História Holly Cross Academy Magic - Interativa - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 31
Palavras 2.853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá! Vim com esse capítulo pra finalmente fechar esse capítulo com o pessoal da Saint Journey... mas não fiquem achando que eles não vão voltar a aparecer porque eles vão...
VAmos aleitura!

Capítulo 32 - Baile de Máscaras


Serena estava na sala de Jason. Após o fim dos jogos de guerra a castanha foi diretamente tratar dos ferimentos de Ethan, foi complicado, pediu a ajuda de Almaz e Ronan algo que Amy não aceitou muito bem, mas Alexander conseguiu conter a arqueira. Logo após ela ter feito o tratamento de Ethan ela foi chamada por Jason para ir à sala do mesmo.

-Como ele está Serena? – Perguntou Jason.

O seu irmão estava usando uma armadura prateada e seu cabelo castanhos estava bem penteado.

-Consegui tratar as feridas dele, mas não sei quando ele vai acordar. – Serena disse de forma calma.

A castanha estava com o cabelo solto, e estava usando a mesma roupa de mais cedo.

-Eu sinto muito, não queria que isso acontecesse, era para ser um jogo como todos os outros. – Disse Jason mostrando certo arrependimento.

-Eu não culpo você ou os alunos que participaram dos jogos, não foi culpa de ninguém e o garoto Leonard ainda não possui total controle de seu poder, sei que ele não queria ferir Ethan dessa forma. – Disse Serena sorrindo.

-Sim, ele chegou a poucos meses e a instabilidade de sua força era imensa, mas ele passou a controla-la com a ajuda de Almaz, mas eu nem sabia que ele tinha esse ataque. – Jason disse normalmente.

-Ele provavelmente queria surpreender a todos com seu ataque, mas não sabia as dimensões do mesmo. – Disse Serena dando de ombros.

-Então você não está com raiva?  -Perguntou Jason.

-Não, não estou e quero avisar que os meus alunos venceram sua equipe que foi enviada a Azaroth. – Disse Serena séria.

-Isso eu não estava esperando. – Disse Jason sorrindo.

-O que eu não esperava era você estar atrás da Lança do Infinito. – Disse Serena ainda mais séria.

-Eu estou apenas querendo algumas informações. – Disse Jason dando de ombros.

-Depois de tudo que nós passamos no passado, você ainda quer essa arma?  -Perguntou Serena incrédula.

-Se você é tão contra essa arma porque tem informações dela?  -Perguntou Jason irritado.

-Porque eu sou a diretora da Holly Cross Academy Magic e essa arma está sob a minha proteção. E você de tudo que estiver ao meu alcance, para impedir que você encontre essa arma. – Serena disse se levantando.

-Eu não vou parar de procura-la só porque você está dizendo Serena. – Disse Jason sério.

-Eu sei. – Serena disse de forma calma e saindo da sala.

 

Na manhã seguinte Amy acordou com o corpo e a mente exaustos ela ainda tinha a visão do corpo ferido de Ethan caindo em direção a um grande precipício.

A castanha tomou um banho rápido e colocou um vestido preto com detalhes roxos e botas pretas, pegou sua adaga e seu arco com a aljava de flechas.

Ela olhou pela a janela e viu os alunos da Saint Journey comentando animados sobre os jogos de ontem à noite, Amy sentiu seu corpo tremer com raiva.

Ela ouviu batidas na porta, e foi na direção da mesma, ela a abriu e viu Alexander. O moreno estava com as roupas escuras de sempre e sua Katanna estava presa na cintura.

-O que foi?  -Perguntou Amy encarando Alex.

-Alice acordou. – Disse Alexander com sua habitual voz fria.

-Sério?  - Amy perguntou feliz.

_Sim. – Disse Alexander.

A castanha passou correndo pelo moreno e foi na direção da área hospitalar do colégio, ela passou por diversos alunos que sussurravam quando ela passava.

Ela entrou na enfermaria e viu algum sacerdote conversando com a invocadora. Ela estava com a mesma roupa de ontem à noite, mas seus cabelos pretos estavam soltos.

