História Home (Jenlisa) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink, Red Velvet
Personagens Irene, Jennie, Jisoo, Lisa, Personagens Originais, Rosé, Seulgi
Tags Blackpink, Fanfic, Jen, Jenlisa, Jisoo, Lili, Lisa, Liz, Nini, Rose
Visualizações 184
Palavras 1.628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Capítulo 12


Lisa abriu a sala de conferências lentamente e ajeitou o casaco enquanto se sentava ao lado de Seulgi.

"Onde está Chu?" Ela murmurou humildemente. A apresentação do diário ainda estava em andamento e não era respeitoso conversar alto.

"Do lado de fora,eu acho.", respondeu Seulgi.

"Onde você estava?"

"Visitando o Jungkook.", disse ela com indiferença.

"Você está bem?"

"Por que eu não estaria?" "Vamos conversar mais tarde" Seulgi terminou a conversa e as duas se concentraram no evento.

Já era hora do almoço quando a apresentação terminou. Lisa não estava mais com fome. Ela comeu muito lanche preparado pelo departamento. Ela checou um pouco o telefone, esperando que houvesse uma mensagem da pessoa que ela ansiava.

Claro que não havia.


"Eu pensei em visitá-lo, poderíamos id juntas neste fim de semana?" Seulgi passou por Lisa.

"Eu sonhei com ele ontem à noite, então ..."

"Você está bem?"

"Eu estou bem, não tenho um motivo para não ficar bem."

Quem você quer enganar? Você tem um motivo válido para não ficar bem, sua idiota. Seu cérebro zombou dela.

"O que você está fazendo com ele?" Seulgi colocou café no copo.

"Quer um pouco?" Ela ofereceu o último.

Lisa balançou a cabeça. "Apenas água por favor."

"Então?"

"Estamos apenas falando", ela engoliu o líquido.

"Bem, eu falo, ele está morto".

"Oh, certo." Ela abaixou a cabeça.

"Estou bem Olhe para mim, não estou em um naufrágio humano. Estou aqui, ainda tentando, mas acho que estou melhorando. É hora de deixá-lo ir." Ela sorriu, e tentou parecer fácil.

"Você mudou muito, para melhor." Seulgi assentiu com a cabeça.

"Estou orgulhosa de você, Lis".

"Obrigado", ela riu.

"E quanto a Jennie?"

"Como está indo?" Seulgi assentiu e revirou os olhos.

"Eu honestamente não sei, Seul. O que você pensa sobre ela?"

"Ela é perfeita para você." ela disse .

"Você tem que tentar Lisa."

"Você está certa", ela suspirou.

"Talvez eu deva tentar. Vou tentar".

Elas se viraram para olhar Jisoo correndo em direção a elas.

Ela usava muito perfume.

"Você estava em um encontroou o que?" Lisa riu enquanto ela se levantou para preencher a água novamente.

"O que você está falando? Eu não estava no momento." Jisoo colocou a caixa na geladeira.

"Eu estava almoçando com Jennie."

Ela tossiu severamente. Seulgi, que era a mais próxima para ela a ajudou a bater as costas.

"Você está bem, Lisa?" Jisoo perguntou em preocupação.

"Você almoçou com ela?" Seulgi colocou o copo de Lisa na mesa.

"Sim, algumas vezes."

"Apenas vocês duas?"

"Hoje apenas nós duas, os outros não participaram.", Lisa levantou a mão para a menina baixa para impedir que ela se aproximasse.

"Você o quê?" Raiva começando a subir em seu peito

"O quê?" Jisoo perguntou inocentemente.

"Você a conhece pelas minhas costas !?" Lisa gritou.

"Ela não te contou?" Jisoo perguntou perplexa.

"Não acredito que você fez isso comigo!" Ela ainda estava gritando.

"Gente, podemos conversar como as pessoas normais fazem." Seulgi estava começando a entrar em pânico.

"Você pode parar de agir como se estivesse me acusando de fazer algo completamente errado com você ?!" Jisoo aumentou sua voz também.

"Foi apenas um almoço entre amigas."

"Eu sei que você tem algo em mente." Lisa zomba sarcasticamente.

"Você está falando sério ?"

"Sim! E pensar que você eraminha melhor amiga.. eu-"

"Você vai parar aí, Lisa Manoban." Jisoo disse severamente.

"Você se ouve? Você perdeu a cabeça ?!"

"Você que me diz. Eu nunca me senti tão traída em toda a minha vida !!"

"Uau, você realmente é um idiota. Não acredito que Jennie está disposta a lidar com você."

"Você é quem, pra decidir sobre o que ela está disposta?"

"Ela é uma boa mulher, Lisa. Ela é linda, ela é gentil, ela tem tudo que uma pessoa poderia querer. Você sabe o quê? Talvez você deve ficar melhor sozinha. Nenhuma pessoa em sã consciência jamais ficaria com você!"

"Jisoo!" Seulgi gritou em choque. A expressão furiosa lentamente se transformou em vazia.

"Lisa, me desculpe. Eu não quis dizer isso." Disse Jisoo.

Só Deus sabia quanto tempo a sala estava cheia de silêncio, até que Lisa lentamente arrastou os pés para fora da sala. Ela literalmente empurrou Seulgi quando tentou impedi-la.

"Que diabos, Jisoo? Isso foi totalmente desnecessário!" Seulgi gritou com a amiga enquanto acariciava a cabeça.

"Eu sinto muito! Droga." Jisoo gritou de volta. Ela foi a pessoa que recebeu toda a culpa.

"Ela disse que queria tentar, Chu. Ela disse que iria trabalhar nisso" Seulgi suspirou, lamentando tudo o que aconteceu.

