História Horizontes - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 002


Fanfic / Fanfiction Horizontes - Capítulo 2 - 002

Os dias se passavam lentamente  e de noite eu mal conseguia dormir meus pensamentos  sempre iam parar nela, ficava horas pensando como teria sido se tivesse esquecido essa vingança  e ficado junto a ela durante a gravidez, estava sentado com os braços sobre meu joelho e minha cabeça apoiadas em minhas mãos,  o quarto estava em total silêncio mais uma voz me fez virar a cabeça em direção aquela cama hospitalar 


MIKA = oque está fazendo  aqui ?-- perginta em um tom surpreso 


Suga= vim por que a filha de lia nasceu a 3 dias mais ai fiquei sabendo que você  estava aqui e quis ficar aqui com você-- falo me levantando e me aproximando dela 


SUGA = como esta ?-- pergunto mexendo em seus cabelos 


MIKA = pessima, mais vou ficar bem quando ver meu filho -- fala olhando o quarto todo e vendo os bercinhos perto do pequeno sofa 


YMIKA = por que tem dois bercinhos aqui?


Suga = por que tivemos gemeos, o médico disse qie você não sabia ainda ja qie nas ultrassonografias so dava para ver um bebê e na hora do parto voce desmaiou depois que o primeira  bebê nesceu 


MIKA = tiveram que tirar o outro por cesariana ?


SUGA = não o outro saiu atrás do outro entao nao precisou te cortarem 


MIKA = me dá eles -- falo encarando  os bebês 






Depois que mika foi examinada  tive que ir ver lia em nosso casa e quando voltei fiquei sabendo que ela havia recebido alto e ido para a casa como sabia que ela havia se mudado  fui até a recepção e subornei a atendente para que ela me da-se o endereço e depois fui para casa onde peguei roubas e parti para o endereço da ruiva,  quando cheguei la vi que era uma casa bonita de tamanho médio e dois andarem, toquei a campainha e a porta fui aberta revelando uma mika com uma cara de dor olhos vermelhos  indicando que ela estava chorando 


MIKA = você  de novo -- fala irtitada 


SUGA = porque algum problema  de eu vir aqui -- falo entrando e me sentando, ao lado dos carrinhos 


MIKA = aqui não  é sua casa para você  entrar ser pedir licença  e ir sentando 


Suga= olha eu nao quero brigar ok, so vim aqui ver nossos pequenos 


MIKA = meus pequenos 


Suga= olha só senta aqui e vamos assistir algo 


Sem falar nada ela se senta se embalando  em uma manta logo depois fato que eu estranhei então toquei  sua testa, me assustando já que ela estava com muita febre, me levantei rapidamente  fui até a cozinha fiz miojo pois sabia que ela odiava sopas peguei remédios e levei até a sala pois sala depois dei o miojo em sua boca deposi fiz ela tomar o remedio logo depois ela acabou dormindo 


Suga= ei peuqena vamos para o quarto -- falo baixo a caordando 


MIKA = ainda esta aqui ?-- pergunta sussurrando 


SUGA = ja dei banho e mamadeira para eles que estão dormindo agora 


Ajudo ela levantar e subir as escadas também a ajudei a tomar banho depois ela se arrumou para dormir enquanto fui me banhar, quando saí do banheiro vesti uma box e uma calça moleton me deitei ao lado dela que estava com os olhos fechados mais assim que percebeu minha presença  abriu os olhos e perguntou 


MIKA = porque veio para ca ?


SUGA = por que não quero mais ficar longe  de vocês minha familia 


MIKA = não somos sua familia 


SUGA = pode falar oque quiser mas vocês vão  continuar sendo minha família 


MIKA = ok pode fique mas não  fique falando essas bobagens 


SUGA = por isso é  uma bobagem?-- falo irritado 


MIKA = por que não significamos nada para você, e também já aceitei que você nunca me amou eu foi apenas a sua vingança 


SUGA = ei não fale assim, confesso  que você foi minha vingança mais você  não pode falar se eu te amava ou não-- falo a virando  de frente para mim 


Suga= você  querendo ou não é a mãe  dos meus filhos e minha familia 


Depois de dizer isso selei nosso labios




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...