História Holy War - Missing Grail - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail, Magi: The Kingdom of Magic, Naruto, The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Ban, Cana Alberona, Chouji Akimichi, Diane, Elfman Strauss, Elizabeth Liones, Erza Scarlet, Escanor, Gajeel Redfox, Gildartz, Gowther, Gray Fullbuster, Happy, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Juvia Lockser, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, King, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meliodas, Merlin, Mirajane Strauss, Naruto Uzumaki, Natsu Dragneel, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, TenTen Mitsashi, Wendy Marvell, Zeref
Tags Fairytail, Gruvia, King+diane, Meliodas×elizabeth, Merlinescanor, Nalu, Nanatsunotaizai, Naruerza, Naruto, Sasusaku
Visualizações 85
Palavras 1.732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala pessoal, mais um capítulo postado!

E as coisas estão esquentando em...

Espero que gostem!

Capítulo 8 - Noite sangrenta


 

Um dos vigias do Clã dos Caçadores fazia a ronda na floresta escura, até que viu um vulto passando ao lado dele e resolveu ir atrás. Ia se escondendo nas arvores e caminhando lentamente para não ser identificado. Ouviu um barulho de um galho se quebrando e virou seu corpo para aquela direção. Ouviu novamente um barulho vindo do outro lado e se virou, quando ouviu o terceiro barulho e se virou viu uma enorme sombra se aproximando e tampando sua boca. O homem tentou gritar, porém, sem sucesso, pois o grito saiu abafado.

 

...................................................

 

- Black, você ouviu...

 

- Xiu... – Disse se levantando. – Tire as mulheres e as crianças daqui. – Disse baixinho e caminhando para a direção do barulho que havia ouvido.

 

...............................................

 

- Derieri, acabe com isso! – Disse Estarossa aparecendo das sombras fazendo com que o homem ficasse com os olhos arregalados.

 

- Só estava me divertindo um pouco. – Disse apertando o pescoço dele, que após um estralo, caiu morto no chão.

 

- Vamos... – Disse Zeldris saindo das sombras e passando por cima do corpo jogado no chão.

 

.................................................

 

Os caçadores caminhavam em direção ao barulho que haviam escutado. Até que ouviram alguns homens e mulheres gritarem. Os gritos ecoaram pela floresta inteira.

 

- Merda! – Disse Black Wolf começando a correr em direção aos gritos.

 

Chegando lá, o líder do Clã dos Caçadores, viu Estarossa segurando uma mulher pelo pescoço, enquanto sua espada perfurava a barriga dela. Algumas árvores estavam pegando fogo, juntamente com algumas pessoas, sendo que isso era a única coisa que iluminava a escura floresta.

 

- Opa! Fomos descobertos... – Disse com um sorriso debochado.

 

- Seu desgraçado!! – Gritou correndo em direção ao homem, porém, sentiu uma enorme pressão mágica vindo em sua direção, ficando paralisado e sem reação.  – O que... é... isso? – Disse apoiando os joelhos no chão.

 

- O que está acontecendo aqui, Estarossa?

 

Os Dez Mandamentos se assustaram com a visita inesperada.

 

- Maou... – Disseram os mandamentos se ajoelhando.

 

- Pensei que eu tinha falado para apenas mapearem a área – Disse Meliodas saindo das sombras com seu manto escuro.

 

- Eles estavam vulneráveis e acabaram sentindo nossa presença! Se eles fugissem poderia ser um problema...

 

 - Oh... então você resolveu mata-los?

 

- Sim!

 

- E não me chamou? – Disse com um sorriso maligno e tirando seu tesouro sagrado das costas.

 

Os Dez mandamentos levantaram a cabeça e deram um sorriso para o Rei dos Demônios.

 

- O que está havendo? – Disse Black Wolf nitidamente amedrontado.

 

- Então você é o líder dessa espécie? – Disse Meliodas no pé do ouvido do Homem. – Que vergonhoso. Um líder que não consegue proteger os seus subalternos. Condeno-te à morte por isso. – Disse levantando sua pequena espada.

 

- Capitão, por favor! Pare com isso... – Gritou Gowther dos Sete Pecados Capitais.

 

- Capitão... Faz tempo que não ouço isso! – Disse Meliodas levando o olhar para seu antigo companheiro. – O que faz aqui sozinho? – Disse olhando para os Mandamentos que se levantavam lentamente.

 

- Eu vim te salvar... – Disse o pecado da Luxuria analisando a situação.

 

- Sozinho?

