1. Spirit Fanfics >
  2. Hogwarts - Um mundo pós guerra >
  3. Seguir em frente

História Hogwarts - Um mundo pós guerra - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Seguir em frente


Pov Ron

Acordei meio desnorteado, olhei pela janela e vi que já estava escuro , passei o olho pela sala e vi que Jorge e Carlinhos também estavam dormindo lá . Aos poucos fui me despertando e resolvi levantar , fui até a cozinha bebi um copo d'água e subi em direção ao quarto da Gina , onde eu sabia que Hermione estava dormindo . Cheguei lá e vi a cena : Mione estava sentada no colchão que tinha sido jogado no chão, ao lado da cama da minha irmã (que por sinal estava vazia por sinal ) lendo um livro , ao forçar os olhos pude ver que não deveria ser um livro bruxo, e sim um livro trouxa. Permaneci ali parado , no batente da porta , observando sua concentração no livro em suas mãos . Não sei quanto tempo fiquei ali olhando mas sei que nunca me cansaria de ter aquela visão 

-Tô começando a ficar com ciúmes do livro -- Falei em tom de brincadeira

-Ela deu um pequeno salto no lugar, percebe- se que levou um susto comigo 

-Sabe que não tem porquê disso -- ela disse fechando o livro e rindo do que eu disse . Fui até onde ela estava e me sentei ao seu lado 

-E então ... Conseguiu descansar? -- perguntei após selar nossos lábios

-Um pouco eu acho -- ela respondeu e eu logo cheguei pra trás , encostando na parede e a trazendo para se deitar no meu peito 

-Eu te entendo, está sendo difícil para todos -- falei enquanto brincava com uma mecha do seu cabelo

-Tá falando por causa do Fred né ? -- ela virou o rosto pra cima pra me enxergar 

-É , estou sim mas não só por isso .... Você está no nosso meio , vendo nossas preocupações e eu não sei como você está ..... Com o lance dos seus pais , como vai fazer ?  -- eu perguntei e ela voltou a aolhar pra baixo e dedilhar meu tórax

-Ah ... Eu pretendo procurá-los mas com tanta coisa acontecendo eu não sei como -- ela se esticou pro lado e pegou o livro que ela estava lendo antes -- É a única lembrança que eu tenho deles -- falou se referindo ao livro 

-Você nunca me disse o que fez realmente com eles -- disse pegando o livro de suas mãos e olhando a capa , e tive certeza que era um livro trouxa, mais especificamente um romance

-Alterei a memória deles -- pude sentir que ela ficou mais tensa com quando disse isso -- o feitiço é reversível mas estou confusa

-Está com medo de voltar ? -- deixei o livro no criado mudo e acariciei sua cabeça 

-Não é isso é só que ... Como será que eles vão reagir . Tudo bem , eu sei que eles vão lembrar de mim quando eu reverter o feitiço mas explicar pra eles que eu estava em uma guerra -- a esse ponto senti minha camisa ficando molhada , ela estava chorando -- E se ... E se eu tivesse morrido. Eles passariam a vida inteira sem saber que tiveram uma filha e que essa filha morreu ... As vezes não posso acreditar que fui capaz de fazer isso com meus próprios pais 

Eu a abracei forte , foi o que meu impulso me induziu a fazer . A abracei e afaguei seus cabelos até que ela se acalmasse e que a lágrimas cessassem um pouco , então levantei seu rosto com meu indicador para que ela pudesse me ver 

-Olha só , o que Você fez não foi errado, e sim um ato de coragem . -- comecei a falar olhando no seus olhos -- Que menina de 17 anos deixa os pais e põem sua vida em risco pela população ? Você saiu de casa e se meteu em uma aventura sem ter nenhuma certeza se daria certo , mas você não desistiu. Lutou até o último minuto e não se importou se ia se machucar ou até mesmo morrer . Tudo que você fez com seus pais foi para poupá-los de um sofrimento maior ... Então por favor , não se sinta culpada . Você fez o certo e seus pais vão entender e se orgulhar da sua atitude corajosa .

Quando eu terminei de falar ela me abraçou e esse foi o abraço mais gostoso que já ganhei. Eu retribui para que ela se sentisse segura e escondi meu rosto no espaço do seu pescoço

Nós nos afastamos e ela me deu um selinho demorado e delicado pois não tivemos tempo de aprofundar o beijo , já que minha mãe apareceu na porta 

-Oh , que bom que já acordaram -- Disse minha mãe e nos afastamos rapidamente-- eu vim exatamente para acordar você e a Gina -- Ela disse para Mione e olhou para a cama vazia de Gina -- Mas onde ela está ? 