-Amy! – Exclamou Alice feliz ao ver a castanha.

A castanha foi direta abraçar a pequena com um abraço apertado.

-Você está viva! – Disse Amy feliz.

-Sim eu estou, mas o que aconteceu nós ganhamos o jogo?  -Perguntou Alice confuso.

O sacerdote que ali estava olhou para a castanha e se retirou do recinto.

-Do que você se lembra de ontem Alice?  -Perguntou Amy.

-Eu lembro do ataque poderoso que Lorenzo lançou Glass e Cath tentaram me proteger dos ataques, mas ele venceu escudo mágico de Glass e o ataque de Cath não foi o suficiente e fomos atingidos depois disso eu apaguei.  –Disse Alice.

-Então... após isso eu cheguei até onde você estava, mas você estava desmaiada eu tentei atacar o Lorenzo, mas o mago que estava no time deles lançou um poderoso ataque que tomou conta de toda a arena e nós perdemos. – Disse Amy com a voz embargada.

-E você não está machucada?  -Perguntou Alice.

-Não, eu e você fomos protegidas por Ethan. – Disse Amy.

-E onde ele está?  -Perguntou Alice.

-Ele se feriu mais que nós, pois ele não conseguiu se defender. – Disse Amy e continuou. – Ele está no quarto ao lado.

-Ah... – Alice disse cabisbaixa e com lágrimas nos olhos.

-Não fique assim, foi apenas um jogo estupido. – Disse Amy sorrindo para Alice.

-Eu não tão triste por perdermos e sim pelo Ethan, ele vai ficar bem?  -Perguntou Alice olhando para Amy.

Amy não sabia o que responder para aqueles olhos lilases chorosos.

-Nós não sabemos ainda. – Disse Alexander que apareceu no quarto.

-Nós podemos visita-lo? – Perguntou Alice.

-Sim, eu iria vê-lo assim que eu visse eu você estava bem. – Disse Amy sorrindo.

-Eu vou com você. – Disse Alice se levantando.

-Eu irei junto com vocês duas.- disse Alexander de forma fria.

-Porque?  -Perguntou Alice confusa.

-Porque o que?  -Perguntou Alexander confuso.

-Porque você vai visitar o Ethan, você não gosta muito dele. – Disse Alice lembrando das vezes que viu o loiro e o moreno discutindo e não foram poucas.

-Ah. – Alexander não tinha resposta para dar a morena sem que expusesse seu relacionamento com o loiro.

Amy olhou sorrindo a situação e decidiu ajudar o moreno.

-Ele é responsável por nós aqui então ele quer verificar se está tudo bem com o Ethan, só para tirar o peso das costas e da consciência. – Disse Amy normalmente

-Ah sim. – Disse Alice sorrindo e andando na frente.

Alexander lançou um olhar agradecido para Amy que sorriu em deboche.

Amy continuou andando sorrindo assim que entrou no quarto de Ethan seu sorriso sumiu.

A frente da cama do Loiro estava Leonard, Lorenzo e Almaz.

-O que vocês estão fazendo aqui? - ela perguntou irritada e pegando o arco e colocou uma flecha.

-Amy se acalme. – Pediu Almaz

O cacheado estava suando uma camisa de manga azul, calça preta e botas pretas. Ele segurava a sua varinha dourada com detalhes de estrela.

-Se afastem dele. – Disse Amy puxando o fio do arco.

-Nós só viemos ver como ele estar. – Disse Lorenzo.

O moreno estava suando uma toca preta que escondia parte de seu cabelo negro, óculos escuro, camisa preta regata que o deixava sexy, calca preta e botas pretas.

-Eu mandei se afastar. – Amy disse soltando a flecha que passou raspando no rosto de Leonard.

-Eu sinto muito. – Leonard disse normalmente,

Ele estava usando um sobretudo vermelho, tinha óculos de aviador na cabeça e calça preta.

-Eu não quero suas desculpas. – Amy disse pegando outra flecha.

-Amy se acalme. – Disse Alexander segurando o pulso da castanha.

