História Hizzie: O complemento perfeito. - Capítulo 18


Escrita por:

Visualizações 56
Palavras 1.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, vocês viram o final do episódio 04? A LIZZIE SE LEMBRA DA HOPE, OH MY GOD!! Sai da frente haters, porque este é o nosso momento, abram alas para o melhor shipper lésbico de todos os tempos poder passar, porque Hizzie Is Real. Hizzie Is Endgame. Hizzie King. 👑❤ Ah gente! Eu realmente estou muito feliz, jamais esperava que a Julie Plec fosse mesmo fazer isso, mas no fundo eu nunca tinha desacreditado do meu casal, e agora, ela se recorda de tudo. 😊 I'm so much happy now! E eu pensei em nada mais nada menos do que fazer quase praticamente o mesmo na minha história, até porque pelo nome do capítulo, já dá para ter uma noção não é? 💓 Ainda mais por esse lindo edit que vi no Twitter, são tantas obras de artes que vejo por lá, que vocês não tem noção, e espero trazer todas elas para as minhas capas dos capítulos a seguir, sem contar que algumas montagens/edits são feitas por mim mesma né ;-) Mas enfim, agora vamos que vamos para este cap.

Capítulo 18 - Flashbacks.


Fanfic / Fanfiction Hizzie: O complemento perfeito. - Capítulo 18 - Flashbacks.

            ______________________


·NARRADORA· 


Após Elizabeth conseguir se alimentar normalmente pela primeira vez em sua vida, da fonte sanguínea de sua irmã, ela soltou o pulso da mesma, e resolveu-se afastar um pouco e então ela pegou as duas bolsas de sangue do vampiro e começou a tomar com tranquilidade, sentando-se sobre sua cama, enquanto Kaleb e Josie a olhavam esquisito pela tal surpresa do seu devido controle naquela situação. 

-O que foi? -questionou Lizzie ao perceber a feição desentendida deles ao observa-lá. -Acharam mesmo que eu ia me descontrolar? Sério isso? Que tipo de amigos são vocês hein? Um minuto botam fé e no outro esperam o pior de mim, eu realmente não os entendo. -dizia Lizzie em resmungo rapidamente.

-Calma Lizzie, desculpe, não foi nada disso, é que... -pronunciou Josie desesperada, mas os risos de sua irmã a interromperam de explicar-se. -Ok, por que você está rindo?! -perguntou ela franzindo seu cenho ao estranhar.

-Vocês são muito bobos, irmã, dã, eu estou brincando. -respondeu ela rindo. -Não precisam me levar tão a sério, eu estou bem, só não quis continuar, porque pensei que eu não fosse conseguir parar, então apenas tentei me alimentar pouco, para não ocorrer nenhum risco de mim te machucar, Josette. Foi só apenas isso! -afirmou ela após se explicar para sua irmã. 

-Okay, também acho melhor irmos todos com calma, aliás, ainda temos que fazer a votação para escolher um novo diretor ou D.r.t Saltszman, então, já que ocorreu tudo bem, eu já vou indo. -respondeu Kaleb logo saindo.

-Tem certeza de que você tá bem? Olha se quiser alimentar-se mais, é só pedir. -disse Josie olhando para sua irmã. 

-Eu estou bem, Josie, está tudo sobre controle por enquanto, amanhã M.G e Kaleb começaram as aulas de vampirismo comigo e tudo ocorrerá como deve, ok? Eu vou me esforçar para não cometer nenhuma loucura, já disse, agora vá com Kaleb fazer esta bendita votação, pois seja lá o que houver, o nosso pai precisa do seu voto para continuar na escola, ok? -Falou Lizzie ao explicar convencendo sua irmã de que realmente tudo iria encontrar-se bem.