 

- Sim, vou te levar para casa e para nossos companheiros.

 

Os Dez mandamentos começaram a gargalhar.

 

- Eu sei que alguma coisa está te controlando, você não era assim, Capitão! Deixe o Humano ir embora e me deixe ajuda-lo. – Disse esperançoso.

 

- Tsc! – Resmungou Meliodas descendo sua espada no pescoço do Homem e em menos de um segundo a cabeça já estava rolando no chão.

 

O Rei dos Demônios apoiou seu pé em cima da cabeça de Black Wolf, que rolava no gramado, e disse:

 

- Você está enganado, Gowther. Eu sempre fui assim, quando estava com vocês é que eu tinha que ser diferente. Mas as coisas mudaram a partir do momento que vocês me abandonaram. Peguem ele...

 

Antes que o Pecado da Luxúria pudesse fazer qualquer movimento Zeldris e Estarossa o estavam imobilizando.

 

- Como vai, Traidor? – Disse Estarossa.

 

- Muito bem, obrigado! – Respondeu inocentemente, sendo apagado por um soco muito forte no rosto.

 

...........................................

 

Os primeiros raios solares surgiam no horizonte, afastando as sombras de uma noite sangrenta. Não demorou muito para que os olheiros da igreja já tivessem reunido informações sobre o que havia acontecido na noite anterior e correram para a sala do Alto Cardeal.

 

- Alto Cardeal... – Disse um dos informantes da igreja entrando na grande sala do velho batendo as portas.

 

- Sim?

 

- Trago as ultimas notícias sobre os acontecimentos da noite.

 

- Pois então...

 

- É que...

 

- O que houve meu rapaz?

 

- Talvez seja melhor o Senhor olhar...

 

- Como? – Disse olhando para o homem.

 

Então, o Alto Cardeal, acompanhado de alguns homens, foi até o grande pátio da igreja.

 

- Mas o que está acontecendo? – Disse o Cardeal assustado.

 

- Parece que eles vieram pedir refugio para a Igreja... – Disse Elizabeth pousando gentilmente no chão e se aproximando de algumas crianças machucadas.

 

- Refugio? De que exatamente? – Perguntou Surpreso.

 

- Parece que o Clã dos Demônios já fez seu primeiro movimento ontem de noite, Alto Cardeal. – Disse Merlin aparecendo atrás do velho. – Parece que eles conseguiram eliminar o Clã dos Caçadores em apenas uma noite. – Disse a maga cruzando os braços.

 

- Não é possível... – Disse o Alto Cardeal fitando as mulheres e crianças sentadas no pátio.

 

- Alto Cardeal, o que faremos? – Perguntou um dos funcionários.

 

- Vamos ajuda-los, claro! A Igreja sempre fornecerá proteção a todos. – Disse tentando colocar seus pensamentos em ordem.

 

- Merlin... – Disse King, o pecado da preguiça, surgindo de repente e cochichando algo no ouvido da Capitã dos Nanatsu no Taizai.

 

- Não é possível. – Disse arregalando os olhos.

 

- Merlin? – Perguntou o Alto Cardeal.

 

O pecado da gula, então, limpou a garganta respirou fundo e deu mais uma notícia para o velho.

 

- Parece que um dos Sete pecados foi capturado pelos Dez Mandamentos.

 

- Não pode ser! – Disse o Cardeal nitidamente abalado.

 

- O que faremos? – Perguntou um de seus assistentes.

 

- Me deixe pensar um instante. – Disse o velho voltando para sua sala atordoado.

 

- Alto Cardeal...

 

- Ele está impossibilitado de dar qualquer ordem no momento. Por favor, ajudem as crianças e os feridos. Fecharemos todos os portões e aumentaremos nossa segurança. – Gritou Merlin.

 

- Sim senhora! - Responderam os funcionários da igreja e alguns membros do exército.

 

- Nanatsu no Taizai. – Disse através de telepatia. – Daqui algumas horas eu me reunirei com o Alto Cardeal para traçar uma nova estratégia. Peço que ninguém tome qualquer medida desesperada, para tentar resgatar o Gowther. Quero me reunir com vocês para decidirmos o que faremos com o Clã dos Demônios. Por hora, ajudemos na segurança e na recuperação dos feridos...

 

- Entendido! – Responderam todos.

 

............................................

 

Aviso a todos os lideres dos Clãs:

 

As buscas pelo Santo Graal estão suspensas até segunda ordem. Ordenem que todos seus subordinados retornem para suas respectivas bases imediatamente e aumentem a vigilância das fronteiras.

