História Hold On - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters
Tags Clace, Clary, Jace, Malec, Shadowhunters, Sizzy, Suspense
Visualizações 39
Palavras 2.771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Acabei resolvendo postar.
Pelo simples fato de odiar agosto preciso de algo para aliviar. Bjos

Capítulo 22 - This is LOVE!


(A partir deste cap irá ter passado 1 ano.)

P.O.V. Jace

Já não me lembro mais o que é viver sem minha pequena e sem minha família completa. Minha mãe está novamente junto do meu pai. E somos felizes novamente. Foi maravilhoso ver a cara de felicidade do meu pai quando eu levei minha mãe e minha pequena para o jantar que havíamos combinado. 

~~~~~~~~~~~~~~~~Lembrança ON~~~~~~~~~~~~~~~~

Clary e minha mãe estavam extremamente nervosas. 

-Ei vcs duas. Dá pra se acalmarem pq se não eu tb fico nervoso. 

- Não dá. As duas respondem em coro. 

- Ok, bom é agora ou nunca. Elas concordam com a cabeça e eu entro no escritório de meu pai. Pai?

- Aqui filho. O vejo no canto da sala com uma caixa nas mãos. 

- O que é isso pai? Falo apontando para a caixa cheia de detalhes e com vária ondas esculpidas na madeira. 

- São lembranças meu pequeno. Mesmo eu sendo grande e já adulto ele insiste em me chamar de pequeno. É fofo mas constrangedor ao mesmo tempo, porém eu deixo.

- De quem?

- Sua mãe. Me deu mta vontade de olhar não sei pq. Faz meses que eu não pego nessa caixa.

- Talvez eu saiba a resposta pai. 

- Como assim? Então me fale. 

- Just come with me and you will understand. Falei com ele em inglês, pois é de onde minha mãe veio. Da Inglaterra e foi onde se conheceram. Mas agora que estamos no Brasil, não praticamos tanto assim. 

- Ok. Então o puxo para a sala, que é onde minha pequena e minha mãe estão. Estou indo na frente do meu pai para acalmá-las. Quando chego lá vejo minha mãe, assim como Clary, de costas para nós e conversando para se acalmarem. Então puxo meu pai para minha frente que quando vê aquelas duas mulheres fica estático. 

- Pai! Eu havia dito que sabia o pq de vc ter pego a caixa. Pois eu realmente sei. Não precisaremos mais dela, não precisaremos mais dela para lembrar de minha mãe. Ele me olhava como se eu fosse louco. Vc poderá criar novas. Então ele sai do transe e me pergunta. 

- Mas como? Sua mãe está morta. Então minha mãe se vira e meu pai quase cai duro no chão.

- Não estou morta. Estou vivíssima.

Vejo que meu pai está em choque e com um ponto de interrogação gigante em sua face. Minha mãe está quase chorando.

- Ma.....Maryse?

- Sim Stephen. Ela começa a chorar assim como meu pai. E ele nunca chora. A única vez que eu me lembro dele chorando foi quando a perdemos. Então meu pai vai ao encontro de minha mãe e a abraça como se fosse a última vez. 

- Mas como? Ele fala entre as lágrimas e ao abraço. 

- Longa história. Iremos te contar tudo pai. Ele me puxa para junto deles. Me sinto em casa. Me sinto feliz. Como na época que eu era criança e tinha minha mãe. Mas agora estou ainda mais feliz, pois agora a tenho de novo e tb tenho a minha pequena. Falando nela. Pai. Digo saindo do abraço, o que faz o mesmo se desfazer. Além de trazer a mamãe de volta, tenho outra surpresa para o 

- Mais uma? Se for desse tipo, meu coração não aguenta de tanta felicidade. 

- Na vdd é desse tipo sim. 

- Preciso te apresentar o amor da minha vida. Quando digo isso puxo Clary para meus braços. Pai, essa é Clarissa, minha namorada. Ele faz cara de surpresa, logo em sequida coloca um sorriso ainda maior no rosto. 

- Que incrível não. O amor da minha vida volta e vc me apresenta o amor da SUA vida meu filho. Ele vem em minha direção e me abraça. Logo em seguida puxa Clary para junto do abraço. E depois de o fazer puxa minha mãe tb. Nunca me senti tão bem quanto estou me sentindo agora. 

E assim segui a nossa noite. 