Josie apenas deu um último suspiro antes de proferir um "Ok, boa noite Lizzie" e abraçar a Saltszman loira, após retirar-se de seu quarto, por fim concordando com a mesma e pensando positivamente à respeito da mesma. E então, ela conduziu seus passos pelo corredor feminino, enquanto Lizzie permaneceu-se alimentando cuidadosamente da bolsa de sangue. Ela chegou até a mesa de negócios, numa parte mais isolada da biblioteca, onde ficava nos fundos em outra ala. Lá estavam apenas Kaleb, Jed e Dorian. O que rapidamente fez Josie franzir seu cenho numa expressão confusa, como se estivesse com um grande ponto de interrogação em sua mente, após aquele momento. 

-Jed está aqui para votar por Raf, já que o mesmo não vai poder por ter permanecido na forma de lobo. -explicou Dorian após perceber a expressão confusa da Saltszman.

-Ok, mas... Por que ele ainda está na forma de lobo? -perguntou a morena ainda estranhando a situação.

-Até onde sabemos, é que ele fez isso para poder ajudar a defender a escola dos caras da Triad, mas isso envolviam um feitiço, já que segundo a Emma, ele estava passando por alguns transtornos contra sua parte humana e de lobisomem. -respondeu o rapaz dando de ombros.

-Ah... -falou Josie ao escutar tudo o que o mesmo disse, porém, ao desviar seu olhar para baixo, ela encarou a balança mágica à sua frente, e notou-se a ausência de algo, como se em seu interior, ela sentiu-se falta de algo ou alguém ao certo perante aquele instante, alertando que precisava daquilo para aquela situação esquisita, mas ela não conseguiu distinguir o que era exatamente aquela sensação incomodante. -Vocês não acham tudo isso muito estranho? -questionou a mesma pensativa, ao olhar nos olhos de cada um. -Todas essas respostas, não fazem sentido, é como se precisássemos de algo, mas... ao mesmo tempo, não soubéssemos do quê especificamente seria, afinal, tudo isso, não faz sentido! Por que Lizzie se arriscaria para salvar Landon, sendo que tecnicamente eles se odeiam e, ela não se lembra... -falava a Saltszman completamente perdida entre tantas questões, fazendo pausas em suas falas para poder pensar.

-Nós não sabemos ao certo, Josie! -afirmou Dorian chamando seu olhar para ele, com um tom pacífico de indiferença. -Sua irmã talvez não deva estar muito boa com suas memórias, devido a morte que teve por causa daquele monstro, provavelmente assim que ela não estiver mais sobrecarregada pelo choque que todo esse acontecimento lhe causou, ela venha a conseguir respostas mais esclarecedoras para tudo isso, mas agora nós precisamos resolver logo isso e descansar, foi um dia cheio, com perdas e vitórias, algo totalmente turbulento que a escola nunca presenciou antes, então, só o que nos resta a fazer é descansamos um pouco e talvez amanhã começamos a ir em busca de todas essas respostas, ok? -respondeu o moreno depois de fazer um longo discurso explicativo para a gêmea Saltszman.

-Ok. -foi só apenas o que Josette pôde lhe responder, ao tentar relaxar seus ombros, e apoiar suas mãos sobre a beira da mesa, escorando seus braços em modo de concentração diante a breve reunião de votação que se iniciaria naquele momento. Mas em seus pensamentos, ela estava a ir contra toda aquela sua conversa, pois não havia a convencido nenhum pouco. A mesma sabia muito bem o que deveria começar a fazer por si mesma na manhã seguinte, ela se aproveitaria do fato de sua irmã estar a passar o dia com M.G e Kaleb lhe ensinando a ser uma verdadeira vampira agora, e tentaria juntar-se a Landon em busca de respostas por si só, sem precisar mais ficar a espera da dependência de alguém sempre em sua vida. Ela estava fadada a mudar-se daquele dia em diante, pelo ocorrimento terricel de todo o seu semestre anterior, e agora, apenas contaria consigo mesma, pois no fundo de seu coração, ela sabia que se quisesse melhorar-se em suas atitudes e comportamentos, antes que chegue a bendita fusão dela e de sua irmã, ela teria que procurar correr atrás daqui pra frente em busca de sua nova melhor transformação possível e de, principalmente, respostas para tudo aquilo que havia acontecido, que de um jeito ou outro, deixou-lhe intrigada. 


