1. Spirit Fanfics >
  2. Hospício chara X frisk >
  3. Chara é você mesmo?

História Hospício chara X frisk - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Chara é você mesmo?


Flashback de quando o Chara fugiu on

Chara

 Eu estava dormido, quando de repente aquele demônio voltou de novo pra me atormenta. 

"Sentiu Saudades chara?"

 -o que você quer? - eu disse com muita raiva dele. 

"Eu vim de ajuda"

 -você veio me ajudar? Do que está falando sua demônio maluco?

 "Eu vim aqui pra de ajuda a fugir chara"

- F-fugir?

 "Isso mesmo chara, você não disse uma vez que você queria sair daqui?"

 -bem, eu não sei, mais como eu vou sair daqui, eu estou prezo aqui e também, eu estou nessa camisa de força que não consigo sair dela.

 "Isso não tem problema, eu tiro ela de você"

 Ele tinha sacado uma faca e vindo em minha direção.

 -oh esperai!?-ele veio correndo em minha direção.

 E começo a cortar a camisa de força!

 "Assim esta bem melhor, você não acha chara?"

 Quando ele fala isso, eu abro os meus olhos, porque quando ele veio na minha direção, eu fechei os meus olhos.

 - sim.

 "Agora, vou de ajudar a sair daqui"

- como vamos fazer isso?

 "Eu vou entrar dentro de você!" 

- O QUE!?

"Só tem esse jeito aí você usar os meus poderes!"

 - está bem. 

Ele a começou a me posso ir o meu corpo, eu podia sentir aquele poder dentro de mim de novo, era muito forte, eu me sentia poderoso, um poder negro feio de ódio e vingança, com uma sede de sangue de matar.

 Eu comecei a sentir algo estranho comecei a sentir dores nas minhas costas, como se tivesse saindo algo, a dor e muito grande, quando der repente saiu asas de demônio, eu comecei a me sentir muito poderosa. 

Quando eu senti aquele poder, corredor pelo o meu corpo,  me senti muito forte, resolvi desta aquele poder dentro de mim, eu levantei a minha mão, fiquei mirado na porta e joguei um poder muito forte na porta, que fez a porta explodir. 

Começo a caminha até porta, eu estava com um sorriso no rosto, com vontade de destruir tudo o que eu via pela frente, era muito poder dentro de mim, quando sair do meu quarto foi caminhado até a saída.

- ei parado!!!

 - Olá undyne! - falei com um sorriso assustador no rosto. 

- esperai! É v-você chara?! - ela disse assustada. 

- sim! - falei de um modo assustador

 - o que over com você Cara? - ela disse assustada.

 - eu me fundir com esse demônio! - falei de um modo muito frio.

- É O QUE?! - ela disse gritando. 

- isso mesmo e eu vou imporá desse lugar! - falei de um modo assustador para ela. 

-eu não vou deixar, você fugir! - ela disse com uma voz firme. 

- e quem vai me impedir? Você?! - eu disse de uma forma assustadora.

 - isso mesmo! - ela começou a correr na minha tiração, ela ia me atacar, mas eu desviei muito rápido, ela ne tinha visto quando eu desvie

- só isso undyne? Pensei que você era rápida! - falei trais dela.

 -como você chegou aí ?!- ela disse com uma cara assustada. 

- eu me tele transporte idiota! - depois que digo isso, eu jogo um poder nela pra dormir - durma bem undyne. 

Depois que digo isso, eu vou até a portar e jogo um Poder muito forte e saio daquele lugar ourives. 

- é bom finalmente, sair desse lugar! - eu abro as minhas asas e dou um impulso e começo a voar pelos céus, eu tinha percebido uma coisa as minhas roupas estavam rasgadas, então resolvi passar na minha casa.

A minha casa era um pouco longe, então resolvi voar um pouco mais rápido, chegando lá, eu fui até a janela do asriel e começo a parte nela.

 Asriel 

Eu estava dormido tranquilamente, quando ouso umas partidas na minha janela e quando vou olhar.... não acredito! é o chara.

 - asriel vê aqui! - ele disse em uma voz muito estranha. 

Eu comecei a me próxima da janela e quando abro, eu digo:

 -c-chara é você mesmo? - eu digo um pouco comedor.

 - sim irmão - disse ele em uma voz seria - asriel me deixa entra por favor?

 - tá entra.

 Eu dou espaço para ele entrar, quando ele entra, eu vi que nas suas contas tinha asas que era vermelhas.

- obrigado asriel. 