Lisa queria tentar, mas infelizmente alguém sempre á lembra de que ela talvez não seja capaz.



Jihyo ficou aturdida quando a cirurgiã passou por ela sem dizer nada. Jihyo estava perguntando sobre a rotina deles para visitar Jungkook todos os anos. O rosto de Lisa estava vazio e sem emoção. Lisa era muito sensível sobre o assunto, eles sempre faziam isso da maneira mais gentil para trazer isso à tona, perguntando sutilmente e esperando a resposta dela. E foi exatamente isso que Jihyo fez.

"Ei! Ainda bem que vocês estão aqui!" Jihyo cumprimentou suas amigas. Ela estava com fome e queria roubar comida do departamento de cirurgia. Ela foi direto para a geladeira sem mais delongas.

"Eu acabei de ver Lisa. Perguntei se está tudo bem se formos visitar Jungkook oppa amanhã. Ela parece um fantasma. Você sabe, ela ficou em silêncio e com uma expressão vazia." Disse Jihyo, enquanto abria uma caixa plástica contendo Chicken Katsu, ela colocou um pedaço na boca e mastigou.

"Eu não a vejo assim desde .."

"O que diabos vocês fizeram !?"

"Eu tenho que falar com ela. A culpa é minha", Jisoo se afastou abruptamente de seu lugar.

"Não, Chu. Não." Seulgi disse severamente.

"Se ela fizer algo estúpido, Seul, nunca poderei me perdoar."

Jihyo não tinha idéia do que estava acontecendo. Mas ela sabia que algo realmente ruim aconteceu.

"Não é prudente que ela veja você agora, Jisoo. Ela não vai ouvir o que você diz. Deixa ela se acalmar primeiro, para que possamos conversar com ela." Jihyo disse.

"A culpa é minha, é minha responsabilidade garantir que ela esteja bem."

"Somos todos culpados aqui. Lisa é adulta, ela entende perfeitamente as consequências, se fizer algo tolo."

"Deixe-a por enquanto. Conversamos depois." Seul disse.




A mulher no sofá abaixou o volume da TV quando ouviu a porta da frente se abrir. Ela prendeu a respiração, esperando a pessoa que vinha evitando nas últimas semanas e cumprimentá-la. Lisa não estava em casa na noite passada. Ela provavelmente estava de plantão, ela pensou.

Ela ouviu a porta se fechar. Ela exalou oxigênio dos pulmões. Por alguma vaga razão, ela se sentiu nervosa. Ela se perguntou se a situação as faria voltar ao começo? Ela não podia imaginar o constrangimento. Era insuportável, ou eles seriam como o habitual? Lisa era especialista em ignorar tais circunstâncias.

"Lisa?" Ela chamou.

Sem resposta.

"Lisa!" Ela rapidamente saiu do sofá e correu para a porta da frente. Ela ofegou a visão de Lisa no chão.

"Lisa, você está bem?" Ela se virou para o seu corpo apenas para pegar um cheiro de álcool muito forte.

"Você está bêbada!"

"Não, eu não estou." Ela riu.

"Vamos, levante-se. Vamos limpar você.", Jennie lutou para levantar seu pequeno corpo. Com toda a força que tinha, Jennie a levou para o quarto.

Agora ela não tinha certeza de onde Lisa estava na noite passada ou por que ela bebia tão severamente. Desde que Jennie se mudou, o vinho era a única bebida alcoólica consumida. E ela estava sempre totalmente sóbria.

A advogada colocou o corpo de Lisa em sua cama lentamente. Ela já caiu em um sono profundo. O rosto dela era inocente. Seu peito subia e descia firmemente. Jennie tirou o tênis e as meias com cuidado.

Por mais que ela não quisesse tirar as roupas de Lisa, ela estava mais relutante em deixá-la dormir nesse estado. Ela não iria tirar vantagem ou algo assim de qualquer maneira. Além disso, ela já tinha visto Lisa de short antes. Ela ficaria bem, ela pensou. A temperatura na sala ficou mais quente ao mesmo tempo em que mais e mais as roupas de Lisa saíam.

Jennie sentiu seu rosto ficar vermelho pelo ato. Ela nunca viu o corpo de Lisa tão perto. Sua pele era incrivelmente e lisa, era tentador para ela tocar mais.

"Jennie  você está maluca?"

"Eu consigo me trocar, eu acho, só me ajude à levantar."

Jennie a ajudou e ela foi colcar uma roupa.
Quando ela terminou de se trocar, Lisa estava com um pijama confortável, seu rosto estava completamente vermelho. Ela cobriu o corpo de Lisa com um cobertor grosso e juntou suas roupas sujas na cesta. Ela estava prestes a desligar a lâmpada quando ouviu Lisa falar enquanto dormia.

"Eu tentei, Nini. Me desculpa, eu fui covarde, e eu não queria. Prometi a alguém que séria feliz mas, eu não sei se sou capaz.", ela murmurou.

Jennie não sabia o que sentir ou pensar, que alguém? O que machucou ela? Por que ela se desculpou ? Lentamente, ela conseguiu a pista sobre o que Jisoo disse a ela.

Seu coração afundou quando Lisa continuou dizendo que estava arrependida com uma pronúncia estranha. Ela estava ao lado de sua cama, ajoelhada enquanto acariciava a testa dela.

"Durma, Lisa. Eu estou aqui, vai ficar tudo bem."

"Sim você está, obrigado." Lisa sussurava suavemente.

Jennie desligou a lâmpada principal. Ela deixou a porta um pouca aberta, por precaução. Ela se instalou no sofá com sua mente pensando no motivo de Lisa está assim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...