·ELIZABETH SALTSZMAN·


Depois de ter conseguido alimentar-se corretamente das bolsas de sangue, ela levantou-se de sua cama para depositar as mesmas vazias no lixo, em seguida fechando as cortinas azuis finas de sua janela, deixando apenas a janela aberta, para poder apreciar da boa corrente de ventania refrescante que formava-se lá fora, com a lua cheia brilhando no alto do céu azul escuro e estrelados, podendo ter uma das mais belas visão que já tivera em toda sua vida. Ela puxou o ar que lhe transmitia naquele instante, em completa calmaria, relaxantemente em suas narinas, passando-se dentro de si, até a chegada de seus pulmões, onde ela abriu novamente os seus lindos olhos azuis brilhantes, que destacou -se em sua bela face, ao fazer naturalmente uma expressão de paz, como resultado após todo o seu longo dia exaustivo, matando e lutando com monstros, o que lhe pareceria soar até irônico, pelo fato de nunca ter cogitado esta idéia de realmente realizar isso em algum dia de sua pequena vida como uma garotinha nada incomum, mas que ainda assim, era de se esperar que isto fosse lhe acontecer, mais cedo ou mais tarde. Porém, ao admirar a bela paisagem nos céus através de sua janela, ela foi-se perdendo em meio à todos aqueles devaneios, que mal se tocou que abaixo da direção de seu olhar, encontrava-se um lobo. Um lobo que ao seu raciocínio mais lógico, estava a lhe espionar, tecnicamente. No entanto, graças ao seu pequeno e baixo rosnado, ela finalmente o percebeu, e logo em seguida, reconheceu. Era Rafael. 

-Mas o quê Rafael está a fazer ainda em sua forma de lobisomem? -questionou-se ela. -Hey! Precisa de ajuda? -chamou ela, gritando de sua janela para que o Waithe pudesse lhe escutar. -Raf? -chamou ela mais uma vez, porém, o mesmo decidiu dar as costas, e partir correndo para a mata da escola. -Mas o que....? 

Elizabeth não concluiu sua frase, apenas estranhou-se e ficou pensativa no que tinha lhe acontecido para ainda estar em sua transformação, mas após elevar seus olhos para a lua cheia, ela logo revirou seus olhos, relembrando o fato dos lobisomens se transformar na lua cheia, e então aquilo sossegou sobre si como uma explicação clara sobre aquilo, e então decidiu-se retornar para sua cama, tratando de deitar-se nela, assim que apagou a luz do seu abajur sobre sua comoda ao lado de sua cama, e então ela ajeitou-se por baixo da coberta, e cobriu-se por ela, até perto de seu pescoço, arrumando com sua mão direita o seu travesseiro sobre de baixo de sua cabeça, e resolvendo por achar melhor optar pelo descanso mesmo, graças ao dia louco e cansativo em que teve, fechando a pálpebra de seus olhos, deixando o sono vir aos poucos, ao passar dos segundos. 


Elizabeth... Elizabeth....? Hey! Sou eu, Hope.


Alguns sussurros estranhos começaram a lhe importunar em sua mente, assim que estava finalmente conseguindo dormir. A mesma começou a se contorcer sonolenta, pois gostaria de pegar logo no sono, sem nenhum atrapalho, pois encontrava-se muito cansada naquela momento. Mas uns flashes esquisitos se iniciaram em sua mente, em questão de frações de segundos, lhe despertando do sono, e fazendo-a sentar-se sobre a cama assustada, depois de ter presenciado rapidamente algumas cenas de sofrimento e desespero por alguém em sua mente. Portanto, ela respirou fundo e depois disso voltou a dormir, já que pensará que aquilo tinha sido somente a tentativa inicial e completamente falha de um pesadelo. 


Notas Finais


Boa noite amigos! Como estão agora depois desse capítulo? Hum? Comentem aqui em baixo, please e até o próximo. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...