História Hope Mikaelson - o clichê da minha vida - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Allison Argent, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Freya Mikaelson, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Scott McCall, Stefan Salvatore, Stiles Stilinski
Tags Hope Mikaelson, Klaroline, Stiles Stilinski
Visualizações 60
Palavras 3.677
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiro : boa leitura
Segundo : esse capítulo vai ter continuação
Terceiro : leiam as notas finais e pfvr não me deixem no vácuo
Bjs 😘❤

Capítulo 37 - Aniversário


25 de março - terça feira

~Pv Hope~

TOC TOC TOC - bato na porta dando um passo pra trás até que escuto um: "já vai" abafado do lado de dentro me fazendo sorrir ansiosamente.

- Hope - ele levanta as sobrancelhas surpreso o que me faz explodir

- bom dia - e antes que ele possa responder dou um passo a frente o puxando pela nuca, enquanto colava nossos lábios e em pouco segundos nossas línguas já dançavam uma com a outra

- bom dia - diz soltando o olhar pela boca assim que interrompemos o beijo, colando nossas testas, sorrimos um pro outro - porque veio até aqui ?- pergunta ainda parecendo confuso, envolvo seu pescoço com meus braços

- vamos ao treino - digo como se fosse óbvio

- vamos ao que ?- solto uma risada nasal a sua cara de assustado

- ao treino, na verdade pode voltar ao seu quarto e pegar seu uniforme, vou te esperar no carro - o dou um selinho rápido me afastando, porém assim que o dou as costas ele segura um de meus pulsos

- Hope não estou entendendo e seu ensaio ?- pergunta confuso

- você não faltou do seu treino por mim ? Então essa é minha vez, mas não se preocupe no dia da apresentação chego antes para ensaiar - sorri confiante o que parece o deixar sem escapatória - vamos lá Stilinski quero aproveitar o dia ao seu lado ainda - vejo um lindo sorriso surgir em seus lábios e aproveito essa brecha para voltar a andar em direção ao jipe

.

.

- você arrasou - sorrio o vendo se aproximar e agora entendia a demora, seus cabelos úmidos o entregava

- obrigado mas não acredito em você, é minha namorada claro que iria falar isso - diz deixando sua mochila ao meu lado no banco que estava sentada, logo me levantando fingindo estar indgnada

- assim você me ofende - ele solta uma risada nasal me puxando pela cintura enquanto eu enlaçava seu pescoço - mas sobre isso você está enganado, se estivesse fedendo suor não te abraçaria e muito menos te beijar - digo encarando sua boca e assim que volto para seus olhos vejo que eles encaravam os meus lábios, o que me faz sorrir

- ainda bem que tomei banho - diz sorrindo de lado, solto uma risada nasal

- ainda bem - sorrimos e quando estavamos prestes a nos beijar ele diz :

- só não entendo porque o treinador me fez treinar e ainda ficou pegando no meu pé - diz soltando um suspiro me fazendo voltar ao seus mel

- deveria me agradecer, assim ganha uma moral a mais com sua namorada, não é mesmo senhorita ruivinha ? - a voz conhecida nos faz encarar o treinador que meche as sobrancelhas pra mim, dou uma risada me afastando do moreno que me abraça de lado

- o amo do mesmo jeito, mas adorei o ver jogar, espero vê-lo também no sábado - digo como um aviso ao treinador que ri concordando, olho ao moreno que me olha surpreso e logo sorri abertamente

- mas enfim não queria atrapalhar vocês, só vim te dizer o parabéns Stilinski você estará no jogo sábado e não foi pela ameaça da ruivinha - diz nos fazendo rir, ele nos acompanha

- obrigado treinador, tenha uma boa tarde - diz Stiles assim que acessamos a risada

- boa tarde Stilinski, Forbes e uma boa noite também, usem camisinha- arregalo os olhos com seu último comentário, porém antes que possa protestar ele nos dá as costas

- não ligue pra ele é um idiota - o moreno fica de frente a mim e podia sentir minhas bochechas quentes - mas se você continuar a ficar corada vou ter mesmo que comprar camisinha - novamente arregalo os olhos

- Stiles - o repreendo escutando sua gargalhada como resposta - vamos logo - puxo me afastando dele começando a andar

- to brincando amor - sinto minha nuca arrepiar, ele nunca me chamou de "amor". Respiro fundo me virando pra ele que para de me seguir arregalando levemente os olhos.

