História Hold On - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, The Fosters
Personagens Aaron Carpenter, Brandon Foster, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Dillon Rupp, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jesus Foster, Kian Lawley, Lena Adams, Mahogany LOX, Mariana Foster, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany Lox, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 122
Palavras 2.626
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - No, Camila it's me.


Fanfic / Fanfiction Hold On - Capítulo 33 - No, Camila it's me.

Duas semanas depois...

Durante essas duas semanas eu tenho feito o que faço sempre, tenho ido à escola, a academia com as meninas, às vezes saímos para algum lugar e às vezes saia com os meninos.  Cameron e eu estávamos só sendo grandes amigos, ele tem me ajudado com algumas coisas sobre meus pais biológicos, mas eu estava meio receosa de ficar procurando e decidi que não queria mais isso e nem ficar me machucando. E sobre a Gravidez, ninguém sabia a não ser Matthew, Camila, Yasmine e sua mãe, afinal ela chamava um médico de sua confiança para me analisar para ver como eu estava, no começo neguei, mas Yasmine insistiu e sua mãe me considerava uma filha disse que iria me ajudar e me dava conselhos, do tipo para eu contar aos meus pais, mas eu tinha medo, tinha medo do que eles iam pensar e tudo mais. 

Hoje era sexta-feira, eu teria uma festa de uma garota da escola, ela era apaixonada pelo Aaron, seu nome era Gabriela, ela chamou todos da escola inclusive nós e Aaron.  Estava com os meninos e as meninas no intervalo sentados na arquibancada conversando, enquanto alguns meninos olhavam as meninas com as micro-saias, até que meu celular começa a vibrar, uma mensagem de Cameron.

“Eu preciso falar com você, posso te pegar depois da aula?”

Mandei uma mensagem para minha mãe dizendo que precisava conversar com a Camila depois da escola, afinal não poderia falar que era o Cameron porque ela não gosta que eu saia sozinha com meninos a não ser Matthew, Taylor e Eric. Ela acabou cedendo e pediu para não voltar muito tarde.

“Tudo bem. Mas não pode adiantar o assunto? xxNanda

“Melhor falar pessoalmente... Não se magoe e não morra de curiosidade xxCam

“Como se fosse fácil! xxNanda

Se eu estava curiosa com o que ele queria me dizer, com toda certeza!

– Nanda, Nanda! – Camila estalando os dedos em minha frente

– Oi!

– Estou te chamando faz tempo, onde você está?-Camila perguntou

– No mundo chamado Cameron Dallas- Taylor disse e todos riram

– Cala boca Caniff!

–Como se eu estivesse mentindo!- Taylor disse

– Tá chega, porque você me chamou?

– É que hoje vamos nos arrumar em casa para a festa da Gabi?

– Pode ser- digo

– Vamos lá para casa meninas!- Yasmine disse – Estão convidadas também Madison e Lox.

– Vamos então!- Lox disse e assentimos.

...

As aulas haviam acabado eu encontrei Marianna e disse que iria com o Cameron e os meninos porque íamos almoçar juntos, Marianna ficou falando que iria dar namoro e eu negava toda vez. Não é que eu não queria, mas Cameron e eu viramos amigos e acho que nenhum gostaria de namorar ainda, ele por causa da Stephannie e eu por causa de Jake.  Assim que Cameron chegou fui até lá, onde estava o pessoal, ficamos conversando até que cada um seguiu seu rumo. Cameron disse que iriamos para casa dele e de Nash e Aaron, pois ninguém vai estar em casa, Nash iria almoçar com Yasmine e sua família, Aaron iria para casa do Taylor almoçar e fazer um trabalho da escola. 

Assim que chegamos à casa de Cameron, ele havia comprado pizza, com toda certeza aquilo iria ser nosso almoço.

– Pizza!- digo

– Sabia que ia gostar afinal quem não gosta de pizza?!

– Eu não amo pizza, porque eu não gosto de queijo. – digo e ele me olha chocado- Espero que tenha pedido minha pizza favorita!