Amy puxou o braço com força da mão do moreno e o encarou com raiva. Ela ia soltar alguns palavrões para o moreno, mas a voz que tomou o recinto a paralisou.

-Amy não estamos aqui para machucar ninguém, por favor quem sai atacando as pessoas em quartos de enfermaria é a Leona. – Disse Ethan que abria os olhos devagar por causa da luz que invadia o quarto.

-Ethan! –Exclamou Alice feliz.

-Mas como é possível?  -Perguntou Almaz surpreso pelo loiro acordar.

O loiro se sentou com certa dificuldade na cama, sentiu todo seu corpo doer, ele olhou sua roupa e viu que estava com roupão de hospital.

-Aí parece que levei uma surra.  –Disse Ethan dolorido.

Amy foi correndo abraçar o loiro. Ela estava tão fora de si que não mediu a força do abraço.

-Amy você vai terminar de me quebrar assim. – Ethan disse de forma gentil.

-Desculpa é que eu pensei que. – Disse Amy com lágrimas nos olhos.

-Estávamos com medo de que você não acordasse. – Disse Alexander frio.

O loiro olhou para o moreno e deu um sorriso gentil para o mesmo.

-Eu estou bem. – Disse Ethan.

-Mas eu posso ver seus machucados?  -Perguntou Almaz.

O loiro olhou para o cacheado com certa raiva no olhar, o que surpreendeu o sacerdote da Saint Journey, mas logo o olhar se tornou gentil.

-Claro não tem problemas. – Disse Ethan.

Almaz examinou os machucados de Ethan e disse que tudo estava bem.

-Você e minha mãe fizeram os primeiros socorros ontem né?  -Perguntou Ethan.

-Sim, mas mesmo assim você tinha diversos machucados e. – Almaz disse confuso.

-Minha magia me fez recuperar rápido. – Disse Ethan normalmente.

-O que? –Perguntaram todos no recinto.

Só então Ethan notou Lorenzo e Leonard no recinto.

-Ah vocês estão aqui também. – Disse Ethan surpreso.

-Ah sim nós...- Leonard disse baixinho.

-Viemos nos desculpar por ontem... nós não queríamos machucar vocês. – Disse Lorenzo olhando para Alice.

-Pega essa desculpa de vocês e enfia no....- Amy não terminou a frase pois Ethan segurou a mão da castanha.

-Nós sabemos que não era a intenção de vocês de nos machucar.  –Disse Ethan sorrindo.

-Vale isso por você a Annie queria sim me machucar, muito mais que isso na verdade. – Disse Amy.

Ethan sorriu com uma gota na cabeça olhando para a castanha.

-Era um jogo e você quiseram usar seus melhores ataques para ganhar, acredite em mim, não estou com raiva.  –Disse Ethan sorrindo.

Leonard e Lorenzo concordaram com um aceno de cabeça.

-Agora se vocês pudessem nos dar licença eu gostaria de ficar sozinho com meus amigos. – Disse Ethan de forma gentil.

-Claro, vou dizer a sua mãe que você já acordou. – Disse Almaz sorrindo e saindo da sala junto de Lorenzo e Leonard.

-E vocês duas estão machucadas?  -Perguntou Ethan assim que os três rapazes saíram do quarto.

-Não você conseguiu nos proteger a tempo. – Disse Amy sorrindo.

-Porque você fez isso E5than, devia ter se protegido também. – Disse Alice séria.

-Eu não tinha magia o suficiente para proteger nós três, então protegi vocês duas e lancei um encantamento em mim. – Disse Ethan sorrindo.

-Encantamento? –Perguntou Alexander.

-Sim ele se chamar caelum sidereum. Uma magia que aprendi quando pequeno ela faz o corpo do conjurador apagar e quando isso acontece a magia começa a trabalhar pelo corpo. Ela demora cerca de duas horas para funcionar. Mas os primeiros socorros da minha mãe e do Almaz adiantaram o processo. – Disse Ethan.

-Mas você não se movia, nem seus olhos, não tinha nem um reflexo e não respondia a dor. – Disse Amy.

