1. Spirit Fanfics >
  2. Hitman - MiTw >
  3. Capítulo 40 - Quem é ela?

História Hitman - MiTw - Capítulo 40


Escrita por:


Notas do Autor


Vamo que vamo! 💜

Capítulo 40 - Capítulo 40 - Quem é ela?



Felipe's (Felps) P. O. V. 

Depois de conferir como o casal estava, deixei Cellbit em uma mesa com Pk, Guaxinim e Calango, pra vir pegar alguma bebiba pra nós dois. Essa festinha está tão gostosa! 

— Felps? — Uma voz feminina me chama em meio as pessoas. — É você mesmo? Nem acredito! 

Eu — Não é possível. Charlie? — Instintivamente, sorrio ao vê-la novamente. — Quanto tempo! — Abro os braços para aceitar o abraço que ela me oferecia... 

Charlie — Você e seu irmão sumiram, nem mandam uma mensagem pros amigos... — Damos um abraço rápido para o cumprimento. — Achei que tinha acontecido algo. 

Eu — Apenas muito trabalho, é complicado conciliar isso e a vida pessoal, já que os dois se misturam facilmente. 

Charlie — Ah, eu entendo bem, também tenho esse probleminha! — Rimos. — Seu irmão também está aqui? 

Eu — Sim, uma parte do centro veio, inclusive alguns protegidos... — Ajeito minha roupa social. — E você? Veio sozinha?

Charlie — É, eu não tinha ninguém para curtir a virada de ano, então resolvi vir depois de receber o convite. Bom, eu não quero tomar muito do seu tempo agora, podemos conversar outro dia sobre a vida! — Sorri calorosamente... 

Eu — Tem razão, devemos aproveitar a bela noite. Então, nos vemos por aí. — Nos despedimos... 

Pego as bebidas e caminho entre as pessoas. É bom sentir que nada vai dar errado. Geralmente, quando estamos expostos em festas, me sinto paranóico a todo momento. 

Eu — Aqui amor, aqui sua bebida... — Direciono o copo para o garoto, que o segurou enquanto soltava um sorriso... 

Cellbit — Obrigado meu bem! — Toma um gole... 

Guaxinim — O Mike demora pra gozar, né? — Enquanto eles conversam sobre o assunto óbvio, puxo uma cadeira e a coloco do lado de Cellbit. Em seguida, me sento na mesma podendo prestar atenção no papo, que agora era apenas risada... 

Calango — Pois é mano, até agora eles estão lá. Porém, ele pode ter gozado rápido e eles estão conversando. — Eu gosto da extrema zoeira que eles colocam no assunto... 

Pk — É, imagina! — Solta uma risada. — A gente aqui pensando que ele dura 5 horas, mas na verdade, ele tá olhando pra cara do Pac agora dizendo "É a primeira vez que isso acontece". — Rio junto a eles. Minha mão, que estava sobre a minha coxa, é segurada por Cellbit, que entrelaça nossos dedos. Olho para ele e beijo sua bochecha... 

Cellbit — Espero que o Mike não tenha ejaculação precoce, meu irmãozinho merece tudo de bom! — Sorri sem mostrar os dentes, fazendo uma brincadeira... 

Eu — Ele eu não sei, mas eu não tenho... — Sorrio de canto... 

Calango — Iiii Cellbit, vai ficar sem cu. — Contrai os lábios segurando a risada... 

Cellbit — Tomara, não quero ficar empolgado e fazer o meu neném gozar rápido de mais! — Nos encaramos, ambos com um sorriso brincalhão... 

Eu — Antes disso acontecer, consigo fazer você gozar sete vezes... 

Guaxinim — CARALHO! — Os três garotos fingem espanto, Cellbit faz uma carinha safada e me dá um selinho... 


Mikhael's P. O. V. 

Sai da van e me alonguei, Pac ainda estava se ajeitando, mas não demorou muito para se juntar a mim. Fechei o automóvel e abracei o garoto de lado, e então começamos a traçar a rota da festa. 

Quando chegamos, a primeira coisa que avistei foram os garotos sentados em uma mesa. E, julgando o comportamento deles quando nos viram, só posso concluir uma coisa. 

