1. Spirit Fanfics >
  2. Home II >
  3. Salve o meu Tae

História Home II - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Salve o meu Tae


Fanfic / Fanfiction Home II - Capítulo 18 - Salve o meu Tae

Yoongi corria com Taehyung em seus braços pela floresta de Amicitia, precisava salvá-lo pois ele estava perdendo muito sangue. 

Yoongi conseguia derrotar facilmente qualquer inimigo, mas o tempo era um inimigo que parecia assustador e cruel,  impossível de ser derrotado. 

Ele sentia o sangue quente de Taehyung escorrer em seus braços, e se desesperava a cada segundo com medo de perder a pessoa que mais amava. 

I.N ia correndo na frente mostrando o caminho, quando finalmente chegaram em uma enorme árvore, com um buraco largo e escuro entre seus troncos e raízes. 

-É aqui, venha - I.N adentrou no buraco. 

Yoongi não teve tempo para pensar se aquilo era seguro ou não, se aquele lugar tivesse a mínima chance de salvar Taehyung, arriscaria tudo. Deu um passo adiante e adentrou em meio aquele buraco escuro. 

Assim que passou pelo buraco, sentiu como se tivesse sido teletransportado para outro lugar, estava parado na frente de I.N, em seu quarto, o qual estava completamente revirado, alguém havia entrado ali para procurar por algo, mas I.N estava desesperado demais para se importar com isso.

As pernas de Yoongi cambalearam e ele se sentiu fraco, como se todo seu poder tivesse saído de seu corpo, segurou Taehyung firmemente em seus braços para não deixá-lo cair. 

-Precisamos salvar o Tae - Yoongi sentia seus ouvidos zunindo com um barulho infernal do lugar.

I.N pegou as chaves do carro, claro que não tinha idade para dirigir, mas seus documentos falsos provavam o contrário. 

-Venha, traga ele - I.N saiu a passos rápidos de seu apartamento, para o estacionamento, seu desespero era tão grande que acabou por deixar a chave mágica na porta de seu armário. 

Aquele lugar era diferente de tudo o que Yoongi já havia visto, era barulhento e não tinha árvores, nem um chão de terra, ao invés disso era tudo feito de pedra.

-Coloque-o aqui - I.N abriu a porta de trás do carro.

-O que é isso? - Yoongi o olhou desconfiado. 

-É como se fosse um cavalo, vamos…

Yoongi não tinha tempo para mais perguntas, então apenas entrou naquele estranho meio de transporte com Taehyung ensanguentado e pálido em seu colo. 

I.N dirigia rápido demais, costurando todo o trânsito daquela estranha “floresta”. Yoongi Segurava Taehyung com firmeza, com medo de que algo pior acontecesse. 

I.N dirigia como um louco e ao mesmo tempo ligava para seu amigo médico. Estava desesperado. Quando o homem atendeu, explicou rapidamente a situação, o homem compreendeu e correu para o hospital, era madrugada e o trânsito estaria mais favorável. I.N corria contra o tempo para chegar no hospital. Quando finalmente chegou, abriu a porta para que Yoongi saísse carregando Taehyung. O amigo de I.N logo veio ao seu encontro com uma maca e um enfermeiro. 

-Coloque-o aqui - O médico disse.

Yoongi o olhou desconfiado. 

-Yoon, ele é amigo, ele pode salvar o Tae, confie em mim - Disse I.N 

Yoongi nem ao menos sabia se aquele era mesmo o Innie, mas não tinha outra escolha a não ser confiar a vida de seu amado aqueles humanos desconhecidos.

Yoongi esperava aflito na sala de espera, queria entrar dentro da sala de cirurgia e não entendia porque ele não podia, precisou I.N explicar milhões de vezes que era para o bem de Taehyung e que seu amigo era um bom médico e iria conseguir salvar ele.

O amigo de I.N saiu da sala com uma expressão séria.

-Retiramos a bala, não acertou nenhum órgão vital, mas acertou uma artéria e o rapaz perdeu muito sangue - Ele disse olhando para Yoongi - Você é parente dele? 

-Sou o noivo

-Noivo? - O médico estranhou - Enfim, ele perdeu muito sangue e...

-O senhor não pode curá-lo? - Yoongi o interrompeu - Talvez com algum elixir ou encantamento de cura…

-Elixir? Encantamento? - O médico arqueou as sobrancelhas o estudando, os trajes de Yoongi e Taehyung já eram estranhos, mas imaginou se tratar de alguma festa a fantasia que os jovens gostavam de ir - Não, não, ele precisa de uma transfusão de sangue. 

Yoongi olhou para I.N sem entender.

-Tae perdeu sangue e precisamos colocar mais nele para ele não morrer, sacou? 