-Céu Estrelado, faz isso com o corpo ele deixa de funcionar completamente, menos o cérebro e coração. E quando o corpo não se mexe a magia de recuperação começa a ser ativada. – Disse Ethan.

-Você já usou ela alguma vez? – Perguntou Alice.

-Não, eu tive que usar na sorte. – Disse Ethan sorrindo.

-E o que vamos fazer agora?  -Perguntou Amy.

-Nada, os jogos já aconteceram, o ataque que Leona esperava também, só vamos comparecer nesse baile de máscaras e logo depois voltaremos para casa. – Disse Alexander.

-O que houve com o pessoal que ficou na academia?  -Perguntou Ethan curioso.

Alexander explicou para os três sobre as lutas que aconteceram, os danos que a cidade sofreu e o que eles procuravam.

-A lança do infinito. Eu nunca ouvi falar. – Disse Alice.

-Eu também não. – Disse Amy.

-Eu li sobre ela em alguns livros, mas nunca achei que essa arma existisse de verdade. – Disse Ethan.

-É uma bastante perigosa isso é fato, mas Leona disse que os inimigos não conseguiram nada. – Disse Alexander sério.

A porta do quarto se abriu e eles olharam para a mesma e Serena e Jason passavam pela mesma.

-Ethan! – Exclamou sua mãe sorrindo.

Ela o abraçou e o mesmo retribuiu o abraço.

-Que bom que está bem Sr. Vermilion. – Disse Jason sorrindo.

-Obrigado diretor. – Disse Ethan sorrindo.

Ethan recebeu alta pela sua mãe e ele foi na direção do quarto. Alguns alunos olhavam chocados para Ethan. O loiro tinha bandagens e curativos pelo corpo.

O loiro ainda ligou para Nalla que chorou assim que viu o mesmo bem, eles conversaram sobre as lutas que ambos tiveram, mas Ethan não mencionou a irmã de Tora, ele iria deixar isso para Amy já que eles são do mesmo time.

O dia passou voando e quando foram ver já estava na hora do baile de máscara.

Ethan colocou um smoking branco com detalhes vermelho e colocou uma máscara vermelha.

Ele saiu do quarto e desceu as escadas e viu Alice e Amy. Alice estava com um belo vestido rosa com detalhes azuis e sapatilha rosa e sua máscara rosa. Amy estava com um vestido preto que ia na altura dos joelhos e uma máscara preta e salto preto.

-Vejo que capricharam na escolha das roupas. – Disse Ethan sorrindo.

-Se não for abalando em festas eu nem vou.  –Disse Amy dando de ombros.

-Onde está minha mãe? –Perguntou Ethan.

_ela já foi ao baile com o Alexander. – Disse Amy.

Os três se dirigiram ao baile e aproveitaram a última noite que ficariam na Sant Journey. Amy logo sumiu com Lorenzo.

Alice ficou com Annie. Ethan conversou com Ronan, Almaz e Leonard eles conversaram e dançaram a noite toda.

O loiro viu sua mãe dançando com Jason enquanto conversavam. Viu Alexander parado em uma parede enquanto bebia algo provavelmente alcoólico.

Ele saiu da festa para ir ao quarto arrumar sua mala, Alice já tinha ido e ele viu Amy e Lorenzo saindo a castanha havia dito que eles teriam uma conversa de arqueiros.

O loiro caminho e sentiu uma presença fria atrás de si e abriu um pequeno sorriso.

-Você não devia estar protegendo a minha mãe? – Perguntou Ethan se virando e vendo Alexander.

O assassino estava com um smoking todo preto e mascara era da mesma cor.

-A diretora Serena já está em seu quarto descansando pois amanhã viajaremos cedo. – Disse Alexander normalmente.

-Você também devia descansar, eu sei que você não dormiu durante nossa estadia aqui. – Disse Ethan preocupado com assassino.

-Eu tive que ficar de olho em tudo. – Disse Alexander dando de ombros.

-Poderia ter tirado pelo menos uma ou duas horas para descansar não mataria ninguém. – Disse Ethan sorrindo.

-Eu estava bem acordado e você quase morreu. – Disse Alexander sério.

