História Hots de K-IDOLS - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Show Nu, Suho, Tao, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Romance
Visualizações 136
Palavras 881
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Self Inserction, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Deem uma notinha e comentem no final :)

Capítulo 9 - Kai- (exo)


Fanfic / Fanfiction Hots de K-IDOLS - Capítulo 9 - Kai- (exo)

Eu estava feliz por ter ganho uma promoção e tudo que queria era comemorar.
Chego ao apartamento de Jongin e bato algumas vezes na porta até ele abri-la.
.
K—S/n? O que faz aqui, tá tarde...
.
Entro sem deixá-lo completar sua linha de raciocínio.
.
—Vamos comemorar.
.
Aproximo-me e o beijo, ele interrompe.
.
K—Comemorar o que?
.
—Consegui uma promoção, dá pra acreditar?! —Meu sorriso se fecha ao vê-lo ainda encarar-me, sério—
.
K—Não é assim que funciona, S/n... —Ele segura-me pelos ombros— Eu sou seu segurança durante a semana, não deveríamos se quer nos envolver.
.
—Eu... gosto de você...
.
K—Não, você só me procura quando quer transar, não é filhinha do governador...
.
—Você sabe que eu te quero...
.
K—Eu sei exatamente o que você quer, —Ele me coloca contra a parede próxima— Você quer que eu a beije, devagar, quer sentir meus lábios nos seus, —Ele pressiona nossos corpos— Minhas mãos firmes na sua cintura, te puxando pra mim, você sabe, seu corpo deseja o meu toque, diferente dos moleques que você conhece, eu sei exatamente como te satisfazer.
.
Seus sussurros ao meu ouvido, suas mãos ameaçando tirar minha blusa, ele estava jogando comigo por pura diversão.
.
—J-Jongin...
.
K—Você quer que eu tire seu sutiã, deslize meus dedos delicadamente até sua calcinha... —Ele ameaça agora beijar-me—
.
—Não me provoque assim...
.
K—É um jogo, sempre foi um jogo mas agora quem dá as cartas sou eu, e eu digo... Que não vai rolar. —Ele se afasta—
.
—Mas...
.
K—Se quer continuar com isso, deveria pelo menos, me conhecer melhor, senhorita S/n. —Ele abre a porta para mim que o encaro, incrédula—
.
Tiro minha roupa conforme caminho até a porta, Jongin agarra-me novamente, puxando-me para si e fechando a porta por trás de mim, colocando-me contra a mesma.
.
—Achei que não fôssemos fazer... —Digo entre-beijos ofegantes—
.
K—Eu não posso te deixar sair assim, não quero perder meu emprego. —Brinca— A diferença é que hoje a mocinha fica quieta, apenas me obedecendo.
.
Jongin me agarra ainda mais forte, fazendo com que eu entrelaçasse as pernas em sua cintura.

Ele me leva para o quarto entre beijos, me deita com uma certa agressividade na cama, pega uma de suas gravatas e me prende com as mãos na cama.
.
K—Hoje quem irá ditar as regras, sou eu. —Ele diz, logo descendo beijos molhados por meu pescoço—
.
Chegando na minha blusa na qual ele tira, talvez rasgando-a em parte, Jongin agarra meus seios, beijando-os e dando chupões cada vez mais violentos
.
—J-Jongin a-ah... —Dou alguns gemidos ao sentir seus toques—
.
K—Shh, agora não, baby.
.
Ele coloca dois de seus dedos em minha boca.
Logo descendo pra minha barriga onde arfo ao sentir o contato de seus dedos gelados deslizarem sobre minha pele.
.
Sinto seu dedo médio acariciar-me, eu estava pronta para ele mas ele ainda queria brincar comigo.
.
K—Tá molhadinha...
.
—Tô...
.
—Deixa eu te deixar ainda mais molhada.
.
Descendo até minha intimidade, deixando chupões violentos na parte interna de minha coxas, Jongin finalmente começa a me chupar necessitadamente, controlo meus gemidos, ele começa a lamber meu clitóris brincando com o mesmo a ponto de dar uma leve mordida.
.
Quando nota eu estar quase gozando começa a penetrar-me com força, ele encara-me como se estivesse sedento por minhas expressões de prazer.
.
Ele então deita seu corpo sobre o meu e roça nossos lábios, com a respiração ofegante, estocadas cada vez mais rápidas, seus gemidos roucos, a união de nossas testas, eu precisava de mais.
.
K—Vou te dar o gostinho de fazermos sua posição favorita. —Ele sussurra—
.
Sou desamarrada e virada de costas, sendo penetrada novamente, agora com ainda mais força.
.
Seus apertões e tapas cada vez mais frequentes e fortes, eu apertava o lençol enquanto o mordia, Jongin agarra-me novamente, agora, fazendo com que empinasse para ele.
.
Recebo algumas chupadas antes de ser novamente penetrada.

Depois de algumas estocadas ele me coloca por cima, nada me deixava tão excitada quanto vê-lo admirar cada movimento de entra e sai.
Dou algumas reboladas em seu colo, ele guia-me subindo e descendo cada vez mais rápido.
.
Saio de seu colo, deixando com uma expressão confusa.
.
K—O que está fazendo, huh?
.
—Você vai ver, ou melhor, vai sentir.
.
Ninhas mãos sobre seu peitoral subindo sobre seu pescoço deixando alguns chupões lá, abaixo os beijos até chegar em seu membro onde começo marturbando logo depois coloco em minha boca, chupando-o cada vez mais rápido.
.
K—Não precisa fazer isso sozinha, vira pra mim, quero te chupar.
.
Lhe dou o 69 que tanto queria, ele atinge o ápice em minha boca e vice-versa.
.
Deito-me ao seu lado, exausta.
.
—Isso foi... Bom. —Digo ofegante— Muito bom...
.
K—Foi sim... —Ele sorri, beijando-me— S/n, o que eu disse antes, sobre...
.
—Não, você tem razão, amanhã cedo iniciamos a meta "Conhecendo Kim Jongin", pode ser? —Ele sorri e concorda— Agora podemos só tomar um banho, pedir pizza e assistir TV?
.
—Tudo que quiser.
.
.
.

 

 

 

 

até amanhã...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...