Yoongi assentiu sem entender muito bem, imaginou que aquilo fosse algum ritual e o sangue serviria como oferenda para algum deus deles.

-Podem colocar todo o meu sangue! - Yoongi se prontificou - Sou meio elfo, mas creio que isso não lhe fará mal…

-Meio elfo? - O médico olhava Yoongi - Jovem, creio que não deva estar sóbrio, mas não é bem assim, sei que quer ajudar o seu… noivo, mas não podemos colocar qualquer sangue. Precisamos do tipo certo. 

I.N se colocou na frente de Yoongi.

-Posso doar meu sangue, sou O-, sou doador universal - Disse I.N

Yoongi olhava I.N sem entender nada.

-Isso significa que você pode salvar o meu Tae? 

-Sim, podemos salvá-los - Disse o médico.

Tudo tinha que ser feito por debaixo dos panos, afinal de contas Taehyung não existia naquele mundo, não tinha documentos e não era possível fazer uma ficha no hospital. O médico sequer questionou, era amigo de longa data do falecido pai de I.N, inclusive havia recebido favores de entrega de encomendas um tanto ilegais do próprio I.N, uma mão lavava a outra e ele não questionou. I.N apenas explicou que eram seus amigos e que estavam em uma festa geek com tema medieval, onde beberam muito e na volta pra casa foram assaltados. O médico sabia que aquilo era mentira, mas não quis se envolver, apesar pediu para que I.N tomasse cuidado. 

I.N ficou em uma sala para ser preparado para a transfusão, Yoongi entrou junto com ele, ficava perplexo com aquele monte de aparelhos, ficou ainda mais perplexo quando viu os procedimentos para retirarem o sangue de I.N.

-Que tipo de pacto sanguíneo é esse? - Ele olhava o sangue de I.N ser retirado em uma mangueirinha direto para uma bolsa de plastico. 

-Não é um pacto - I.N sorriu - É como fazemos no meu mundo, esse lugar é uma bosta, mas ao menos a ciência está mais avançada.... e o mais importante de tudo, vamos salvar o Tae…

Yoongi pegou em sua mão e o olhou com os olhos cheios de lágrimas.

-Obrigado Innie, me desculpa por ter te julgado como uma má pessoa quando nos conhecemos… devo minha vida a você…

-Está tudo bem Yoon… - I.N estava se sentindo sonolento demais para explicar que não era o Innie que eles conheciam, então apenas adormeceu. 

….

Yoongi ficou lá o olhando, esperando todo aquele estranho procedimento acabar, se perguntava se I.N não iria ficar sem sangue. 

O médico chegou e o tirou de seus pensamentos. 

-O Tae, como ele está? - Yoongi se levantou abruptamente.

-Seu… Noivo, vai ficar bem, só precisa disso - O médico apontou para a bolsinha de sangue que balançava na máquina. 

-Eu posso vê-lo? 

-Ainda não, se acalme, vai dar tudo certo, dentro de duas ou três horas já poderá vê-lo. 

As horas pareciam não passar nunca, Yoongi já não aguentava mais esperar, I.N dormia tranquilamente no quarto ao lado, Yoongi andava pra lá e pra cá naquele silencioso e vazio corredor branco. Até que o médico saiu de dentro daquela estranha sala, dessa vez sua expressão era mais suave. 

-A cirurgia foi um sucesso, você já pode vê-lo, venha comigo…

Yoongi não sabia o que dizer, apenas sentiu as lágrimas de alívio molhando o seu rosto.

Seu coração batia acelerado a cada passo que dava ao acompanhar o médico. Quando chegou no quarto, o médico parou na porta. 

-Ele ainda está em recuperação, está sedado, está em um sono profundo, mas logo ele acordará.

Yoongi apenas tentava controlar as lagrimas teimosas que ousavam cair.

-O-obrigado… - Falou com a voz engasgada e então abriu a porta do quarto, e lá estava seu amado Taehyung deitado na cama, dormindo pesadamente. Yoongi correu até ele, parando ao seu lado, colocou a mão em seu rosto e chorou.

-Tae… me desculpa, e-eu não consegui te proteger…

Taehyung dormia, Yoongi chorava de alegria ao sentir sua pele quente novamente.

-Eu achei que eu tinha te perdido… Tae, volta pra mim, não me deixe sozinho - Yoongi deu um beijo suave em sua testa - Tae, eu te amo - Ele sussurrou em seu ouvido. 

Yoongi passou a noite toda segurando sua mão, olhando enquanto ele dormia. 

Quando estava quase pegando no sono, sentiu Taehyung se mexer então abriu os olhos eufórico. 

-Tae! V-você acordou! 

Taehyung abriu os olhos lentamente, olhando confuso para Yoongi. 


Notas Finais


Coitado do yoon perdido no nosso mundo ç.ç

Tae esta bem ç.ç


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...