- de nada, agora me diz o que over com você?

 - longa história asriel! 

- tá mais o que você veio fazer aqui chara?

 - eu vim aqui pra pegar as minhas roupas! E também as que eu estou usando estão rasgadas!

- ata.

-vencar asriel, a gente tem malas?

- sim? Mais porque? O que você vai fazer?

- lembrar daquela casa que agente fez na quela montanha?

- sim? mais o que você vai fazer? 

- eu vou ficar lá! 

- o que!?

 - isso mesmo! 

- então tá.

 - asriel!

- sim?

- eu quero pedir um favor. 

- tá mais o que é?

- se a frisk aparecer aqui, eu quero que você leve ela com você até a onde eu estou, esta bem? 

- tá mais porque ela iria Teve?

 - porque ela me amar! 

- O QUE!?

 - asriel falar baixo!

 - Desculpa, mais isso é sério? A frisk te amar?

 - sim!

- mais como isso aconteceu?

 - bem, eu comecei a me apaixonar por ela e acabei dizendo pra ela.

 -e ela aceitou?

 - sim. 

- caramba.

- asriel pega logo a Malar! 

- está bem. 

Eu pegar a malar mais assim, eu não tava acredito no que o chara disse pra mim, eu realmente estou surpreso algum realmente amar o chara, eu pego a mala e dou para o chara.

 - aqui esta.

 - obrigado irmão. 

Eu vim o chara colocado todas as suas roupas na mala, eu confesso o que ele está fazendo é um pouco errado, mais já que ele está fazendo isso não impedir ele.

 -eu preciso ir asriel. 

- espera leva isso.

- o que é ?

 - uma barra de chocolate. 

- obrigado irmão. 

- de nada. 

Chara foi até a janela e pulou dela e ele começou a voar. Então deixa ver se eu entendi se a frisk vin aqui é pra eu levar ela até o chara? Bom se isso acontecer, eu levo ela lá.

 Chara

Eu começo a voar bem rápido, em quando, eu estou voando vejo uma viaturas de polícias e vejo que está indo para o hospício, eu tinha que me apresar se não ele vão me ver e pior que ele vão me manda pra lá de novo.

QUEBRA DE TEMPO. . .

Eu finalmente cheguei na quela casa, que eu e asriel tinha feito quando nós éramos crianças. As casa me traz boas lembranças, eu ainda tinha as chaves então, eu abro a porta e vejo que não mudou nada.

 Ainda tinha uma cama, eu estava muito casado então, eu acabei caindo no chão e vi que as minhas asas estava desaparecendo, e de repente uma voz na minha cabeça dizendo "se você quiser o meu poder emprestado? É só pedir" e com essas, eu já me dei conta se acontecesse algum comigo era só pedir o poder da que demônio emprestado.

 Eu me levado do chão e abro a mala e pego uma camisa e visto, eu estava muito mais muito casado, eu resolvi durmir na cama, e também aposto que quando a frisk sou per que eu fugi, ela vai ter choque.

 Flashback off

Frisk

Eu e asriel saímos da casa e fomos direto para essa montanha, quando a gente está andando asriel estava com olhar feliz.

-frisk.

 - S-sim asriel? 

- é verdade que você gosta do meu irmão?

 -b-bem como eu posso dizer isso asriel, sim, eu gosto do seu irmão!

 - então era verdade o que ele disse. 

- como assim asriel "ele" disse?

- ele veio aqui de noite, pedindo roupas.

- roupas? 

- é que as roupas que ele está usado estava rasgadas. 

- e você contou para os seu País?

 - não, eu não queria trair a confiança dele.

- e porque você está contando isso pra mim?

 - porque ele sabia que você iria atrás dele. 

- ele sabia?

 - parece que o chara de conhecer muito bem. 

-é mesmo. 

QUEBRA DE TEMPO. . .

Tínhamos chegar na montanha e tudo o que faltava era subir, eu tenho que confessar é muito chato subir essa montanha, me pergunto como o chara aguento subir isso, tinha se passado um tempo, quando finalmente chegamos era uma casa pequena mais se o chara tive ali vai ser um grande milagre. 

Nos tínhamos chegado na porta na então podemos na portar.

 - quem é? - eu ouvido a voz dele, e parecia de sono.

 - chara só eu o asriel!

 - asriel e você, você está sozinho?

 - não!

- e quem tá Aí?

 - vê ver você. 

De repente o chara abriu a porta, ele ficou muito surpreso. 

- frisk!? 

- chara é você mesmo?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...