História Hospício - Capítulo 10


Escrita por: ~, ~BoiZinho1227 e ~ZeMat21

Visualizações 53
Palavras 1.260
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ZeMat- CADÊ MEU SALTO 15?
BoiZinho- EU SOU UM BOSTA.
ilustra-ale- EU SOU UMA NAJA.
Música do capítulo--- https://youtu.be/l9PxOanFjxQ

Capítulo 10 - O livro das macumbas



Se passou uma semana desde o beijo do Deiv e da Bad e desde o meu pequeno "encontro" com o Henri, se é que eu posso falar assim. Hoje é mais um dia na escola, é terça-feira, eu gosto das terças. Faltava pouco pra acabar a aula e eu finalmente poder ir pra casa, nessa semana que passou algumas coisas mudaram, o Deiv cortou o cabelo e a Bad mudou a camisa ela continua sendo preta mas o que tinha escrito nela mudou, agora tem um "FODA-SE" bem grande escrito.

 Finalmente o sinal toca e posso sair daquele inferno. Quando eu estava saindo da sala o Heitor saiu nas presas e deixou um livro cair, peguei o livro pra devolve-ló amanhã. O livro era em um tom negro tão forte, a capa era de couro e tinha algo escrito em latim nela, era "spellbook" ou traduzido "Livro de feitiços" eu sei um pouco de latim então, ele não é tão difícil de entender o que tem nele. 

 Mat- Que porra é essa?- Pergunta.  

Caio- Não tá vendo idiota? É um livro de feitiços.- Diz ele. 

 Bad- Tá escrito em latim essa porra.- Enfatiza ela.

 Will- E o que tem?- Pergunta ele. 

Bad- Latim também é a língua de invocar demônios. Podemos invocar satã com ele?- Pergunta ela com os olhos brilhando.

 Caio- Ninguém vai invocar satã. Tá louca garota?!- Pergunta ele. 

Bad- Sempre fui.- Responde irônica.  

Deiv- Será que nele tem um feitiço pra fazer a comida surgir do nada?- Diz ele.

 Alê- Calem a boca. Vamos pra casa.- Digo e guardo o livro na minha mochila, por algum motivo o Henri faltou hoje.

 *** 

 Eu já estava chegando em casa, a Bad estava discutindo com o Caio do porque existem pizza de abacaxi. Eu não estava prestando muita atenção neles, quer dizer, eu não estava prestando atenção em nada. Só sair do mundo da lua quando me acertaram um soco me fazendo cair e os dois pararem de discutir.

 Alê- AI! PORRA! VOCÊ TEM PROBLEMA?!- Grito e olho pra cima pra olhar o filho da puta que me bateu e vejo quatro caras altos e fortes.

 ???- Com você eu não tenho nenhum, mas ela tem.- Diz ele apontando pra uma garota que eu não estava reconhecendo. 

 Alê- Ela quem?- Pergunto e a garota pareceu ofendida.

 ???- Karen, ela nos pagou pra bater em você.- Diz o outro cara. 

 Alê- Ata, não lembro de coisas ou pessoas desnecessárias.- Digo provocando ela. 

 Karen- Matem-na.- Ordenou furiosa.

 ???- Tá bom.- Diz um outro cara dando de ombros.

 Bad- Posso te possuir agora?- Pergunta ela com fúria nos olhos. 

 Alê- Claro, vamos acabar com eles.- Digo e assim ela possui meu corpo e uma cara vem pra cima da gente.

 Ele tenta me acerta uma direita, mas como a Bad preveu o golpe, ela desviou. Um outro cara tentou acertar um chute. Mas a Bad segura o pé dele e o joga pra trás empurrando os outros dois. O que tentou acerta um soco estava atrás de nós e acabou batendo nas minhas costas, nos fazendo cair. 

 ???- A faca por favor.- Pede ele a um dos amiguinhos dele. 

 Quando ele pegou a faca Bad pegou um cano que estava ao nosso alcance. Ela pega e vira bem rápido batendo com ele não cara dele o fazendo cair inconsciente. O que foi empurrado tentou bater com um taco (de onde ele tirou aquilo?! Bem isso não vem ao caso agora) mas Bad blonqueou com o cano e o empurrou contra uma parede, um outro cara tentou acerta a minha cabeça mas Bad abaixou e acertou o cara com o taco que desmaiou logo em seguida. 