-Eu não iria morrer. – Disse Ethan sorrindo e se aproximando do moreno.

-Eu sei que não, você não é fraco. – Disse Alexander dando de ombros.

Os dois ficaram se encarando, o moreno mantinha sua expressão fria e o loiro seu sorriso gentil de sempre.

-Eu devia ter matado aquele Leonard. – Disse Alexander frio.

-A culpa não foi dele. – Disse Ethan normalmente.

-Ele lançou o ataque. – Disse Alexander.

-Ele não tem noção do poder que tem. – Ethan defendeu o mago moreno.

-Porque você está defendendo ele? – Perguntou Alexander mostrando uma pequena expressão de irritação.

-Não fica irritado. Você fica menos bonito fazendo essa carranca. – Disse Ethan sorrindo e dando um selinho no moreno que desfez a expressão irritada.

-Vai precisar mais que um selinho para eu não ficar irritado.  – Disse Alexander sério.

-Imaginei que sim. – Disse Ethan sorrindo.

Alexander puxou Ethan pela cintura e tirou a máscara do mesmo e depois tirou a sua, ele se aproximou devagar e juntou os lábios dos dois. Eles trocaram um beijo calmo, sentindo o sentimento um do outro.

-Devemos ir para o quarto, vamos acordar cedo amanhã. – Disse Ethan sorrindo.

-Eu vou ficar rodando pela academia. – Disse Alexander.

_Claro que não! Você irá comigo e nem que eu tenha que te lançar um encantamento você irá dormir hoje. – Disse Ethan sério.

Alexander encarou o olhar sério do loiro e sabia que teria uma discussão inútil com o mesmo se não fosse e de quebra o loiro ficaria sem falar com ele por uma semana, ele tinha que aproveitar esses dias com o loiro, porque assim que ele soubesse que um novo membro chegaria para os times e ninguém avisou a ele ou a Leona o loiro não olharia para si.

-Okay. – Disse por final.

O loiro sorriu e deu um selinho no moreno e o puxou pela mão.

Eles chegaram ao quarto. Ethan foi se trocar no banheiro e colocou sua habitual roupa de dormir. Assim que voltou viu Alexander apenas de cueca boxer cinza.

- O que você está fazendo sem roupa?  -Perguntou Ethan envergonhado e sentindo o rosto queimar.

-Eu só durmo assim. – Alexander disse normalmente.

Ethan encarou o corpo bem trabalhado do assassino e depois balançou a cabeça.

-Tá... – disse Baixinho e se deitou na cama.

O moreno deitou ao lado dele e o puxou pela cintura, o loiro sentiu sua costa encostar no peito d moreno.

-O que você está fazendo? –Perguntou Ethan envergonhado.

-Me preparando para dormir. – Alexander disse e continuou. –Se te incomoda eu posso voltar a ficar de vigia lá fora.

-Você não vai ficar de vigia lá fora, Okay... podemos dormir então? – Perguntou Ethan.

Alexander deu um beijo no topo da cabeça do loiro.

-Sim podemos. – Disse Alexander com um pequeno sorriso no rosto.


Notas Finais


Bom isso encerrou esse arco de testes com a Saint Journey como eu mencionei... MAs eles voltarão em breve e com tudo! Com tudo eu quero dizer que finalmente os 12 alunos especiaais da Saint Journey vão surgir.
E o drama familiar (Draven e Nalla) (Tora e Annie) e o drama romântico (Alice e Nathan) terão seus próprios pequenos e dinâmicos momento.
Os proximos capitulos serão voltados para os novos membros ao time HArmony e Nightmare e claro como isso afetará a relação dos lideres com seus mentores... e a relação dos novos membros com a equipe... eu estou bem empolgado com isso! Eu montarei suas fichas e postarei no próximo capítulo... que será quando eles vão aparecer pela primeira vez.
Espero que tenham gostado do cap! Eu queria desenvolver mais o baile de máscaras, mas não consegui pensar em nada, por isso decidi desenvolver um pouco mais o relacionamento de Alexander e Ethan.
Beijinhos de Luz! Até logo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...