História How I Met You - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Doyoung, Haechan, Jaehyun, Johnny, Mark, Personagens Originais, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Doeil, Jaeyong, Jonhten, Nie, Yuwin
Visualizações 270
Palavras 643
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Thirty Nine


E finalmente último dia de aula, o Jung havia acabado de chegar em casa, feliz por ter completado mais um ano, faltava apenas um ano para poder ir a faculdade.

Chegou em casa logo jogando sua mochila para o alto e deitando no sofá, só não contava com seus pais ali o esperando.


— Pai, mãe! — Sentou-se no sofá. — O que aconteceu?

— Filho, nós precisamos conversar. — Disse o mais velho.

— Vocês não vão se separar, né?

— Não, filho. — Riu a mulher. — Seu pai conseguiu tirar férias e...A gente vai pra Busan, semana que vem, se eu não me engano.


O Jung sentiu seu corpo petrificar, eles realmente iam pra Busan? Ele realmente ia ficar próximo a Taeyong? Seu coração batia forte, parecia querer pular de seu peito, o sorriso em seus lábios parecia crescer a ponto de quase rasgar seu rosto, aquilo estava mesmo acontecendo?


— A gente vai passar quantos dias lá? — Perguntou ansioso, sorrindo.

— Quatro, vamos ficar na casa de um amigo meu. — Respondeu sorrindo um pouco, a felicidade de YunOh era realmente contagiante. — Pelo seu jeito, você está animado com isso, não é?

— Sim. — Riu. — Muito...Ah, eu preciso me trocar, já volto. — Levantou, correndo para seu quarto.


Ligou o computador o mais rápido que pode, logo chamando Taeyong para uma chamada de chamada de vídeo, o mais velho tinha ainda no rosto sua cara de sono, junto aos seus cabelos bagunçados.


— A essa hora, Amor? — Taeyong ainda estava praticamente dormindo em pé.

— Desculpa, Amor. Eu preciso te falar uma coisa. — O Jung pulava em sua cadeira, fazendo Taeyong rir por tamanha empolgação. — Meu pai conseguiu férias e adivinha? A gente vai pra Busan!

— Espera..O quê?! — Falou surpreso e levemente confuso. — Vocês vão...

— A gente vai ir pra onde você mora! — Falou empolgado, vendo um sorriso bonito nascer no rosto de Taeyong, o fazendo suspirar. — Você deveria sorrir mais vezes..

— Isso vai mesmo acontecer? Digo..A gente vai realmente se ver, isso é sério?

— Eu não brincaria com isso, Amor..

— Falta quanto tempo?

— Falta...Caralho é semana que vem! — Falou surpreso, logo tampando a boca. — Desculpa..

— Tá tudo bem.. — Riu. — Semana que vem, meu Deus falta tão pouco tempo, eu preciso fazer ou comprar alguma coisa pra você!

— Não precisa, Amor. — Suspirou fazendo bico.

— Preciso sim! Eu quero que você tenha alguma coisa pra olhar e lembrar de mim.

— Mas-

— Sem "mas"! Eu sou o mais velho então minha palavra vale mais! — Riu vendo o outro cruzar os braços fazendo manha. — Tão fofo... Eu posso apertar suas bochechas quando a gente se ver?

— Claro que pode! — Apertou as próprias bochechas, brincando com elas.

— E eu....Ahm.. Não me acha pervertido! Então..Eu posso apertar sua bunda?

— Como é?! — Sentiu suas bochechas queimarem.

— Uma vez a gente tava em 'Call', aí você foi levantar pra pegar não lembro o quê e na hora que você levantou...Cara, que coxas, que bunda! — Viu o Jung se esconder tímido e riu. — Por que você é tão fofo?

— Eu não sou fofo, o problema é você que me deixa tão..Sem jeito! — Exclamou cruzando os braços, fazendo Taeyong sorrir.

— YunOh! — Ouviu sua mãe o chamar, logo respondendo um "já vou".

— Tae, — Chamou manhoso. — Eu preciso ir, depois nós se falamos, ok?

— Sim, claro. Até então. — Viu o outro mexer em sua webcam, quase desligando-a. — Hey, Yunnie..Eu te amo. — Sorriu, corado, enquanto desligava a webcam.


YunOh correu e se jogou na cama, aquilo estava mesmo acontecendo? Sorria abertamente sem se preocupar em se conter, precisava expressar sua felicidade de algum jeito.


— Jung YunOh! — Ouviu sua mãe o chamar de novo.

— Já tô indo, mãe! — Suspirou, logo tratando de ir atrás da mesma.


Notas Finais


jaeyong finalmente vai ser ver yey

postando com toda a preguiça do mundo nossa eu tô toda fudida afe

amanhã eu tenho um torneio por favor me mandem mt sorte e energias positivas eu vou precisar

obrigada por lerem, amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...