~~~~~~~~~~~~~~~~Lembrança OFF~~~~~~~~~~~~~~~~

Lembro-me como todo esse tempo tem sido maravilhoso. E hoje por ser casamento de Magnus e Alec, resolvi pedir um favor a eles. Que na vdd eles já sabiam a bastante tempo, para poder termos tempo de preparar td. Eles toparam com o maior prazer. 

Estou mto ansioso. 

P.O.V. Clary

Hoje é o casamento dos meninos. Não via a hora disso chegar. Eles são meus bb's. A cerimônia era a tarde e a festa logo em seguida, ia durar o tempo que a maioria conseguisse aguentar e isso inclui ir até o dia seguinte pois ninguém aqui fica cansado facilmente.

 Quando deu 5 horas eu já estava pronta, o casamento será as 5:30. Será numa casa de campo. Mag me mediu ajuda com o local. E nós amamos aquele lugar, calmo, relaxante e maravilhoso. 

Combinei com os meninos de ir voando até pq não posso deixar de lado meus poderes. Voar é a melhor sensação. Sempre que possível eu o faço.

Quando cheguei, apenas estavam Jace, Izzy, Maryse, minha mãe, meu irmão, Stephen, os pais de Izzy e Alec, Simon e Alec. Fui direto até eles. Cumprimentei tds e fui para o lado do meu loirinho. Dei um beijo bem apaixonado nele. Começamos a conversar sobre coisas aleatória e quando nos demos conta o casamento já ia começar. 

O Padre começou a falar. Logo dps de um tempo chegaram aos votos do casal. Era a vez de Mag. 

- Não quero falar nada pq tudo que tenho pra dizer tds aqui sabem. Que vc Alec, é o amor da minha vida. Eu te amo eternamente. Agora é o Alec. 

- Tb não quero falar nd pois o amor da minha vida já sabe tb. Creio que tds aqui sabem o quanto nos amamos e quantos já não foram vela. Ele fala e tds riem e alguns concordam. 

- Já que é assim. Vamos prosseguir. 

Disse o Padre, então eles fizeram os votos, trocaram as alianças e se beijaram. Foi maravilhoso. Logo depois da cerimônia, fomos para uma outra casa de campo. Era perto da anterior, porém essa estava arrumada apenas para a festa. E o espaço era beeeem maior. Fomos para dentro da casa, que na verdade estava mais para um salão. Tinha um telão gigante. Várias mesas para quem não quisesse ficar nas de fora. Antes do pessoal começar a sair eles resolveram colocar uma retrospectiva dos momentos deles. Tinha cada foto engraçada, porém tb tinha as fotos fofas.

Quando acabou a retrospectiva deles, começaram a falar algumas coisas. E Mag disse que como qualquer casamento eles dois iriam jogar um buquêzinho que tinham preparado. Nessas horas Jace havia sumido. Queria ficar com ele. Não queria pegar o buquê. Mas antes que eu saísse de onde estava, os meninos vieram em minha direção com o buquê nas mão e me entregaram. 

- Agora é sua vez. Disseram os dois juntos. Assim como eu, todos no salão estavam com um ponto de interrogação em suas faces. Então começou a tocar uma música. Quando a música começou, o telão se iluminou de novo e lá apareceram fotos minha e de Jace, enquanto a música tocava.


