História Hospice - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 85
Palavras 1.658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tenho nada a dizer nn kkkkkkkkkkk

Espero que gostem ❤

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction Hospice - Capítulo 8 - Capítulo 8

— Não quero você perto dele! Promete?—  Ele perguntou e eu sorri fraco.

— Por que?

— Porque se ele te machucar eu o mato! — Eu sorri e o abraço.

— Ta bom Shawn, vou ficar longe dele. —  Eu fiz essa promessa já sabendo que não ia cumprir, eu precisava saber o porque ele sabia tanto da minha vida e como. Não entendi porque ele bateu no Shawn mas isso não vai se repetir, não comigo por perto.

Me despedi do Shawn de uma vez e volto para a festa onde todos estavam comendo, olhei pros lados e não avistei o Dylan, os seguranças devem ter tirado ele da festa. Vou beber água no bebedouro perto do banheiro e Jack G olha para mim de cima a baixo ao sair, encostando na parede me olhando, termino de beber e o olho cruzando os braços sob o peito:

— O que foi garoto? — Eu perguntei e ele sorriu, caralho, sorriso lindo da porra.

— Você parece ser legal. — Ele deu de ombros e bebeu um pouco de água, deu uma mordida nos lábios inferiores tirando uma pelinha e eu arrepiei todinha — Então você é a Holland Roden?

— Sim. E você é o Gilinsky, certo? — Eu sorri também e ele assentiu com a cabeça.

— O O'brien teve uma briga feia com o seu amigo heim? — Ele perguntou e eu revirei os olhos dando de ombros.

— Não entendi nada do porque... Mas sim. Ele começou a provocar o Shawn do nada.

— Shawn? Shawn Mendes?

— Sim, conhece ele? — Ele suspirou e chegou mais perto de mim, pude sentir sua respiração na minha testa, isso que dá ser baixinha.

— Conheço mais ou menos, mas o Dylan já teve algo com uma Aaliyah Mendes, irmã do Shawn imagino. — Engoli seco.

— É por isso que ele sabia o nome dela. Aaliyah é a minha melhor amiga, acha que eles tiveram um rolo?

— Se eu acho? Tenho certeza!

— E como Shawn não se lembraria dele?

— Há uns dois anos Aaliyah sofreu um acidente de carro e tava namorando, sabe disso né? — Eu assenti e ele continuou — Então, ninguém sabia quem era o namorado dela, mas depois o Shawn descobriu que era o Dylan e ficou revoltado, achando que ele era o culpado do acidente porque ele era suspeito de assassinato, ele fez o O'brien parar de falar com ela mas Shawn nunca nem tinha o visto, só uma vez... Tem certeza de que ele não o reconheceu depois?

— Na verdade, depois da briga ele veio falar para eu nunca mais falar com o O'brien, ele deve ter se tocado.

— O Dylan amava a Aaliyah, ele faria de tudo por ela, até parou de ser traficante de drogas porque ela pediu. E quando Shawn o afastou dela e ela dele, ele nunca mais foi o mesmo, sabe? Nem mesmo comigo, ele fala raramente com os amigos dele.

— Comigo ele falou até que muito, o bastante para me irritar.

— É... Achei até estranho, ahh mas continuando, ai a Aaliyah começou a namorar um amigo do Shawn e quando eles terminaram Dylan veio falar que ela tinha uma melhor amiga, você.

— Não sei o que eu tenho haver nessa história, mas ta. — Dou de ombros e ele arqueia uma sobrancelha e depois revira os olhos:

— O que Dylan falou pro Shawn? — Ele pergunta se aproximando mais de mim, e eu admito, queria beijar ele até não aguentar mais.

— Ele... Ele... — Jack sorri maliciosamente ao perceber que eu estava concentrada na sua boca e eu tento me recuperar — Disse que era meu namorado e bla bla bla, e deixou Shawn com raiva.

— Ele deve ter percebido que o Mendes gosta de você e resolveu provoca-lo. — Ele se aproxima mais e agora era ele quem não sabia se olhava nos meus olhos ou na minha boca.

— É, talvez. — Ele aproximava a boca mas alguém aparece e eu me afasto.

— É sério que vão se pegar aqui? — Dylan encosta na parede sorrindo para o Gilinsky que revira os olhos sorrindo também, olho pro outro lado e vejo que Mad também estava ali, mas em vez dela usar o banheiro ela vai embora.

— Acho que você não sabia que sua nova amiguinha gosta do Jack ai. — Eu reviro os olhos com o comentário do O'brien e vou indo procurar a Mad quando o Gilinsky pega na minha mão e depois na minha cintura para perto dele.

— Me deixou na vontade e agora vai sair assim? — Ele olhava para minha boca enquanto falava e eu sorri:

— Depois termino com você... Antes preciso saber uma coisa. — Ele dá uma mordida nos lábios inferiores e eu me solto do mesmo indo para o meu quarto, e Mad tirava a maquiagem.