Eu — Prepare-se para o papo, eles sabem... — Sorrio encarando o menor... 

Pac — Pera... Eles sabem? — Ergue uma sombrancelha. — Tá, a gente tava no meio do estacionamento, mas não imaginei que eles notariam. E como você sabe que eles sabem? 

Eu — Meu trabalho me cobra saber ler bem as pessoas. Pra mim, é fácil ler desconhecidos, imagina ler o Felps... — Rio. — Vem, vamos nos juntar a eles. 

Segurei a mão de Pac para guiá-lo até a mesa, onde os garotos nos encaravam com um sorriso extremamente malicioso. 

Eu — Ta bom... — Pego duas cadeiras, permitindo que Pac e eu nos juntemos a mesa. — Podem começar! 

Pk — Ainda bem que a gente veio de van, dizem que transar no carro é extremamente desconfortável! — Sorri apoiando os cotovelos na mesa... 

Felps — Vocês sabem que vão matar o Pac de vergonha, né? — Morde o lábio inferior sorrindo... 

Cellbit — Pelo o que eu conheço, ele quer sair correndo. — Aperta a bochecha do garoto, que cobre o rosto com as mãos. — Nada disso, na hora de dar aposto que não ficou com vergonha! 

Pac — Na hora de dar, não tinha nenhum comentarista! — Sua voz sai abafada por conta de seu rosto coberto. O abracei, e ele escondeu seu rosto em meu peito... 


Bárbara's P. O. V. 

Charlie — Agh, esqueci que você também trabalha no centro. — Se aproxima de mim segurança uma taça de vinho. — Tantas pessoas legais, e ai você aparece... 

Eu — Sabe que você não precisa vir conversar comigo se não gosta de mim, né? Por acaso está com saudade, coração? — Joguei um pouco da fumaça do cigarro para o lado dela, a mesma passa a mão pelo ar algumas vezes... 

Charlie — Gosto de ver o estado deplorável que você se encontra! — Sorri cínicamente... 

Eu — Caso não tenha notado, estou incrivelmente bem. Não tanto agora, já que você decidiu intrometer minha vibe, e ver essa sua cara azeda desanima qualquer um. — Coloco o cigarro entre meus lábios... 

Charlie — Muito pelo contrário. Felps ficou muito feliz em me ver, e daqui a pouco vou dar um oi para o Mike. Eu não sou uma cobra, Bárbara, apenas nossa amizade é conturbada. — Toma um gole de seu vinho... 

Eu — Prefiro que continue assim, se não se importa. — Sorrio falsamente... 

Cassie — Tudo bem por aqui, garotas? — Se aproxima com dois copos de bebida... 

Charlie — Tudo ótimo, Cass... — A encara com um sorriso. — Você quer dançar um pouco? 

Cassie — Não, pode ir. Vou conversar um pouco com a Barb! — Direciona um dos copos que ela trazia para mim. O pego e sorrio... 

Charlie — Tá, você quem sabe. — Revira o olhar e sai... 

Eu — Obrigada, você me livrou de um péssimo papo... — Rio jogando o cigarro fora... 

Cassie — Percebi pela sua cara. Eu acho ela simpática, porque vocês não combinam? — Se aproxima... 

Eu — É uma longa história, e ruim também. Não vale a pena falarmos dela nessa noite boa! — Passo a mão superficialmente pelos meus cabelos... 

Cassie — Tem razão, devemos aproveitar! — Levanta seu copo em minha direção. — Um brinde a ela! 

Eu — A ela! — Brindamos e bebemos um gole... 

Cassie — Aliás... — Se aproxima mais, segurando a barra da minha blusa. — Que tal aproveitarmos um pouco antes dos fogos? — Morde o lóbulo da minha orelha... 

Eu — Adoraria... — Ela me encara com um sorriso de canto. Logo, morde meu lábio inferior e solta lentamente... 

Cassie — Vamos para um local mais reservado. — Segura minha mão e me guia... 


Notas Finais


Vocês gostam de orange e hentai? Faz tempo que não escrevo sobre ambos. Lemon estava sendo o meu foco KKKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...