História Horses, adventure and a lot of confusion - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Assassinato, Cavalos, Histórias Originais, Romance
Visualizações 10
Palavras 508
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Literatura Feminina, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie! Bem, agora eu estou de férias então poderei escrever mais!! Ehhhhhhhh!

Aproveitem o capítulo!!!

Capítulo 3 - Risos


- Onde você estava Melissa? – Perguntou Brianna.  

            - Estava na floresta e acabei cochilando. Assim que acordei vim correndo para cá. Perdão irmãs, não vai se repetir! – disse a loira fazendo um gesto de promessa com os dedos.

            - Ok, ok. Bem, vamos comer! – chamou Kelly.

Todos nos sentamos e ficamos de boca aberta. Havia frango assado, purê de batatas, arroz, um molho que parecia estar simplesmente delicioso e um suco que parecia ser de maçã.

            - Uau, foi você que fez tudo isso Kelly? – perguntou Scott admirado.

            - Ah não, se fosse eu que tivesse feito a cozinha estaria em chamas! – disse ela rindo – O crédito pela comida vai para a Briella – disse ela e a ruiva apenas forçou um sorriso de leve.

            - Bem, sem mais enrolações, podem atacar! – disse Scarlett.

 

POV BETTY

Depois de todos se empanturrarem com toda aquela comida deliciosa, fomos para a sala de estar e ficamos conversando. Pude perceber que as únicas irmãs que eram bem tagarelas eram Scarlett e Melissa, as outras já eram um pouco mais antissociais, mas não eram mal-educadas. Sempre que nos dirigíamos a elas as mesmas nos respondiam, exceto Briella, que ao que parece não queria abrir a boca e falava apenas para não receber olhares de reprovação das irmãs.

Assim que o velho relógio de madeira deu suas doze badaladas Brianna disse que iria dormir e foi para seu quarto e apenas depois de cinco minutos todos decidimos ir também.

Eu, Clair e Sarah fomos para o nosso quarto, colocamos nossos pijamas e então fomos dormir, afinal, as Adams disseram que amanhã será um dia cheio.

 

POV BRIANNA

 Assim que chego em meu quarto trato logo de trancar bem a porta e pego um travesseiro. Rapidamente coloco ele em minha cara para abafar minhas gargalhadas. Só consegui parar de rir quando a falta de ar chegou e fui obrigada a tirar o travesseiro, mas a graça já havia acabado.

Por que estou rindo? Bem, de repente imaginei um raio atingindo a casa e ela pegando fogo com todos aqui. Não que eu deseje isso, de forma alguma. Mas esse tipo de pensamento me causa risos instantâneos. Claro que ninguém sabe sobre isso e nunca saberá, sinto que puxei isso do meu pai, o famoso serial killer conhecido como Corrente. O porquê desse nome eu não sei, mas algumas pessoas dizem que é porque ele fazia com que o último som que a vítima ouvisse fosse o som de suas correntes se afastando delas.

Tenho medo de que me internem em um hospício se descobrirem. Minhas irmãs iriam tentar me ajudar, mas creio que elas não conseguiriam impedir que os médicos me levassem. Me pergunto se alguma delas também tem esse problema, mas sei que mesmo que elas tivessem assim como eu não iriam dizer nada.

Caminho até minha escrivaninha e pego meu livro “O Senhor dos Ladrões” e me deito em minha cama. Minha ansiedade atacou novamente então nada melhor do que se aproveitar da insônia para virar a noite lendo, não é mesmo?

 

 

 

Continua...


Notas Finais


Obrigada por ter lido! @ButterDinks não sei se era bem assim que você estava imaginando a Brianna, mas dei o meu melhor ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...