 

...............................................

 

- Mestre, está tudo bem? – Perguntou Erza.

 

- Sim, estou. – Disse ao terminar de receber a mensagem telepaticamente. – Atenção todos que estão fora dos limites das terras da Fairy Tail. Por ordem da Igreja todos devem retornar imediatamente.

 

- Como assim, velhote? – Questionou Natsu.

 

- A guerra está suspensa até segunda ordem, Natsu. Sendo assim, Erza, Gray, Juvia, Natsu e Wendy. Por favor, se encaminhem até o limite de nossas terras e fiquem atentos. Vou mandar mais alguns magos para ajudarem com a proteção de nossas fronteiras. – Encerrou Makarov.

 

- Hai. – Gritaram partindo imediatamente.

 

...............................................

 

- Shikamaru, mande uma equipe atrás do Sasuke e peça que retorne imediatamente para a vila.

 

- Rokudaime?

 

- Acabei de receber um aviso da igreja, que a Guerra Santa está suspensa até segunda ordem. Chame a Ino, imediatamente.

 

- Sim! – Disse correndo atrás da Yamanaka.

 

.............................................

 

- Naruto...

 

- O que está havendo? Estou sentindo uma enorme movimentação na igreja.

 

- A guerra santa foi suspensa, por motivos ainda desconhecidos. Fique atento!

 

- Pode deixar! – Disse parado com os braços cruzados no meio da floresta.

 

...............................................

 

Sasuke estava quase passando pela fronteira com sua nova equipe de buscas. Sakura, Hinata, Sai e Shino.

 

- O que está havendo? – Perguntou o Uchiha ao perceber que alguns ninjas se aproximavam.

 

- Rokudaime pediu para que todas as equipes retornem para a vila imediatamente.

 

- Aconteceu alguma coisa? – Questionou Sakura.

 

- Ainda não sabemos ao certo.

 

- Tsc! – Resmungou Sasuke. – Vamos voltar imediatamente. A prioridade são as pessoas da vila. – Disse Saltando e iniciando uma corrida entre as arvores.

 

..................................................

 

- Obrigado por me ajudar, Merlin!

 

- Imagina, Cardeal. É para isso que nós servimos. Agora, se me permite. Precisamos decidir o que devemos fazer para evitar que o clã dos demônios faça mais vítimas.

 

- Tem razão. Como estão as forças de vocês?

 

- Já estamos completamente recuperados. Mesmo sem Gowther talvez consigamos dar conta.

 

- E o Escanor?

 

Merlin cerrou os punhos.

 

- Ele...Ainda está muito fraco.

 

- Entendo! Mas você acha que conseguirá, mesmo sem a força do Escanor?

 

- Talvez não. Estou pensando em fazer uma missão de resgate e tentar reunir informações sobre o clã dos Demônios, antes de fazer uma ofensiva direta.

 

- Entendo. Assim daremos mais tempo ao Escanor.

 

- Exatamente!

 

- Mas e a igreja? Ficará desprotegida sem os Sete.

 

- Ainda estou pensando sobre o que fazer. Me deixe pensar mais um pouco Alto Cardeal. Agora eu preciso conversar com os Nanatsu no Taizai.

 

- Conto com você, Merlin! – Disse enquanto a mulher desaparecia perante os olhos dele.

 

.........................................

 

No grande salão dos Guardiões da Ordem. King, Diane, Elizabeth, Ban e Merlin estavam reunidos bolando uma investida para conseguir resgatar o pecado da Luxuria, Gowther.

 

- Então faremos desse jeito! Não podemos deixar o Gowther nas mãos daqueles demônios. – Disse King.

 

- Só temos um problema... – Disse Ban.

 

- Ban! – Disse Merlin chamando a atenção do pecado da ganância.

 

- O que está acontecendo? Merlin... – Perguntou Elizabeth se levantando.

 

O pecado da gula desviou o olhar e travou o maxilar.

 

- Nós já sabemos quem é o novo Rei Demônio... – Disse ainda sem olhar os colegas.

 

- Merlin... – Disse Elizabeth.

 

- Capitã!? – Disse King se levantando.

 

- O novo Maou é o... Meliodas, antigo pecado da ira...

 

Todos se entreolharam e ficaram totalmente estáticos com a notícia.

 

Elizabeth, ao escutar o nome de seu amado, vinculado ao do Rei Demônio, sentiu seu peito arder e se sentou, com os olhos arregalados, sem saber o que falar ou fazer com a notícia.


Notas Finais


E ai, estão gostando??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...