Quando abri era calabresa e pizza de queijo. Bom não gosto de queijo, mas o único queijo que eu comia era o que vinha em pizza e quando vinha muito queijo eu tirava aqueles que colocavam em sopa e os pães de queijo da casa de Camila. Comemos pizza com Coca-Cola e depois o ajudei a arrumar as coisas. Quando terminamos nos sentamos no sofá.

– Lembra quando você queria descobrir quem era sua mãe? – assenti- Você sabe que contratei um detetive?

– Lembro e lembro-me de ter te dito que eu desisti.

– Eu sei, mas eu acho que precisa saber a verdade e então o detetive achou a casa de sua mãe! Se quiser podemos ir lá para você a conhecer.

– Cameron, eu não acredito que você fez isso!- digo brava me levantando– Mas ela não quis saber de mim e eu também não quero saber quem é ela!- Cameron ia falar e eu interrompi– Eu não quero saber Cameron, você não podia ter feito isso sem meu consentimento.

– Eu estou tentando te ajudar Fernanda- Cameron diz

– Mas eu não quero ajuda!- disse seca- Ela não me quis da para entender?!- digo e as lágrimas começaram a cair.

– Mas...

– Eu preciso ir para casa agora- digo pego minhas coisas e saio deixando-o ali.

Eu sei que ele teve boa intenção, mas sabe o quão machucada eu estou? E minha mãe já não quis, fui negada e eu não quero ser negada novamente.  Eu peguei um taxi e fui para casa, paguei-o e corri para meu quarto e deitei em minha cama.

– O que aconteceu?- Marianna perguntou– Brigou com o Cameron agora?

– Ele achou minha mãe!- digo me sentando limpando as lágrimas

– Isso não é bom?! Afinal você pode fazer essas perguntas que você tanto quer para ela. – Marianna disse

– E ser negada novamente?

– Milla, eu sou até hoje negada pela minha mãe. Ela me tira dinheiro, eu sempre acho que ela poderia mudar, mas ela sempre faz algo para me afastar.  Mas eu não vou desistir afinal ela é minha mãe ela é a única que pode me ajudar, a saber, quem eu sou. – Marianna disse- Sei  que você está com raiva dela ter te abandonado, mas ela é sua mãe,  só ela sabe as respostas para suas perguntas e te ajudar a saber quem é você.

Eu acabei pensando no que Marianna disse, eu acho que só estou com medo de ser negada novamente pela mãe que me colocou no mundo. Eu queria saber com ela era, se parecia comigo, sobre meu pai, se ele sabia que eu existisse, se tinha irmãos, se minha família me queria...

– E sobre o Cameron? Eu acho que você deveria pedir desculpas para ele, na festa de hoje. Ele está tentando te ajudar, além de ser um gato e você puder ficar perto do seu crush. – ri

Eu odiava concordar com isso, mas Marianna estava certa, Cameron só queria me ajudar e eu como sempre quando tem coisas difíceis de lidar eu simplesmente fujo, nunca fico e enfrento as coisas. Esse medo de sempre me machucar me faz me machucar cada vez mais, afasto as pessoas que eu amo, que sempre querem cuidar de mim...

...

Eu havia pegado algumas roupas que eu pudesse usar na festa da Gabi, até Marianna quis ir à casa da Yasmine para se arrumar ninguém se importou e minha mãe pediu para olha-la.  Não liguei, mas fiz um trato com Marianna disse que ela não poderia beber e que ela poderia dar alguns beijos, que se eu a visse bebendo levaria ela para casa e acabou a festa para ela.

Estávamos Eu, Camila, Yasmine, Lox, Madison e Marianna vendo roupas que íamos colocar, mostrei algumas que eu tinha, mas Yasmine havia um guarda-roupa enorme, com roupa para todas nós.

Cada uma foi tomando um banho e era uma sair e a outra entrar e começar a se arrumar. Depois de 1 hora todas estavam de banho tomado, Madison(*) e Camis(*)  quase estavam prontas, pois foram as primeiras, já Lox(*), Marianna(*), Yasmine(*)eu fomos as ultimas, então estávamos na parte da maquiagem.

– Meninas a festa já começou faz 10 minutos!- Camis disse olhando para o relógio

– Você ainda não se acostumou? –digo rindo

– Se demorarem mais que 10 minutos eu vou a pé!