— Achei que você estava aos pegas com o Gilinsky. — Ela diz e eu reviro os olhos sentando na cama.

— E eu estava... — Sorri boba e ela olha para mim e depois revira os olhos — Quer dizer... Você gosta dele não é? — Ela dá de ombros e eu bufo.

— É, eu gosto dele. — Ela se joga do meu lado — Você quase conseguiu pegar ele com cinco minutos de conversa, eu estou tentando há mais de 3 anos e nada. Eu estudava com ele antes de vim para cá, ele veio comigo e achei que iria rolar algo, ficamos "melhores amigos", pelo menos da parte dele e quando falei que achava que estava gostando dele, ficou estranho do nada, e parou de falar comigo.

— Desculpa... Eu não sabia.

— Tudo bem, tem muita coisa que você tem que saber e se ele quiser ficar contigo... vai em frente.

— Você disse que tem dois Jack's não é? Então eu fico com o outro e pronto ué. — Ri e ela também, olhamos para a porta e ela se abriu.

— Desculpa incomodar... Acho que entrei no quarto errado. — A garota era loira dos olhos claros e usava um coque e uma maquiagem clara porém muito bonita.

— Você é a Frampton? — Mad pergunta e ela assentiu sorrindo — Então vai ter que dividir o quarto conosco, eu sou Madelaine e ela é a Holland. Mad e Holl se você quiser. — Mad coloca as malas da loira na terceira cama do lado da minha.

— Sou Mia Rose, mas podem me chamar de Mia. — Eu sorrio para ela e ela sorri de volta. Olho para a porta e vejo Shawn, pera, Shawn?

— Meu Deus Mendes, já sentiu saudade? — Eu perguntei mas ele nem me olhava, estava olhando para alguma direção e era... A loira. Confesso que me senti incomodada com isso.

— Oi Shawn. — Ela sorri fraco e ele continua sério, trincando o maxilar com raiva, eles se conheciam?

— Vocês se conhecem? — Shawn me puxa para uma sala de limpeza e tranca a porta — Tudo bom contigo meu anjo?

— Ela é a Mia Rose Frampton, minha ex, a garota que estragou meu coração antes de você chegar e destrui-lo mais ainda... Quer dizer, sem ofenças. — Eu revirei os olhos e cruzei o braço olhando para a vassoura, só para não olhar para ele mesmo.

— Está com ciúmes? — Ele sorri e eu reviro os olhos negando com a cabeça — Aham, e essa cara ai? É sua mesmo? Não precisa se sentir assim só porque não gosta de mim do mesmo jeito...

— Fala logo o porque você voltou, num era para tu ta num jantar importante com a Aaliyah?

— Sim, mas eu queria chamar você para ir comigo. — Ele sorriu animado.

— Shawn... Você sabe que eu não posso sair daqui...

— O diretor deixou! — Ele chega mais perto de mim deixando nossos corpos colados. — Ele deixou... — Ele repetiu mais uma vez esperando uma resposta:

— Por que não chama a Mia?

— A Mia Holland? A Mia? — Ele revira os olhos e se afasta e eu dou de ombros.

— Eu não sei se o que ela fez foi ruim, você nunca me contou! — Dou de ombros novamente e ele bufa.

— Você não vai querer me chantagear e mexer com meu psicológico agora vai? — Eu sorrio e sento no seu colo. — Holland! — Ele meio que geme e eu rio daquilo. — Você é muito filha da...

— Por que? O que eu fiz? — Sussurrei no ouvido dele e vi que o mesmo se arrepiou, ele me tirou do colo dele e se ajeitou, tentando recuperar a respiração que já tinha sido perdida, é legal se aproveitar disso nele, e ele não vai se iludir, por incrível que pareça ele sabe o que eu sinto ( que nem eu mesma sei ) e não me culpa por isso.

— Como que eu vou te esquecer com você fazendo isso senhorita Roden? — Dou de ombros e vejo que a calça dele ja está marcada.

— Você precisa urgentemente de uma garota! — Eu ri e ele riu constrangido.

— Vai comigo então?

— Tá bom, eu vou. — Sorri e saímos dali voltando pro quarto, ele e a Mia se entreolhavam, ela triste, e ele morrendo de raiva.

— Mia... O Shawn me convidou para uma festa e tenho certeza que ele gostaria que você fosse também, ele vai ficar falando de negócios e eu preciso de uma companhia para não ficar entediada naquele lugar. —Shawn olhou para mim quase me matando e eu provavelmente estava fazendo a coisa mais estúpida que já fiz em toda a minha vida, empurrar alguém que me ama para outra pessoa, estúpida para mim na verdade, porque para ele... To tentando dar felicidade, uma felicidade que seja o suficiente, agora a loira tinha que colaborar e aceitar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comente e deixe seu voto ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...