História Home - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Visualizações 92
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde meus amores. Trouxe mais um capítulo para vocês ❤️

Capítulo 2 - Irritado


POV Alex

Eu já disse que odeio quando Joey começa a me tratar como criança???

Isso tem acontecido regularmente nos últimos tempos. E só serve para me irritar ainda mais.

— Papai não seja chato! Não custa nada me deixar dormir na casa da Kris! – Tento já quase implorando.

Faz pouco mais de um ano que estou namorando com Kristal, embora Joey me dê muita liberdade, não quer me deixar dormir fora hoje.

— Eu já disse que não. Agora me deixe falar com sua irmã... – Murmura ele soltando um suspiro enquanto desvia o olhar do notebook para me encarar.

Do outro lado da tela posso vislumbrar Melissa meio descabelada com um dos gêmeos sentado em seu colo e o outro gritando algo sobre "Liberdade de expressão". Rio baixo, aposto que o revoltado é o meu sobrinho Bill.

Aceno para ela que retribui mas logo se distrai com um estrondo alto atrás da mesma.

— William!!! – Ouço minha irmã gritar irritada e logo encarar meu pai – Papai te ligo mais tarde, Billy acabou de derrubar a TV no chão.

Meu pai se despede brevemente da minha irmã e fecha o notebook me olhando com atenção.

Rio da cena.

— Mel está perdida com esses filhos dela. – Murmuro divertido. Minha irmã é mãe há três anos mas ainda não leva o mínimo jeito para isso.

Os gêmeos já aparentam os sete anos de idade. O salto temporal é diferente do que foi conosco... Eu nunca vou entender isso.

— Ela que aproveite enquanto são crianças. – Murmura. – E você, aonde vai hoje?

— Irei jantar com Kris e depois pensei em levá-la em algum lugar especial. – Sorrio. Ela merece tudo e um pouco mais. Kris é diferente de todas as moças com as quais eu já me envolvi.

Ela é uma bruxa poderosa, conhece minha família. Conhece meus segredos... E ela me ama mesmo com tudo isso.

— Ela tem sorte de ter você...

— Eu é que tenho sorte de tê-la. – Sorrio – Agora que você já sabe os detalhes, que tal me dar uma ajudinha e me deixar dormir na casa dela hein??? – Murmuro lhe dando um empurrãozinho.

Papai devolve o empurrão acompanhado de uma palmada caprichada na minha bunda.

— Já disse para não insistir. Minha resposta continua sendo não. – Diz rindo da minha expressão indignada.

— Mas eu já sou um adulto!

— Não para mim.

— Papai... Não seja chato!

Joey me lança um olhar de dar medo em qualquer um, o que me faz recuar.

— Ah dane-se. – Murmuro pegando minha jaqueta – Logo logo essas idiotices irão acabar.

Na verdade eu não acho que seja idiotice. Sei que ele se preocupa comigo. Mas não poder dormir na casa da minha namorada me irrita muito e eu acabo dizendo coisas da boca para fora.

Sinto Joey me agarrar pelo braço e me olhar diretamente nos olhos antes de começar a falar:

— Se continuar agindo como um garotinho birrento eu irei tratá-lo como tal! Se não quiser perder a noite e acabar de bunda para fora sob minhas pernas recebendo as palmadas que você merece, sugiro que cale essa boquinha e saia pela porta antes que eu mude de ideia!

Coro um pouco com suas palavras e assim que ele me solta caminho rapidamente em direção a porta, não sou idiota de arriscar. Conheço muito bem Joseph William Winchester.

POV Jack

Depois do jantar fico mexendo no celular até as dez da noite, hoje o grupo está bombeando no whats.

Meus amigos são uns idiotas. Mas uns idiotas legais.

Rio quando um deles manda uma foto zoada da irmã. Rachel é a típica patricinha "Perfeita" do colégio. E nessa foto ela não passa de uma garota loira e descabelada com cara de "Que dia é hoje mesmo?."

— Jacob desliga esse celular e vai dormir. – Indaga meu pai entrando em meu quarto com uma expressão nada boa.

Ele está irritado desde que meu irmão saiu pra jantar com a namorada. Céus, Joey até está parecendo Lia quando fica de TPM.

— Aff papai.. Não são nem onze horas ainda. – Reclamo respondendo Mike.

— Não perguntei que horas são. Já está tarde para o mocinho estar acordado, amanhã você tem aula cedo.

Rodo os olhos e ignoro. Mas Joey logo me surpreende pegando o celular de minhas mãos.

Arregalo os olhos e tento recuperar o aparelho a todo custo.

— Papai!! Não faz assim.. – Choramingo. – Está todo mundo conversando, deixa eu ficar acordado até as onze pelo menos.

Tento argumentar mas não parece funcionar porque logo observo ele ler algumas das minhas mensagens.

Não me importo muito com isso já que sempre quando ele quer ele vistoria meu celular. Além do mais, eu não tenho nada a esconder.

O que realmente me deixa chateado é o que ele faz em seguida.

— Ok garotos, amanhã Jack responde porque acha os seios da sua irmã engraçados nessa blusa Mike. – Ouço ele dizer por meio de áudio e apenas me escondo no meio das minhas mantas já envergonhado. Eu estava falando que os seios da Rachel ficam engraçados na blusa do batman, e Mike provavelmente perguntou o porquê – Agora ele vai dormir porque já está tarde, então boa noite.

Ouço papai colocar meu celular em cima da cômoda.

— Sai do meu quarto. – Murmuro choroso.

— Jack não começa..

— Você fez eu passar vergonha na frente deles! – Indago me sentando na cama com os olhos marejados – Agora todo mundo vai saber que eu não passo do bebezinho do papai!

Joey respira fundo e me pega no colo.

— Calminha... Não precisa desse escândalo todo bebê. Eu não disse nada demais.

— Você disse sim.. – Falo passando as mãos nos olhos.

Joey me balança suave enquanto acaricia meu cabelo.

— Shhh, não disse não. Além do mais teríamos evitado isso se você me obedecesse de primeira campeão. – Murmura ele suave.

Fungo baixo e abraço seu pescoço manhoso. Eu gosto quando ele me pega no colo, me dá sono quase instantaneamente.

— Não é justo... Você está bravo com o Alex e está descontando em mim papai. – Murmuro bocejando.

— Tem razão. Papai está irritado mas não é com você... Mas eu tenho razão também sabia? Amanhã você precisa acordar bem cedinho para ir ao colégio, se for dormir tarde não vai querer levantar da cama amanhã anjinho. – Explica suave, e tenho que lhe dar a razão nisso. Eu simplesmente odeio acordar cedo.

Fecho os olhos sonolento.

— Promete que não vai mais pegar meu celular e mandar áudio para os meus amigos? – Pergunto baixinho.

— Prometo... Agora tente dormir uh? Boa noite bebê.

— Boa noite papai...

Sinto Joey me abraçar suavemente e depositar um beijo em minha testa.

   Em seguida ouço o mesmo começar a contarolar uma de suas canções, sua voz é tão bonita... E me acalma muito. Nem percebo quando pego no sono.


Notas Finais


Vcs gostaram do capítulo? Espero que sim. Comentem meus lindos ♥️♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...