As long as you love me (love me, love me)
As long as you love me (love me, love me)
As long as you love me
We're under pressure,
Seven billion people in the world trying to fit in
Keep it together,
Smile on your face even though your heart is frowning
But hey now, you know girl,
We both know it's a cruel world
But I will take my chances
As long as you love me
We could be starving, we could be homeless, we could be broke
As long as you love me
I'll be your platinum, I'll be your silver, I'll be your gold
As long as you love, love me, love me
As long as you love, love me, love me
I'll be your soldier, fighting every second of the day for your dreams girl
I'll be your Hova, you can be my Destiny's Child on a scene girl
So don't stress, don't cry, we don't need no wings to fly
Just take my hand
As you love me we could be starving, we could be homeless, we could be broke
As long as you love me
I'll be your platinum, I'll be your silver, I'll be your gold
As long as you love, love me, love me
As long as you love, love me,
I don't know if this makes sense, but you're my hallelujah
Give me a time and place, and I'll rendezvous, and I'll fly you to it,
I'll beat ya there
Girl you know I got you
Us, trust
A couple of things I can't spell without you
Now we are on top of the world, 'cause that's just how we do
Used to tell me sky's the limit, now the sky's our point of view
Man now we stepping out like whoa (oh God)
Camera's point and shoot,
Ask me what's my best side, I stand back and point at you, you
You the one that I argue with, I feel like I need a new girl to be bothered,
But the grass ain't always greener on the other side,
It's green where you water it
So I know we got issues baby true true true
But I'd rather work on this with you
Than to go ahead and start with someone new
As long as you love me
As you love me we could be starving, we could be homeless, we could be broke
As long as you love me
I'll be your platinum, I'll be your silver, I'll be your gold
As long as you love, love me,
As long as you love, love me
As long as you love me
I'll be your silver, I'll be your gold
Love me,
As long as you love, love me,
Please don't go (love me, love me)
Please don't go (love me, love me)
As long as you love, (love me, love me)
As long as you love, (love me, love me)
As long as you love me

 

Então olhei de relance para o buquê e vi um papelzinho. 

"Você é a próxima meu amor."

Então Jace apareceu ao lado do telão olhando para mim. 

- Como os meninos já disseram e vc tb já leu. Vc é a próxima. Então ele começa a falar. A exatos dois anos, eu conheci uma garota mto durona e respondona, mas com seu jeito meigo quando queria. Desde o primeiro dia que eu a vi, sabia que ela seria minha. Seria o amor da minha vida. No começo eu neguei este sentimento, pois nunca havia sentido algo assim. Mas ela foi me conquistando. E me mostrando o quão boa era essa sensação. Mesmo ela ainda sendo durona e não fazendo ideia do seu efeito em mim. Lembro-me de cada momento com ela. Lembro-me de cada sorriso dela. Quando ela me contou tudo que havia passado, fiquei chocado, só queria abraçá-la e dizer que ela me tinha. Foi mto difícil para mim quando eu quase a perdi. E isso aconteceu duas vezes. Chorei horrores por simplesmente pensar em não tê-la ao meu lado. Não suportaria uma vida sem a minha pequena. Quero passar tds os anos de minha vida ao seu lado. Quero acordar todas as manhãs com um beijo de bom dia. Quero ter filhos que carreguem o sangue da mulher que amo. E por isso pedi a ajuda de meus caros amigos a preparar isso. Então ele se ajoelha, e eu já estava aos prantos. Então é para essa mulher maravilhosa que eu pergunto. Pequena vc aceita me aturar para o resto de nossas vidas? Vc aceita ser minha pequena para sempre? Vc aceita esse loiro cheio de defeitos? Vc aceita ser a minha mulher?

- Jace. Abaixo junto a ele e o abraço. Precisa perguntar meu amor? Mas é claro que eu quero. E pra mim vc é perfeito. Vc é o homem que quero para ser o pai dos meus filhos, vc é o homem que quero que acorde ao meu lado td manhã e tb me diga bom dia. Te amo demais da conta menino. Então o beijo com td o meu amor, tda a minha paixão. 

