História Horror History - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Sobrenatural, Suspense, Terror, Terror Psicológico
Visualizações 1
Palavras 494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 1 - Tranças


Fanfic / Fanfiction Horror History - Capítulo 1 - Tranças

Trabalho como babá na cidadezinha onde moro. Geralmente, cuido de crianças quando seus pais querem passar um tempo juntos. Ontem à noite, fui até a casa de uma família, que de tanto recorrer aos meus serviços, já confiam em mim como se fizesse parte da mesma. Cuidei a pequena Lara. Uma menina que, desde a primeira vez que à cuidei, simpatiza muito comigo. Ela é extremamente brincalhona, divertida, e ama joguinhos de imitação. 
Mas, na noite de ontem, ocorreu algo fora do comum.

Estava na cozinha, fazendo o jantar, e me distraindo com o som da televisão, que estava ligada em algum canal aleatório. Lara estava na sala, brincando com sua boneca nova, onde eu pudesse vê-la. Trivial. Lara nunca deu muito trabalho para mim, era uma menina que se distraia com qualquer coisa que a despertasse interesse. 

O jantar estava quase pronto, estava apenas esperando o arroz secar para colocar tudo na mesa e chamar a Lara. Mas, algo chamou a minha atenção. A televisão havia se desligado, e o silêncio tomara conta da casa. 

-Lara? - chamei e não obtive resposta.

-Lara? - insisti.

-Oi tia. - Ela gritou, em resposta.

-Foi você quem desligou a televisão?

-Foi sim. 

-Ah okay. Venha jantar, e pode trazer a sua boneca, tem um lugar para ela também.- Disse, tentando descontrair.

-Posso jantar depois? Estou ocupada.

-Está certo... Dez minutinhos. Tudo bem?

-Sim.

Aproveitei o tempo que Lara me deu para lavar a louça e limpar a pia. A cozinha já estava limpa quando eu percebi que já haviam se passado quinze minutos. Então, fui chamá-la. Sequei minhas mãos no pano de prato, e fui até a sala.

Me deparei com uma cena um tanto engraçada.

Lara estava sentada na escada, com a boneca do seu lado, fazendo caretas e rindo para a porta de vidro. Parecia estar se divertindo e concentrada. 

-Lara, vamos jantar? Já passaram quinze minutos.

-Posso ficar mais um pouco? Estou brincando.

-Brincando de que?

-De imitar.

-Mas não tem ninguém aqui pra você imitar, amor.

-Tem sim, a senhora de trança, ali fora.

Olhei para a porta, e tudo o que vi foi o jardim mal cuidado. Nada de senhora de tranças.

-Não vejo ninguém ali.

-Preste atenção. Ela tem tranças longas. Muito longas. Também são loiras. Lembram uma corda. 

Olhei novamente e nada vi.

-Bem, termine o jogo rapidinho e venha.

Fiquei ali, parada próxima a ela, observando-a "jogar".

Primeiro, ela abriu um grande sorriso, depois, começou a mexer os braços. Fez várias caretas e gestos, como se estivesse realmente imitando alguém.

Logo depois ela parou, olhou fixamente para o chão e prendeu a respiração, inflando as bochechas. Começou a ficar roxa.

-Pare com isso Lara, vai acabar se machucando.

-Não estou conseguindo imitar direito.

-Imitar o que?

-A senhora de tranças longas às enrolou ao redor do pescoço e fez essa cara engraçada que eu tentei fazer. Mas não consigo ficar tão roxa quanto, e não tenho tranças.


Notas Finais


Bem, é isto. (Já tenho as histórias escritas, mas irei postá-las de acordo com o engajamento).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...