- mas eu não, estou com fome - faço biquinho e logo acompanho seu lindo sorriso

- que tal uma pizza ?- pergunta e meus olhos brilham

- no rodízio de pizza ?- ele solta uma risada nasal

- no rodízio de pizza - afirma me fazendo sorrir abertamente e sem pensar puxo seu rosto para o meu, eu realmente precisava de seu beijo

- então vamos - sorrio ofegante assim que nós separamos e ele me intensamente. Antes que outro provável beijo possa começar, entrelaço nossas mãos o puxando para o estacionamento da escola e assim que chegamos entramos no carro. Assim que ele da partida no carro ligo o rádio e como estava no pen-drive, logo entro encontro minha música favorita, Shaw Mendes - why e assim que a música começa a tocar sorrimos um pro outro, não era só minha música favorita, era nossa música.

- vai mesmo visitar seu avô semana que vem ?- pergunto depois de alguns minutos em silêncio

- pretendo, o velho não para de me cobrar isso - o olho surpresa

- nossa que jeito carinhoso pra falar dele - rimos

- mas porque a pergunta ?- questiona fazendo uma curva, respiro fundo

- quantos dias pretende ficar por lá ?- sinto seu olhar sobre mim, o que me faz jogar o rosto em sua direção - o que foi ?- pergunto me fazendo de desentendida, ele solta uma risada nasal voltando a direção

- no mínimo dois - mordo o lábio inferior - agora é sua vez de responder ou tem mais alguma pergunta ?- volta a me encarar com um sorriso de lado

- tenho, uma bem fácil - digo abaixando o olhar, antes vejo ele voltar a direção - eu meio que poderia ir com você ?- pergunto e nesse momento o carro para, vejo que estávamos na frente do rodízio

- você o que Hope ?- vejo seu olhar assustada

- ir com você Stiles, não é tão difícil assim - digo

- é sim Hope, seu pai e sua mãe nunca deixaria e sinceramente ? Duvido que vai gostar, a casa do meu vô parece filme de terror - diz como se fosse óbvio me fazendo franzir as sobrancelhas

- meus pais sinceramente são os menores problema, confiam em mim. E seu avô, o que tem de mais ? Gosto de filmes de terror - digo meio rindo, porém ele parecia bem sério

- a algum motivo especial de você querer vir ?- volto a franzir as sobrancelhas

- o que ? Não - ele continua a me olhar sério - mas e você ? Algum motivo especial para não querer que eu vou ?- pergunto o fazendo arregalar os olhos

- não, eu amaria que você viesse comigo, na verdade gostaria de irmos pra outro lugar só a gente, só que achei estranho, você tá estranha quando fala desse assunto - diz como se fosse obvio me fazendo abaixar o olhar envergonhada, eu gostaria mesmo de fazer uma viagem só com ele, porém realmente tinha algo a mais

- eu tô com ciúmes okay - volto o encarar vendo suas sobrancelhas franzirem

- ciúmes ?- respiro fundo

- sim. Sabe na última noite aqui seu avô te levou praticamente em um bordel, imagina agora que vai estar só vocês dois - digo como se fosse óbvio e logo sinto minhas bochechas corarem quando ele sorri abertamente

- então você está com ciúmes ? Por causa disso ?- sua voz sai em tom de risada me fazendo queimar de vergonha

- vamos logo comer - digo tirando meu cinto e quando estava prestes a abrir a porta ele segura meu pulso

- espere - me deixo ser trazida pra perto de si encarando sua feição amorosa - eu gostaria mesmo que fosse comigo, afinal se meu avô voltar a ser o velho das sobrancelhas vou minha esperança por perto - o olho surpresa e no final, não consigo conter-me de sorrir abertamente

- eu te amo - sussurro

- eu também te amo minha ciumenta - sorrimos um pro outro - agora por favor deixe-me pagar uma refeição de princesa pra você - diz logo depois de me alcançar um selinho, gargalho com seu comentário

- eu tenho dinheiro, vamos dividir a conta - ele entreabre os lábios - sem mas - digo abrindo a porta do carro saindo pelo mesmo

- okay, que namorada brava - diz me encontrando na calçada, solto uma risada nasal e assim que entrelaçamos nossas mãos começamos a caminhar em direção ao rodízio...

