História Hot love- my girl - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amor, Drama, Hentai, Hot, Lésbica, Romance, Sia, Yuri
Visualizações 171
Palavras 1.063
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabs, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


vamos dar aquela continuação? espero que tenho gostado do 1 capitulo
as coisas vão esquentar ........................

Capítulo 2 - Sex hot


Fanfic / Fanfiction Hot love- my girl - Capítulo 2 - Sex hot

Quando chego na sala não acredito no que vejo- o que é isso? – Pergunto com um misto de curiosidade e desejo

- garota eu sou apaixonada por você- ela sussurra

Hanna se encontra com uma lingerie vermelha com detalhes pretos, o sutiã cai perfeitamente em seus seios medianos, e renda deixa seu mamilo amarronzado quase todo amostra fazendo minha respiração pesar. Com saltos agulhas e meias vermelhas demarcando suas coxas, logo acima avisto uma pequena calcinha vermelha rendada que mal dá para esconder sua intimidade.

Psiuuu- ela chama minha atenção e percebo que fiquei alguns minutos admirando aquela obra prima. Quando começo a se movimentar ela me faz parar com um sinal e começa a dançar vagarosamente ao som da música.

 

Oh, my god

Baby, baby don’t you see

I got everything you need

o-only a genius could love a woman like me

sayin’ oh, my god

baby, baby don’t you see

 I got everything you need

Oo only a genius could love a woman like me …………….

 

Primeiro ela se vira me dando a visão de seu traseiro redondo, colocando uma mão sobre o sofá se empinando e rebolando, se vira pra mim novemente e lambe os dedos fazendo-os escorregar por todo seu corpo começando pelo pescoço e descendo para seus seios onde os aperta fazendo movimentos circulares- hunnnnnnnnnnnnn- solta um gemido me fazendo quase avança-la mas me contenho, quero saber onde essa brincadeira vai dar.

 Ela continua descendo as mãos em uma velocidade torturante, chegando em seu ventre onde ela desce passando as mãos no corpo ficando em uma posição que suas pernas estão flexionadas e sua bunda quase encosta no calcanhar, se abre vagarosamente me dando a visão de sua intimidade coberta por uma fina renda, nesse momento me sento na poltrona, não consigo mais ficar em pé  minhas pernas falham quando fito seus olhos fechados, sua cabeça cai pra trás fazendo seus cabelos se moverem em suas costas, ela levanta com dois dedos na boca, logo os desce fazendo-os entrar em contato com a calcinha, começa a fazer movimentos circulares em sua intimidade- hunnn aiiiiiiiiiiiiiiiiii- ela geme alto enquanto se toca na minha frente, não consigo ficar parada apenas olhando, já estou toda molhada tomada de desejo, me levanto enquanto ela está de olhos fechados curtindo o momento.

Porraaaaa- falo baixinho em seu ouvido quando começo a fazer parte da brincadeira, começo dando beijos pelo seu pescoço enquanto minhas mãos vão em direção ao seus seios, aperto de leve fazendo ela se curvar, me dando permissão para toma-la .

Hunnnnnnnnnnnnnn- ela solta um gemido , puxo seu cabelo fazendo seu lindo pescoço ficar ainda mais exposto, dou chupões e mordidas, ela para de se tocar e agarra meus cabelos me fazendo soltar seus seios e dar um tapa em sua bunda, ela arf- arffffffffffffffffffffffffffffff- e se abre um pouco, sinto sua mão encima da minha fazendo movimentos de aperto, sua bunda se encaixa com perfeição em minha palma, sinto aquela pele firme e macia. Ela agora retira minha mão de sua bunda e a guia até sua intimidade que está encharcada como a minha, com movimentos de vai e vem aperto os dedos sobre o pano da calcinha sentindo seus grandes lábios entre meus dedos.

Vaiiiiiiiiiiii GIN- porra ela falou meu nome, ela sabe que não resisto. A pego com brutalidade jogando seu corpo no tapete fofo que temos na sala, abro suas pernas e continuo  massageando sua intimidade, ela se curva . Vejo seus seios tampados pelo sutiã e me apresso para liberta-los – ta gostando? – rosno quando vejo seu mamilo nu, abocanho um seio enquanto dou leves tapas em sua intimidade fazendo Hanna grita- aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii- mordo seu bico que já está enrijecido, desço até sua vagina, rasgo a pequena calcinha.

Menos uma-Hanna fala quase sem voz

Shiiiiiiiii- mando ela ficar quieta enquanto vagarosamente dou lambidas naquela brecha avermelhada, ela urra e puxa meu cabelo me fazendo intensificar as linguados.

Nã....o pa...ra- ela suplica enquanto adentro com minha língua profundamente, sinto o gosto de seu líquido quente em minha boca, ela chega ao clímax , sua intimidade pulsa.

 Ficamos ali no tapete durante alguns minutos olhando uma para outra, seus cabelos que antes estavam impecáveis agora é um emaranhado, nossas peles estão suadas.  Sinto ela se levantando e se posicionando em minha frente.

Oque foi?- pergunto curiosa, ela me olha com uma sobrancelha em pé

- achou que acabou? Agora é minha vez- não acredito no que acabo de ouvir, minha vagina pulsa e meu coração dispara, ela quer outra rodada?- você que sabe-  penso, não sou de negar fogo, quando ia me levantar ela se apoia no meio de minhas pernas

- agora eu que vou te fazer gemer- ela sussurra me fazendo arrepiar, suas mãos passam pelo meu corpo retirando a única peça de roupar que tinha, agora estou como ela NUA. Ela me vira fazendo-me ficar de bunda pra cima, começa a beijar minhas nádegas e sinto meu líquido já escorrendo.

Oque vai fazer- questiono mais sou interrompida por dois dedos adentrando minha boca

- deixa eles bem molhadinhos- ela fala rouca enquanto movimenta seus dedos em minha boca, fecho os olhos curtindo a sensação, sua outra mão faz movimentos circulares na entrada de minha intimidade , com os dedos bem molhados ela os leva até minha vagina e me invade de uma só vez, souto um gemido alto- poraaaaaaaaaaaaaaaaaa – nossa respiração descompassada pesa o ambiente, sinto sua outra mão pedindo passagem em meu anus, concedo receosa, com apenas um dedo ela começa, estou totalmente invadida, ela faz movimentos de entra e sai rápidos me fazendo gozar como uma louca. Sinto minhas pernas formigarem quando ela me vira bruscamente , com sua língua ele massageia meu ponto G e com os dedos me adentra, não aguento mais.

Não escuto mais o som da música somente nossos gemidos ecoando por toda casa, chego ao meu máximo e me desmancho em suas mãos, ela totalmente satisfeita lambe todo meu líquido, sobe me beijando e deposita um beijo delicado em meus lábios, consigo sentir meu gosto, é maravilhoso.

 Sinto ela se aconchegando em meus braços – espero que tenha gostado de minhas desculpas- ela fala baixo já se entregando ao sono

Eu amei- falo quase adormecendo, a última coisa que vejo são os primeiros raios solares adentrando nossa janela, levando a madrugada de prazer que tivemos.

 Sou pega pelo sono..........................


Notas Finais


E ai? Oque acharam? Acho que essa foi uma das que mais amei escrever, fiquei em uma empolgação louca kkkkkkkkkkk.
Por favor e deixem suas opiniões elas são de extrema importância pra mim.....
Bay bay e até aproxima.
Haaaaaaa gente se quiserem deixar alguma dica de tema pra fic ou coisas do tipo é só escrever, eu aceito ideias.
bjsssssssssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...