à minha cintura a apertando com seus dedos grandes e finos,ele me faz levantar do lugar onde eu estava,dando-me um beijo e me colocou com a bunda empinada para si.

- Baby...por que você é tão gostoso,uh?- murmura roucamente apertando minhas nádegas;depois sinto dois beijos nas mesmas.- Você ainda guarda lubrificante,no mesmo lugar de antes? - Me pergunta me deixando corado. - Como consegue ser fofo numa hora dessas? - gargalha fraco,dando outro beijo em uma das minhas nádegas.

- Sim,está na mesma gaveta. - digo e sinto um espaço vazio na cama,mais logo se preenche com um peso novamente.

Ouço um barulhinho de um pote se abrindo,deduzo ser o lubrificante e poucos segundos depois sinto um dos dedos do mais novo,entrar em meu ânus e fazer movimentos de vai e vêm.Sem perder tempo Taehyung coloca mais um de seus longos dedos,começando um movimento de 'tesoura'.Sua mão livre estavamexplorando todo meu corpo,dando leves arranhões e algumas apertadas que de vez em quando ficavam um pouco vermelhas.

Dá um último selar em uma das minhas nádegas e sinto o peso da cama ficar diferente,o olho e ele estava de joelhos,segurando minha cintura e mordendo os lábios.

Sem aviso prévio ele coloca seu membro e começa a me estocar rapidamente - e eu começo a gemer,sem ligar para as piadinhas que os vizinhos fariam para mim.

O mais novo me estoca em um ponto que era extremamente prazeroso,eu aperto os lençóis e mordo os lábios para conter os gemidos.

Ele me estoca mais algumas vezes, e retira seu pênis - me deixando um vazio,literalmente.O outro se senta na cama e me olha,eu como já tinha entendido,sem demora alguma me sento no seu colo - fazendo seu membro enterrar-se no meu ânus prazerosamente.

Começo a quicar no colo de Kim,segurando em seus ombros.Sinto a ponta de sua língua em contato ao meu pescoço - meus cabelos encontram os fios da sua nuca,puxando-os.

Ele deixa um chupão que com certeza ficaria roxo depois de alguns minutos.Eu continuava a quicar em seu colo,e seus dedos continuavam em minha cintura.

Nós começamos um ósculo pouco antes de Taehyung soltar seu líquido dentro de mim,nos dando uma sensação maravilhosa.Me jogo ao seu lado,respirando ofegante e completamente suado.

O quarto agora cheirava a sexo e estava mais abafado ainda.Percebi que o garoto ao meu lado me olhava atentamente como se estivesse admirando alguma obra no museu mais caro do mundo.

- Yoongi,eu quero dizer que..eu nunca parei de te amar.O meu amor por você nunca acabou. - Diz pegando em uma das minhas bochechas fazendo um singelo carinho.

- Mas você me traiu! Você ficou com aquela garota. - Quase grito e meus olhos começaram a lembrar do pior dia da minha vida : o dia em que vi a pessoas que eu mais amo, beijar outra pessoa.

- Meu pai me obrigou a casar com ela porque ele não aceitava que eu era gay! Eu fui obrigado,Yoongi! Juro pela minha alma. - Taehyung deixa uma lágrima solitária cair.

- Me promete não me abandonar novamente? - pergunto,enquanto na minha cabeça passava um 'filme' daquele dia.

- Prometo! Prometo! - começa a chorar. - E-eu t-te a-amo Yo-Yoon. - Diz entre soluços.

  - Eu também te amo Taehyung. - O abraço e passamos a tarde toda trocando carícias.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...