História Home - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Emilia Clarke, Kit Harington
Tags Emilia Clarke, Gameofthrones, Kimilia, Kit Harington, Kiteemilia
Visualizações 111
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Capítulo Dezesseis


         Era um dia bonito, Emilia pensava observando os detalhes da paisagem pela janela do carro, Kit e ela tinham saído cedo da casa de Jason e Hannah, estavam voltando pra casa onde ela esperava começar sua nova busca, precisava ir atrás do homem que podia ajudar a por fim nessa história. Quando perderam a entrada que os levaria pra casa, voltou sua atenção para Kit, que observava a estrada com um sorriso simples nos lábios;

- Vou te levar pra um lugar – respondeu a pergunta silenciosa dela;

- Kit, temos que voltar, eu preciso falar com o Nik sobre o que a Hannah descobriu e começar a buscar esse homem. Quanto antes formos atrás dele, mais cedo resolveremos toda essa história!

- O Nik continuará lá quando voltarmos, quero que você relaxe Emy – buscou a mão dela, apertando – Quero ficar sozinho com você, pelo menos um pouco. Quero um tempo pra curtir você, comemorarmos a novidade do bebê!

         Emilia apenas apertou a mão dele de volta, ele sorriu mais abertamente depois desse gesto. Precisavam mesmo desse tempo, ficar sozinha com ele e esquecer o caos que estava vivendo nos últimos anos. Tinha o bebê que estava a caminho, um filho dela e de Kit, sorriu com aquilo;

- Eu conheço esse lugar – olhou animada o lugar – foi aqui que nós dois nos conhecemos;

- Sim, achei que gostaria de vir pra cá!

- Kit eu amei, nossa você não faz idéia – saiu praticamente correndo do carro – Vem, vamos até a nossa arvore!

         E ele quase teve que correr atrás dela, a simples idéia de fazer ela sorrir e trazer um pouco de paz pra toda a confusão que estava a vida dela no momento fez seu coração aquecer e no que dependesse dele, faria sempre o possível pra que fosse assim, ela estava dando a ele o melhor presente do mundo, que era um filho deles dois, algo que os ligaria pra sempre;

- Eu não venho aqui a muito tempo – disse quando ficou de pé embaixo da grande árvore – Lembra direitinho de você com medo de subir lá em cima;

- Eu não fiquei com medo, ok? – tentou se manter sério, enquanto ela explodia em gargalhadas  - Só estava com receio;

         Cruzou os braços e fingiu uma carranca brava, que não durou muito, ela o puxou e selou seus lábios no dele, quando se separou observou o sorriso lindo que ela tinha, fez uma promessa silenciosa de que não deixaria nada no mundo machucar sua Emilia;

- Vamos subir? – sorriu sapeca pra ele;

- De jeito nenhum!!

- Por que? Está com medo de novo? – deu um sorriso divertido, e ele já sabia o que ela diria – Ou deveria dizer, com receio?

- Não comece  - puxou ela pra que se sentasse com ele no chão – Só não quero que se machuque, pode ser perigoso pra você e pro bebê;

- Que pai preocupado esse que arranjei pro meu filho;

- Pai – sorriu bobo, beijando o topo da cabeça dela e pousando sua mão em sua barriga – Gosto de saber que serei pai, gosto de saber que você está aqui comigo, sabia? Eu te amo;

- Eu não pretendo ir a lugar nenhum sem você bobinho, e eu te amo também!

- Não deixaria você ir a lugar nenhum mesmo – sorriu convencido – Nunca mais deixarei, só eu sei tudo que passei o tempo que não sabia onde você estava;

- Ei, eu não vou embora Kit. Nunca mais.

- É sério Emy, não posso nem me imaginar sem você. Sem vocês – ele a apertou mais contra si – Eu farei de tudo pra deixar as coisas seguras de novo, eu prometo!

- Eu confio em você, está bem? – suspirou e o encarou – Vamos dormir aqui? Ou vamos voltar pra casa hoje ainda?

- Vamos ficar por aqui, na chalé que fiquei com a minha família  - se levantou e a puxou junto – Trouxe uma cesta com algo pra comermos por agora, não me olhe com essa cara tá? Eu pensei em tudo sim, eu não menti que queria ficar um tempo a sós com você;

- Um tempo a sós? Sem ninguém pra atrapalhar nada do que a gente vá fazer? – sorriu pra ele com malicia – Cuidado, eu posso querer não ir embora mais daqui;

- Estou contando com isso!

         Eles riram juntos, Kit buscou a cesta com comida e se serviram ali mesmo em meio a risos, brincadeiras. Depois de comerem e de muita insistência dela, resolveram explorar  a região e quando perceberam o sol estava quase pra se por, fizeram o caminho até o chalé devagar, Emilia não queria admitir, mas estava exausta e apelou pra covardia e se apoiou mais em Kit, que a pegou nos braços e voltou a fazer o caminho. Emilia nem ao menos percebeu quando foi colocada na cama, quando sentiu ele deitado a seu lado, se aconchegou mais a ele e murmurou um boa noite baixinho;

- Boa noite amor, descanse – e sentiu os lábios dele em sua testa – Eu te amo.

         E depois disso. Apagou.


Notas Finais


Um capítulo calminho, cheio do nosso casal preferido *-*
Até a próxima amores ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...