- então, como que tá a relação do seu pai e sua mãe ?- pergunta assim que o garçom deixa a mesa pela quinta vez

- bom ainda não conversamos sobre isso, mas desconfio que algo aconteceu entre eles antes de eu ter aquela conversa com ela - digo me lembrando do comportamento explosivo de alegria da loira no domingo

- isso é ruim ?- pergunta e vejo seu olhar recioso

- como eu disse Stiles eu admiti pra mim mesma o que eu sempre quis, quero minha família de volta. Então isso passa longe de ser ruim, na verdade queria mesmo é que nós três voltavamos ao normal sabe ? - pergunto logo dando uma mordida na suculenta fatia de pizza de chocolate que já estava na metade

- e porque vocês não conversam ?- pergunta fazendo o mesmo

- eu estava pensando nisso, só sei lá, seria esquisito eu chegar no jantar com os dois e dizer : de agora em diante voltamos a ser uma família okay ? - digo fingindo uma mini encenação o fazendo rir pelas narinas

- não é tão estranho assim - suspiro tomando um gole de meu refrigerante

- eu só queria que fosse natural sabe ? Porque mesmo que seja estranho a pressão vai ser menor. Imagina, assim eu já vou estar todo momento ansiosa sem saber o que dizer ou o que fazer, aí se eu já chegar falando que de agora em diante temos a obrigação de voltar a ser uma família, nenhum de nós iremos reagir naturalmente nem com a respiração do outro - digo dando uma última mordida, até que um pouco desanimada

- iria parecer um casamento arranjado - diz antes de tomar um gole de seu refrigerante

- exatamente - digo voltando a encara-lo com um sorriso frouxo

- mas bem um primeiro encontro também é assim, temos a obrigação de sermos perfeitos - diz parecendo pensar alto

- tá mas o que isso tem haver ?- questiono recebendo seu olhar longe como resposta e quando estava prestes a voltar a questiona-lo, ele parece se despertar

- você e seus pais deveriam ter um primeiro encontro - franzo as sobrancelhas

- um primeiro encontro ?

- sim um primeiro encontro - diz como se fosse óbvio e em poucos segundos não aguento a risada

- Stiles isso é estranho - digo rindo o vendo revirar os olhos

- você entendeu errado, na verdade nem tanto, realmente vocês deveriam ter um primeiro encontro, sabe antes de tudo isso vocês saiam, não saiam ? - pergunta atraindo minha atenção

- em família ? Sim, adorávamos fazer isso - digo dando um sorriso triste

- e teria coragem de planejar um passeio entre vocês ?- questiona parecendo empolgado

- seria estranho - digo com receio e logo arregalo os olhos quando ele estrala os dedos

- como um primeiro encontro - o olho assustado, porém me permito sorrir abertamente

- sim como um primeiro encontro - ele sorri encostando as costas na cadeira como se relaxa-se

- isso deixa as coisas pior ainda se for pra parar pra pensar - digo deixando o prato de lado soltando um suspiro, ele segura minha mão encima da mesa e logo sorrimos um pro outro - se eu pelo menos tivesse você lá comigo - digo manhosa jogando o rosto para cima do ombro

- e se eu estivesse ?- questiona me fazendo franzir as sobrancelhas

- como assim ? - ele se inclina pra frente voltando a segurar uma de minhas mãos

- porque não chama seu pai e sua mãe para sairmos amanhã ? Podemos ir em um restaurante - diz e o podia jurar que eu estava delirando se aquilo não fosse tão real

- pode ser, quer dizer...não quero pensar nisso agora - digo um pouco tonta o vendo sorrir abertamente

- nem eu, quero só pensar em como será quando eu ganhar de você no fliperama - franzo as sobrancelhas

- vamos ver então quando você implorar para mim parar - digo e logo rimos

- a conta por favor - pede para um dos vários garçons que passava por ali, o mesmo logo concorda e voltamos a nos encarar sorrindo.

.

.

- não, não, não...DROGA - dou um pulo junto com um gritinho enquanto o moreno xingava

- ganhei...de novo - ele me encara emburrado o que me faz rir me jogando em seus braços - não se preocupe amor, um dia você ganha de mim - digo manhosa envolvendo seu pescoço o vendo sorrir de lado

- só quando eu melhorar em todos os jogos da loja, não acredito que você ganhou de mim em todos eles- diz fingindo desânimo o que me faz rir

- não se preocupe, eu sei que você me deixou ganhar - ele sorri abertamente

- talvez - encaro seus lábios

- é talvez - digo logo sentindo seus lábios contra os meus me obrigando a esquecer de tudo em minha volta, quase tudo....