------------------------2 Meses Depois-----------------------

Hoje é o dia do meu casamento. Nem acredito em como foi incrível o pedido de Jace. Em como ele é incrível. As vezes penso que não o mereço, mas ele me lembra sempre o contrário. Eu o amo com toda minha força. 

Izzy estava me ajudando a fazer a maquiagem. E minha mãe estava me ajudando com o cabelo. 

Depois de praticamente meia hora nesse processo, eu estava pronta. Então resolvi ir logo. Não quero deixar o meu loirinho esperando. Quem ia me levar era Luke o meu padrasto. Ele é maravilhoso para mim e para Sebs. 

Chegamos na igreja e então esperei uns 5 minutos apenas para entrar novamente na realidade e que eu ia casar. Saio do carro. Pego na mão de Luke e então paramos em frente a porta de entrada. Quando ela se abriu começou a tocar uma música escolhida por mim e por Jace. 


Cause it's too cold
For you here and now
So let me hold
Both your hands in the holes of my sweater
All I am is a man
I want the world in my hands
I hate the beach, but I stand
In california with my toes in the sand
Use the sleeves on my sweater
Let's have an adventure
Head in the clouds, but my gravity is centred
Touch my neck and I'll touch yours
You in those little hot waisted shorts
You knows what I think about
And what I think about
One love, two mouths
One love, one house
No shirts, no blouse
Just us, you find out
Nothing I really wanna tell you about, no
Cause it's too cold
For you here and now
So let me hold
Both your hands in the holes of my sweater
And if I may just take your breath away
I don't mind if there's not much to say
Sometimes the silence guides your mind
So move to a place so far away
The goosebumps start to raise
The minute that my left hand meets your waist
And then I watched your face
Put my finger on your tongue
Cause you love to taste, yeah
These hearts adore
Everyone the other beats hard for
Inside this place is warm
Outside it starts to pour
Coming down
One love, two mouths
One love, one house
No shirts, no blouse
Just us, you find out
Nothing I really wanna tell you about,
No, no, no
Cause it's too cold
For you here and now
So let me hold
Both your hands in the holes of my sweater
Whoah, whoah (the holes of my sweater)
Whoah, whoah (the holes of my sweater)
Cause it's too cold
For you here and now
So let me hold
Both your hands in the holes of my sweater

 

Cheguei ao altar ao lado do meu Loirinho. O Padre começou a falar as coisas de sempre. Fizemos os nossos votos e fomos para a festa. Seria na mesma cada de campo que Magnus e Alec fizeram a dele, pois foi onde Jace me pediu em noivado. 

A festa durou até as 6 da manhã do dia seguinte. No final só estavam os nossos amigos. Resolvemos ir para uma casa que tínhamos no interior, onde tem rios, e piscinas naturais. 

Não demorou mto tempo para chegarmos lá. Chegamos e fomos descansar, estávamos mto cansados por contra da festa. 

Acordei e era mais ou menos 1:30 da tarde. Jace ainda dormia. Então foi o momento perfeito para preparar a surpresa para ele. Peguei uma caixa e coloquei td que tinha feito antes de viajarmos. Coloquei em meu lado da cama e fui me trancar no Closet. Não demorou nem 15 min e Jace havia acordado. Como eu sei, visão Raio-X. Ele me procurou, porém não me encontrou. Viu a caixa e foi olhá-la. Assim como previsto. Parei de olhar daí. Só saí do Closet quanto ouvi ele deixar a caixa cair. 

- Bom dia meu amor. Falei e dei um beijo quente em sua bochecha. Ele estava paralisado e eu sabia o motivo. 

- É verdade? Afirmei com a cabeça. 

 

 

 

C O N T I N U A A A A A A A A A A A A ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !

 

 


Notas Finais


Por favor eu apenas quero saber as opiniões e o que acharam sobre o cap de volta.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...