– Nossa tudo isso é saudades do Matthew? – digo e ela revira os olhos

– Me empresta esse batom?- Yasmine pediu e eu emprestei-a

Assim que terminamos de nos arrumar já havia passado 30 minutos, até chegar à festa mais uns 30 minutos. Assim que chegamos vimos muitos carros ali em volta da casa, o som alto, muitas pessoas na parte de fora com seus copos azuis e vermelhos, uns fumando, outros zuando, outros se beijando e outros conversando. Madison parou seu carro descemos do carro, entramos na casa de Gabriela.

– Eu vou pegar algo para beber-Yasmine disse e Lox a acompanha.

– Vou procurar o Jack- Madison disse e sai

– Ai a Kelsey está aqui!- Marianna disse

– Pode ir, mas você sabe as regras se beber a festa acaba- digo.

– Você não pode beber nada, por favor-Camila disse.

– Ai Camila é horrível isso- digo

 – Não é horrível, você que bebe demais-Camila disse e começamos a rir.

Fomos andando e encontramos Taylor e uns amigos que não conhecia, cumprimentei-os e voltamos a andar, vi os Jacks, Madison, Shawn, Lox, Carter e Demi lá na parte de trás da casa. Ficamos ali conversando, tirando fotos, até que vejo Cameron entrando e conversando com Nash, Yasmine, um menino que não conhecia e Aaron.  Assim que o Cameron me viu me deu um sorrisinho e continuou conversando.

– O que aconteceu com vocês?- Camila disse baixo notando meu olhar baixo

– Brigamos- digo

– Você tem que parar de brigar com as pessoas Nanda-Camila disse e assenti – Vai falar com ele.

Noto ele entrando novamente para dentro da casa, me levanto e vou atrás dele. Lá dentro estava meio difícil de andar, muitas pessoas gritando, bebendo, senti alguém me agarrando, soltei a mão do menino que nem o conhecia e sai andando. Notei Marianna conversando com seus amigos e ela me olhou e apontou para a cozinha e falou algo do tipo “vai atrás do Cameron!”. Segui o conselho dela e fui atrás dele, assim que cheguei Stephannie estava com ele, quando me virei para voltar para a parte de fora senti alguém me puxar.

– Nanda!- eu ia falar e me virei Cameron, mas não falei nada- Não era o que estava pensando, ela estava...

– Tudo bem Cameron, eu confio em você-digo- mas não precisa se explicar para mim.

– Eu só quis te dizer que...

– Me desculpa- digo e ele assentiu- Não, eu estou te pedindo desculpas Cameron!

– Você está certa, eu fui quem...

– Vamos sair daqui tá muito barulho- digo e ele assentiu e pegou em minhas mãos me levando para fora da casa, ali perto dos carros do outro lado.

– Você está certa, eu fui quem invadiu sua privacidade. Mas saiba que eu não quis fazer isso, só que eu acho que você deve saber o porquê da boca dela- eu ia interromper, mas ele colocou a mão em meu rosto – Eu sei que você não quer ser negada, mas você nunca vai se sentir desse jeito. Se ela te negar, você tem o direito de saber sobre seu pai e ele pode querer saber de você.  E você nunca vai estar sozinha nessa, eu estou aqui com você.

Ele disse e eu limpei uma lágrima que escorreu contra minha vontade, ele chegou mais perto de mim.

– Eu sei que dói isso, mas saiba que estamos com você- Cameron disse perto de mim- Eu estou com você.

Ficamos nos olhando por um tempo, até que ele me beijou e eu cedi facilmente, ele colocou suas mãos em minha cintura e eu em seu pescoço. O beijo era calmo, mas com certeza havia sentimento ali, pelo menos da sua parte, ele fazia carinho em mim e até que terminamos por falta de folego.  Resolvi que era minha vez de falar.

– Eu vim nessa festa só para te pedir desculpas, eu errei feio com você. Sei que estava me ajudando, o que eu sou eternamente grata a isso, mas eu estou passando por muitas coisas e não podia ter simplesmente falado aquelas coisas para você- digo e ele me olha- Me desculpa por tudo isso que eu venho cometido.