Trimmmmmm Trimmmmmm - o maltida toque de telefone soava cada vez mais alto o que nos faz separar o beijo

- vou buscar pipoca pra gente - diz colando nossas testas, sorrio boba

- vou atender o telefone - ele ri pelas narinas me dando um selinho rápido logo me dando as costas, suspiro o vendo se afastar logo alcançando o celular em meu bolso, era Allison

"Ligação

- me dê um bom motivo por ter atrapalhado meu beijo - digo assim que atendo a ligação

- então vocês nem estão a caminho ? Estamos todo mundo aqui esperando - exclama sem paciência me fazendo franzir as sobrancelhas

- o que ? Porque ?- pergunto confusa

- espera, o senhor Stilinski não te avisou ?- ela parecia ainda mais confusa do que eu

- avisou o que ?

- da festa surpresa do Stiles, marcamos para todo mundo estar aqui as 19:00 e vocês chegar às 19:30 - arregalo os olhos encarando o moreno que pagava um médio pote de pipoca

- espera hoje é o aniversário do Stiles ?- pergunto assustada

- ah droga eu pensei que você sabia..enfim venham logo, mas não conta pro Stiles da festa. Não demorem !

- Allison espera, eu...- e antes que consiga completar a linha fica muda, afasto o aparelho olhando o mesmo"

- Hey está tudo bem ?- arregalo os olhos encarando o moreno em minha frente

- sim, quer dizer...- quando estava prestes a questiona-lo lembro do pedido de Allison - era só minha mãe, me pediu pra voltar pra casa, já está ficando tarde - minto o fazendo franzir as sobrancelhas olhando o relógio do celular

- verdade já são 19:40, vamos te levo rapidinho - diz me fazendo forçar um sorriso logo recebendo um selinho carinhoso de sua parte - pipoca ?- direciona o pacote de pipoca até mim

- não obrigada, mas seguro pra você - ele sorri e depois de me entregar a pipoca sai me puxando em direção o carro

- está tudo bem mesmo ? Ficou calada de repente - diz assim que entramos no carro, me desperto pondo o cinto de segurança

- nada não - forço outro sorriso o vendo me olhar desconfiado, logo tenho uma idéia - apenas que tenho a impressão de que esqueci de algo, na verdade você não tem nada pra me contar ?- vejo seus olhos arregalarem

- eu ? Por que ?- pergunta assustado e entrando na situação dou de ombros, fingindo não saber

- nada só tive a impressão - digo dando um mini sorriso enquanto o fuzilava com o olhar, não acredito que ele está mentindo pra mim

- bom vamos indo já que é assim - diz com pressa.

- Stiles não vá direto pra minha casa - digo assim que saímos da rua do centro da cidade

- ué, porque?- questiona atraindo meu olhar

- quero ver seu pai tô com saudades - ele engole seco ainda focado na direção - algum problema de eu passar lá ?- pergunto fingindo inocência

- Claro que não amor - sorri desesperado

- ótimo - sorrio abertamente logo voltando a janela, aquilo seria seu castigo por não me contar algo tão importante como seu aniversário.

Havia passado o caminho inteiro tento achar uma resposta para o porquê dele me esconder que hoje era seu aniversário, afinal tinha sido um dia tão maravilhoso, até parecíamos casados no rodízio e na loja de jogos senti algo que nesses dias eu havia deixado um pouco de lado pela tensão do nosso namoro ser recente. Eu senti a sensação de não só ter Stiles como namorado, mas sim como um amigo, meu melhor amigo. Sorrio boba com minhas lembranças e só percebo quando havíamos chegado quando escuto a porta bater, me fazendo olhar pro lado não vendo mais Stiles ali só meu lado.