-Na verdade eu não sei -- Hermione encolheu os ombros-- quando eu acordei ela já não estava 

-Ah essa menina ,ela não para quieta -- ela respondeu e saiu da porta indo em direção aos quartos do Gui e do Percy

-Acho melhor proucurarmos sua irmã -- Mione disse já se levantado 

-Vamos -- eu levantei e passei meu braço pelo seus ombros . 

Descemos a escada e nem precisamos proucurar , vimos Harry e Gina tentando acordar Jorge ,que estava jogado no sofá , com a ajuda de Carlinhos 

-Sinto lhe informar Harry , derrotar o Voldemort  é mil vezes mais fácil do que acordar o Jorge -- Vou até a cozinha e ponho um pouco de água no copo -- Isso exije técnicas de última Geração -- Jogo água no rosto de Jorge que levantou assustado  me xingando e saiu emburrado pisando firme em direção a cozinha 

-Ele necessita de uma namorada -- Carlinhos falou enquanto via Jorge se afastar

-Falou o senhor solteirão encalhado -- Gina disse em tom zombeteiro e todos tivemos que segurar o riso 

-Não ferra Ginevra -- Ele disse sério e saiu . Antes que Gina pudesse reclamar pelo irmão ter a chamado assim a mamãe desceu com um Gui sonolento e um Percy de cara amassada 

-Sairemos um 20 minutos -- ela disse no pé da escada e voltou a subir , com certeza para acordar o papai .

Todos aparatamos nos terrenos de Hogwarts , seguimos até o grande salão onde todos os corpos foram velados . Minerva pediu para que Harry fizesse um pequeno discurso de agradecimento e assim ele fez , estavam todos mal então Harry só falou alguma poucas palavras de conforto mas que foram bem recebidas pelo público que o parabenizou com aplausos . Foi uma cerimônia linda , no pátio foram acesas velas flutuantes em formatos de flores e na lateral pedaços de pergaminhos ,também flutuantes, formavam uma espécie de parede onde o nome de cada um , que lutou em nome do bem e morreu, estava escrito , uma folha pra cada falecido . Lá diziam suas qualidades e suas boas ações para que nunca fossem esquecidos .

Harry e Hermione haviam se afastado , eles foram de encontro com a parede de pergaminho ver o que dizia lá . Pessoas vinham até nós nos desejar das condolências da mesma forma que fazíamos com os outros. Mamãe e papai tinham ido falar com os professores , o Gui se encontrou com a Fleur e eles juntamente com Percy e Audrey  ,esposa de Percy , foram cumprimentar uns amigos . Depois de um tempo conversando, Gina resolveu que iria dar uma força a Mione e o Harry deixando somente eu , Carlinhos e Jorge do outro lado do pátio conversando até que uma coisa que me chamou atenção aconteceu 

-Meus sentimentos Jorge -- uma garota , mais especificamente Angelina Johnson , chegou e abraçou o Jorge -- eu sinto muito pela perda de vocês -- ela disse depois de se soltar do abraço. Todos nós agradecemos e ela se retirou . Tanto eu quanto Carlinhos podemos ver a forma que Jorge a olhou 

-Deveria investir -- falou Carlinhos sorrindo maroto 

-Que ? Do que tá falando? -- Ele nos olhou confuso 

-Da Johnson -- eu disse completando o Carlinhos -- Deu pra ver que gosta dela 

-Não inventa -- como sempre ele negou-- Era o Fred que tinha uma queda por ela 

-E não foi você que disse que o Fred iria gostar se seguíssemos em frente ? -- Carlinhos disse arqueando as sobrancelhas mas antes Jorge pudesse responder , mamãe e papai chegaram nos chamando para ir embora pois estava ficando tarde . Os seguimos até a entrada onde encontramos com os outros e aparatamos até a toca .

Ao chegarmos lá vi que minha mãe conversava com Harry em um canto , antes que eu pudesse perguntar sobre o que se tratava ele veio até nós e se despediu , isso que ia para o Largo Grimmauld passar a noite lá , não entendemos bem ao certo mas ele foi até a sala e usou a lareira para ir embora 

Todos foram subindo aos poucos e acabou que só ficamos eu e Mione conversando com meus pais na cozinha 

-Então vocês finalmente estão juntos? -- Mamãe perguntou nos servindo suco de abóbora . Pude sentir meu rosto esquentar e tive certeza que estava corado  

-Sim , estamos sim -- respondeu Mione simpática salvando a minha pele

-Fico feliz por vocês , estava na cara que se gostavam , só faltava se assumirem -- Papai se pronunciou e vi Mione se engasgando com o suco 

-Vamos Arthur, estamos deixando os coitados sem graça -- Mamãe disse se encaminhando em direção a escada com o papai -- Boa noite crianças , não durmam tarde -- ela disse e eles subiram a e pode ouvir o papai desejar boa noite 