 Alê (Bad)- Foram dois, faltam dois.- Disse ela com um olhar demoníaco. Os dois que sobraram avançaram e ela desviou do primeiro e o acertou com o cano nas costas, o segundo tentou acerta o meu rosto mas ela segurou o punho dele e torceu, ele gritou de dor. O que tinha sido acertado nas costas, tentou novamente, mas a Bad desviou, foi pra trás dele e deu uma chave de braço no pescoço dele. Ela apertou até ele desmaiar.

 No final tínhamos 3 caras inconscientes e um com o punho quebrado. Ela virou e encarou a Karen que estava assistindo tudo. 

 Karen- Você tem parte com o demônio?- Perguntou assustada. 

Alê (Bad)- Não, mas se não sumir agora, você vai ver ele rapidinho.- Respondo e ela sai correndo.

 Aproveitando a deixa Bad deixa o meu corpo e começa a discussão entre Caio e ela.

 Caio- Porra, se você tivesse matado alguém, a gente taria fodido.- Repreendeu ele.

 Bad- Foda-se.- Disse ela. 

Will-Agora vamos pra casa pra cuidar desses ferimentos!!-Disse preocupado. 

 Alê- Ahm, okay.- Digo largando o cano. 

***

 Chegando em casa, eu vasculhei ela inteira pra achar o kit de primeiros socorros. Minha mãe não tá em casa nem meu irmão, então eu tenho toda a casa pra mim ou seja eu posso conversar com o povo sem parecer louca, mas do que já sou. 

 Alê- ACHEI ESSA PORRA FINALMENTE!!! GLÓRIA SENHOR.-Gritou exageradamente. 

 Peguei a caixinha com o símbolo de primeiros socorros. 

 Will- Senta aqui pra mim cuidar disso aí. - Falou dando batidinhas de leve no sofá. 

 Mat- Que tal você sentar no meu colo que é melhor.- Disse dando um sorriso malicioso, tava demorando. 

 Bad- SEU PERVERTIDO. - Disse tentando dar um soco na cabeça dele só que ele foi mais rápido e pegou uma almofada e colocou na cabeça. 

 Mat- Essa foi quase. -Disse dando um suspiro aliviado.

 Depois de um tempo com aquela putaria o Will finalmente acabou de enfaixar meus pequenos ferimentos. 

Caio- Mais e então o que vamos fazer com o livro? -Pergunta curioso. 

Mat- Que tal a gente da uma olhada? Vai saber se não tem pornográfia e o nome é só pra afastar as pessoas. - Disse com malícia e com os olhos brilhando. 

Bad- MAIS NEM PENSAR!-Disse irritada com aquela possibilidade. - Acho que vai ter macumbas pra fazer seus inimigos sofrerem pela eternidade. -Disse com um sorriso maligno, todos se estremeceram menos o Mat, engraçado ele nunca teve medo que a Bad matasse alguém e nem no que ela fala. 

Will- E-Espero qu-e não. -Disse assustado com isso. 

 Deiv- Só temos uma escolha, vamos ver.- Disse curioso pra ver o que tem dentro do livro.

 Caio- Não podemos fazer isso, vai saber se não é um diário ou algo importante.- Disse não querendo invadir a privacidade dos outros.

 Mat- Vamos fazer uma votação.- Disse sem expressão.- Quem votar não abrir o livro levanta a mão.- Disse logo em seguida o Caio e o Will levantaram as mãos.- Quem vota abrir o livro.- Agora quem levanta a mão foi eu, a Bad, o Deiv, e o próprio Mat.-Vencemos. -Disse agora com um sorriso vitorioso.

 Peguei o livro na minha mochila e o abri. As folhas pareciam antigas, tinham alguns desenhos nas páginas e a língua dele continuava em latim. 

 Bad- Essa porra continua em latim.- Reclamou ela.- Certeza que dá pra invocar demônios com ele. 

Will- Tomará que você não esteja certa.- Pediu ele. 

 Alê- Calem a boca e me deixem ler.- Digo e eles se calam e eu leio a primeira página.- Et hoc pertinet ad liber pythonissam cognatione. Si non veneficam, noli pati carminibus consequatur. 

Deiv- Traduz porque a gente não tá entendendo nada.- Diz ele.

 Alê- Este livro pertence a família Witch. Se você não é um Witch, não tente fazer os feitiços ou sofrerá consequências.- Digo.- É isso que diz. 

TO BE CONTINUE


Notas Finais


Zemat- AE PORRA SUSPENSE AGORA VOU MATAR VCS DE CURIOSIDADE E POSTAR SO NO PRÓXIMO MÊS HAHAHAHA
Até a próximo capítulo babys ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...