– Claro que eu te desculpo- Cameron disse e me abraçou– Não te conheço como as meninas, ou como Matthew e Taylor. Mas sei que você passou e passa por uma barra que sinceramente não sei se conseguiria passar, mas saiba que vou estar sempre aqui.

Soltei do abraço, demos um selinho e ele sussurrou “Vamos entrar para festa” e assenti. Assim que entramos na festa, fomos até nossos amigos, todos começaram a sorrir e gritar coisas do tipo “Casal do Ano” “Camaranda” “Não, é Camilla!” “Não,Camila sou eu, até que notei que estávamos de mãos dadas, soltamos e começaram a ficar pulando dando parabéns e eu e o Cameron só rindo.

– Gente somos só amigos- digo

– Aham amigos que se beijam né?!- Yasmine disse

– Só se for amigo colorido-Taylor disse

– Cala boca- digo

Eles começaram a contar que Aaron está conversando com Gabriela, com certeza eu shippo esse casal. Gabriela era brasileira, mas mora aqui nos Estados Unidos há uns sete anos, ela mora com seu irmão e seu pai, que foram viajar para o Brasil, ela ficou nos Estados Unidos por causa das aulas e só fez essa festa para poder chegar em Aaron afinal eles eram famosinhos.

Ficamos lá curtindo a festa, conversando, dançando, a galera bebendo até que vejo Stassie vindo com suas amigas.

– Nossa tem uma menina em cima de uma mesa lá dentro dançando!

– Marianna!- digo e me levanto e Sammy me segue com Cameron.

– Como assim Marianna está aqui?-Sammy disse

– Lena a deixou vir, ela estava se comportando-digo – eu disse que eu ia ficar de olho, mas não deu muito certo.

Kelsey, amiga de Marianna estava muito bêbada e dançando sobre uma mesa, com alguns meninos aproveitando, Marianna estava sendo puxada pela amiga, ela estava de saia, não iria deixar isso acontecer, nem Sammy.

– Marianna desce dai agora- digo brava

– Você não tá vendo que ela está aproveitando?- Kelsey disse

– Não estou falando contigo- digo grossa

– Desce dai Marianna- Sammy disse – E você garota vai fazer outra de puta.

– Deixa ela dançar cara- um menino disse e me irritou deu um soco em sammy e dali começou uma briga enquanto Marianna dançava com a amiga em cima da mesa.

– Sammy! – gritei indo ajudar a separar e Cameron segura meu braço e me ajuda com a briga.

– Posso tentar fazer sua irmã descer?-Cameron disse, fiquei pensativa, mas assenti.

Eu fiquei ali ajudando o sammy com um sangue que saia de sua boca, mas Stassie veio e o ajudou. Olhei Cameron conversando com ela e a vi descendo, eu estava chocada no que estava acontecendo. 

– Marianna eu não disse para não beber?

– Eu não bebi, eu juro!- Marianna diz

– Porque estava agindo daquela maneira?- digo irritada- Por esses motivos não te trago mais!

– Me desculpa Milla, mas eu só estava me divertindo- Marianna disse.

– Você precisa relaxar Nanda- Cameron diz

– Como Cameron? Meu primo se machucou por uma diversão dela-digo e Marianna abaixou a cabeça e saiu

– Acho que não deveria ter falado assim com ela- Cameron disse

– AAAAAAAA- gritei e uns me olharam- Me ajuda achar ela!

Eu estava ali naquela festa sem beber nada, vendo todos curtindo, era difícil, vim mesmo para me desculpar com o Cameron e ai Marianna me apronta uma dessas, eu sei que disse o que não poderia, Marianna me ajuda tanto em minhas coisas. Eu fui procurar lá dentro da casa e Cameron saiu da casa, fiquei ali tentando procura-la e não achava, subi para procurar nos quartos e nada, fui lá no quintal e também ela não estava.  Daqui a pouco Cameron me manda uma mensagem.

“Achei ela, está comigo, vou levar vocês para casa, to te esperando aqui fora xxCam

Despedi do pessoal, pedi desculpas ao Sammy por tudo isso e ele disse que estava bem e fui até lá fora encontrando Cameron já dentro do Carro com Marianna atrás. Assim que eu entrei agradeci Cameron sussurrando e virei para Marianna pedindo desculpas por tudo, que assentiu.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...