-Não liga pra eles -- disse assim que eles subiram 

-Não tem problema... Eles são seus pais -- ela falou dando o último gole no suco 

-Tá ficando tarde , acho melhor dormirmos -- falei me levantando -- a Gina deve estar te esperando

-Putz , a Gina , tinha me esquecido-- ela falou caminhando ao meu lado rumo ao andar de cima -- ela já deve ter caído no sono , vou acabar acordando ela 

-Pode ficar no meu quarto-- falei parando no fim da escada -- se não se incomodar é claro 

-Ah não ,não . Não tem problema só não quero te atrapalhar -- falou ela meio receosa com a proposta -- estou com um pijama que a Gina me emprestou na mochila então não vou precisar entrar no quarto da sua irmã 

-Não vai ser nenhum problema -- acariciei sua bochecha com meu polegar  .

Ela deu um sorriso como reposta e fomos até o meu quarto , ela se trocou em um canto e eu pus o short do meu pijama e fiquei sem camisa , ela se deitou ao meu lado e se aninhou ao meu corpo 

-Gosto de estar aqui com você -- ela falou mexendo na bainha do seu pijama 

-Eu adoro ter você aqui no meu lado -- eu disse e ela virou o rosto para mim , me aproximei segurando seu pescoço e a beijei , que correspondeu na mesma hora , ela subiu em cima de mim fazendo com que o beijo ficasse mais voraz 

Minhas mãos que inicialmente estavam na suas cochas agora alisavam sua cintura por baixo do pijama

-Mione -- eu disse interrompendo o beijo mas continuando próximo -- acho melhor pararmos se não iremos longe de mais .... E eu não quero que você ...

-Ron -- ela me interrompeu -- estou certa do que estou fazendo , confio em você e sei que não vou me arrepender 

-Está certa disso ??-- perguntei e ela confirmou com a cabeça . Voltei a beija-la e aos poucos fomos nos despindo . Tive uma noite maravilhosa , com uma mulher maravilhosa e tive a certeza de que ela é a pessoa certa pra mim

Pov Harry

Logo depois de aparatamos na toca as pessoas foram se acomodando e subindo a para os seus quartos

-Sra. Weasley -- a chamei antes de entrar na cozinha 

-Ah Harry, por favor me chame de Molly -- ela disse com seu jeito maternal

-Eu só vim me despedir , a casa está cheia , Fleur e Audrey vieram passar a noite . Não quero atrapalhar, irei passar a noite no Largo Grimmauld -- expliquei a situação esperando que ela entendesse 

-Nem pensar , você não atrapalha, é como um filho pra mim  e eu adoro a casa cheia -- ela parou o que estava fazendo e me olhou 

-Olha , eu tô precisando descansar e a ideia de que eu estou incomodando não vai deixar isso acontecer... Eu preciso ficar um pouco sozinho -- disse a ela 

-Tudo bem -- ela suspirou tristemente -- viu respeitar seu espaço ,mas quero que saiba que sempre será bem vindo e não suma tá bom ?

-Tudo bem , Molly, obrigada -- eu disse e a abracei .

Me despedi dos demais , disse para onde ia e me retirei indo em direção a sala para usar a lareira 

-Harry -- ouvi uma voz feminina me chamar enquanto eu procurava o pó de flú . Me virei e vi que era a Gina -- Porque você vai? 

-Eu preciso de um tempo sozinho , Gina-- falei calmamente

-Foi por causa de ...  -- ela não completou a frase só continuou olhando pra mim esperando, como se soubesse que eu tinha entendido o que ela estava querendo dizer 

-Não ... Hoje mais cedo foi maravilhoso -- me aproximei e parei na sua frente -- está tudo bem , eu só preciso me acalmar -- mesmo falando percebi que ela continuava preocupada então seguirei sua cintura com uma das mãos a puxando pra mais perto e a beijei -- eu te amo 

-Eu também te amo -- ela deu um sorriso e olhou por cima dos meus ombros em direção a lateral do sofá onde estava o pó de flú , eu segui seu olhar , fui até o local e peguei o conteúdo em minhas mãos

-Você , Mione e o Ron podiam passar lá em casa amanhã .... Estava pensando em visitar o filho do Lupin -- falei me aproximando da lareira e ela concordou com uma aceno de cabeça -- Largo Grimmauld -- gritei ao entrar na Lareira e pude ver a chama verde me consumindo até aparecer no lugar citado.

 Acendi as luzes e olhei o local , estava empoeirado mas não tive tempo para prestar atenção , estava cansado . Monstro, meu elfo, me ofereceu um lanche mas eu disse que não era para ele se preocupar .

Caminhei pelo local até entrar em uma parte que tinha um sofá , me joguei e dormi por lá mesmo 



Notas Finais


Bom , espero que gostem, atualizarei assim que possível


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...