- hey - arregalo os olhos quando ele aparece na janela - você está mesmo distraída - sorri parecendo um pouco culpado, provavelmente já havia entendido o que estava acontecendo

- talvez, tô pensando em uma coisa que sinceramente ? Não esperava - dou uma indireta que parece afeta-lo, já que ele sorri frouxo concordando logo abrindo a porta do carro me oferecendo ajuda

- prometo que vou te explicar tudo mais tarde - diz no meu ouvido assim que fico do seu lado, o olho e concordo enlaçando sua mão, assim que liga o alarme do carro começamos a andar

- bom..acho que o aniversariante que deve abrir a porta - digo assim que paramos na porta da residência, ele solta uma risada nasal

- já não é tão surpresa assim - sussurra me fazendo sorrir desviando o olhar pra porta, podia se dizer que eu estava mais ansiosa que ele

- FELIZ ANIVERSÁRIO STILES - o unido de voz soa assim que a porta é aberta arrancando o ar de meus pulmões

- pessoal que susto - Stiles exclama me fazendo o olhar confusa e em uma disfarçada piscada entendo que aquilo era só pra agrada-los, já que visivelmente eles fizeram aquilo para ter a mesma reação dele

- feliz aniversário filhão - e apenas dou alguns passos pra trás soltando a mão do moreno que é enlaçado por um enorme abraço do pai

- obrigado pai - o escuto sussurrar o que me faz sorrir abertamente, logo sinto uma mão em meu ombro, olho ao lado vendo Allison

- hey não sabia mesmo de nada ?- pergunta me fazendo suspirar

- acho que fiquei mais surpresa que ele - rimos juntas e posso ver que agora Stiles recebia um abraço de Scott e podia ver que senhor Stilinski segurava uma grande caixa ansioso

- espere antes do presente também quero dar um abraço no aniversariante - uma mulher castanha se aproxima e logo chego a conclusão que fosse Ellen - então essa é a namorada ? Seu pai tem razão vocês formam um casal bonito - diz assim que solta o moreno que recebe um abraço de Allison

- meu nome é Hope, prazer - estico a mão em sua direção

- o meu é Ellen, muito prazer - diz me fazendo arregalar os olhos assim que recebo um abraço caloroso de sua parte

- já que todos abraçaram meu garoto que tal ele me dar uma ajudinha aqui - senhor Stilinski soa atraindo atenção do moreno que vai em sua direção tirando a caixa média da mão do mesmo

- pai esse tênis ? Muito obrigado - sorrio vendo-o agarrar o pai em um abraço

- bom o meu presente é praticamente uma promessa, então toma - Scott saca uma bola de futebol em sua direção, provavelmente tinha algum autógrafo de algum jogar famoso pelo brilho de seus olhos

- eu comprei meias - assim exclama atraindo atenção de todos, que a olhavam tipo : fala sério né ?!

- ah, valeu Allison - diz Stiles sem graça

- não me olhem assim, não é qualquer tipo de meias okay ? São lindas e adivinha ? É para casal, pode olhar - diz entregando a sacola pro moreno que como todos parecia confuso, logo levanto as sobrancelhas quando ele ergue dois par de meias de vídeo game, um dos pares era maior e tinha "H" de homem e a outra "M" de mulher

- gostou ?- ele atrai meu olhar e não consigo conter um grande sorriso

- adorei - ele corresponde o sorriso

- bom já que todos deram o presente, já que o da ruivinha já até posso imaginar - sinto minhas bochechas corarem com as palavras instantâneas e felizes de Ella - vamos para meu presente, que é o mais importante. O bolo de aniversário ! E espero que goste de brigadeiro Stiles - assim que anuncia Scott, Allison e senhor Stilinski comemoram indo atrás dela na cozinha deixando eu e o moreno sozinhos

- viu o que você fez ? Fui a única a não te dar um presente - digo assim que ele se levanta vindo em minha direção

- não se preocupe você é meu melhor presente que poderia ganhar - diz adentrando com suas mãos em minha nuca me fazendo arrepiar, respiro fundo segurando suavemente seus pulsos

- não se preocupe você senhor Stilinski, já pensei em um presente - sussurro olhando ao seus olhos que me encaravam intensamente

- Hope..

- vamos, isso pode demorar - digo me desviando de suas mãos puxando as mesmas o guiando até a cozinha, sorrio assim que entro na mesma. O bolo estava mesmo maravilhoso....


Notas Finais


Pessoal é o seguinte, no próximo capítulo vai ter partes "quentes" de Hope e Stiles, quer dizer depende de vcs. Se quiserem que eu descreva os detalhes ou não, assim só vou pular as partes "quentes" para as carinhosas. Bjs e obrigada 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...