1. Spirit Fanfics >
  2. (HOT) I give you all my love daddy ( Jikook , Kookmin) >
  3. Oh my god daddy you're so big!

História (HOT) I give you all my love daddy ( Jikook , Kookmin) - Capítulo 4


Escrita por: e Blood_Underwear


Capítulo 4 - Oh my god daddy you're so big!


Eu acordei e logo me deparei com o Jeon dormindo serenamente, então com um gesto de ousadia e o abracei e como ele estava de costa para mim e nem vi se eu o acordei ou não,  eu abracei ainda mais forte fazendo os nossos corpos ficarem colados.

Estava tudo bem até eu senti o Jeon se mecher bruscamente e ficar em cima de mim.

— Puta que pariu, pai que susto! — Falei sentindo a sua respiração bater em meu rosto.

— Eu que tomei um susto quando você me abraçou, mas sei fingir bem — Falou sorrindo e deitou em cima de mim, creio que na inocência.

Senti a ereção tocar na minha e soltei um suspiro baixo.

— Jimin, eu nunca falei mas você é muito bonito — Sussurra passando a mão em meu rosto e logo passou o seu indicador nos meus lábios.

— P-Pai o senhor está muito perto — Falei trêmulo sentindo - o chegar cada vez mais perto do meu rosto.

— Não precisa fingir que não gosta, por que eu sei que sim — Sussurra beijando - me em um selinho que logo se evoluiu em um ósculo sensual.

Ele ficou entre as minhas pernas roçando cada vez mais as nossas ereções nada discreta, ele finalizou o beijo com uma mordida no meu lábio inferior e um selinho carinhoso. 

— Você não é nada discreto Park Jimin, seus olhares, seus suspiro, sua ereção, tudo isso é pensando ou olhando pra mim. — Apertou o meu membro ereto por cima da calça moletom — Você é um péssimo mentiroso — Sussurra em meu ouvido e logo mordeu o lóbulo da minha orelha.

— P-Pai eu...— Fiquei sem fala quando ele se ajoelhou na cama e começou a tirar o meu short azul .

Puta merda ! Eu vou perder o CV agora?

— Shiiii, fica tranquilo — Sussurra jogando o short no chão e logo tirando a minha camisa que tomou o mesmo destino do short. — Você realmente uma graça.

Eu estava bem envergonhado, ele me olhava como fosse me comer, eu acho que vai, mas ele olhava cada centímetro do meu corpo sem vergonha alguma.

Ele voltou a posição inicial e me beijou enquanto suas mãos tirava a minha cueca box, naquela hora eu travei, ele percebeu e me deu um selinho. Minha cueca tomou rumo ao chão e ele olhou para o meu membro, nunca tive tanta vontade de de enterrar a minha cabeça como estou tendo agora.

— Pequeno você está tão duro e tão envergonhado — Sorriu e beijou a ponta do meu nariz. 

Ele começou a me masturbar e eu soltava suspiros, eu estava com vergonha de gemer então me mantive calado, porém, eu não consegui segurar quando ele aumentou a velocidade.

— P-Pai....porra — Gemi o sentindo dar chupões em meu pescoço. 

Ele aumentou a velocidade de uma forma que nem a física explicaria, ele falava palavras sujas para me excitar e relaxar ao mesmo tempo, meus olhos lacrimejavam por causa da intensidade do prazer.

— P-Pai...eu vou...— Anunciei sentindo todo o meu líquido jorrar e sujar o seu abdômen e mão.

— Isso filho, libera — Continuou com os movimentos agora lentos e mais gozo saia da uretra. Quando acabou ele me deu um selinho — Vamos tomar banho ?

— Sim — Falei Ofegante e baixinho .

Nos levantamos e ele tirou a cueca e seu membro saltou para fora, eu olhei surpreso com o tamanho .

— Jimin? 

Ele me olhava malicioso e sorria sacana.

— Oi, vamos.

Falei apressado o ouvindo sorrir, ele veio atrás de mim e eu entrei no box e ele em seguida, o mesmo ligou o chuveiro e ficou atrás de mim. Eu sentia seu membro perto da minha entrada anal, aquilo era uma intensa tensão sexual.

Mano, que homem " grande ,puta que pariu! 


Notas Finais


16(。・//ε//・。)(。・//ε//・。)

Espero que tenham gostado e obrigada por tudo, até o próximo capítulo meu xuxus.

Xoxo ( ˘ ³˘)♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...